Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
felipebottrel

Roteador Dlink x Roteador LinkOne- Ampliar Wifi

Recommended Posts

Pessoal,

 

Não encontrei outro topico com minha duvida, portanto, peço desculpas se estiver postando no lugar errado. 

 

Minha dúvida é a seguinte:

 

Sei que se utilizar um roteador como repetidor wireless, a velocidade a partir deste cai pela metade, ou seja um roteador D-Link recebendo sinal wireless de um modem/roteador Arris para transmitir via wireless para os outros comodos. Não funciona. A internet a partir do D-link fica muito lenta.

 

Mas e se eu utilizasse esse D-link como hotspot, recebendo via wireless e transmitindo via cabo para outro roteador (Link One) e esse Link One fazendo as vezes de roteador wifi? 

 

Será que o sinal wifi transmitido pelo Link One teria grandes perdas de velocidade? Entendi que a perda de velocidade em um roteador wireless, é que ele usa a mesma antena para receber e para transmitir o sinal. Nessa minha proposta, eu utilizaria a antena do D-Link para receber e a do Link One para transmitir... 

 

Alguem sabe dizer se funciona?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bom dia,

 

A velocidade numa rede Wi-Fi depende de uma série de fatores, tais como: equipamentos envolvidos (hardware dos roteadores e dos adaptadores Wi-Fi), distância, obstáculos, interferência de outras redes wireless, etc. Cada caso é um caso, precisa ser analisado minuciosamente para se obter o melhor desempenho. Essa história de "velocidade que cai pela metade ao se usar roteador como repetidor" não procede, o que vai fazer sua velocidade ser alta ou baixa são os fatores que mencionei anteriormente. Portanto, descreva melhor seus equipamentos (modelos), seu ambiente (obstáculos) e posteriormente a quantidade de redes Wi-Fi próximas a você (assista aos vídeos do GT):

 

https://www.clubedohardware.com.br/artigos/Video-analise-de-redes-Wi-Fi-para-aumentar-o-desempenho/2941

 

https://www.clubedohardware.com.br/artigos/Video-como-trocar-a-placa-de-rede-sem-fio-de-notebooks-para-aumentar-o-desempenho/3044

 

Espero ter ajudado.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

velho,

 

Obrigado pela resposta. Vou ver hoje os modelos dos roteadores lá em casa e mais tarde posto aqui.

 

Quanto a velocidade cair pela metade, foi algo que eu li em alguns posts e acabou sendo verdade para mim, pois consegui configurar o repetidor universal, mas a conexao a partir do repetidor (via wireless) ficou muuuito lenta...

 

Mais tarde coloco os modelos, obrigado!

 

Ab

Felipe

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Essa história de "velocidade que cai pela metade ao se usar roteador como repetidor" não procede...

 

Infelizmente procede, como pode ver o nosso colega até utilizou o sistema e verificou que a velocidade fica menor. É uma característica de conexão half-duplex.

 

Quanto a velocidade cair pela metade, foi algo que eu li em alguns posts e acabou sendo verdade para mim, pois consegui configurar o repetidor universal, mas a conexao a partir do repetidor (via wireless) ficou muuuito lenta...

 

Se usar a solução de conectar com antena e depois redistribuir com outro roteador a velocidade deverá ser maior, porque haveriam menos restransmissões no wireless, mas dá mais trabalho para manter tupo em uma rede única. Por exemplo, se você tiver uma impressora conectada no roteador 1 e quiser imprimir via roteador 2, como passam por AP e depois outro roteador um deles pode gerar um filtro para este tipo de pacote e não funcionar.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Infelizmente procede, como pode ver o nosso colega até utilizou o sistema e verificou que a velocidade fica menor. É uma característica de conexão half-duplex.

Ficar menor não significa que ela caia pela metade, são coisas distintas; por isso pedi que o colega postasse o modelo dos equipamentos, para vermos se ele não está misturando equipamentos N com G, por exemplo, o que aí sim caracterizaria o "muito lento" que ele informou em seu post. E os outros fatores que citei influenciam e muito na velocidade do wireless, e também devem ser considerados. Claro que o overhead no wireless é maior que no wired, mas combinando equipamentos atualizados, configurados corretamente e, num ambiente propício (sem muitas interferências e obstáculos) podemos ter um Wi-Fi muito próximo do 100Base-TX (lembremos que a velocidade máxima teórica do padrão N é 600 Mbps, usando um canal de 40 MHz e 4 streams MIMO, de 150 Mbps cada). Agora, se nosso colega interligar os dois equipamentos através de 2 portas Gigabit, aí a coisa muda de figura, aí teremos que partir para o padrão AC e é história pra outro post...

