Entre para seguir isso  
Seguidores 0

Teste dos processadores A6-7400B vs. Pentium G4400

       
 64.364 Visualizações    Testes  
 18 comentários

Hoje nós testamos dois processadores básicos, o A6-7400B e o Pentium G4400 “Skylake” da Intel. Qual será o mais rápido? Confira!

Rafael Coelho Editor-chefe do Clube do Hardware

Introdução

Processadores básicos são normalmente utilizados em computadores voltados a aplicações de escritório ou para tarefas domésticas simples, como digitação de textos e navegação na Internet. Hoje nós comparamos dois modelos dessa categoria: o A6-7400B da AMD e o Pentium G4400 “Skylake” da Intel. Qual será o mais rápido? Vamos descobrir!

O A6-7400B da AMD é, na verdade, um modelo voltado para a venda direta a fabricantes de computadores, o que significa que você não vai encontrá-lo à venda de forma avulsa, mas apenas dentro de computadores “de marca”, tanto que seu nome completo é “A6 PRO-7400B”. Porém, segundo a AMD, ele é idêntico ao modelo A6-7400K (exceto por este último, como todos os modelos da AMD com “K” ao final, ter seu multiplicador de clock destravado, para overclock). Assim, a análise de seu desempenho vale igualmente para o A6-7400K, que é um processador com venda direta ao público. Os modelos PRO da AMD (que têm a letra B ao final da numeração) são voltados a aplicações empresariais, mas só diferem dos modelos “normais” em termos comerciais, como canais de venda e tempo de garantia. A AMD oferece alguns recursos específicos para gerenciamento de TI em grandes empresas, em uma plataforma chamada de AMD PRO, mas estes recursos só estão disponíveis em placas-mãe também voltadas a esta plataforma.

O A6-7400B analisado (assim como o A6-7400K) tem dois núcleos, clock de 3,5 GHz com clock turbo de 3,9 GHz, motor gráfico Radeon R5 e usa o soquete FM2+.

No lado da Intel, nós testamos o Pentium G4400, que é um dos modelos mais baratos de processador da sexta geração da família Core, conhecida pelo codinome “Skylake”. Trata-se de um processador de dois núcleos, com clock de 3,3 GHz e motor gráfico Intel HD 510. Ele usa o novo soquete LGA1151.

A Figura 1 mostra os dois processadores testados, lado a lado. Eles são concorrentes diretos, por estarem na mesma faixa de preço, nos EUA.

A6-7400B vs. Pentium G4400

Figura 1: o A6-7400B (esquerda) e o Pentium G4400 (direita)

A Figura 2 mostra o processador Pentium G4400 com sua caixa e cooler padrão. O A6-7400B, sendo um processador vendido no atacado, não vem com embalagem.

A6-7400B vs. Pentium G4400

Figura 2: o processador Pentium G4400

Nós ainda incluimos em nossos gráficos de desempenho os processadores A10-7870K e Core i3-6100, testados recentemente. Apesar de serem processadores de uma faixa de preço superior, eles são os “irmãos mais bombados” do A6-7400B e do Pentium G4400, respectivamente. Assim, achamos que seria interessante verificar a diferença de desempenho entre os processadores mais baratos e aqueles um pouco mais caros.

Vamos comparar as principais especificações dos processadores testados na próxima página.

Compartilhar



Entre para seguir isso  
Seguidores 0

Comentários de usuários


Parabéns pelo artigo! Uma pena não ter podido comentar antes, devido ao fórum estar offline.

 

Dando uma fuçada na internet me pareceu que, teoricamente, esses novos Pentium teriam desempenho semelhante à de processadores Core i3 de arquitetura Ivy Bridge. Será que ainda vale a pena aquela prática de se investir num processador mais básico como esse G4400 e depois partir para um Core i5/i7?

 

Seria legal se um dia fosse feito um teste comparando o desempenho de processadores a partir da arquitetura Sandy Bridge da Intel e Bulldozer da AMD, pareados com VGAs dedicadas (básicas, intermediárias e avançadas - uma de cada), para ver o quanto houve de evolução em poder de processamento em jogos, e analisar se processadores mais fracos de hoje seriam equivalentes a processadores médios mais antigos.

2 pessoas curtiram isso

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Em 16/12/2015 às 16:16, caiokn disse:

Parabéns pelo artigo! Uma pena não ter podido comentar antes, devido ao fórum estar offline.

