Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Douglas Corrêa

Capacitor de Filme de polipropileno metalizado.

Recommended Posts

Gostaria de tirar uma duvida sobre o capacitor de filme de polipropileno metalizado.
Estou desenvolvendo um driver parar acionar um chip LED de 100W baseado em conversores CA-CC básicos chaveado em 50kHz. E na proposta tento evitar o uso de capacitores eletrolíticos. Propondo a utilização de um capacitor com maior vida útil porém estou com dificuldades de encontrar fornecedores deste modelo de capacitor (MKP ou DClink). E tenho a duvida se posso utilizar aqueles capacitores de partida por exemplo o CBB60 (Data Sheet nao tem informações sobre seu comportamento em alta frequência), e se sim qual o impacto da sua utilização deles nessa frequência de chaveamento.? Agradeço quaisquer orientações ou links com material sobre o assunto. Ou indicação de fornecedores dentro e fora do brasil.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
22 horas atrás, Douglas Corrêa disse:

estou com dificuldades de encontrar fornecedores deste modelo de capacitor (MKP ou DClink)

Estes modelos são para altas correntes, muito usados em forno de indução. Possuem custo muito elevado. Para o seu propósito os de filme comum dão conta do recado. Todo capacitor possui corrente máxima e isso deve ser observado no processo de seleção. Para não perder tempo com cálculos o uso de simulador vai te ajudar e muito nisso. O processo de simulação de leds costuma ser difícil, depende dos recursos do simulador e ainda há o fato da curva corrente x tensão do led não ser reta.. Uma forma simples de contornar isso é: na faixa de corrente mínima/máxima a ser fornecida pelo driver traçar uma reta e determinar por essa reta a tensão de barreira e a resistência interna. No simulador coloque uma bateria com a tensão de barreira e a resistência interna em série. Vai precisar da curva de tensão x corrente do led para determinar isso. Dessa forma conseguirá ver no simulador os picos de corrente que passarão pelo capacitor. Vai precisar disso na seleção do componente.

Sobre o uso de capacitor eletrolítico ou de filme: Considera-se a vida útil de um capacitor quando este ainda tem ao menos 80% da capacitância original. Os capacitores eletrolíticos nessa aplicação possuem expectativa de vida útil superior a 8 anos. Caso mantenha a opção dos capacitores de filme a única desvantagem destes está no volume e no custo. No quesito corrente e ESR devem suportar o esforço mas sempre é bom consultar o datasheet.

O que mais me chama a atenção no seu projeto é como vai drenar 100W de calor gerados em ponto único? A temperatura máxima de junção do led é 85ºC.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×