Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Teste da Fonte de Alimentação Satellite SATA-545K8

       
 85.178 Visualizações    Testes  
 36 comentários

É hora de testarmos mais uma fonte “nacional”, a Satellite SATA-545K8, que oficialmente é uma fonte de 400 W. Quanto será que ela realmente consegue entregar?

Teste da Fonte de Alimentação Satellite SATA-545K8
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Introdução

A Satellite é uma marca “nacional” e suas fontes são fabricadas pela Solytech, mesma empresa por trás das fontes Jitek, das fontes da MSI e de alguns modelos eXtreme Power Plus da Cooler Master (por exemplo, o modelo de 350 W). A Solytech está há séculos no mercado usando vários nomes, tais como Allied, L & C Technology, Deer e Apex. Como a Jitek de 500 W e a Satellite SATA-545K8 usam o mesmo projeto interno, será interessante fazermos uma comparação entre as duas.

A SATA-545K8 (que agora é chamada P5-545K8 no site da Satellite) é uma fonte de 400 W, conforme descrito na caixa do produto. Pena que a potência máxima esteja escrita em letras miúdas em uma das laterais da caixa, sem qualquer destaque.

Satellite SATA-545K8
Figura 1: Potência máxima da fonte.

A etiqueta da fonte não informa a sua potência máxima, como você pode conferir na Figura 2; há apenas uma informação da potência máxima combinada das saídas de +3,3 V e +5 V (385 W) e a informação da potência máxima da saída de +12 V, que está errada (12 V x 28 A dá 336 W e não 435 W). Erro similar está na potência máxima da saída +5VSB, listada como 12,5 W, mas 5 V x 3 A dá 15 W.

Satellite SATA-545K8
Figura 2: Etiqueta da fonte. Impossível determinar sua potência.

Nós a testaremos como sendo uma fonte de 400 W, pois este é o limite impresso em sua caixa.

A Satellite SATA-545K8 é uma fonte pequena, com 14 cm de profundidade, possuindo duas ventoinhas de 80 mm, uma na parte traseira e uma em sua parte superior. Ela não possui circuito PFC, sendo baseada na topologia meia-ponte.

Satellite SATA-545K8
Figura 3: Fonte de alimentação Satellite SATA-545K8.

Satellite SATA-545K8
Figura 4: Fonte de alimentação Satellite SATA-545K8.

A ventoinha traseira brilha em quatro cores diferentes quando a fonte é ligada, um verdadeiro carnaval.

Satellite SATA-545K8
Figura 5: Ventoinha traseira com a fonte ligada.

Nenhum sistema de cabeamento modular é usado e somente o cabo principal da placa-mãe vem com uma proteção de nylon, que parte de dentro da fonte. Todos os fios são 18 AWG, que é a bitola correta a ser usada. Os cabos inclusos são:

  • Cabo principal da placa-mãe com conector de 20/24 pinos.
  • Um cabo com um conector ATX12V.
  • Um cabo de alimentação SATA com apenas um conector.
  • Um cabo de alimentação para periféricos com dois plugues padrão e um conector para unidades de disquete.
  • Um cabo de alimentação para periféricos com dois plugues padrão.

A ausência de um cabo para placas de vídeo e a presença de apenas um conector de alimentação SATA são os pontos fracos dessa fonte, mostrando que ela é baseada em um projeto antigo onde o fabricante simplesmente trocou o conector da placa-mãe por um de 24 pinos, não significando que ela seja uma fonte ATX12V 2.x.

Os cabos são extremamente curtos, medindo 40 cm entre a carcaça da fonte e o primeiro conector do cabo, dificultando a instalação desta fonte em gabinetes do tipo “full tower” ou gabinetes torre média onde a fonte fica na parte inferior. Cabos com mais de um conector possuem 14 cm de distância entre os conectores.

Satellite SATA-545K8
Figura 6: Cabos.

Vamos agora dar uma olhada no interior desta fonte de alimentação.

