Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Tito Fisher

Membro Pleno
  • Total de itens

    534
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    0%

Reputação

416

3 Seguidores

Informações gerais

  • Cidade e Estado
    Curitiba - PR
  • Sexo
    Masculino
  1. Ola. Veja na imagem abaixo ( para o sensor 3175 ) : Sensores Hall normalmente são switches com arquitetura interna open coletor e para testar eu alimento os pinos ( 1 e 2 ) dele com uma tensão na faixa colhida do datasheet e coloco as pontas do multimetro entre o positivo da fonte e a pino ( 3 ) OUTPUT do chip. Na ausência de um campo magnético ou imã ao alcance do sensor o visor do multimetro deve m arcar zero. Aproximando um imã ao sensor então será alimentada a base do transistor interno e o pino OUTPUT vai estar conduzindo , isso fará o m
  2. Ola. Um pouco sobre baterias e fontes : ( em linhas gerais ) Baterias de 12V recebem carga cíclica com tensão de 14.4V e no máximo 15.5 V Recebem carga de flutuação entre 13.2 a 13.8V Um carregador com desligamento automático faz carga cíclica e desliga quando a tensão atingir 13.8V . Um carregador com operação puramente flutuante mantém nos bornes a tensão em 13.8V por tempo indeterminado , ele não desliga . Um carregador inteligente, multi-estágio faz o controle da carga monitorando tensão e corrente, ele inicia com tensão de 14.
  3. Sim, Tem aqui em Curitiba , já encomendei pelo Mercadolivre. O frete tá mais caro que a peça, mas não vou atravessar a cidade por 9 Reais ! Comprei 2 pçs por precaução. Tambem pedi aquele PWM de 90 VDC , a corrente dele eu gostaria que fosse maior mas terei que me contentar. Acredito que não ter como controlar dois em paralelo , tal qual baterias ou outras fontes . Eu estava propenso a testar tal ideia mas ... preciso ir com calma, uma vez de cada coisa ! Em breve vou postar a maquina funcionando !
  4. Ola . @rmlazzari58 , de fato o requerente não deu detalhes então deduzi que poderia ser ajustável pelo mesmo raciocínio da @.if , que uma fonte pronta seria mais viável . Também levei em consideração que não tem muitos aparelhos DC que usam esta tensão, normalmente vejo algumas impressoras HP . E se ele quer uma fonte fixa nessa tensão a compra abrevia a tarefa. Ja se o intento for 'lição de casa' então vamos de trafo + diodo + capacitor mesmo ! '_'
  5. Ola Dá uma olhada neste post, o autor explica passo a passo como criar uma. voce só precisa ajustar os componentes para a tensão que deseja. http://forum.clubedohardware.com.br/fonte-alimentacao-ajustavel/963006?p=5182322#post5182322
  6. Bem, após horas de "fuçamento" na internet acredito ter encontrado o componente que vai atender a necessidade, usando a eletrônica convencional como sugeriu o sr @Renato.88 . O CI DS1804 , segue um video ( onde casualmente o sujeito usa exatamente a tensão que preciso ) Por favor, opinem antes que eu faça alguma caquinha ! Variando tensão DC com botões up/down video curtinho, coisa de 2 minutos '_'
  7. Ola @.if Eu tenho boa bagagem de programação de sistemas, mas na área de software . Décadas atrás eu já programava em Assembly para o Zilog Z80 ( a 'poderosa' CPU dos MSX ) Mas ... por algum motivo não aderi ao uso de microcontroladores e nem da programação dos mesmos. Os dispositivos que possuem MC eu me contento em usar , mas tipo caixa preta somente. Tem aí na gaveta uma opção sem isso de ( ééééca ) Arduíno ? '_'
  8. Ola. Bem, continuando nas buscas, encontrei um PWM 90V para 15 Amperes , com um detalhe interessante : Ele é controlado por potenciometro mecânico, mas tem a opção de remove-lo e controlar por tensão DC ( de 0 a 5V ) . Estou quase no objetivo , prestes a encomendar o aparato, só me falta uma alma iluminada afirmar que posso fazer variar essa tensão de através de teclas UP/DOWN . See: Descrição do fabricante
  9. Bem, eu havia iniciado um post sobre esse meu propósito tempos atrás mas fui de certa forma desencorajado na intenção original. O motor ( de esteira ) é DC , 90V 1.6 HP , corrente de 12A para potência máxima ( devo usar em torno de 30% da potencia ) O sujeito será usado para acionar uma lixadeira de cinta customizada para maior largura ( vide foto ) Também na foto os detalhes do um PWM digital com boa potencia, mas ainda insuficiente para este motor . Minha bússola aponta as pesquisas para 'copiar' o circuito de acionamento das est
  10. Bem, nesse ponto o Sr @Renato.88 está certo , o modelo que postei na primeira foto realmente é variavel com PWM interno cuja parte 'exposta' é apenas o potenciometro que se há de colocar entre os bornes . Já essa segunda foto eu também tinha ciência de que tava mais 'liga/desliga' sem opção de variação , mas quando foi falado em colocar um PWM eu troquei as bolas ! Mas não vou desistir , preciso descobrir ou inventar um potenciometro digital para uns 100VA , nas pesquisas já achei até para 36V por 10 Amperes ! '_'
  11. Sra. @.if .... O que exatamente o Sr @Renato.88 quis dizer com aquela frase ? Eu pensei que havia achado um remo pra navegar, mas tu me amarrou uma âncora no pescoço !
  12. Sr @Renato.88 , me interessei por essa abordagem . Deixa ver se entendi direito : Na imagem abaixo, eu posso aplicar uma tensão DC controlada por PWM onde diz 3~32 VDC e isso me permite variar a saida AC onde diz 24~380 VAC ? ( ou naufraguei no pote de Hellmann's ? ) '_'
  13. Pois é , Sr @Renato.88, os SSR 'raiz' tinham a função de abrir ou fechar contato de forma não mecânica. Agora isso de variar a tensão passante abre um leque de novas aplicações . Preciso de um desse , mas ainda não descobri como acoplar nele um potenciômetro digital. '_' Sra @.if , até onde pude pesquisar eles ainda geram um calor absurdo, tanto que o fabricante recomenda dissipador com ventilador em casos onde sejam aplicados acima de 50% da corrente máxima. '_'
  14. Ola. Completando o que nossos amigos já falaram, voce pode fazer a substituição por outra bateria de litio 3.7 V com maior capacidade , deve apenas respeitar as dimensões da original ( 51.06 x 33.02 x 5.32mm) para conseguir remontar o dispositivo no seu estado original. Aumentando a capacidade dela voce terá maior autonomia, mas também vai requerer mais tempo para carregar. Encontrei na internet até um tutorial detalhando todo o procedimento, veja : https://pt.ifixit.com/Guide/Tungsten+T3+Battery+Replacement/7252
  15. pois é, @.if ... também pensei algo parecido com sua explicação. No site do fabricante não tem muitos detalhes. Vou mandar email inquirindo sobre o funcionamento. A propósito , ainda estou penando naquela árdua tarefa de controlar um dimmer com potenciômetro digital ( eletrônico , não rotativo nem deslizante ) . O colega @alexandre.mbm havia sugerido um chip de potenciometro digital X9C104 , mas aparentemente ele se aplica a tensões relativamente baixas. Talvez exista um jeito desse chip controlar tensões maiores porém minhas buscar não obtiveram êxito

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas comunidades sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

Aprenda a ler resistores e capacitores

EBOOK GRÁTIS!

CLIQUE AQUI E BAIXE AGORA MESMO!