Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Teste da Fonte de Alimentação Enermax MODU87+ 700 W

       
 36.540 Visualizações    Testes  
 14 comentários

A Enermax MODU87+ é a série de fontes de alimentação 80 Plus Gold da Enermax, significando eficiência de pelo menos 90% em carga típica e 87% em cargas leve e máxima. Vamos dissecar o modelo de 700 W desta nova série.

Teste da Fonte de Alimentação Enermax MODU87+ 700 W
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Introdução

A Enermax MODU87+ é a série de fontes de alimentação com certificação 80 Plus Gold da Enermax, o que significa que as fontes desta série apresentam eficiência de pelo menos 90% em carga típica (350 W no caso do modelo testado) e 87% em cargas leve (140 W no caso do modelo testado) e máxima. Vamos dissecar o modelo de 700 W desta nova série.

A série MODU87+ terá modelos de 500 W a 900 W, mas apenas os modelos de 600 W e 700 W estão sendo lançados este mês; os outros modelos serão lançados em seguida. Assim como outras fontes da Enermax, o nome MODU87+ significa que as fontes desta série possuem sistema de cabeamento modular. A Enermax também lançará a série PRO87+ com fontes idênticas às da série MODU87+, mas sem sistema de cabeamento modular.

Enermax MODU87+ 700 W
Figura 1: Fonte de alimentação Enermax MODU87+ 700 W.

Enermax MODU87+ 700 W
Figura 2: Fonte de alimentação Enermax MODU87+ 700 W.

A Enermax MODU87+ 700 W mede 16 cm de profundidade, tem uma ventoinha de 140 mm com rolamento magnético localizada em sua parte inferior e circuito PFC ativo, é claro.

A fonte testada tem sistema de cabeamento modular com sete conectores, com três cabos permanentemente instalados na fonte de alimentação. Esses cabos têm proteção de nylon que sai de dentro da fonte.

Os cabos inclusos são:

  • Cabo principal da placa-mãe com um conector de 24 pinos (sem opção para 20 pinos, 61 cm, permanentemente instalado na fonte de alimentação).
  • Um cabo com dois conectores ATX12V que juntos formam um conector EPS12V (61 cm, permanentemente instalado na fonte de alimentação).
  • Um cabo com um conector EPS12V (61 cm, permanentemente instalado na fonte de alimentação).
  • Dois cabos com dois conectores de alimentação auxiliares para placas de vídeo cada. É importante notar que embora cada cabo tenha dois conectores, estes conectores são instalados em fios individuais, não compartilhando os mesmos fios, que é a melhor solução (49 cm, sistema de cabeamento modular).
  • Um cabo com quatro conectores SATA (45 cm até o primeiro conector, 15 cm entre os conectores, sistema de cabeamento modular).
  • Um cabo de alimentação para periféricos com quatro conectores padrão e um conector para unidades de disquete (45 cm até o primeiro conector, 15 cm entre os conectores, sistema de cabeamento modular).
  • Dois cabos com dois conectores de alimentação SATA e dois conectores de alimentação para periféricos cada (45 cm até o primeiro conector, 15 cm entre os conectores, sistema de cabeamento modular).

Esta configuração é boa o suficiente para um produto de 700 W, oferecendo quatro conectores para placas de vídeo, o que permite a você instalar duas placas de vídeo que necessitem de dois conectores de alimentação cada.

Enermax MODU87+ 700 W
Figura 3: Cabos.

O cabo principal da placa-mãe usa fios mais grossos de 16 AWG, o que é excelente, enquanto que os outros cabos utilizam fios 18 AWG, que é o mínimo recomendado.

Vamos agora dar uma olhada no interior desta fonte de alimentação.

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários


Bela fonte mas fora da realidade da maioria dos brasileiros. Esta seria uma fonte perfeita para o meu RIG mas vamos ver quanto será o preço dessa beleza aqui. Acredito +- uns R$ 750.

Belo teste que vocês fizeram.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Olha fonte muito boa ate, uma coisa que nao entendi porque esse super dimensionamento. Isso alem de ser exagerado acaba encarecendo sem nenhuma necessidade o produto.

Um proprio exemplo é a ponte chaveadora. Nao sendo mais que necessario que uma ponte de 1000W que chega a custar ate 2 vezes menos.

Nao to aqui pra discutir isso porque nao sei como o fabricante compra isso, pois muitas vezes por comprar compontentes com esse pico alto de qualidade e desempenho o valor apenas encarece so alguns trocados.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Já que o CDH leva o preço em consideração na hora de dar o Selo de Produto Recomendado (que particularmente eu não concordo, mas é opinião pessoal) eu não entendi o porquê do selo nessa fonte caríssima.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Já que o CDH leva o preço em consideração na hora de dar o Selo de Produto Recomendado (que particularmente eu não concordo, mas é opinião pessoal) eu não entendi o porquê do selo nessa fonte caríssima.

