Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
    • DiF

      Poste seus códigos corretamente!   21-05-2016

      Prezados membros do Fórum do Clube do Hardware, O Fórum oferece um recurso chamado CODE, onde o ícone no painel do editor é  <>     O uso deste recurso é  imprescindível para uma melhor leitura, manter a organização, diferenciar de texto comum e principalmente evitar que os compiladores e IDEs acusem erro ao colar um código copiado daqui. Portanto convido-lhes para ler as instruções de como usar este recurso CODE neste tópico:  
avi

Como cobrar aplicativo que será comercializado

Recommended Posts

Olá a todos. Queria pedir a opinião dos desenvolvedores numa questão. Estamos negociando a criação de um aplicativo para uma empresa que pretende comercializar o mesmo apos a entrega. Precisamos passar um orçamento que possa abranger também esta possibilidade da empresa fazer dinheiro com o aplicativo. Estamos na dúvida se passamos orçamento alto apenas para o desenvolvimento ou passamos uma proposta que nos possibilite também ganhar uma porcentagem em cima da comercialização. Alguém já passou por isso?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@avi Cara, isso é MUITO relativo.

 

Vocês vão desenvolver o software. OK, perfeito. Depois de pronto, essa empresa vai comprar de vocês e comercializar. Mas vai comprar o que? Os direitos de comercializar ou vai comprar "cópias" do programa para vender?

 

Como ficam as atualizações? Vocês farão isso de graça? Novos recursos, etc... como isso será cobrado? A empresa que vai vender o software de vocês cobrará mensalidade dos clientes? Será um produto que se compra uma vez, o suporte se resume a patches de correção de bugs e conteúdo novo apenas mediante compra de pacote/upgrade do programa? Isso será intermediado por essa empresa ou será diretamente por vocês?

 

Tem que pensar bem nesse tipo de coisa.

 

 

Em um cenário normal, essa empresa encomenda o software de vocês. Perfeito. Você deve cobrar pelo tempo e pessoal despendido para codificar todo o programa, ou fechar um pacote com um valor realista para que você e sua empresa/equipe realmente recebam de acordo com o esforço.

 

Se o contrato vai ficar apenas por isso, projeto tem que valer a pena financeiramente, ou seja, terá um valor elevado mesmo. Como de costume, correção de bugs fica no pacote, porque o programa tem que funcionar de acordo com as especificações.

 

Se a empresa quiser novos recursos no software, apenas mediante aprovação de orçamento. E assim segue o baile.

 

Pode também existir a possibilidade de vocês cobrarem um valor menor sobre o desenvolvimento e cobrarem x% sobre as vendas. Da mesma forma, novos recursos apenas mediante aprovação de orçamento, mas seguindo a premissa de valores inicial.

 

De boa, tudo depende REALMENTE  do público alvo do seu software. Vai vender muito? Milhares e milhares de cópias? Se a pesquisa de mercado diz que sim, talvez o segundo método seja mais vantajoso financeiramente. Se não tem certeza, talvez o primeiro método.

 

De qualquer forma, o contrato para esse tipo de serviço deve ser muito bem feito e que nenhuma cláusula abra margem para múltiplas interpretações.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

TwistedSoul, obrigado pelas dicas. O software vai ser dirigido apenas para empresas, por isso minha duvida em fazer de uma forma ou de outra. Eu sei que é relativo e por isso mesmo queria pedir uma opinião. Na verdade, queria que alguém chegasse pra mim e falasse "faça isso" , hehe. É muito complicado. Não dá pra prever qual será a saída desse aplicativo no mercado. Depende até da empresa investir em publicidade, ou seja, inúmeros fatores.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@avi Sem problema. Isso é bem complicado mesmo. Como eu não conheço o software, nem o ramo que ele vai atuar e os recursos que ele tem, além de não saber o papel dessa empresa compradora/revendedora, é meio impossível te dizer "faça assim e fique rico" :)

 

Mas você chegou a considerar a questão das atualizações? Como funcionaria a questão de adição de novos recursos? Serão vocês quem decidem o que vem de novo ou seria requisições de clientes? Talvez necessidade e adaptação do mercado e legislação?

 

E aqui fica a grande pergunta: você está vendendo um software ou um serviço? A grande sacada do software atualmente é vender serviço, ou seja, seu software é apenas uma ferramenta que "faz coisas". Daí entra a questão de cobrança de mensalidade para utilizar o software. O pagamento inicial do software seria como uma taxa para contratar o serviço e a mensalidade para dar continuidade na utilização dele. Venda do software em si, onde a pessoa ou empresa compra e era isso não funciona muito bem na atualidade.

 

Independente da outra empresa fazer ou não publicidade para a venda, ele é de uso específico ou amplo? Pode ser usado por diversos ramos do mercado? Isso ajuda a descobrir o real alcance do seu software.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×