Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Teste da Fonte de Alimentação Antec VP350

       
 21.270 Visualizações    Testes  
 32 comentários

Vamos analisar o desempenho desta fonte de alimentação de 350 W da Antec que não tem circuito PFC ativo ou certificação 80 Plus e custa menos de US$ 40, nos EUA.

Teste da Fonte de Alimentação Antec VP350
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Introdução

A série de fontes de alimentação Basiq da Antec é voltada para os usuários com restrições orçamentárias, e os novos modelos VP350 e VP450 são as opções de fontes de alimentação mais simples oferecidas pela Antec. Essas fontes não têm circuito PFC ativo ou certificação 80 Plus. Nós já testamos o modelo VP450, que se saiu muito bem em nossos testes. Agora é a vez de testarmos a versão de 350 W.

Enquanto que o modelo VP450 é fabricado pela FSP, o modelo VP350 é fabricado pela Delta. Portanto elas são baseadas em projetos diferentes.

Antec VP350
Figura 1: Fonte de alimentação Antec VP350

Antec VP350
Figura 2: Fonte de alimentação Antec VP350

A Antec VP350 mede 14 cm de profundidade e tem uma ventoinha de 120 mm com rolamento de mancal em sua parte inferior .

Esta fonte não tem sistema de cabeamento modular e apenas o cabo principal da placa-mãe tem um acabamento em nylon, que sai de dentro da fonte. Os seguintes cabos estão inclusos:

  • Cabo principal da placa-mãe com um conector de 20/24 pinos, 40 cm de comprimento
  • Um cabo com dois conectores ATX12V que juntos formam um conector EPS12V, 41 cm de comprimento
  • Um cabo com um conector de seis pinos para placas de vídeo, 41 cm de comprimento
  • Um cabo com um conector de alimentação para periféricos e dois conectores de alimentação SATA, 35 cm até o primeiro conector, 15 cm entre os conectores
  • Um cabo com um conector de alimentação SATA, dois conectores de alimentação para periféricos e um conector de alimentação para a unidade de disquete, 35 cm até o primeiro conector, 15 cm entre os conectores

Todos os fios são 18 AWG, que é o mínimo recomendado.

A configuração de cabos é excelente para uma fonte de 350 W de baixo custo.

Antec VP350
Figura 3: Cabos

Vamos agora dar uma olhada no interior desta fonte de alimentação.

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários




tá aí um resultado que eu acho que quase ninguém esperava... e US$ 5 mais barata que a neo eco 400c, fica difícil, né?

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
tá aí um resultado que eu acho que quase ninguém esperava... e US$ 5 mais barata que a neo eco 400c, fica difícil, né?

O que fica difícil é o Clube do Hardware recomendar as fontes pella sua eficiência. Não reinvindico selo de recomendação para esta VP350 porque ela de fato, não merece. Nos comentários do teste da VP450, eu inclusive cheguei na me posicionar conta o selo de recomendação que foi dado, em virtude da Corsair CX430 V2 ser uma fonte melhor, com PFC ativo, níveis mais baixos de oscilação e ruído (a CX 430 V2 por acaso chegou aos mais de 70 mV na linha de +12 V?), construção interna melhor... O selo foi colocado lá por uma única razão: eficiência. A mesma razão pela qual foi colocado o selo nas iCEAGE. Isso significa que se alguém criar uma fonte parecida com a ICEAGE e mandar para testes aqui, ela vai ser recomendada...

Aí o engraçado é que aparece então o teste da VP350, com eficiência menor, mas com níveis de oscilação e ruído mais baixos. Mas prefere então recomendar uma fonte com maior eficiência do que recomendar fontes com menores níveis de oscilação e ruído. Não, não dá. tem que revisar os parâmetros de conclusões.

Comparar esta VP350 com a Neo ECO 400C (que aliás um teste dela valeria mais do que os testes da linha Basiq inteira, e dessas Link do brasil, Fortek, Neox, etc.), que tem um projeto mais moderno, não me parece uma boa ideia...

Editado por ignacho

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Já eu, ao contrário do Gabriel, considero essa melhor que a de 450W. Chegaria ao Brasil custando 105 reais, batendo forte todas as concorrentes (Elite Power 350W, Sentey 400, Akasa 350W, Sentey BXP65-OR. Bem recomendada para este nosso mercado carente. Claro que vale pagar mais 30 na Antec 400C, mas nem todos os orçamentos permitem isso. Faltou o selo.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

R$105 não é um preço ruim, mas seria melhor R$90. Tenho uma opnião mais parecida com a do Kayke sobre esta fonte aí, mas espero alguns testes de fontes de baixa potência com PFC ativo.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Porque em algumas fontes, como essas, vocês puxam até 8A da linha de 5v e 3,3v, e em outras fontes, puxam 2,5 ou 3A no máximo dessas linhas? Ao meu ver seria mais certo puxarem 12,5A de cada linha de 12v (25A total), uns 4A de 5v e 5A de 3,3v.