Também não entendi. Esse selo está meio que confuso, deviam dar selos do estilo: Produto Recomendado Clube do Hardware - Ouro, Prata, Bronze (da maneira como fazem no Hardware Secrets). Ou então dar notas de 0 a 10. Digo isso pois produtos como o Cooler Master V10 e Seasonic X-Series 650W receberam o selo e outros como o Corsair Obsidian 800D e esta fonte que foi testada não receberam.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Já que o CDH leva o preço em consideração na hora de dar o Selo de Produto Recomendado (que particularmente eu não concordo, mas é opinião pessoal) eu não entendi o porquê do selo nessa fonte caríssima.

Olá,

Esta fonte não é caríssima para o que é. Ela deve chegar ao mercado americano na faixa dos US$ 200, que é o mesmo preço de outras fontes topo de linha de 850 W sem 80 Plus Gold... Se ela custasse US$ 300 ou mais aí concordaria contigo, mas não é o caso.

Abraços,

Gabriel Torres.

Não entendi porque não testaram as proteções nem na XFX 650W nem nesta aqui. É algum problema de equipamento??

Abraços.

Está explicado no próprio teste...

Quando tentamos extrair mais de 700 W desta fonte ela desligou, e não conseguimos puxar mais de 700 W dela. Esta possivelmente foi algum tipo de limitação do nosso equipamento, pois um colega nosso nos disse que foi capaz de puxar 1.000 W desta fonte.
Editado por Evandro

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Eu li o review dela no HARDWARE SECRETS, é uma excelente fonte mesmo! Mas ela sendo US$219, deve chegar aqui na faixa de R$750 (incluindo o "custo-brasil", eu acho), o que é só um pouco mais do que o mercado formal cobra pela Corsair HX750w, e essa Enermax possui eficiência consideravelmente maior. Mas mesmo assim é bem acima do que sou capaz de pagar em uma fonte...

ViX: Ela recebeu a qualificação Golden Award lá e Produto recomendado aqui. E convenhamos, pelo que oferece, o gabinete da Corsair possui um preço obsceno para um gabinete quase todo SECC (o Cooler Master ATCS 840 tem quase os mesmos recursos, é mais barato e é totalmente em alumínio).

Editado por andregabeh87
o review da TT deve sair semana que vem aqui, aí você pergunta lá que alguém vai responder. ;)

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Gabriel, é disso que você tá falando??? que tá explicado no teste???

A Enermax MODU87+ 700 W é uma fonte de alimentação excelente que apresenta alta eficiência entre 86% e 90,5%. As tensões ficaram o tempo inteiro dentro da faixa permitida com baixos níveis de oscilação e ruído. As proteções estavam claramente ativas. Sua configuração de cabos é perfeita para um produto de 700 W. Para o usuário que esteja procurando pela melhor fonte de 700 W do mercado e preço não é problema, a nova Enermax MODU87+ 700 W é a escolha certa.

Se for, não entendi. Basta estar ativa?? e não há necessidade de ver se funcionam bem??

abraços.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Olá,

Esta fonte não é caríssima para o que é. Ela deve chegar ao mercado americano na faixa dos US$ 200, que é o mesmo preço de outras fontes topo de linha de 850 W sem 80 Plus Gold... Se ela custasse US$ 300 ou mais aí concordaria contigo, mas não é o caso.

Vamos ver por quanto ela vai chegar no Brasil, aí a gente pode ter melhores conclusões.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Uau! Como o mundo evoluiu. Eu sou do tempo que a Enermax (se é que se tratam da mesma marca) fazia só uns estabilizadores fuleiros que derretia o plástico se ficasse bastante tempo ligado.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Uau! Como o mundo evoluiu. Eu sou do tempo que a Enermax (se é que se tratam da mesma marca) fazia só uns estabilizadores fuleiros que derretia o plástico se ficasse bastante tempo ligado.

Essa é a "Enermax do Brasil", a "Enermax do mundo" foi conhecida por muitos anos como uma das melhores fabricantes de fontes de alimentação do planeta. ;)

Pena que por aqui elas sempre cobraram seu preço pela fama. :(

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Uau! Como o mundo evoluiu. Eu sou do tempo que a Enermax (se é que se tratam da mesma marca) fazia só uns estabilizadores fuleiros que derretia o plástico se ficasse bastante tempo ligado.

Apesar do mesmo nome, são duas empresas diferentes, felizmente.

Fontes Enermax tem muita qualidade apesar do preço ser alto. Para quem tem uma graninha sobrando, vale a pena comprar uma.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Onde será que vende uma dessa procurei na internet e nada de achar

''/

quem poder me enviar o link de um site de venda eu fico grato

abraços

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×