Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
danilomelotti

Usar controle rf (de portão/alarme) no arduino

Recommended Posts

Olá!

 

Tenho interesse em usar o arduino como um receptor para acionar uma carga remotamente. Quero usar um controle desses usados em portões eletrônicos e alarmes (o controle que tenho disponível é um ECP - ver abaixo). Ligar um módulo receptor que trabalha na mesma frequência que o controle (no caso 433,92mhz) e fazer um programa que ao apertar uma vez um botão no controle aciona a carga, e ao apertar de novo, desliga a carga. Por favor, mandem suas idéias e sugestões.

 

Grato!

controle.jpg

receptor.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não sei se ajuda, mas outro dia fui na loja para comprar um acionador de portão e o lojista me ofereceu um que pode ser acionado com o farol do carro ao invés do contrôle remoto.

Como moro em prédio não aceitei porque acho que implicaria em alguma mudança na central.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 25/05/2016 às 10:28, misterjohn disse:

Não sei se ajuda, mas outro dia fui na loja para comprar um acionador de portão e o lojista me ofereceu um que pode ser acionado com o farol do carro ao invés do contrôle remoto.

Como moro em prédio não aceitei porque acho que implicaria em alguma mudança na central.

Olá! Não é isso que eu estou querendo. Eu quero usar o controle no arduino.

 

Com relação a questão ao seu questionamento, posso afirmar por experiência própria que não é necessário mudar nada na central.

O transmissor para o carro funciona da mesma forma que um controle comum. A questão é que você vai precisar instalar ele junto a alimentação do farol alto do seu carro (pode ser também na buzina, limpador de para-briza, etc). Esse transmissor ao ser alimentado envia o mesmo sinal que um controle comum. É obvio que você vai ter cadastrar ele no seu portão (da mesma forma que teria que cadastrar um novo controle). O processo de cadastramento de um transmissor automotivo é o mesmo de um controle comum.

Esse tipo de sistema (na minha opinião) possui os inconvenientes: -Precisa de instalação na parte elétrica do veículo; - No caso de instalar junto ao farol alto, exite a situação de o outro motorista pensar que você está piscando o farol para ele, quando na verdade está abrindo/fechando o portão; - Se você piscar o farol (para "cumprimentar" alguém, por exemplo) próximo do portão, ele abrirá 

 

Como eu disse, só abri um parênteses para esclarecer sua dúvida, más não tem praticamente nada a ver com a minha.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
8 horas atrás, danilomelotti disse:

Olá! Não é isso que eu estou querendo. Eu quero usar o controle no arduino.

 

Com relação a questão ao seu questionamento, posso afirmar por experiência própria que não é necessário mudar nada na central.

O transmissor para o carro funciona da mesma forma que um controle comum. A questão é que você vai precisar instalar ele junto a alimentação do farol alto do seu carro (pode ser também na buzina, limpador de para-briza, etc). Esse transmissor ao ser alimentado envia o mesmo sinal que um controle comum. É obvio que você vai ter cadastrar ele no seu portão (da mesma forma que teria que cadastrar um novo controle). O processo de cadastramento de um transmissor automotivo é o mesmo de um controle comum.

Esse tipo de sistema (na minha opinião) possui os inconvenientes: -Precisa de instalação na parte elétrica do veículo; - No caso de instalar junto ao farol alto, exite a situação de o outro motorista pensar que você está piscando o farol para ele, quando na verdade está abrindo/fechando o portão; - Se você piscar o farol (para "cumprimentar" alguém, por exemplo) próximo do portão, ele abrirá 

 

Como eu disse, só abri um parênteses para esclarecer sua dúvida, más não tem praticamente nada a ver com a minha.

Desculpe se não pude te ajudar, mas voce me ajudou, a questão sobre as inconveniências citadas por ti procedem, mas ainda assim vale a pena, tiro por mim, produto de marca oxida muito o terminal isolando ou dificultando o acionamento e os paralelos funcionam bem no começo, só por isso já vale alguns supostos transtornos.

 

Quanto ao seu problema, quem poderia lhe ajudar são os usuários Izadora e Faller entre outros que se manifestam muito em eletrônica, manda uma mp, vai que não tiveram oportunidade para ver o tópico afinal são muitas postagens e as mais novas vão "empurrando" as mais antigas ai cai no esquecimento.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@misterjohn me 'obrigou' a dar um pitaco..rs

Seguinte.. não conheço os tx e rx mas suponho que o terminal 'data' nada mais é que um 'espelho' do botão. está correto? então continuemos...