Editado por

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários




nossa que decepção :confused:

e eu usei essa fonte 3 meses com minha configuração ate comprar a SL-8600EPS.

e eu achando que seria um bom produto por defender a satellite devido a SL-8600EPS

pisou na bola feio em :angry:

PS: a minha 545k8 ainda ta funcionando e e um pouco diferente internamente sem contar que a etiqueta tambem e diferente será que há duas versões da mesma fonte? se o gabriel se interessar posso mandar umas fotos pra comprovar. :cool:

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Nossa eu realmente pensava que essa fonte era melhor hehehehe :D , uso ela em meu pc, sendo que adicionei uma 9800gt na configuração dele (a versao da 9800gt é uma da pny "energy eficient", que não possui conectores de energia nela). A fonte sempre "rodou" muito bem, meu pc costuma até ficar ligado "direto" e eu overclocava a placa de vídeo; nunca me apresentou problemas (já devo ter ela faz +1 ano) mas agora decepcionou.

Na opinião de vocês a Dr. Hank PW-500T (http://www.clubedohardware.com.br/artigos/1673/1) é melhor que a satellite ne? Pois eu possuo essa fonte aqui guardada de um outro computador.

Obrigado CDH!

Abraço.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Como tradição, mostrou que a maior parte das fontes da Satellite são ruins mesmo, claro eu estou usando uma fonte Satellite, só que a SL-8600EPS, pelo menos essa fonte é considerada boa.

Mesmo que eu nem tenha necessidade de usar os 600W, uns 150W já bastava acho, aí era mais pra futuros upgrades mesmo, atualmente ele tá mais pra dar mais eficiencia, em torno de 84%.

Se pelo menos essas fontes mais recentes fosse da mesma categoria de qualidade da SL-8600EPS, a satellite entraria como uma concorrente boa no mercado das fontes pelo seu preço com custo/benefícil bom na minha opnição.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Eu esperava coisa pior, até que pelo que ela custa é uma fonte boa, e se saiu melhor que outras.

Será que algum dia teremos uma fonte barata (R$ 80 por exemplo) e com qualidade ? :confused::(

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Já eu esperava pelo menos que ela sobrevivesse, dado o histórico do teste com a SL-8600EPS que na época me surpreendeu.

Realmente, pelo preço dela faz mais sentido simplesmente a Satellite colar um adesivo de "300 W" na caixa em cima da onde diz 400W e seguir a vida sem problemas. Ficaria apenas a questão da eficiência, que pra um PC de baixo consumo não terá tanto impacto.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Até que não achei que ela foi tão ruim assim. Pelo preço informado (R$ 83,00) é uma fonte razoável de 300W. A eficiência é abaixo de 80%, mas a Satellite nem promete alta eficiência.

De toda forma, merece o selo de produto bomba porque está rotulada a 400W e queimou sem fornecer a potência rotulada.

[]s!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

É uma fonte pior que a outra ultimamente nestes testes.

Acho que merece junto com aquele selo de "Produto Bomba" aquela fala do jogo Counter-Strike 1.6 em português que fala "Olha a bomba", kkkkkkkkkkkkk.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Eu esperava coisa pior, até que pelo que ela custa é uma fonte boa, e se saiu melhor que outras.

Será que algum dia teremos uma fonte barata (R$ 80 por exemplo) e com qualidade ? :confused::(

XITA, acho que ainda var ser um tanto difícil chegar num preço baixo como tu citou e ainda ter qualidade, pelo menos aqui no brasil, pois as empresas nacionais que poderiam fornecer produtos mais baratos tens o costume de fornecer produtos de péssima qualidade, onde a maioria dos usuários não liga se ele fornece a poténcia necessária pra o funcionamento dos PC's deles. De forma que torna as Empresas nacionais "acostumadas" a continuarem a fornecer produtos de baixa qualidade, claro com preço baixo também. Mas se exigisse dessas empresas qualidade sem encareçer o custo do produto, seria um grande avanço.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Essa Satellite custa R$ 80, se eles melhorassem um pouco o projeto ela passaria a custar quanto, 100, a mesma coisa ?

Lá fora ela "deve" custar uns 20 dólares.

