Entre para seguir isso  
Seguidores 0

Visita à Fábrica da Corsair em Fremont, EUA

       
 46.608 Visualizações    Artigos  
 0 comentários

Acompanhe nossa visita à fábrica da Corsair em Fremont, EUA, e veja como os módulos de memórias da Corsair são fabricados.

Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Introdução

Aproveitamos a nossa ida aos EUA para conhecermos a fábrica de módulos de memória da Corsair, localizada na cidade de Fremont, Califórnia. Nesta fábrica são produzidos os módulos topo de linha (série XMS) e os módulos para servidores. A Corsair tem ainda uma fábrica em Taiwan, onde são produzidos os módulos mais simples da marca (série Value).

Nota: A Corsair mudou para um novo prédio e ampliaram sua fábrica. Postamos um artigo mostrando a nova fábrica da Corsair.

Interessante notar que esta é a primeira fábrica de componentes que visitamos nos EUA. Em geral as grandes fábricas estão localizadas em Taiwan ou na China. A justificativa de ter uma fábrica nos EUA é poder ter um menor tempo de resposta. Por exemplo, se eles receberem um grande pedido de um determinado cliente de memórias para servidores, eles podem entregar o pedido em dois ou três dias, bastando fabricar a quantidade de módulos encomendados e entregar.

Também é nesta fábrica onde é testado o processo de fabricação de novos produtos.

A Corsair não fabrica chips de memória. Ela os compra de terceiros, normalmente da Samsung e da Micron, e monta seus próprios módulos.

O processo de fabricação é relativamente simples. Os chips de memória são posicionados e soldados sobre os módulos, que inicialmente são acondicionados em painéis contendo seis placas cada, há um teste visual para ver se a solda ficou boa, os módulos são então separados, o circuito SPD do módulo é programado e os módulos são então totalmente testados e posteriormente embalados.

Visita à Fábrica da Corsair em Fremont, EUA
Figura 1: Painéis contendo seis placas de circuito impresso de módulos de memória cada.

Visita à Fábrica da Corsair em Fremont, EUA
Figura 2: Teste para verificar se os circuitos integrados foram soldados corretamente.

Visita à Fábrica da Corsair em Fremont, EUA
Figura 3: Painel com os chips soldados.

Compartilhar



Entre para seguir isso  
Seguidores 0

Comentários de usuários


Não há comentários para mostrar.



Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar agora