 

Dando uma fuçada na internet me pareceu que, teoricamente, esses novos Pentium teriam desempenho semelhante à de processadores Core i3 de arquitetura Ivy Bridge. Será que ainda vale a pena aquela prática de se investir num processador mais básico como esse G4400 e depois partir para um Core i5/i7?

 

Seria legal se um dia fosse feito um teste comparando o desempenho de processadores a partir da arquitetura Sandy Bridge da Intel e Bulldozer da AMD, pareados com VGAs dedicadas (básicas, intermediárias e avançadas - uma de cada), para ver o quanto houve de evolução em poder de processamento em jogos, e analisar se processadores mais fracos de hoje seriam equivalentes a processadores médios mais antigos.

Sei que faz quase 6 meses que postou isso, mas estou fazendo justamente isso, estou montando um HTPC coloquei uma Gigabyte Z170N Gaming 5 e peguei esse G4400, pois no final do ano parto para um i7.

1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Opa @Maicolao  

 

Você está usando o Pentium junto de alguma placa de vídeo? Que tem achado do desempenho do processador até agora?

1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Opa@caiokn

2 horas atrás, caiokn disse:

Opa @Maicolao  

 

Você está usando o Pentium junto de alguma placa de vídeo? Que tem achado do desempenho do processador até agora?

Não estou usando com nenhuma placa no vídeo no momento, pois quero pegar uma 1070 futuramente, para configurações de uso cotidiano ele da conta do recado, mas abrir muitas guias ( 10+) do Chrome já da pra sentir que o processador da umas " engasgadas ".

Mas vamos indo. Se me arrependo de ter pego? Não, está sendo bem útil para o que faço momentaneamente. 

Vou deixar a Conf.

Processador Pentium G4400, Gigabyte Z170n Gaming5, 1x8 GB DDR4 Hyperx Fury 2133MHz, PSU Corsair CS550M, Gabinete Bitfenix Prodigy Black.

2 pessoas curtiram isso

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@Maicolao talvez seja por conta das limitações de ser um dual core, mas para uso comum creio que seja mais do que o suficiente. Meu antigo G850 ainda está vivo e segurando vários trancos, certamente o G4400 se viraria bem melhor :D Tenho planos de montar um PC com um G4400, mas vou esperar para ver se chega ao mercado nacional alguma placa mini itx com chipsets mais básicos e que utilize memórias DDR4.

2 pessoas curtiram isso

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Em 10/10/2016 às 10:41, Alissontw disse:

@caiokn e ai mano, você comprou? gostou do desempenho?

 

Opa, desculpe @Alissontw, nem tinha visto o quote :tw_anguished: Ressucitando o tópico, eu comprei sim. Estou há uns 4 meses com ele. Estou gostando bastante do desempenho, que estimo ser superior ao do meu antigo G850 em uns 45% – parece pouco, mas dá uma boa diferença em bastante coisa, principalmente em tarefas pesadas. Atualmente uso-o pareado com uma GTX 750 Ti da EVGA, e ultimamente tenho jogado GTA V e Rise of the Tomb Raider sem problemas de travamentos ou gargalos. Para tarefas de escritório e uso doméstico esse CPU é bastante guerreiro, só quando o CPU está a quase 100% de utilização é que percebo que o som fica meio cortado (no youtube ou Winamp). Talvez uma instalação limpa do Windows resolvesse o problema, mas na época em que fiz o upgrade geral no PC eu só instalei os drivers novos, então não sei se faria diferença. Com relação a temperaturas, o CPU funciona bem "fresquinho", só não está mais frio porque meu Hyper TX3 está com um dos brackets quebrados e o encaixe está meio ruim, mas ainda assim não o vi ficar mais quente do que 50º C. Penso que se a diferença for realmente pequena entre esse G4400 e o G4500 vale ir neste último, até porque a VGA integrada dele é melhor, mas se a ideia for adquirir apenas para entrar na plataforma 1151 e depois fazer um upgrade para um CPU melhor, ambos servem - eu iria no mais barato.

1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@caiokn, para o problema do Youtube, eu tentaria a extensão h264ify para o Chrome ou Firefox, para poder usar a aceleração por hardware na decodificação e liberar o CPU um pouco, e o Winamp OpenAL Output Plug-in também se não estiver usando... quem sabe ajuda.

 

E a diferença de preço hoje não compensa, quase R$ 100 por apenas 200 MHz! E se for para pegar um básico e dar upgrade em seguida, o Celeron está aí pra isso hehe, ainda mais em conta.