Se virar uma fonte de 300 ou 350W mas com boa eficiência e proteções, eu acho válido.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Às vezes algumas marcas parecem ir pelo caminho certo, mas voltam a regredir com lançamentos de fontes sendo rotuladas com aquilo que elas não podem oferecer. Um exemplo disso é a C3Tech que lançou uma ótima fonte de 750w ( acho que é essa a potência ) e tem uma fonte como a DSA5060V que poderia ser uma ótima fonte se fosse rotulada com potência menor e agora a Satellite faz isso, o que deixa vários consumidores com um pé atrás ao comprar produtos de marcas como essas... :mellow:

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Muito bom esses testes com fontes "nacionais", pena que nenhuma se salva.

Será que toda vez que tivermos que montar aquela máquina Celeron tudo on-board baratinha para escritório teremos que apelas para uma cara Corsair ou Zalman.

Só aqui no Brasil onde é desovado todo tipo de lixo tecnológio vendido a preços high-end é difícil encontrar uma fonte de poteência honesta que atenda todos as especificações mínimas para manter um PC de forma saudável.

Essa Satellite custa R$ 80, se eles melhorassem um pouco o projeto ela passaria a custar quanto, 100, a mesma coisa ?

Lá fora ela "deve" custar uns 20 dólares.

Se virar uma fonte de 300 ou 350W mas com boa eficiência e proteções, eu acho válido.

É isso que eu tava pensando... não deve custar muito meter uma proteção contra sobrecarga decente alí e rotular a fonte honestamente como 320W. Se custasse uns R$100 com essas características a mais, comprava com maior prazer para equipar máquinas de baixo custo.

São pequenas coisas assim que fazem um produto ir de uma lacuna para outra. Podia não receber o selo de recomendaçao do CDH, mas seria uma boa opção de baixo custo.

Editado por elpapa

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Eta fonte capeta!

Eu tenho uma dessas ligada no pc da assinatura.

Pensa em uma fonte que esquenta...

Fiz um mod nela, colocando mais coolers enquanto eu nao compro um pc novo.

Sem contar os leds coloridos (1° coisa que fiz foi desligar eles).

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

pois é, tenho ela no pc da assinatura, ja estava preocupado antes, agora estou mais ainda :$ espero que nao tenha o mesmo fim da fonte do teste. mas ela nao é uma fonte tãããããããõ ruim assim se for pensar que paguei 70 R$ nela faz quase um ano.

BTW, qual foi/foram os componentes queimados dela??? nao mostraram nada no teste.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Pessoal preciso da ajuda de vocês...

Li esse teste do Clube, e fiquei meio assim..

eu tenho essa fonte no meu pc faz uns 6 meses, agora estou comprando um

intel core 2 duo e7400 2.8 ghz

placa mãe asus P5KPL-AM

E uma gforce 9800gt..

meu pc so tem um gravador / leitor de dvd, e um hd 7200 rpm.

Minha dúvida, será que a fonte vai aguentar? ou não devo nem testar e partir para outra?

obrigado

Editado por mamadigi

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
pois é, tenho ela no pc da assinatura, ja estava preocupado antes, agora estou mais ainda :$ espero que nao tenha o mesmo fim da fonte do teste. mas ela nao é uma fonte tãããããããõ ruim assim se for pensar que paguei 70 R$ nela faz quase um ano.

BTW, qual foi/foram os componentes queimados dela??? nao mostraram nada no teste.

Página 7, entre a tabela e o vídeo: "Os componentes que queimaram foram os transistores chaveadores.". Só não tem fotos mostrando.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Na opinião de vocês a Dr. Hank PW-500T (http://www.clubedohardware.com.br/artigos/1673/1) é melhor que a satellite ne? Pois eu possuo essa fonte aqui guardada de um outro computador.

Obrigado CDH!

Abraço.

Essa Dr Hank se saiu bem melhor do que essa SATA-545K8 em nossos testes. Mas vale lembrar que não são todas as Satellite que são ruins; a SL-8600 se saiu bem em nossos testes.

