Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

if.

Membro VIP
  • Total de itens

    10.254
  • Registro em

Reputação

5.961

Sobre if.

Informações gerais

  • Cidade e Estado
    Planeta Terra
  • Sexo
    Prefiro não dizer

Outros

  • Biografia
    projetos com eletrônica e programação C. 8051. pic. avr e etc
    Cad´s pcb
  • Ocupação
    projetos com eletrônica. Suporte técnico
  • Interesses
    energias alternativas. Simplicação da vida. Buscas constantes. Compartilhar conhecimento. Aliviar inquietações

Últimos Visitantes

37.071 visualizações
  1. Eu não consigo mas sei quem consegue.. Clique e veja Deve ser pouco quase nada diferente disso... o trimpot deve estar em série com o pot
  2. Ok... recomendo um esp32 que já nasceu para as nuvens. ops... teclei d+... você decide. Vá de sensor do amigo @rjjj mesmo. Mas se me permite uma visão externa, aqui fora o quesito custo sempre está em pauta. No caso como o seu de corrente mixaria, eu (eu) cogitaria até mesmo um simples shunt de fio cuprothal. A questão da invasão trataria de outra forma tipo ... teclei d+ já...
  3. Dado: um inteiro de 16bits. Ele é estraçalhado em bits pela expressão !((dado>>(i-1))&1)) que passa (a cada decremento de i) o 15º...14º...13ºbit.... pro bit0 que é efetivamente o que a digitalwrite quer. Nunca fiz mas tem que compilar sim. Qualquer dia eu tento...
  4. você quer projetar algo como um alicate amperímetro com data logger?
  5. Sim ... autotrafo ndv
  6. pode. Ache e publique o esquema...
  7. Não responderam a inquietação do guri. Na escala ac maior, encoste uma ponta neste metal e a outra na ponta do dedo segurando levemente. Se passar de 100V=provavel choque. Apesar de poder até fazer o teste descalço, prefiro nem te recomendar . Dica: faça isso apenas quando for "maior de idade" É +- o mesmo que faz aquela chavinha de fenda de teste com neon.
  8. Ache o esquema e publique pra te ajudar melhor. Quanto ao mosfet, qualquer um com estas características atende >3.2A, >650V, >38W, <1.4Ohms Dica: faça busca paramétrica no site digikey.com
  9. Eu minimizaria... #define SER ...pino do dado void changeValues(dado){ for(int i=16; i >= 0; i--){ digitalWrite(SER, !((dado>>(i-1))&1)); //MSB 1º... COLOCA O DADO INVERTIDO E digitalWrite(clockPin, LOW); //invertido ... DÁ UM digitalWrite(clockPin, HIGH); //invertido ... PULSO PRA 1 BIT } digitalWrite(RCLK, HIGH); //invertido ... PULSO PROS digitalWrite(RCLK, LOW); //invertido ... 16 BITS } algo como. Ah táh. A ideia é aproveitar o hw spi do mc. Fica + rápido e economiza recurso de processa
  10. Alternativamente você pode verificar o programa do esp. A princípio ele nasce com pinos como entrada o que por si só não deveria acionar nada. Pra garantir coloque p.ex. um resistor pulldown no pino em questão. O 2º passo é você programar rapidão como saída e em nível zero. E pra finalizar... Ah (pra variar) me fez lembrar... Certa feita me debrucei sobre esta questão. Um ci pcf8575 mantinha a saída em 1 no reset e queria controlar reles. Minha intuição foi não colocar os E dos tr no gnd e sim no C de outro transistor npn chaveando pro gnd. A base deste era o pulo do gato:
  11. A interface SPI também conversa com hc595 https://www.instructables.com/id/74HC595-Shift-Register-With-Arduino-Uno/ digitalWrite (SSpin, LOW); SPI.transfer(byte_of_data); // if you are daisychaining, add 2nd, 3rd SPI.transfer(next_byte_of_data ) digitalWrite (SSpin, HIGH); https://forum.arduino.cc/index.php?topic=149470.0 Rapadura :é sweet mas num é soft não
  12. Só porque gostei do projeto Chute serve? Tenta algo como: // Lê a primeira linha do pedido ... não conheço o protocolo. Veja qual linha tem dado útil String req = client.readStringUntil(’\r’); Serial.println(req); client.flush(); // Corresponde ao pedido int val; int val=atoi(reg); Coloque val nas saídas (todas) pra ver que merdadá. Coloque leds unsigned char i; for (i=1;i<16;i++) digitalWrite(i, (val>>(i-1))&1);
  13. Explicação não muito útil pra você mas talvez menos inútil pra algum incauto navegante do futuro: missão nossa e do forum. Registre-se: algoritmo semi óbvio mas 100% original. Vai querer um cafezinho também? Pra ajuste preciso precisa mesmo de um timer... se seu pic o tiver... https://microchipdeveloper.com/8bit:timers Obs: recomendação óbvia pode não ser pra você e sim ... pra posteridade Me fez lembrar... fiz um beep anabolizado com alarmes com pic12c508 que nem interrupção tinha. Só tinha um timer merreco. A intuição pulo do gato foi sincronizar o loop
  14. Não costumo visitar tópico marcado como resolvido... Estude a fórmula de carga do capacitor. Vai ver que não é linear (reta). Pra seu desafio... ainda não conectei. Publique o circuito... se achar que deve.
  15. Você pode tentar usar esta informação pra acionar quantos leds quiser. Perceba que vai ter que ter o controle bit a bit do byte unsigned char val=...req convertido em byte; digitalWrite(4, (val>>0)&1); digitalWrite(5, (val>>1)&1); digitalWrite(6, (val>>2)&1); digitalWrite(7, (val>>3)&1); Pra converter em byte ou int na 'moleza' do sw, consulte p.ex. a função atoi() Ou p.ex. com switch case pra criar funções switch (val) { case (x) faca_isso();break; case (y) faca_aquilo();break; case (z) faca_outra_coisa();break; //... }

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas comunidades sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

GRÁTIS: ebook Redes Wi-Fi

EBOOK GRÁTIS!

CLIQUE AQUI E BAIXE AGORA MESMO!