Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
matheussg

Dúvida sobre transformadores de microondas..

Recommended Posts

Estou com os planos de construir um transformador 110V - 10v para usar num inversor caseiro, já construí os ckt e tal, mas a duvida é, consigo tirar quantos Watts de um transformador de microondas modificado para 10V,(10v porque se eu fizer com 12v a tensão cai quando a bateria arria..) eu consigo tirar o enrolamento de alta tensão sem ter que abrir o núcleo (isso da trabalho pra caramba) tenho uns 2 jogados de canto,mas ninguém quer gastar tempo em algo que não tem rendimento não é mesmo?, então fica a pergunta, quantos Watts um transformador desses consegue fornecer após modificado?

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A potencia depende da área do núcleo, mas esses trafos dão entre 400 e 500W.

Dizem que dá 100A, 200A... Conversa fiada! Eles que não aprenderam matemática.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Te garanto tirar até mais de 200 amperes com apenas 500 watts hehehe.

 

É pura matemática: 

500 watts dividido por 2,5 voltes, igual a 200 amperes.


Não sei se vai servir de inversor, pois o núcleo de trafo de microondas é de um trafo que tem a tendência a ser de corrente constante. 

 

Veja que tem um Shunt magnético no centro. É aquele Shunt que dá esta característica ao trafo. 

 

Quando você por carga, a tensão vai arriar.

 

Mas faça um experimento aí. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Te garanto tirar até mais de 200 amperes com apenas 500 watts hehehe.

 

É pura matemática: 

500 watts dividido por 2,5 voltes, igual a 200 amperes.

Não sei se vai servir de inversor, pois o núcleo de trafo de microondas é de um trafo que tem a tendência a ser de corrente constante. 

 

Veja que tem um Shunt magnético no centro. É aquele Shunt que dá esta característica ao trafo. 

 

Quando você por carga, a tensão vai arriar.

 

Mas faça um experimento aí. 

nossa que burrice a minha kk nem me passou pela cabeça isso rsrs

okay então eu tenho outras alternativas, queria comprar um auto-trafo (aqueles 110-220/220-110) e desenrolar o secundário,dobrar o fio no meio(ou pegar o fio do primário de um transformador de microondas ja que ele é bem grosso) e enrolar um novo secundário de 10+10 ficaria bom?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fica bom. Mas não se esqueça de calcular a corrente do fio.

 

Leia todo este tópico:

http://eletronicasilveira.forumeiros.com/t5206-inversor-de-tensão-pwm-60hz-onda-retangular-projeto

 

No final eu consegue ajustar o projeto.

Funcionou perfeitamente. Tem até o esquema lá.

 

Foi discutido os principais pontos.

Talvez tire muito de suas dúvidas, principalmente com relação ao primário.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Albert, eu disse que não se consegue 200A em um trafo desses baseado nos 10V como o autor do post precisa.

E levando em consideração que esses trafos não tem o secundário enrolado em cima do primário é mais difícil ainda.

 

Auto transformadores costumam ter o núcleo saturado pela sua desproporção na área transversal.

Como eu disse antes: a potencia do núcleo é dada pela sua área transversal.

Mas você poderia desmancha-lo e enrola-lo como queira.

Lembrando que auto trafos não tem secundário.

 

Eu não saberia dizer se serve para seu projeto.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

uhum, um auto-transformador de 5000va apos modificado continua a ter 5000va?

 

De cabeça eu não conseguiria te dizer.

Mas tem que fazer uns cálculos. Você pode pegar estes cálculos na internet ou em livros específicos para o caso. 

 

Nos cálculos é levado em conta a altura dos empilhamentos das chapas E I, assim como a largura da perna central.

Também é levado em conta se as chamas são de aço silício de grão orientado ou não orientado.

 

A diferença da de grão orientado para o não orientado, é que a orientada dá mais eficiência. O trafo fica menor pois pode-se usar menos fios nas bobinas, em razão do núcleo permitir maior magnetização. Igual ou superior a 12000 gauss.

 

Já a de grão não orientado, só permite uns 10000 graus ou inferior. 

 

Bom... Você não tem como saber o tipo da chapa, então sempre considere como de grão não orientado. 

 

 

Outro fato é que este seu de 5000Va, devido ser auto trafo, terá que refazer completamente, os cálculos da bobina.

 

Como o colega @cesardelta1 disse, o auto-trafo não tem secundário. É uma bobina só com duas ou mais derivações:

05-07-trafos3.jpg

 

 

 

 

 

 

Como pode ver no esquema, para seu caso, não sobraria espaço para pôr as bobinas de 10V+10V caso você mantivesse a saída de 230V, pois para fazer os 230V, usa-se toda a bobina que por sua vez, ocupa 100% do espaço das janelas E, I do núcleo.

 

Mas teria espaço para pôr as bobinas de 10+10V, casso retirasse a metade da bobina, e deixasse apenas a parte correspondente a 110V  :D  :D  :D

 

Ainda teria os 5000Va, mas precisa refazer os cálculos para um melhor aproveitamento do espaço da janela das chapas E, I.

Os cálculos irão te dar a espessura do fio para a corrente e tensão pretendida.  

Outro problema é que considero 10+10V, uma tensão muito baixa para 5000Va usando 12V de entrada. 

 

Vai exigir no mínimo uns 400 amperes  :(  :(  :(  :(  :(

 

Considere uma tensão maior. Considera aquela lógica que descrevi lá naquele fórum.

Eu te recomendo calcular estas bobinas para 36 volts.

Seriam bobinas de 22+22V seguindo aquela lógica que descrevi no fórum. 

 

Mas ainda acho 36V baixo, pois ainda drenaria 181A da bateria, apesar de já ser aceitável. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×