Abraços,

Gabriel Torres

Pessoal preciso da ajuda de vocês...

Li esse teste do Clube, e fiquei meio assim..

eu tenho essa fonte no meu pc faz uns 6 meses, agora estou comprando um

intel Core 2 Duo e7400 2.8 ghz

placa mãe asus P5KPL-AM

E uma gforce 9800gt..

meu pc so tem um gravador / Leitor de DVD, e um hd 7200 rpm.

Minha dúvida, será que a fonte vai aguentar? ou não devo nem testar e partir para outra?

obrigado

Nossa recomendação é que você sempre procure por uma fonte que ofereça pelo menos 80% de eficiência e que tenha suas proteções funcionando. Veja a nossa lista de produtos recomendados, as fontes recomendadas caem nesse quesito:

http://www.clubedohardware.com.br/pagina/produtos

Abraços

Gabriel Torres

Figura 13. Veja que usei a palavra "queimaram" e não "explodiram". Normalmente semicondutores quando queimam não há qualquer dano físico aparente. Eles só explodem em casos extremos.

Abraços,

Gabriel Torres.

Editado por Evandro

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

galera gostaria de dizer que a sata-545k8 e diferente da p5-545k8,a sata acho q é mais antiga,eu tenho a p5 no meu pc e ela tem um cabo a mais para perifericos com dois plugues e 1 para disquete,alem disso por dentro ela e diferente,ela tem um circuto que monitora a velocidade das ventoinhas com um sensor acoplado no dissipador do secundario,e segundo a etiqueta ela tem dois barrametos virtuais de 12v,não sei dizer se o projeto e os componentes sao diferentes mas a p5 e a sata sao diferentes internamente,tenho um dual core e2180 2 Ghz @3.0 Ghz 3 hds,4 coolers,vga 8500 gt 450mhz@580Mhz,duas gravadoras de dvd e quando faço testes de estabilidade com o everest por exemplo a voltagens dela praticamente nao variam,seria interessante se o CdH testasse a P5-545K8...

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
galera gostaria de dizer que a sata-545k8 e diferente da p5-545k8,a sata acho q é mais antiga,eu tenho a p5 no meu pc e ela tem um cabo a mais para perifericos com dois plugues e 1 para disquete,alem disso por dentro ela e diferente,ela tem um circuto que monitora a velocidade das ventoinhas com um sensor acoplado no dissipador do secundario,e segundo a etiqueta ela tem dois barrametos virtuais de 12v,não sei dizer se o projeto e os componentes sao diferentes mas a p5 e a sata sao diferentes internamente,tenho um dual core e2180 2 Ghz @3.0 Ghz 3 hds,4 coolers,vga 8500 gt 450mhz@580Mhz,duas gravadoras de dvd e quando faço testes de estabilidade com o everest por exemplo a voltagens dela praticamente nao variam,seria interessante se o CdH testasse a P5-545K8...

Aparentemente a diferença entre as duas é apenas na configuração dos cabos, sendo internamente idênticas, similar ao que acontece com a Huntkey V-Power 550 W vs. Green Star 550 W.

Abraços,

Gabriel Torres

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Senado avalia projeto que obriga fabricação ecológica de PCs.

Computadores, componentes de PCs e equipamentos de informática em geral poderão ser obrigados a atender requisitos ambientais e de eficiência energética. A Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA) analisará, na terça-feira (11/8), proposta (PLS 173/09) do senador João Tenório (PSDB-AL) que estabelece prazo de dois anos para a indústria se adaptar às novas exigências.

O projeto é voltado a peças importadas, produzidas ou comercializadas no Brasil e estabelece os níveis máximos de minérios, como chumbo, e substâncias químicas presentes nos equipamentos.

A eficiência energética não poderá ser inferior a 80% e os computadores deverão ter partes e componentes recicláveis em porcentagem não inferior a 95% em peso. Essas exigências, de acordo com o projeto, não se aplicam aos produtos destinados exclusivamente à exportação. O relator da matéria, senador Leomar Quintanilha (PMDB-TO), assinala em seu voto que, a partir da popularização dos computadores, problemas antes ignorados ganharam escala, bem como o ciclo de obsolescência desses equipamentos se tornou cada vez mais rápido devido ao avanço tecnológico do setor.

