Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
AmarildoJr

Tutorial - atualizações automáticas - privacidade - outros

Recommended Posts

Se você ainda está no Windows XP, Vista, 7, ou 8/8.1, saiba que você ainda tem controle sobre seu sistema operacional. Pelo menos se comparado com o Windows 10.

 

Na última versão do Windows, a Microsoft tirou muito do controle sobre o sistema operacional. Por exemplo, usuários não possuem ferramentas fáceis para controlar as atualizações automáticas, nem desativar o Windows Defender. É como aquele famoso ditado: "It's either my way, or the highway". Há, contudo, a possibilidade de se obter controle através de ferramentas avançadas (o que não muda o fato do controle não estar onde deveria estar).

 

Infelizmente a falta de controle não para por ai. Além de forçar atualizações e a proteção de antivirus, a Microsoft também força a coleta de dados dos usuários. A palavra "espionagem" pode soar muito forte para algumas pessoas, então vamos definir essa prática como "Coleta de Dados Involuntária" hehehehe.

 

Controlando as atualizações automáticas

 

Vendo este vídeo, fica claro que as atualizações forçadas podem prejudicar muito o trabalho feito no Windows 10. Com isso em mente, vamos controlar esse comportamento do sistema. O primeiro passo para desativar as atualizações automáticas é saber a versão do Windows usada. O Windows 10 Pro conta com o Editor de Políticas de Grupo (gpedit.msc), ferramenta que torna fácil uma parte da configuração das atualizações automáticas. Se você usa o Windows 10 Home, não entre em pânico, pois uma das ferramentas para controlar a privacidade do Windows também permite desativar o Windows Update automático com apenas um clique, além de usarmos o Editor do Registro. Além disso, todas as outras opções usadas na versão Pro podem ser usadas na Home.

 

Windows 10 Pro

 

Abra o Editor de Registro. Para fazer isso, abra o iniciar e digite "regedit" (sem as aspas). Clique com o botão direito e depois em "Executar como Administrador". Essa janela deve abrir:

yWZlTAE.jpg

 

Agora, navegue até o registro HKEY_LOCAL_MACHINE\SOFTWARE\Policies\Microsoft\Windows
Note se há uma chave chamada "Windows Update". Se não há, crie-a clicando com o botão direito em Windows, depois mova o mouse até Nova, e clique em Chave.
Agora crie outra chave chamada "AU".
Dentro dessa chave, você precisa agora criar duas "DWORD 32bit". A primeira se chama "AutoInstallMinorUpdates" com valor 0, e a segunda se chama "NoAutoUpdate" com valor 1.

No final, a sua chave/registros devem estar assim:

oFUSZk6.jpg

 

Ainda no Registro do Sistema, navegue até HKEY_LOCAL_MACHINE\SOFTWARE\Microsoft\Windows NT\CurrentVersion\NetworkList\DefaultMediaCost

Você precisa alterar as permissões dessa chave, caso contrário não vai conseguir alterar os valores. A ideia dessa edição é que o Windows não baixa atualizações em conexões marcadas como "Metered", que é o equivalente ao 3G e 4G por operadoras de celular que cobram pela quantia de dados. Por isso, marcaremos todas as conexões (até mesmo as cabeadas) como Metered.

Para alterar as permissões, clique com o botão direito em "Default Media Cost" e em "Permissões". Essa janela abrirá:

MMY65lt.jpg

 

Agora clique em Avançado:

Agora, clique em "Alterar":

U2XyIxz.jpg

 

Essa janela abrirá:

3diuD7s.jpg

 

Digite seu nome de usuário, verifique, e clique em OK.

 

Voltando na janela abaixo, selecione seu nome de usuário e marque as caixas de seleção a seguir:

y73WifV.jpg

 

Agora, finalmente podemos alterar os valores. Eu deixei todos os valores em "2" para marcar todas as conexões como Metered:

yjL4cFh.jpg

 

Mesmo com todas essas alterações, o Windows ainda vai baixar atualizações sem nosso consentimento. Para bloquear de vez, devemos desabilitar as tarefas agendadas relacionadas ao Windows Update.