Nesse teste foi puxado 66W das linhas de 5 e 3,3v, e 267W em 12v. Porque não puxar 300W em 12v? Uma boa fonte de 350W oferece 300W ou até mais em 12v, assim como uma de 500W deve fornecer uns 430W em 12v, uma de 700 uns 600W em 12v etc.

Na etiqueta dessa fonte diz 12v1 e 12v2 max load 336W, ou seja, 14A por linha de 12v, então dava pra ter puxado mais, bem mais nos 12V da fonte.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Não entendi uma coisa, em várias teste de outras fontes, todas que tiveram eficiência abaixa de 80% receberam o "bomba" e por que a Antec 350W não?

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Não entendi uma coisa, em várias teste de outras fontes, todas que tiveram eficiência abaixa de 80% receberam o "bomba" e por que a Antec 350W não?

Aí você tem que ver que uma fonte não é só eficiência. Há os fatores regulação de tensão, oscilação e ruído, tipo de componentes utilizados, divisão de barramentos e etc.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

o "ninguém esperava" era pro fato de a VP350 ser bem diferente da VP450.... em ripple e ruído ela é boa mesmo [me lembra o caso da Extream FEX45T12 que eu tinha...]

realmente, comparando com as concorrentes ela é uma ótima opção, mas a diferença de preço poderia ser maior pra neo eco...

ignacho.... eu comparei pela variação de preço, pequena... se ela fosse 30 dólares [diferença de 10 dólares pra neo eco] eu nem sonharia em comparar com a neo eco, porque aí sim acho que ficaria longe de uma pra outra.... [se bem que aqui no brasil 5 dólares vira 30 e não 15 como eu tinha imaginado (acabei de ler comentário e é verdade, em vários casos, isso)]

Editado por VictorCSx

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Pra mim se chegar a acima de 90 no Brasil vai ficar na loja mesmo, pior ainda pagar mais de 100 reais por uma fonte chaveada, vamos ver se essa ai é melhor que as da MyMax.

Editado por Morpho

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Pra mim se chegar a acima de 90 no Brasil vai ficar na loja mesmo, pior ainda pagar mais de 100 reais por uma fonte chaveada, vamos ver se essa ai é melhor que as da MyMax.

Todas as fontes de PC são chaveadas... Desde uma Multilaser até uma Sea Sonic X-400FL...

Eu não tenho a menor dúvida que esta Antec VP350 é melhor do que a Mymax...

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Bem, se mantiver a "taxa de conversão" usada na Antec, deve chegar perto dos R$ 110... se chegar por R$ 90 vai acabar em 2 dias no máximo em qualquer loja, e todos já ouvimos falar da lei de oferta e procura...

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Mas se ela chegar ao Brasil na casa dos $100 ~ $110 não vale a pena, até por que a Neo 400W está custando $120

Teria de ser no máximo $80 ~ $90 para ficar igual o preço da Elite 350W

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Todas as fontes de PC são chaveadas... Desde uma Multilaser até uma Sea Sonic X-400FL...

Eu não tenho a menor dúvida que esta Antec VP350 é melhor do que a Mymax...

Quando disse chaveada, eu quis dizer sem PFC Ativo, bom marca por marca Antec é bem melhor que Mymax, mas nesse modelo especifico, eu acho que ela pode perde para MPSU/A420-2S3I e as outras que sairam depois desta, mas é só um chute mesmo. :D

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Quando disse chaveada, eu quis dizer sem PFC Ativo, bom marca por marca Antec é bem melhor que Mymax, mas nesse modelo especifico, eu acho que ela pode perde para MPSU/A420-2S3I e as outras que sairam depois desta, mas é só um chute mesmo. :D

Mas com circuito PFC ou não, é de qualquer forma chaveada. Se fosse uma fonte linear, teria o tamanho de um gabinete full-tower.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Quando disse chaveada, eu quis dizer sem PFC Ativo, bom marca por marca Antec é bem melhor que Mymax, mas nesse modelo especifico, eu acho que ela pode perde para MPSU/A420-2S3I e as outras que sairam depois desta, mas é só um chute mesmo. :D

É o que eu chamaria de chutar o vento em vez de acertar a bola.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Eu não recomendaria essa fonte pra colocar em computadores dos meus clientes, porque? capacitores da capxon, eficiência abaixo dos 80%, sem circuito PFC ativo sua conta de luz vai sair mais caro no final do mês, não tem proteção de sobre carga de potência (OPP), mesmo ela sendo uma fonte que não oferecer risco ao seu computador, é uma barato que acabar saindo caro.

Na minha opinião a melhor fonte com um ótimo custo beneficio continua sendo a seasonic 430W, antec neo Eco 400W.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
É o que eu chamaria de chutar o vento em vez de acertar a bola.

Tipo Valdívia, de chutar o vento pra fintar e ganhar contusão... :D

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
É o que eu chamaria de chutar o vento em vez de acertar a bola.
Tipo Valdívia, de chutar o vento pra fintar e ganhar contusão... :D

Numa compra o pensamento seria diferente, mas em um lance desses que não vale nada mesmo prefiro apostar no incerto mesmo, vamos ver o que acontece. :D

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Numa compra o pensamento seria diferente, mas em um lance desses que não vale nada mesmo prefiro apostar no incerto mesmo, vamos ver o que acontece. :D

Esqueça o Valdívia e pense no Van Persie, decisivo pro Arsenal e artilheiro do Campeonato Inglês. Com uma contusão por estiramento muscular feito por uma finta desnecessária, vai desfalcar seu time por quatro jogos e vai aumentar o risco de perder a vaga pra Champions League pois o artilheiro não estava lá.

