Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Teagou

C++ Como usar if e verificar qual a letra que o usuário entrou ?

Recommended Posts

Ola pessoal , bom , estou estudando C++ faz pouco tempo , e estou tendo dificuldades com a seguinte situação.
     O exercicio que estou a fazer diz o seguinte:
"Efetuar a leitura de um nome (variável NOME) e o sexo (variável SEXO) de uma pessoa e apresentar como saída uma das seguintes mensagens: "llmo Sr.", caso seja informado o sexo masculino (utilizar como valor o caractere "M"), ou "llma Sra.", caso seja informado o sexo feminino (utilizar como valor o caractere "F"). Após a mensagem de saudação, apresentar o nome informado. O programa deve, após a entrada do sexo , verificar primeiramente se o sexo fornecido é realmente válido, ou seja, se é igual a "M" ou "F". Não sendo essa condição verdadeira, o programa deve apresentar a mensagem "Sexo informado inválido".

bom, tentei fazer isso no seguinte código:
 

//C04EX12.CPP

#include <iostream>
using namespace std;

int main(void)
{
    char SEXO[1], NOME [30];
    cout << "Insira seu nome: "; cin >> NOME;
    cout << "Insira seu sexo: "; cin >> SEXO;
    if (SEXO == "M" and SEXO == "F")
        if (SEXO == "M")
            cout << "llmo Sr." << NOME;
        else
            cout << "llma Sra." << NOME;
    else
        cout << "Sexo invalido";
    return 0;
}

Bom , é isso , é bem simples mas está quebrando minha cabeça pois não sei outro formato de solucionar isso. (Estou em exercicios de decisão, por isso não busquei soluções utilizando laços ou outros modos).

Edit:
Tudo bem , acho que fui um pouco precipitado em publicar isso aqui hahahaha. Consegui resolver o problema trocando If pelo Switch tranquilamente.

 

//C04EX12.CPP

#include <iostream>
using namespace std;

int main(void)
{
    char SEXO[1], NOME [30];
    char opcao;
    opcao = 'M', 'F';
    cout << "Insira seu nome: "; cin >> NOME;
    cout << "Insira seu sexo (M = Masculino, F= Feminino): "; cin >> opcao;
    switch (opcao)
        {
        case 'M':
            cout << "llmo Sr. " << NOME;
            break;
        case 'F':
            cout << "llma Sra. " << NOME;
            break;
        default:
            cout << "Sexo invalido.";
        }
    return 0;
}

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A solução está correta. E ainda poderia ser com IF.

    if ('M' == opcao) cout << "llmo Sr. "  << NOME; else
    if ('F' == opcao) cout << "llma Sra. " << NOME; else
    /* Default */     cout << "Sexo invalido.";

Você não acha o uso de IF para esse caso mais elegante que SWITCH? Além disso, nesta situação o SWITCH não tem muita serventia, somente em caso de listas grandes e sequenciais que a declaração SWITCH demonstra maior desempenho.

 

:thumbsup: Viva o IF se então...

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

char para string é sintaxe de C, no caso ali você pode usar string

 

Ficaria assim:

//C04EX12.CPP

#include <iostream>
using namespace std;

int main(void)
{
    string SEXO;
    string NOME;

    cout << "Insira seu nome: ";
    cin >> NOME;
    cout << "Insira seu sexo: ";
    cin >> SEXO;


    if (SEXO == "M" || SEXO == "m") {
        cout << "llmo Sr." << NOME;
    }
    else if (SEXO == "F" || SEXO == "f") {
        cout << "llma Sra." << NOME;
    }
    else {
        cout << "Sexo invalido";
    }

    return 0;
}

 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Mauro Britivaldo disse:

A solução está correta. E ainda poderia ser com IF.


    if ('M' == opcao) cout << "llmo Sr. "  << NOME; else
    if ('F' == opcao) cout << "llma Sra. " << NOME; else
    /* Default */     cout << "Sexo invalido.";

Você não acha o uso de IF para esse caso mais elegante que SWITCH? Além disso, nesta situação o SWITCH não tem muita serventia, somente em caso de listas grandes e sequenciais que a declaração SWITCH demonstra maior desempenho.

 

:thumbsup: Viva o IF se então...

Eita , realmente, não tinha percebido desta maneira. Pois pesquisei e vi que o Switch apresentava uma estrutura que eu poderia usar , mas acabei nao vendo a funcionalidade de por (M == opcao) , falta de atenção minha mesmo haha.

 

 

1 hora atrás, Benjamin Breeg disse:

char para string é sintaxe de C, no caso ali você pode usar string

 

Ficaria assim:


//C04EX12.CPP

#include <iostream>
using namespace std;

int main(void)
{
    string SEXO;
    string NOME;

    cout << "Insira seu nome: ";
    cin >> NOME;
    cout << "Insira seu sexo: ";
    cin >> SEXO;


    if (SEXO == "M" || SEXO == "m") {
        cout << "llmo Sr." << NOME;
    }
    else if (SEXO == "F" || SEXO == "f") {
        cout << "llma Sra." << NOME;
    }
    else {
        cout << "Sexo invalido";
    }

    return 0;
}

 

Ah sim , no caso , ainda nao tinha lido sobre a funcionalidade de strings em C++, e alias , nao seria necessário inicializar a biblioteca <string> ?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Nesse caso não é necessário, string e bool por ex são tipos nativos do C++. O <string> você só usa quando vai programar orientado a objetos. http://www.cplusplus.com/reference/string/string/

 

No C++ você pode fazer comparações, atribuições diretamente com os operadores por ex..

em c você teria que usar o string.h

if(nota > maiorNota)
        {
            maiorNota = nota;
            strcpy(melhorAluno, nome);
        }

No C++ você não precisa usar cstring. 

 if(maiorNota > nota)
        {
            nota = maiorNota;
            nome = melhorAluno;
        }

C++ da muita liberdade de você programar do jeito que quer mas é interessante aprender como o C++ trabalha se esta programando nele.

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×