Enfim, na minha humilde opinião, cada caso é um caso. Navegar na internet, ler e-mails (caraca, sou velho mesmo, ***** coisa antiga) e imprimir documentos é diferente de acessar um database de um ERP numa empresa concorrendo com 100 usuários, todos conectados via Wi-Fi, e querer o mesmo desempenho do wired. Não crucifiquemos o pobre Wi-Fi como gostamos de fazer com o Windows, nem sempre o problema é ele...

Se usar a solução de conectar com antena e depois redistribuir com outro roteador a velocidade deverá ser maior, porque haveriam menos restransmissões no wireless, mas dá mais trabalho para manter tupo em uma rede única. Por exemplo, se você tiver uma impressora conectada no roteador 1 e quiser imprimir via roteador 2, como passam por AP e depois outro roteador um deles pode gerar um filtro para este tipo de pacote e não funcionar.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

 

Ficar menor não significa que ela caia pela metade, são coisas distintas; por isso pedi que o colega postasse o modelo dos equipamentos, para vermos se ele não está misturando equipamentos N com G, por exemplo, o que aí sim caracterizaria o "muito lento" que ele informou em seu post. E os outros fatores que citei influenciam e muito na velocidade do wireless, e também devem ser considerados. Claro que o overhead no wireless é maior que no wired, mas combinando equipamentos atualizados, configurados corretamente e, num ambiente propício (sem muitas interferências e obstáculos) podemos ter um Wi-Fi muito próximo do 100Base-TX (lembremos que a velocidade máxima teórica do padrão N é 600 Mbps, usando um canal de 40 MHz e 4 streams MIMO, de 150 Mbps cada). Agora, se nosso colega interligar os dois equipamentos através de 2 portas Gigabit, aí a coisa muda de figura, aí teremos que partir para o padrão AC e é história pra outro post...

Enfim, na minha humilde opinião, cada caso é um caso. Navegar na internet, ler e-mails (caraca, sou velho mesmo, ***** coisa antiga) e imprimir documentos é diferente de acessar um database de um ERP numa empresa concorrendo com 100 usuários, todos conectados via Wi-Fi, e querer o mesmo desempenho do wired. Não crucifiquemos o pobre Wi-Fi como gostamos de fazer com o Windows, nem sempre o problema é ele...

 

Caro colega, entenda é uma característica do wireless, SEMPRE que repetir a velocidade do link do repetidor vai ser a metade do principal.

O problema em suas considerações é que se baseiam em características teóricas, o SEMPRE neste caso é teórico e prático como pode ver.

 

Eu desafio a trazer algum modo concreto onde não ocorra a queda na ordem de 50% quando utilizar repetidores.

Exempo prático: Pegue um roteador N 600 com cliente compatível. Pegue o repetidor N 600, com o mesmo cliente e realize a medição. Pode ser na mesma sala, onde o qualidade do sinal sofreria pouca interferência. Assim, o que você estaria levando em conta seria apenas o repetidor.

Posso comentar que já fiz procedimento semelhante com N 450, cliente compatível e gera a queda desta ordem. Em ambientes distantes a queda é maior, se considerar o cliente principal porque mesmo com MIMO, os problemas de reflexão e interferências ocorrem e geram conexão com velocidade menor que se fosse conectado direto.

 

Em resumo, se deseja aumentar a cobertura sem necessidade de banda os repetidores wireless são uma alternativa, caso contrário não use, melhor pensar em modo híbrido PLC+AP ou então Cabo+AP para enfim poder aumentar a cobertura, com menor perda de banda. (Digo menor perda, porque você geralmente usa aparelhos 2,4Ghz e em muitos locais existem muitas redes, nos roteadores N com largura 40 Mhz usa mais de 1 canal de largura 20 Mhz, assim ele sempre sofre interferências e acaba não tendo a performance ótima esperada e sim performance real.)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bom dia,

Então vamos ser práticos como você quer e seguir sua linha de raciocínio: como o autor do tópico não disse qual a velocidade de sua internet (que é o que reclama ter ficado lento após usar um repetidor) e de seus equipamentos, vamos considerar um link de internet de 10 Mbps e equipamentos wireless N; admitindo 30% de perda com overhead, o primeiro roteador entrega 105 Mbps a quem se conecta nele e o repetidor entrega metade disso (52,5 Mbps). Com uma velocidade dessa do lado LAN e 10 Mbps, do lado WAN, justificaria a lentidão que o autor do tópico relata ou existe algum outro problema aí que está fazendo sua velocidade de navegação ficar lenta?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×