O que eu quero dizer é o seguinte... Não dá para fazer esse tipo de aposta numa fonte de marca brasileira, é difícil que saia coisa boa. É possivel que ela até seja prejudicial ao PC.

Não é porque gosto de falar de fontes e que uso avatares bonitinhos que não falo de futebol. Faz até sentido, né?

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Eu não recomendaria essa fonte pra colocar em computadores dos meus clientes, porque? capacitores da capxon, eficiência abaixo dos 80%, sem circuito PFC ativo sua conta de luz vai sair mais caro no final do mês,

A vantagem do PFC ativo não está na redução da conta de luz.

não tem proteção de sobre carga de potência (OPP), mesmo ela sendo uma fonte que não oferecer risco ao seu computador, é uma barato que acabar saindo caro.

Na minha opinião a melhor fonte com um ótimo custo beneficio continua sendo a seasonic 430W, antec neo Eco 400W.

Eu não me preocuparia com sobrecarga de potência. Aliás, saiba que nenhumas destas que você acabou de listar possuem proteção contra sobrecarga de potência.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Na minha opinião, tanto faz se tem selinho, certificação, troféu e etc. Pois se trata de uma fonte de baixo custo.

Fornecendo o aceitável para os micros básicos sem dotonar HD's, Placas Mãe, VGA's básicas está ótimo! Pois se vier mesmo custando R$ 105 adeus Akasa 350, CM Elite e etc, pois custam o mesmo porém menos eficiência.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Eu não recomendaria essa fonte pra colocar em computadores dos meus clientes, porque? capacitores da capxon, eficiência abaixo dos 80%, sem circuito PFC ativo sua conta de luz vai sair mais caro no final do mês, não tem proteção de sobre carga de potência (OPP), mesmo ela sendo uma fonte que não oferecer risco ao seu computador, é uma barato que acabar saindo caro.

Na minha opinião a melhor fonte com um ótimo custo beneficio continua sendo a seasonic 430W, antec neo Eco 400W.

Eu diria que você só tem clientes excepcionais, muito exigentes, de alto nível e privilegiados financeiramente. Não fosse por esta outra postagem sua:

http://forum.clubedohardware.com.br/showpost.php?p=5489135&postcount=16

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

É que temos de saber separar melhor o mundo ideal do mundo real. Naquela outra postagem, ele estava no mundo real. E para o mercado brasileiro essa Antec 350W sendo vendida a 99 reais já seria um luxo. Eu a consideraria recomendadíssima. Não me agradam são os modelos de maior potência, menos bons e com preço acima. Aí já teríamos opções melhores.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Vendendo na faixa de 100 reais, é com certeza uma fonte recomendadíssima.

Quanto aos capacitores CapXon, são taiuaneses , mas eles não costumam ser tão duvidodos como os chineses (me corrijam se estiver errado). A minha fonte, que é uma Braview (!!) está comigo a 4 anos de muito uso (12 horas por dia, todos os dias, sem falar que ficou 2 anos num estabilizador vagabundo), tem capacitores Canicom e Asia'x @ 105°C no secundário, e de uma marca desconhecida @ 85°C no primario. Não há nenhum capacitor estufado, ja olhei bem, aliás eu abro a fonte pra revisão de uns 6 em 6 meses, tudo ok. Minha maquina nunca puxou tanto, hoje ela puxa 210W da fonte, e antes de comprar a gtx550 em agosto/11, puxava uns 160W, mas os capacitores estão lá, integros, de marcas duvidosas, mas sem abrir o bico a 4 anos de muito uso. Creio que se estivesse puxando uns 300W ou mais da minha fonte esse tempo todo, poderia sim ter algum cap. estufando, mas aí que entra a jogada: Pra computadores medios que puxam da fonte em torno de 200 ~ 220W, GTX550+i3/i5, cairia como uma luva a Antec 350W, creio que os capacitores ia durar pelo menos uns 3 anos sem problemas, e se o cara quisesse fazer um baita up no limite da fonte, logo logo ele iria trocar a fonte por uma que atendesse o PC com mais folga. Para os mais top, GTX560/570+i7, (aprox. 260 ~ 300W) já começa a vir as corsair/antec da faixa dos 400W e por aí vai. É questão de dimensionar qual fonte pra cada tipo de PC. Você não vai montar um i7 2600k @ 4.5 ghz, GTX570, 16gb de ram e 2 hd numa fonte dessa, mesmo o micro consumindo uns 300- 320W. Obviamente iria escolher uma 450W ou mais... enfim, é o que eu acho e essa fonte cairia muito bem no Brasil, tomaria o lugar das akasa/coolermaster 350w duvidosas.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites



Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×