Muitas das substâncias químicas utilizadas na fabricação de eletroeletrônicos, como chumbo, mercúrio, cromo, cádmio e PVC, são prejudiciais à saúde humana e o meio ambiente. Quando descartadas de forma inadequada, podem contaminar solos, rios e lençóis freáticos, com efeitos de bioacumulação pelos organismos vivos, carcinogênicos e teratogênicos, intoxicações crônicas e graves lesões nos diversos sistemas corpóreos.

*Com informações da Agência Senado

Fonte: Senado Federal e http://pcworld.uol.com.br/noticias/2009/08/10/senado-avalia-projeto-que-obriga-fabricação-ecologica-de-pcs.

E Vamo que vamo !!!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

fiquei descepcionado com ela ja tive uma e era super silenciosa e nao esquentava nada era a P5 mais famosa no py, ja sabia da baixa eficencia e tal mas nao fornecer os 400w é sacanagem.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Pessoal preciso da ajuda de vocês...

Li esse teste do Clube, e fiquei meio assim..

eu tenho essa fonte no meu pc faz uns 6 meses, agora estou comprando um

intel Core 2 Duo e7400 2.8 ghz

placa mãe asus P5KPL-AM

E uma gforce 9800gt..

meu pc so tem um gravador / Leitor de DVD, e um hd 7200 rpm.

Minha dúvida, será que a fonte vai aguentar? ou não devo nem testar e partir para outra?

obrigado

Obs>

Parte para outra, eu mesmo estava com o pc da assinatura, e na boa, a fonte abriu as pernas! as voltagens cairam muito, começou a esquentar a minha máquina inteira, o processador estava indo a 60° graus jogando, e em idle ficava em 43°, retirei ela e usei o onboard da placa mãe, com overclock no processador e no onboard, dai ta tranquilo! sem falar que mesmo não jogando quando estava com a 8800GS a fonte ficava quente pacas! Claro que meu processador é beberrão de energia, deve ser mais que este seu ai com certeza, mas mesmo assim, a sua 9800GT deve consumir mais do que a 8800GS XXX que eu tenho, pior que agora a fonte não esta segurando nem uma HD3650 que nem possue cabo de alimentação, é só espetar no slot pci-ex e deu! Mas eu to com medo de ligar esta placa também, pois às vezes da uns barulhos estranhos no cooler etc e tal, e como a placa é emprestada (quem sabe ficaria com ela mesmo), mas vou pegar uma fonte melhor e pegar minha 8800GS de volta, e acho que pegarei a satellite de 600W mesmo, esta que foi aprovada no teste! posso não ocupar agora mas fica para futurus ups do pc!

Mas pelo menos com o meu X2 5000 antigo e a configuração que eu tinha, ela segurou legal! mas deu zica quando troquei e coloquei o processador da assinatura!

Só gostaria de saber mais ou menos quantos amperes realmente ela tem na linha de 12V, acho que nem deu tempo de ver isto! coisa que não entendo, eles colocaram de cara em 400W para queimar tão ligeiro? pois falaram que iriam subir lentamente as porcentagens! então se digamos queimou acima dos 380w antes deve se ter uma ideia de quantos amperes tem! não é!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Mais uma Fonte "nacional" que leva o selo de produto bomba...

Não desconfiava dessa fonte ai não, achei que se saíria melhor, mas não foi isso o que aconteceu.

É incrivel que fontes como essa hoje em dia estão sendo a venda em vários computadores sem a gente saber, por isso que agora sempre pesquiso sobre as fontes também, porque já perdi um pc por causa desse tipo de fonte.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Me decepcionei , pois tenho ela, ja faz 3 anos , tenho uma 9600gt com E-4500 em OC, e nunca deu problema, ja esperava que ela não fornecia os 400watts , mas mesmo asim aqui no PY não se tem opção quando se quer uma fonte,

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites



Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×