 

Celeron G3900

http://www.kabum.com.br/produto/78959/processador-intel-celeron-g3900-skylake-cache-2mb-2-8ghz-lga-1151-intel-hd-graphics-510-bx80662g3900/?tag=78959

2 pessoas curtiram isso

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@dudaskank obrigado, vou dar uma olhada nessas extensões que indicou. Nem sabia que o Winamp suportava aceleração por hardware :o, mas achei que o Chrome já tivesse algo assim embutido para todos os formatos de vídeo/áudio.

 

Com relação ao Celeron, está certíssimo! Estivesse montando um PC hoje, certamente iria nele, ainda mais com esse preço :D 

 

Tomara que a AMD traga novidades interessantes nos CPUs de entrada ou ficarei nos Pentiums para sempre, especialmente se ele vier com HT a partir do Kaby Lake.

2 pessoas curtiram isso

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Em 11 de junho de 2016 às 02:34, Maicolao disse:

Opa@caiokn

Não estou usando com nenhuma placa no vídeo no momento, pois quero pegar uma 1070 futuramente, para configurações de uso cotidiano ele da conta do recado, mas abrir muitas guias ( 10+) do Chrome já da pra sentir que o processador da umas " engasgadas ".

Mas vamos indo. Se me arrependo de ter pego? Não, está sendo bem útil para o que faço momentaneamente. 

Vou deixar a Conf.

Processador Pentium G4400, Gigabyte Z170n Gaming5, 1x8 GB DDR4 Hyperx Fury 2133MHz, PSU Corsair CS550M, Gabinete Bitfenix Prodigy Black.

Não só o chrome, mas todos os navegadores acabam com o uso confortável da navegação devido à abundância de informação, até com processadores mais fortes. Mas, isso não é nada, o que causa problema é o abuso das propagandas e malwares. O pentium da conta de muita coisa sem reclamar

2 pessoas curtiram isso

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Em 12/17/2016 às 20:08, caiokn disse:

@dudaskank obrigado, vou dar uma olhada nessas extensões que indicou. Nem sabia que o Winamp suportava aceleração por hardware :o, mas achei que o Chrome já tivesse algo assim embutido para todos os formatos de vídeo/áudio.

 

Com relação ao Celeron, está certíssimo! Estivesse montando um PC hoje, certamente iria nele, ainda mais com esse preço :D 

 

Tomara que a AMD traga novidades interessantes nos CPUs de entrada ou ficarei nos Pentiums para sempre, especialmente se ele vier com HT a partir do Kaby Lake.

Cara, estou pensando em pegar esse g4400 para futuramente quem sabe migrar para um i5 ou i7 se a grana der, atualmente tenho um phenon ii x6, vale a pena trocar o kit ? 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@zWes depende muito do uso que você faz do PC.

 

O G4400 é superior ao Phenom II x6 em aplicações single thread, mas em cenários multithread, o Phenom é superior, mesmo sendo bem mais antigo. O quanto cada um é melhor que o outro nestes 2 cenários depende do modelo exato do Phenom que você tem aí.

 

Pelo que vi, de modo geral, o Phenom II x6 tem desempenho semelhante ao de um FX-6300, um pouco para mais ou para menos. Se usa o seu PC atual para jogos que façam uso de vários núcleos, acho que valeria mais a pena juntar uma grana e aguardar o lançamento do Pentium G4560 em terras brasileiras para entrar na plataforma 1151, ou começar com um i3 7100. Sinceramente estou por fora das notícias, mas se o G4560 vier e estiver precificado adequadamente, vai ser como um i3 de 4ª/5ª geração e um pouco mais caro que o G4400.

 

Agora, se atualmente usa o PC para uso mais light ou sem grandes pretensões quanto a jogos e realmente quiser trocar de plataforma, acho que o G4400 ainda é uma boa pedida, especialmente se você já tem em mente realizar um upgrade para um CPU mais forte no futuro.

 

Por curiosidade, qual é o modelo exato do seu Phenom II x6? 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
15 horas atrás, caiokn disse:

@zWes depende muito do uso que você faz do PC.

 

O G4400 é superior ao Phenom II x6 em aplicações single thread, mas em cenários multithread, o Phenom é superior, mesmo sendo bem mais antigo. O quanto cada um é melhor que o outro nestes 2 cenários depende do modelo exato do Phenom que você tem aí.

