Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
belli

Inversão de polos

Recommended Posts

Tenho dois discos de metal com cabos ligados neles, se ligo positivo em ambos eles se repelem, se ligo positivo no disco 1 e negativo no disco 2 eles se atraem. Como poderia fazer a inversão dos polos do disco 2 automaticamente de uma maneira compacta e com a mudança em uma velocidade alta (de 1/2 a 1 segundo em cada polo)?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

não sei se entendi muito bem  sua duvida mas acredito que uma ponte H  pode inverter a polaridade  pra você facilmente como é minha  mensagem de numero 666 muito cuidado pois pode dar zebra rsrs  veja

aqui  este exemplo de ponte H  com transistor  mas dependendo pode ser feita de relé

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

São boas alternativas mas não é o que realmente preciso e pra modifica iria ocupa mais espaço. Preciso de um sistema parecido com um pulmão, em que cada segundo alterne os polos automaticamente, sem interruptores para mudar o sinal da corrente.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Amigo você não vai conseguir fugir com facilidade da ponte h para inversão de polos magnéticos dos seus eletroímãs. De fato a ponte h inverte a polaridade elétrica da corrente que no seu caso se traduz em inverter polos norte e sul. Mais uma comparação: um pulmão não respira sozinho. Precisa de um cérebro. No seu caso seria p.ex. um timer 555 e a supramencionada ponte h (e otras cositas más)

 

Fale + sobre seu projeto. Publique fotos, desenhos ou algo assim. Isso pode ajudar a te ajudar

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O projeto é o seguinte: um quadrado de 40mm e 4mm de espessura, na parte de cima e de baixo tem um disco de metal com 20mm de diâmetro cabos ligados neles com o esquema que disse na primeira pergunta. 1 dos 4 lados dele é aberto para a entrada e saída do ar por meio da expansão e compressão do espaço entre os discos de metal. As paredes de cima e de baixo são de 1mm de espessura e a que liga as duas partes tem 3mm de espessura. Para depois dos cabos preciso de algo que inverta a polaridade dos cabos de um dos discos para se repelir ou se atrair para perto do outro disco que estará um cabo com polo sempre positivo ligado nele, a permanência dos polos deve ser de 1/2 a 2 segundos em cada.

Basicamente é isso.

post-773304-0-76535900-1436567567_thumb.

post-773304-0-27666300-1436567570.png

Obs: Não desenho bem.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

ok acho que entendi. E você ? entendeu o lance da ponte h e 555?

 

por curiosidade... é pra simular pulmão? nao teria que ser uma atração gradual? ou a mecânica-pneumática da coisa cuida disso?

outra... se um dos polos vai ser sempre 'positivo', porquê não um ímã? corrente dc não se dá muito bem com indutor

 

obs: e eu que nem desenho!


fotos cairiam bem...

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Entendi a ponte h e o 555.

Não necessariamente precisa ser apenas positivo em um dos lados mas foi a forma mais fácil que achei.

Simular um pulmão, não exatamente, apenas uma das funções dele: a inspiração e expiração do ar.

Seria mais ou menos isso:

post-773304-0-75109200-1436663964_thumb.

post-773304-0-57830500-1436663993.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não entendi a diferença entre não simular um pulmão e sim a expiração e inspiração. Ou achou que estávamos falando sobre as funções biológicas dele?

 

Bom isto não me parece um eletroímã. Tá mais para uma pastilha piezoeltétrica ou algo assim. Neste caso sugiro você medir os sinais com osciloscópio pra projetar um circuito mais adequado. Percebo que este tem até um mc que sugere algo mais complexo. Fale mais sobre a placa de circuitos: o que ela faz etc, e/ou tire fotos de modo que se possa identificar alguns componentes principais: os maiores

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Consiste em dus peças de disco de metal com elementos piezo (pastilha piezoelétrica). O piezo é acionado com um sinal AC. Usando uma frequência mais alta, por exemplo algumas centenas de Hertz, gera um fluxo de ar substancial. Quando uma corrente alternada é transmitida através do componente de cerâmica, que se expande e contrai em até 150 vezes por segundo, de modo que os discos de níquel agem como um fole. Quando o material piezoeléctrico contrai, as extremidades dos dois discos de níquel são empurrados em conjunto, de modo que podem ser dobradas para longe um do outro e sugar o ar a partir da área circundante. Então, quando o material piezoeléctrico expande, os discos de níquel e se reúnem o ar é expelido a partir do centro a uma velocidade elevada.

Estarei viajando por uma semana e vou dar uma pausa enquanto isso. Quando voltar te explico o circuito detalhadamente que já projetei.

Muito obrigado pela ajuda que tem dado.

 

Demonstração de como esta funcionando:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×