Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

rmlazzari58

Membros Plenos
  • Total de itens

    242
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    0%

Reputação

59

Informações gerais

  • Cidade e Estado
    São Paulo - Capital
  • Sexo
    Masculino
  1. E Na verdade não ouvi a conversa toda, não sei para que o moço vai usar. Só vi o balconista dizendo que, se o moço precisava de 9v-0v-9v para 2A, que podia levar o carregador de notebook e fazer esse esquema aí que saía mais em conta do que trafos+diodo+ os mesmos caps. Agora, Izadora... sem capacitor?! (Juro que já xeretei pela Internet e não encontrei, rs...) Como dividir os tais 18v, 19v em duas de 9v cada? Ligar o terra onde? Ou não é nada disso, não tem que dividir... que mistério!
  2. Já caí nessa "demonstração"...
  3. Amigos, num papo de balcão em loja de componente, o sujeito me garantiu ("la garatia soy yo") que para obter uma fonte simétrica a partir de uma assimétrica basta conectar dois capacitores eletrolíticos. Respeitando a tensão, o (+) do cap1 no (+) da fonte assimétrica, o (-) do cap2 no (-) dessa fonte e na conexão entre o (-) do cap1 com o (+) do cap2 estará o terra. Será que isso procede?
  4. Tá aí em cima, o, rs... "d.s.", Izadora. Tinha faltado, mesmo. Mas agora acho que te entendi: para não dar aquele "tum" nos falantes quando desliga, né? Gratíssimo!
  5. Não sei se entendi, @Isadora Ferraz... mas no esquema, pelo que entendi, o que está indo para o pino 8 é o negativo. Esse chip, LM3886, tem alimentação simétrica, 30v - 0v - 30v, olha lá: adicionado 8 minutos depois Beleza, vou usar 6V8, então! Mais uma vez muito obrigado, @Renato.88! (E deixo o resto para quem eventualmente precisar de um mute que funciona ao contrário, rs... Mas é bom saber que dá prá fazer!) adicionado 13 minutos depois Tenho a impressão de que esse LM3886 e LM4780 têm alguma proteção embutida tanto contra curtos quanto contra sobre-aquecimento. Tô upando o datasheet, se você se interessar. E mais uma vez, grato! lm4780.pdf
  6. Grato! Xeretarei ambos, Proteu e Diptrace.
  7. Eu também não estou certo de ter entendido, Renato... A página onde está tudo explicado tim-tim por tim-tim é essa aqui: http://www.circuitbasics.com/design-hi-fi-audio-amplifier-lm3886 Lá tem um estudo bem extenso, aprofundado e meticuloso do uso desses "gainclones". Ele fala do LM3886 mas o LM4780, que é o que tenho, é apenas dois LM3886 num mesmo encapsulamento. Prá resumir, o que diz lá sobre "The mute circuit", é o seguinte: THE MUTE CIRCUIT Rm, Cm, and D1 form the mute circuit: When the current flowing out of the mute pin (pin 8) is less than 0.5 mA, the amplifier’s output is muted, and when the current is greater than 0.5 mA, the output is un-muted. To un-mute the amplifier, we need to find a value for Rm so that the current allowed to flow out of pin 8 is greater than 0.5 mA. That can be found with this formula: For my amplifier running on a ±29.6 V supply voltage, So, my Rm will need to be less than 54 kΩ for the current at pin 8 to be greater than 0.5 mA. Rm and Cm create a time constant that slowly decreases the current at the mute pin when power to the amplifier is shut off, and slowly increases the current when the amp is turned on. The 16 V Zener diode (D1) blocks current flowing out of pin 8 until the diode’s breakdown voltage (16 V) has been reached. This produces a soft start/stop effect that gradually increases or decreases the volume instead of abruptly cutting it. The time it takes the current to ramp up and down can be adjusted by changing the values of Rm or Cm according to the formula for the RC time constant: For example, if I want a one second long soft start, I could arbitrarily set Rm to 10 kΩ, then find a value for Cm: So setting Rm to 10 kΩ, and Cm to 100 µF will give me a one second long soft start. Pelo que entendi, o chip só libera o som para os falantes, ou seja, só fica em un-mute, quanto há pelo menos 0,5mA negativos no pino 8. Isso para o articulista, que está trabalhando com 30v-0-30v prá ter 40w por canal, significa Cm = 100uF, Rm = 10k e esse zener de 16v. Como pretendo usar uns 12v-0-12v (para ter uns 15w, 20w por canal e manter a distorção em 0,0001% THD), para o chip demorar um segundo em mute, Cm e Rm poderiam continuar sendo 100uF e 10k, mas o zener teria que ser de algo perto de 6,4v, será que é isso? Mas como não vi zener com 6,4v cravados, (comercialmente, perto de 6,4v, encontrei zener de 5,6v, 6,2v, 6,8v e 7,5v), gostaria de sua orientação. Isso é, se você achar que esse soft-start aí pode funcionar... será que funciona? (***) O resto - só como ilustração para alguém que eventualmente venha a consultar o CDH - é tentativa de adaptar o uso do mute como soft-start para dispositivos que, ao contrário do LM3886 e LM4780, ficam em mute quando há zero volts e zero amperes em algum pino. Por exemplo, um chip que já usei, o TDA2616, é assim: se deixar o pino 2 solto, o amp toca. Mas se puser uma corrente igual ou maior que 300uA nesse pino, ele silencia a saída. Nesse caso, o chip começaria em mute mas através de alguma modificação na rede Cm, Rm e zener, esse pino 2 ia descarregando até ficar com zero. E aí o amp começaria a tocar. Pensei, também, em dispositivos que precisam de alguma corrente no pino de mute, mas que essa corrente seja positiva. O receptor de bluetooth MH-M18 é assim. Mas não nenhum desses é meu caso, pelo menos agora. Como disse, vai que alguém digita "soft, start e mute" na procura, já ajudaria essa pessoa. Quis ajudar mas acho que acabei atrapalhando...