 

Primeiro, abra o Iniciar e digite "Tarefas Agendadas" ou "Agendador de Tarefas", e abra como Administrador. Essa janela deverá abrir:

8ohUHp4.jpg

 

Agora, navegue até "Task Scheduler Library - Microsoft - Windows - Windows Update". Essa tela deverá ser mostrada:

L0MNNlI.jpg

 

Há 4 opções. A primeira eu fortemente sugiro não desativar, pois você vai encontrar problemas ao adicionar novos usuários. Eu havia desativado ela antes de criar meu usuário, e então meu Menu iniciar ficou "estragado" quando criei o usuário. Tive então que habilitar esse primeiro serviço (Automatic App Update), criar um novo usuário, copiar a pasta do Menu Iniciar dele para o meu usuário, rodar o comando "sfc /scannow", e deletar esse usuário novo. Portanto, esta tarefa fica habilitada.

 

A segunda tarefa também fica habilitada pois ela define os "gatilhos" manuais. Ou seja, o serviço fica esperando o usuário precisar dele para agir. Se você desabilitar esse serviço, terás problemas ao tentar habilitar funcionalidades do Windows ou procurar por atualizações manualmente, pois o serviço do Windows Update será desabilitado por completo.

 

Os próximos dois serviços, "sih" e "sihboot", são desativados. Estes são os importantes de desativar pois são eles que vão ativar o Windows Update sem o consentimento do usuário.


Há mais uma opção para usuários Pro, e é pelo Editor de Políticas de Grupo.

Abra o Iniciar e digite "gpedit.msc", novamente sem aspas. Você precisa de privilégios de Admin para usar esse programa. Essa janela abrirá:

dFwPAWn.jpg

 

Navegue até "Modelos Adminstrativos - Componentes do Windows - Windows  Update".
Agora, edite a opção "Permitir Atualizações Automáticas" e a desative. Ela deve estar assim:

juxWtlN.jpg

 

Pronto! :D

 

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


Windows 10 Home

 

Para usuários da edição Home, a única opção que vocês não podem usar é a da edição da Política de Grupo, pois o gpedit.msc só existe para usuários Pro. Contudo, há o programa "ShutUp10" que permite desabilitar as atualizações automáticas, mas vamos falar dele adiante.

 

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


PRIVACIDADE

 

Um dos maiores problemas do Windows 10 é a privacidade. O sistema sabe de tudo que você faz: cada foto aberta, cada texto digitado, cada palavra dita. Tudo vai para a Microsoft e seus parceiros, pois você virou produto de informação.

 

Se você, ao instalar o sistema, desativou todas as opções de privacidade (ou seja, NÃO CLICOU em "Get going Fast") já tem meio caminho andado. Mas não se preocupe caso tenha deixado o Windwos maneijar sua privacidade, agora vamos reduzir o vazamento de dados quase que por completo.

 

Vamos usar 3 programas muito conhecidos e completamente seguros: Spybot Anti-Beacon; ShutUp10; e Destroy Windows 10 Spying. Este último é necessário pois mesmo colocando uma "lista negra" no arquivo Hosts, o navegador Edge vai burlar essa lista e não obedece o Admin do sistema, e por isso esse programa adiciona regras no Firewall do Windows que impedem de vez que os sites espiões sejam acessados.

 

Eu sempre começo com o ShutUp10 [Link]. Como há muitas opções a serem revisadas e esse tutorial já está ficando grande, vou apenas mostrar como EU configurei o programa. Leia bem o que cada regra faz, e se tiver em dúvidas pode perguntar aqui o que eu e os usuários do fórum achamos sobre tal regra, ou apenas clique em "Apply recommended settings" que é a opção mais segura.


PS: Se você deseja usar a Cortana (mesmo ela escutando e mandando dados de seu microfone para a MS a todo tempo), se você usa a sincronização através das contas Microsoft, ou se usa o OneDrive (mesmo sem saber que a Microsoft tem permissão de pegar qualquer arquivo), peça aqui quais opções você deve manter habilitadas. Eu não uso nenhuma delas, então não siga a minha configuração.

 

Minha configuração (Parte 1):

WVPwsrA.jpg

 

Minha configuração (Parte 2):

xHffhb5.jpg

 

Após configurar, o programa pede para que você reinicie o Windows. Fica a seu critério se vai ou não reiniciar. Eu só reinicio após usar os 3 programas.

 

O próximo programa que eu uso é o Destroy Windows 10 Spying [Link]. Segue a configuração:

 

[x] Create System Restore Point

 

Cria um ponto de restauração de sistema, caso algo dê errado.

