Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Ivo Hof

Onde encontrar a informação do fsb da placa-mãe?

Recommended Posts

Boa noite galera, gostaria de fazer uma observação, que pra mim é novidade, mas estão aberto os comentários.
Quando entro no site dos fabricantes de placa-mãe, não consigo achar o FSB da placa do meu interesse.
Pelo menos nas três principais marcas: ASUS, MSI e GIGABITE não encontrei 
o valor do FSB na lista de especificações.
Na compra de uma placa-mãe essa informação é muito importante. 
Caso alguém ache outra forma de ver isso, em um dos sites desses fabricantes, favor informar.
Obrigado.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Para saber o que exatamente você precisa do FSB? O FSB geralmente está relacionado com a frequência da memória ou clock do processador seria isso que você precisa ou alguma outra coisa?

adicionado 0 minutos depois

Diga também qual é a placa-mãe em questão, assim provavelmente fica mais fácil te ajudar.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O FSB (frontal side bus) era usado ate o socket 775 na intel, A AMD ja usa a anos o hyper trasport ou HT no lugar do FSB, e a intel, a partir do socket 1155 integrou o controlador de memoria, e parte das linhas PCI-E no processador, com isso o chipset ponte norte sumiu, e passou a usar um barramento chamado DMI para conectar o processador ao chipset, o DMI na versão 2.0 transfere ate 4GB/S enquanto a versão 3.0 chega ate 8 GB/S

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Boa noite galera! Valeu mesmo pelo apoio! Mas numa situação em que eu queira saber o desempenho de uma placa-mãe, ( velocidade em Hertz) tenho que me basear no DMI? E sobre o DMI na versão 2.0 transfere até 4GB/s certo? Quanto é isso em Hertz? Porque a velocidade das memórias são baseadas em Hertz, como quase todos os componentes!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Depois que o controlador de memória, e no caso da intel, ate mesmo partes das linhas PCI-E foram integradas no processador, a placa-mãe passou a ter um papel mínimo no desempenho, se estiver pensando em upgrade apenas trate de pegar uma placa de fabricante tradicional, com atualizações de BIOS e drivers.

 

O DMI 2.0 existe em qualquer placa com chipset Intel desde 2011 e a versão 3.0 foi implementada nos chipsets H1xx a partir do chipset H170 (o H110 usa DMI2.0) não que ele influencie algo no desempenho, talvez se voce tiver um RAID de SSDs capaz de transferir mais que 4GB/s o DMI 2.0 possa ser uma limitação....

 

Hoje o que se olha em uma placa-mãe Intel é o chipset e os recursos, se vai usar SLI/crosfire, numero de portas USB/SATA... depois que a Intel amarrou o clock do PCI-e, memórias e barramento em um único clock (BCLK) ela meio que matou o overclock como custo beneficio...

 

Hoje pra fazer um over decente e estável precisa de placa-mãe com chipset top de linha e processador com multiplicador desbloqueado, e no custo beneficio, o preço de um i5 desbloqueado+placa-mãe com chipset Z170, acaba saindo o mesmo preço que um i7+placa-mãe basica, overclock virou coisa de entusiasta endinheirado...

  • Curtir 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Boa noite, valeu mesmo meu brother @F4b10!!! Ótimas informações que você passou!! Porém eu estou querendo entrar no mundo da montagem de micro e preciso de muitas informações. Como você falou , hoje se olha o chipset de uma placa-mãe certo? Vamos deixar OC de lado por enquanto, vamos falar de uma montagem de um pc.

Digamos que um cliente encomenda um PC para um determinado trabalho certo? E acrescenta que quer um pc com no mínimo 2800 Mhz em cada memória DDR4, e quer uma placa-mãe Asus com processador i5 certo?

Quais os requisitos que devo observar na compra da placa-mãe? Essa esta sendo minha dúvida!!

Porque nesse exemplo que dei acima, não estou levando em consideração SLI, número de portas sata ou OC.

Me desculpe se estou sendo insistente.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Basicamente, se a placa suporta essa velocidade e tipo de memoria, e procurar um i5 suportado pela placa, geralmente no próprio site de venda, ou no site do fabricante tem logo abaixo da descrição do socket para qual geração de processadores a placa se aplica...

 

Atualmente os sockets LGA2011 ou LGA1151, destinados a sexta geração (core i3/i3/i7 serie 6xxx), são os únicos sockets com suporte a DDR4, mas no caso do socket LGA1151 há placas que suportam apenas DDR3 e outras que suportam apenas DDR4 dependendo de qual tipo de slot de memória veio soldado na placa, tendo que verificar cada caso.

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Só uma pequena correção, a plataforma X99 com soquete LGA2011-V3 não é de sexta geração, mas sim de quarta e quinta.

 

https://www.clubedohardware.com.br/artigos/tudo-o-que-voce-precisa-saber-sobre-a-plataforma-x99-da-intel/3006

 

Para se usar memórias DDR4 com frequência maior do que 2133MHz você precisa do chipset X99 ou Z170.

 

Outra coisa interessante é que a linha Zen da AMD que vai ser lançada no final desse ano também terá compatibilidade com DDR4.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Citação

Só uma pequena correção, a plataforma X99 com soquete LGA2011-V3 não é de sexta geração, mas sim de quarta e quinta.

 

Confrade @Zucchini você está se referindo ao período de lançamento ou de hoje ou de alguma outra peculiaridade?

 

Porque já existem i7 de sexta geração pra esse soquete:

 

http://www.intel.com.br/content/www/br/pt/support/processors/000005592.html

 

http://ark.intel.com/products/94189/Intel-Core-i7-6800K-Processor-15M-Cache-up-to-3_60-GHz

 

Abraços (sem treta só curiosidade mesmo :tw_heart: )

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Que nada, sua pergunta é bem relevante, inclusive a pouco tempo atrás isso também me gerou confusão. Perceba que embora esses novos I7 de soquete 2011-V3 comecem com o número 6, como por exemplo 6800k que você citou, eles são da família Broadwell-E e não Skylake, logo são de quinta geração e não sexta. O artigo do CdH que linkei menciona isso.

 

Abraços.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Que interessante! Um Intel de quinta geração com numeração de sexta!

 

É cada uma da Intel, custava colocar um 5XXX alguma coisa. (Sei lá 5800K B1 ou com algum nome, semelhante aos X2 3600+ do passado (Manchester, Windsor e Brisbane)

 

Nem sabia! Obrigado pela informação!

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×