  8. Na verdade, @mlegnari, tô pensando em fazer uma geringonça com bluetooth e usando um LM4780 como amp, sonho antigo. Esse 4780 é bem difícil, o espaço entre os terminais é de 1mm! Jamais conseguirei fazer uma PCB assim no braço. E aranha, com chip de 27 pinos tudo junto, argh!, hehe... As PCBs prontas que tenho encontrado no Ebay, ML, Aliexpress etc. vem maiores do que o que gostaria, vem com espaço padrão para caps enormes, de 10.000uF, por exemplo. Como não quero mais do que 15w, 20w por canal, o dissipador pode ser até menor do que o que está prevista para essas PCBs genéricas... Vou ver se consigo desenhar a PCB num desses programas gratuitos (indica algum?) e consultar essa uvlight.
  9. Como às vezes a gente encontra, digamos, "imprecisões" pela Internet afora, gostaria de perguntar aos amigos sobre a seguinte solução: O pino 8 do LM3886 é "mute". Se deixarmos ele sem corrente nenhuma o amp não entrega nada na saída, fica em silêncio. Para que haja som na saída, segundo o datasheet, precisa colocar de 0,5mA prá cima nesse pino. O datasheet diz ainda, sobre o valor do resistor, "Rm <= (|Vcc| - 2,6v) / 0,0005A". Como no exemplo acima o projetista está alimentando o circuito todo com aprox. 30v - 0v - 30v, para ter 500mA nesse pino bastaria um resistor de 54k entre ele e o -30v. Mas 54k é o mínimo, 10k daria certo e ainda serviria para o atraso na desativação do mute, tipo um soft-start. Sobre o atraso, ele diz que "T = R x C". "T, segundos; R, ohm e C, farad. Para o tempo de 1 segundo, sendo R = 10000, o capacitor seria de 1/10000 Farad, ou seja, 100uF. E para que o pino 8 fique sem corrente até que a tensão seja maior que 16v, ele colocou aquele zener ali. Mas estou encafifado: e quando a corrente for cortada porque a chave geral foi desligada? Será que não faz mal que seja mantida ali, no pino 8, até que o capacitor esvazie, sendo que já não terá nada nos outros pinos? E se esse esquema funcionar, será que poderia se adaptado para amps que ficam em mute quando a corrente no pino de mute for positiva? Ou para amps que ficam em un-mute justamente quando são deixados sem nada neles, como o TDA2616? Tenho um módulo de bluetooth aqui que fica em silêncio justamente quando se põe corrente positiva no mute dele. Nesse caso, estaria certo apenas virar o zener ao contrário e colocar essa redinha no positivo? Se isso funcionar, pode ser adaptado para outros amps, para evitar aquele "tum" quando liga, e o melhor, sem relés, sem aqueles resistores parrudões de soft-star, etc... Que tal?
  10. O único problema nessa gambiarra, Xará, é que tem que manter os 4 falantes. Mas se for por exemplo, prá sonorizar um ambiente, acho que fica legal.
  11. Bem... R$60 dá uns US$15, não é muito. Na simulação, placa simples de 10cm x 12cm um lado só e de fenolite, no CNC (sem fotolito) deu R$ 38 (menos de US$ 10) por uma placa. O caro, achei, ficou o frete, R$ 23... quanto pode pesar uma plaquinha assim? Mas prevê entrega em 5 dias, pelo DDD deve ser no Rio. Grato, @mlegnari, favoritado!
  12. Para "transformar" em mono: Saída estéreo direita ------- resistor 10k --- IN1 + IN2 + IN3 + IN4 Saída estéreo esquerda --- resistor 10k --- IN1 + IN2 + IN3 + IN4 Cada saída do amp continuará dando 45W. Já vi com resistores de 12k e 33k. Mas como fiz com 10K e está funcionando bem...
  13. Desculpem se sou iniciante mas não conhecia esse serviço... Muito bom! Ainda mais se as trilhas forem fininhas. Dei uma pesquisada e fiquei com algumas dúvidas: Vi que tem umas empresas nacionais que oferecem esse serviço. Não fazem apenas uma placa, só fazem se for muitas? São caras, não têm qualidade... porque não usar as nacionais? Esse JLCPCB ou mesmo os nacionais aceitam fazer apenas uma ou duas placas? Mas o principal é o arquivo que precisa enviar: pode ser só o esquema ou precisa ser algum tipo de arquivo especial, com o desenho da placa, mesmo? Tem algum programa que converte esquema em PCB?
  14. entendi... por isso naquele nosso projeto de interruptor esperto, no fim das contas quem cuidava da alimentação chegar no final (player + amp = 2A) era um TIP122, se não me engano... Valeu, Renato!
  15. Acho que a bateria fica no case de plástico, Blood, não na plaquinha... Será?

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

GRÁTIS: minicurso “Como ganhar dinheiro montando computadores”

Gabriel TorresGabriel Torres, fundador e editor executivo do Clube do Hardware, acaba de lançar um minicurso totalmente gratuito: "Como ganhar dinheiro montando computadores".

Você aprenderá sobre o quanto pode ganhar, como cobrar, como lidar com a concorrência, como se tornar um profissional altamente qualificado e muito mais!

Inscreva-se agora!