 

[x] Delete Keylogger and telemetry

Deleta KeyLogger e Telemetria. Mesmo não sabendo exatamente o que essa opção faz, eu a uso e nunca tive problemas.

 

[x] Add spy domains to hosts file, and block in Windows Firewall

Essa é a melhor opção do Programa: Adiciona domínios espiões ao arquivo Hosts, e bloqueia no Firewall do Windows também, fazendo com que o Edge obedeça o usuário/programa.

 

[x] Disable Private Settings

Desativa quase todas as opções em "Configurações - Privacidade" do sistema. Como a Microsoft atualizou o Windows várias vezes desde a criação desse programa, você ainda terá que manualmente desativar certas opções.

 

[x] Disable Windows Defender

O Avira já faz isso por mim.

 

PS: Se você usa o Windows Defender, desmarque essa opção!

 

[ ] Set default Windows Photo Viewer

Não sei o que ela faz, e nunca tentei usar.

 

[x] Disable Spy tasks

Se lembram das tarefas relacionadas ao Windows Update? Agora, o programa desativa ainda mais tarefas que espionam o usuário.

-----------------------------

PS: Se você escolher deletar os programas Metro, não vai poder reverter esse processo. Pense 200 vezes antes de fazer isso, pois a sua Loja vai ficar estragada.

 

Minha configuração é essa:

t1cQVTD.jpg

 

PS: Se você usa o Firewall do COMODO, precisa desativar o Firewall do Windows e importar a lista do Hosts para o Firewall do COMODO. Se alguém faz isso (que nem eu), basta pedir e eu providencio minha config do COMODO.

 

O próximo programa é o Anti-Beacon [Link], da Spybot, conhecida pelo programa "Spybot Search and Destroy". Eu uso a versão instalada pois ela imuniza o sistema após a reinicialização. Ou seja, se a Microsoft decidir desativar essas opções, o programa as reativa ao reiniciar.

 

Na primeira página, é completamente seguro clicar em "Immunize":

hadHnEd.jpg

 

Na segunda página, clique em "Show Details" e veja o que pretende deixar habilitado, como IP's do BING, Cortana, OneDrive, etc. Eu deixo tudo habilitado:

scOAYtI.jpg

 

 

Conclusão

 

Após todo esse trabalho, temos um Windows que respeita a nossa privacidade e que respeita a nossa decisão de procurar por atualizações, coisa que já temos no Windows XP, Vista, 7, e 8/8.1. Infelizmente, ainda não podemos controlar QUAIS atualizações são instaladas, podemos apenas instalar ou não instalar o que vem pela frente. Espero que programas como AutoPatcher possam trabalhar no Windows 10.

 

Qualquer dúvida, não hesite em perguntar ;)

  • Curtir 5

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ótimo tutorial. Bem claro, completo sem perder a objetividade, com uma linguagem de fácil acesso pra um usuário iniciante!

 

Gostei muito do Windows Update Mini tool, o que você achou da ferramenta, poderia (se puder) dar umas breves explicações dela?

 

Apesar dela aparecer simples, eu infelizmente demorei muito tempo para entender (e me enrolava direto) porque usava termos que não conhecia e por casa daquelas benditas flechinhas parecidas.

 

Todo tutorial que já vi dela parte do pressuposto que é tão visualmente na cara que não tem erro. Mas eu sou meio lento pras coisas como o @Zengash (desculpe pela demora) e o @ilkyest devem saber.

 

Novamente Obrigado pelo tutorial. Vai ser de grande ajuda pra muita gente!

  • Curtir 4

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Hqxriven Obrigado! :)

Posso sim olhar a WUMT, mas não sei quando vou poder fazer um tutorial para ela.

Ela me parece uma boa ferramenta, e pelo visto consegue controlar quais atualizações instalamos no Windows 10, então pode ter certeza que vou dar uma olhada até mesmo usar ela :)

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Hqxriven  entenda como "re-compilando o kernel windows, from scratch"... e "aplicando patches" que o @AmarildoJr  sugeriu, kkkkkkkkk

 

@AmarildoJr  ótimo tópico... está em PDF já

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@ilkyest  Nem me fale. Quantas vezes eu tive que editar o código do patches porque o cara fazia uma besteira e gerava uma regressão bizarra. Mas flechas quase gêmeas fica difícil.

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Muito obrigado @AmarildoJr , testarei quando estiver em casa.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×