Seguinte II... não tenho contato com arduínos (e nem tenho muita vontade) mas suponho que sua programação seja bem semelhante ao c. Neste caso sua solução é relativamente simples

#define rele PORTB_BIT0 //translade pra definição do teu precioso
#define data PORTB_BIT1 //o mesmo
//faça setup do hw
for (;;)
{
if (!data) //supondo que sinal ativo em 0
{rele^=1;while(!data);}
}

Acho que já vi (ou criei) este filme .. ontem kk

Vai um cafezinho também? rs

.

Editado por Isadora Ferraz

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Isadora Ferraz disse:

@misterjohn me 'obrigou' a dar um pitaco..rs

Seguinte.. não conheço os tx e rx mas suponho que o terminal 'data' nada mais é que um 'espelho' do botão. está correto? então continuemos...

Seguinte II... não tenho contato com arduínos (e nem tenho muita vontade) mas suponho que sua programação seja bem semelhante ao c. Neste caso sua solução é relativamente simples


#define rele PORTB_BIT0 //translade pra definição do teu precioso
#define data PORTB_BIT1 //o mesmo
//faça setup do hw
for (;;)
{
if (!data) //supondo que sinal ativo em 0
{rele^=1;while(!data);}
}

Acho que já vi (ou criei) este filme .. ontem kk

Vai um cafezinho também? rs

.

 

O problema que eu também não conheço rsrs... más imagino que cada controle tem seu código (provavelmente binário), e as centrais (de portão ou alarme, por exemplo) guardam esse códio. Será que se eu conectar o receptor em uma porta qualquer do arduino consigo ver esse código no monitor serial? 

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Provavelmente não. Penso que este lance de código seja somente entre o tx e o rx ou nem isso. Se forem apenas aquelas peças que vejo na foto do receptor, ele é bem burro. Por isso supus um "espelho botão <---> pino do receptor". Veja se seu receptor tem algo + na parte de baixo.

Realmente aqui residiria o problema de qualquer tx acionar o sistema se este for burro como supus. Não pensei nisso. sorry.

 

Agora sim... nada impede da "inteligência" estar no tx. Neste caso aí sim ele transmite o seu código. Hás de estudá-los e seu protocolo pra fazer uma bela recepção pra eles com seu precioso arduíno que fará o papel de central (de portão e alarme p.ex.) , decodificá-lo e acionar o que quiser

Repetindo, só com um pouco de estudo e pesquisa mesmo...

 

Um caminho do meio seria algo não tão burro (mas também não é algo tããão inteligente) p.ex. Sua "senha" seria ... o sistema só atua se apertar o botão 3x em 1 segundo. Ou algo do gênero.

 

.

Editado por Isadora Ferraz

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
15 minutos atrás, Isadora Ferraz disse:

[...] Veja se seu receptor tem algo + na parte de baixo. [...]

 

Não, meu receptor é idêntico a foto.

 

17 minutos atrás, Isadora Ferraz disse:

[...] Um caminho do meio seria algo não tão burro (mas também não é algo tããão inteligente) p.ex. Sua "senha" seria ... o sistema só atua se apertar o botão 3x em 1 segundo. Ou algo do gênero..

 

É uma solução simples que iria adiantar mas não resolver. (Em minha casa tem portão eletrônico e central de alarme). Acho melhor não arriscar...

 

Tem um vídeo no youtube sobre isso, eu montei esse esquema, só que eu tenho que apertar várias vezes o botão do controle para o programa perceber que eu apertei o botão do controle. Se quiser dá uma olhada: 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tá vendo como te ajudei danilomelotti, ela manja do assunto, quando a pessoa procura textos prontos e cola na postagem, ela se cala na primeira pergunta que fizer, porque não tem o que dizer...nesse caso então nem dá para dar uma de lulinha.....hahahahah

 

Editado por misterjohn

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, misterjohn disse:

Tá vendo como te ajudei danilomelotti, ela manja do assunto, quando a pessoa procura textos prontos e cola na postagem, ela se cala na primeira pergunta que fizer, porque não tem o que dizer...nesse caso então nem dá para dar uma de lulinha.....hahahahah

 

 

Realmente ajuda. Ela está presente em quase todos os posts. Pena que Arduíno não é bem a área de atuação dela. Pelo que eu percebi, ela adora a parte de eletrônica. Más qualquer ajuda é muito bem vinda!

 

Com relação a seu comentário anterior, concordo contigo, apesar de todos os inconvenientes, o tx car compensa, pois não tem como descarregar a bateria dele ou perde-la. Além da questão do mau contato da bateria dos controles. Tenho o tx car nos carros da minha casa e realmente compensa (ao compara com os controles).

 

Valeu!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Já resolvi meu problema! Para quem quer elaborar um projeto que use esses controles no arduino, dá uma olhada nesse vídeo:

 

Eu fiz, deu certo e recomendo!

 

Obrigado a todos que ajudarão. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×