 

Pelo que vi, de modo geral, o Phenom II x6 tem desempenho semelhante ao de um FX-6300, um pouco para mais ou para menos. Se usa o seu PC atual para jogos que façam uso de vários núcleos, acho que valeria mais a pena juntar uma grana e aguardar o lançamento do Pentium G4560 em terras brasileiras para entrar na plataforma 1151, ou começar com um i3 7100. Sinceramente estou por fora das notícias, mas se o G4560 vier e estiver precificado adequadamente, vai ser como um i3 de 4ª/5ª geração e um pouco mais caro que o G4400.

 

Agora, se atualmente usa o PC para uso mais light ou sem grandes pretensões quanto a jogos e realmente quiser trocar de plataforma, acho que o G4400 ainda é uma boa pedida, especialmente se você já tem em mente realizar um upgrade para um CPU mais forte no futuro.

 

Por curiosidade, qual é o modelo exato do seu Phenom II x6? 

1055T, comprei ele com meu pai em meados de 2009, acho que custou a bagatela de 300 conto, uso a mb m5a78lb usb 3 e 2x4 ddr3, tô tendo muita lentidão, levando um tempo para extrair rar com + de 10 gbs, jogar, navegar,  a cpu chega a  30% somente com o navegador e o torrent abertos, com 5 abas, nesse exato momento... Eu sou acadêmico em design, mais nada profissional, umas edições aqui e lá no illustrator e photoshop, agora, rodo somente lol, payday 2 e darksiders, estou baixando the witcher 3, wd 2, ds3, dmc, re7, doom, rotr, sombras de mordor, minha cidade é quente pra krl, mais em idle o phenon tá em 60ºC...

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Extrair arquivos RAR com esse tamanho demora um tempo mesmo, especialmente se tiverem sido compactados nas configurações máximas possíveis. Tive um Xeon e3-1280 Sandy Bridge, era muito bom para aplicações multithread, mas mesmo assim demorava para compactar ou descompactar arquivos muito grandes ou numerosos. 

 

Para jogar e navegar, acho estranho que seu CPU esteja com tanta carga. Já tentou aplicar as dicas postadas pelo dudaskank ali em cima?  Costumo usar este PC com o G4400 para trabalhar, e costumo ficar com vários aplicativos abertos simultaneamente, raramente sua utilização fica acima de 50% desde que apliquei as dicas que me deram nos posts acima.

 

Com relação aos aplicativos de edição, sei que o Illustrator e o Photoshop eram primariamente single thread, apenas alguns recursos faziam uso de múltiplos núcleos, não sei se isso mudou... Seria legal procurar benchmarks ou comparativos para ver se isso vai fazer bastante diferença para você.

 

Agora, com relação a jogos: dependendo do jogo, o G4400 até leva bem. DMC, RoTTR, Darksiders, LoL, GTA V (single player), joguei todos estes aqui sem problemas. Claro, em alguns casos é preciso fazer concessões. Costumo travar o fps em 30 no GTA V, e não costumo usar as configurações de densidade ou variedade de população (acho que era isso) em níveis altos.

 

Enfim: não vale tentar um overclock ou um upgrade para um FX-83xx? Ou talvez um upgrade em algum outro componente que possa estar limitando o desempenho geral da máquina? 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, caiokn disse:

Extrair arquivos RAR com esse tamanho demora um tempo mesmo, especialmente se tiverem sido compactados nas configurações máximas possíveis. Tive um Xeon e3-1280 Sandy Bridge, era muito bom para aplicações multithread, mas mesmo assim demorava para compactar ou descompactar arquivos muito grandes ou numerosos. 

 

Para jogar e navegar, acho estranho que seu CPU esteja com tanta carga. Já tentou aplicar as dicas postadas pelo dudaskank ali em cima?  Costumo usar este PC com o G4400 para trabalhar, e costumo ficar com vários aplicativos abertos simultaneamente, raramente sua utilização fica acima de 50% desde que apliquei as dicas que me deram nos posts acima.

 

Com relação aos aplicativos de edição, sei que o Illustrator e o Photoshop eram primariamente single thread, apenas alguns recursos faziam uso de múltiplos núcleos, não sei se isso mudou... Seria legal procurar benchmarks ou comparativos para ver se isso vai fazer bastante diferença para você.

