Imprimir artigo
Tudo o Que Você Precisa Saber Sobre Monitores LCD
23/07/2008 às 20h39min por Gabriel Torres em Artigos
253.679 visualizações
Página 1 de 3

Introdução

Os monitores de cristal líquido (LCD), antes um produto restrito aos notebooks, são agora uma realidade para computadores de mesa. As três grandes vantagens deste tipo de monitor se comparado com os tradicionais monitores CRT (tubo de raios catódicos) são o menor espaço que ele ocupa na mesa (especialmente em modelos de 17" para cima), o menor consumo elétrico e a total ausência de cintilação (flickering), mesmo com a taxa de atualização configurada em 60 quadros por segundo (60 Hz). Neste tutorial explicaremos tudo o que você precisa saber para fazer a escolha certa na hora de comprar um novo monitor LCD..

A coisa mais importante que você precisa saber sobre a tecnologia LCD é que as telas LCD têm uma resolução fixa. Esta resolução é chamada “resolução nativa”, “resolução máxima” ou simplesmente “resolução”, e você deve configurar o seu computador com esta resolução, caso contrário três coisas podem acontecer, a depender do modelo do seu monitor:

1. A imagem não será nítida; ficará sem definição. Você poderá ver muitas áreas quadradas sem nenhuma definição.

2. O monitor centralizará a imagem na nova resolução, diminuindo o tamanho da imagem e deixando um espaço preto entre a imagem e a borda da tela. Por exemplo, se a configuração nativa é 1280x960 e você diminuiu a resolução para 800x600, isto significa que existem 480 pixels sobrando na horizontal (1280 – 800) e 360 pixels sobrando na vertical (960 – 600). A imagem será centralizada e haverá 240 pixels apagados (pretos) acima e abaixo da imagem e 180 pixels apagados (pretos) nos lados da imagem.

3. O monitor tentará "esticar" a imagem para que o espaço preto ao redor dela não apareça, preenchendo toda a tela. Isto é feito através de uma técnica chamada interpolação, que não é 100% perfeita e você sentirá que a imagem tem melhor qualidade (definição) quando a tela é configurada em sua resolução nativa, apesar de os elementos na tela (ícones, letras, etc) ficarem menores. Em geral você sentirá que a imagem está ligeiramente "fora de foco" quando o monitor não está configurado para trabalhar em sua resolução nativa.

Por causa desta característica inerente aos painéis de LCD você terá de escolher um monitor LCD que tenha uma resolução que seja mais confortável para você. A maior resolução nem sempre é a melhor. Com resoluções maiores você tem mais espaço na tela (em outras palavras, você pode ter mais coisas na tela ao mesmo tempo) apesar de os ícones e letras ficarem menores. Portanto, para o usuário médio um monitor com uma resolução alta nem sempre pode significar um melhor produto. Vai depender da aplicação. Se você usa o computador apenas para navegar na internet, escrever e-mails, usar uma planilha de eletrônica e um processador de textos, provavelmente você quer um monitor com uma resolução baixa, já eles são mais baratos e não fará com que seus ícones e letras fiquem pequenos. Mas se você trabalha com aplicações profissionais como edição de vídeos e imagens, então você provavelmente quer um monitor de alta resolução e tela grande.

Se você curte jogos, você deve comprar um monitor compatível com a resolução que você quer jogar, caso contrário o jogo ficará sem nitidez. Em outras palavras, configure o seu jogo para rodar na resolução nativa (ou seja, na resolução máxima) do seu monitor. Todos os jogadores sabem que quando você aumenta a resolução do jogo o desempenho diminui (porque existirão mais pixels para serem desenhados na tela). Se seu jogo está rodando com um desempenho muito baixo, isto significa que está na hora de você fazer um upgrade da sua placa de vídeo. Você pode diminuir a resolução do jogo para aumentar o desempenho, mas como explicamos, você reduzirá a qualidade de imagem.

ÚLTIMOS ARTIGOS
451.476 usuários cadastrados
2.024 usuários on-line