Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
weaver

O ips externos e a rede

Recommended Posts

Galera seguinte...

Os pcs na rede entram na internet mas ando percebendo que os ips externos são iguais, que fique claro que estou falando de ip externo, eu sei que o roteador faz com que os dados se organizem para ir ao seu computador destino correto, mas se por um acaso, eu precisar fazer alguma coisa via internet em apenas um pc e estiverem 2 conectados creio eu que irá gerar conflito, daí venho aqui perguntar a vocês se tem algum meio de fazer com que os ips se tornem distintos... ^^

Obrigado antecipadamente.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Como é disponibilizado apenas 1 ip para navegação (maioria dos casos), então a utilização do roteador faz com que a internet seja distribuída para os computadores através desse unico ip.

Quem tem o ip externo é o equipamento que recebe a internet, no seu caso o roteador e não os computadores, portanto, pode ficar tranquilo que é assim mesmo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

xucrute obrigado pela resposta mas o que eu realmente queria é fazer o que eu falei no primeiro post

eu sei que o roteador faz com que os dados se organizem para ir ao seu computador destino correto, mas se por um acaso, eu precisar fazer alguma coisa via internet em apenas um pc e estiverem 2 conectados creio eu que irá gerar conflito, daí venho aqui perguntar a vocês se tem algum meio de fazer com que os ips se tornem distintos... ^^

eu ouvir falar em uma tal de regra nat mas não sei bem

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Com o surgimento das redes privadas com internet partilhada, surgiu o problema de como os computadores pertencentes à esta rede privada poderiam receber as respostas aos seus pedidos feitos para fora da rede.

Por se tratar de uma rede privada, os números de IP interno da rede (10/8, 172.16/12 e 192.168/16) nunca poderiam ser passados para a internet pois não existem e o computador que recebesse um pedido com um desses números não saberia para onde enviar a resposta. Sendo assim, os pedidos teriam de ser gerados com um IP global do router. Mas quando a resposta chegasse ao router, seria preciso saber a qual dos computadores presentes na LAN pertencia aquela resposta.

A solução encontrada foi fazer um mapeamento baseado no IP interno e na porta local do computador. Com esses dois dados o NAT gera um número de 16 bits usando a tabela hash, este número é então escrito no campo da porta de origem.

O pacote enviado para fora leva o IP global do router e na porta de destino o número gerado pelo NAT. Desta forma o computador que receber o pedido sabe para onde tem de enviar a resposta. Quando o router recebe a resposta faz a operação inversa, procurando na sua tabela uma entrada que corresponda aos bits do campo da porta. Ao encontrar a entrada, é feita o direcionamento para o computador correto dentro da rede privada.

Esta foi uma medida de reação face à previsão da exaustão do espaço de endereçamento IP, e rapidamente adaptada para redes privadas também por questões econômicas (no início da Internet os endereços IP alugavam-se, quer individualmente quer por classes/grupos).

Um computador atrás de um router gateway NAT tem um endereço IP dentro de uma gama especial, própria para redes internas. Como tal, ao aceder ao exterior, o gateway seria capaz de encaminhar os seus pacotes para o destino, embora a resposta nunca chegasse, uma vez que os routers entre a comunicação não saberiam reencaminhar a resposta (imagine-se que um desses routers estava incluído em outra rede privada que, porventura, usava o mesmo espaço de endereçamento). Duas situações poderiam ocorrer: ou o pacote seria indefinidamente1 reencaminhado, ou seria encaminhado para uma rede errada e descartado.

Wikipédia

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×