 

Agora, com relação a jogos: dependendo do jogo, o G4400 até leva bem. DMC, RoTTR, Darksiders, LoL, GTA V (single player), joguei todos estes aqui sem problemas. Claro, em alguns casos é preciso fazer concessões. Costumo travar o fps em 30 no GTA V, e não costumo usar as configurações de densidade ou variedade de população (acho que era isso) em níveis altos.

 

Enfim: não vale tentar um overclock ou um upgrade para um FX-83xx? Ou talvez um upgrade em algum outro componente que possa estar limitando o desempenho geral da máquina? 

A minha ideia era esperar os Ryzen's, mais pelo que andei lendo e vendo  vão vir primeiramente os mais caros, queria dar um up descente, e como to usando o pc fora do gabinete (não cabe nem a mobo, muito menos a vga que é dual slot e dual fan) um 83xx acho que esquentaria por demais aqui, e dependendo do preço dele, custaria metade do upgrade, talvez, o g4400 tá 200 e pouco na kabum, to usando o coolerbox que veio nele, é difícil achar cpu coolers onde eu moro, e wc tá inviavel no momento pelo custo, acho eu que além das memorias, o phenon já deve estar nas últimas, já entortei e desentortei pinos várias vezes kkkk, deve estar cansado, já tenho uns 8 anos com ele, tá na hora já de uma cpu nova... No caso, só as memos e a mb que possam estar gargalando o kit, mais uma mb descente pro am3+ tá na faixa de uns 500 que aguente up pra um 83xx, + refrigeração e memo, creio que não é a coisa mais sensata agora com a nova arquitetura...

 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@zWes se pudesse aguardar os Ryzen, seria uma boa mesmo, mas realmente devem começar a sair pelos modelos mais caros. Acho que a Intel também segue essa estratégia, chegam nas lojas primeiro os Core i5 e i7 e depois os i3, Pentium e Celeron. O G4400 é de fato mais barato que os processadores FX-83xx, mas para valer a pena a troca de plataforma, tendo em vista que você tem em mente um i5 ou i7 no futuro, você precisaria de memórias DDR4 e uma placa-mãe compatível, de preferência com chipset B150 ou superior e que aceite mais do que 2 módulos de memória, para ter maior flexibilidade para adicionar conforme a necessidade. Na ponta do lápis, não sairia muito barato também. Dado que o seu processador atual é bastante capaz ainda em termos de poder de processamento, eu acharia que seria mais interessante começar com um i3 6100/7100 ao trocar de plataforma, pois assim você não sentiria um efeito de downgrade que talvez viesse com a troca do Phenom pelo G4400. Se já tiver um orçamento em mente para o upgrade ou quiser mais sugestões sobre o que dá para fazer para melhorar o desempenho da sua máquina sem fazer a troca de plataforma, abre um tópico lá na seção de recomendações e me chama. É legal porque mais gente vê e pode opinar também.

1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
3 minutos atrás, caiokn disse:

@zWes se pudesse aguardar os Ryzen, seria uma boa mesmo, mas realmente devem começar a sair pelos modelos mais caros. Acho que a Intel também segue essa estratégia, chegam nas lojas primeiro os Core i5 e i7 e depois os i3, Pentium e Celeron. O G4400 é de fato mais barato que os processadores FX-83xx, mas para valer a pena a troca de plataforma, tendo em vista que você tem em mente um i5 ou i7 no futuro, você precisaria de memórias DDR4 e uma placa-mãe compatível, de preferência com chipset B150 ou superior e que aceite mais do que 2 módulos de memória, para ter maior flexibilidade para adicionar conforme a necessidade. Na ponta do lápis, não sairia muito barato também. Dado que o seu processador atual é bastante capaz ainda em termos de poder de processamento, eu acharia que seria mais interessante começar com um i3 6100/7100 ao trocar de plataforma, pois assim você não sentiria um efeito de downgrade que talvez viesse com a troca do Phenom pelo G4400. Se já tiver um orçamento em mente para o upgrade ou quiser mais sugestões sobre o que dá para fazer para melhorar o desempenho da sua máquina sem fazer a troca de plataforma, abre um tópico lá na seção de recomendações e me chama. É legal porque mais gente vê e pode opinar também.

Muito obrigado Caio, abrirei sim um tópico, mais amanhã, estou a 2 horas vendo o uso aqui, e o cpu está estressando por demasia... Agora quero descansar pra trampar haha, muito obrigado mesmo

2 pessoas curtiram isso

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar agora