Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Tudo o Que Você Precisa Saber Sobre os Modos de Economia de Energia (Estados C) do Processador

       
 62.963 Visualizações    Tutoriais  
 5 comentários

O processadore tem vários modos de economia de energia chamados “Estados C”. Neste tutorial explicaremos o que são esses modos, o que eles fazem e os modos suportados por cada processador.

Tudo o Que Você Precisa Saber Sobre os Modos de Economia de Energia (Estados C) do Processador
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Introdução

De modo a economizar energia os processadores podem ser comandados para entrarem em um modo de baixo consumo de energia quando estão ociosos. Cada processador tem vários modos de economia de energia, coletivamente chamados “Estados C” ou “Modos C”. Neste tutorial explicaremos o que são esses modos, o que eles fazem e os modos suportados por cada processador.

Os modos de baixo consumo de energia foram introduzidos no processador 486DX4. Portanto, este conceito está longe de ser novo. Com o tempo, no entanto, mais modos de economia de energia foram criados e melhoramentos foram feitos em cada modo existente para permitir que o processador consumisse ainda menos energia quando estivesse em um desses modos.

A ideia básica por trás desses modos é cortar o sinal de clock e a alimentação de certas partes ociosas dentro do processador. Quanto mais partes ociosas você parar (cortando o sinal de clock), reduzir a tensão de alimentação ou até mesmo completamente desligar, mais energia você economizará. Em contrapartida, mais tempo será necessário para o processador “acordar” e voltar a ficar 100% operacional.

Esses modos são conhecidos como “Estados C”. Eles são numerados começando em C0, que é o modo de operação normal do processador. Neste modo o processador está 100% ligado. Quanto maior o número associado à letra “C”, maior é o grau de desligamento do processador, ou seja, mais circuitos e sinais são desligados e mais tempo o processador levará para voltar para o modo C0, ou seja, “acordar”.

Cada modo é também conhecido por um nome e vários deles têm sub-modos com diferentes níveis de economia de energia – e consequentemente tempos de religamento.

Na tabela abaixo nós resumimos todos os modos Estado C atualmente disponíveis. Os modos C1 a C3 funcionam basicamente cortando os sinais de clock usados dentro do processador, enquanto que os modos C4 a C7+ funcionam reduzindo a tensão de alimentação do processador. Os modos “Enhanced” ou “Aprimorados” podem desempenhar as duas funções ao mesmo tempo.

Modo

Nome

O que ele faz

Processadores

C0

Estado de operação

O processador está totalmente ligado.

Todos

C1

Parar (Halt)

Todos os principais sinais de clocks internos do processador são desativados via software; a unidade de interface com o barramento e o controlador de interrupções programável (APIC) continuam funcionando normalmente.

486DX4 e superiores.

C1E

Parar Aprimorado (Enhanced Halt)

Todos os principais sinais de clocks internos do processador são desativados via software e a tensão de alimentação do processador é reduzida; a unidade de interface com o barramento e o controlador de interrupções programável (APIC) continuam funcionando normalmente.

Todos os processadores soquete LGA775.

C1E

Todos os sinais de clock internos do processador são desativados.

Turion 64, Athlon X2 de 65 nm e Phenom.

C2

Conceder Parada (Stop Grant)

Todos os principais sinais de clock internos do processador são desativados via hardware; a unidade de interface com o barramento e o controlador de interrupções programável (APIC) continuam funcionando normalmente.

486DX4 e superiores.

C2

Parar Clock (Stop Clock)

Todos os sinais de clock internos e externos do processador são desativados via hardware.

Apenas 486DX4, Pentium, Pentium MMX, K5, K6, K6-2, K6-III.

C2E

Conceder Parada Aprimorado

(Stop Grant Enhanced)

Todos os principais sinais de clock internos do processador são desativados via hardware e a tensão de alimentação do processador é reduzida; a unidade de interface com o barramento e o controlador de interrupções programável (APIC) continuam funcionando normalmente.

Core 2 Duo e superiores (apenas processadores Intel)

C3

Sono (Sleep)

Todos os sinais de clock internos do processador são desativados.

Pentium II, Athlon e superiores, exceto o Core 2 Duo séries E4000 e E6000.

C3

Sono Profundo (Deep Sleep)

Todos os sinais de clock internos e externos do processador são desativados.

Processadores Pentium II e superiores, exceto o Core 2 Duo séries E4000 e E6000; Turion 64.

C3

AltVID

Todos os sinais de clock internos do processador são desativados e sua tensão de alimentação é reduzida.

Turion 64

C4

Sono Mais Profundo (Deeper Sleep)

Reduz a tensão de alimentação do processador.

Pentium M e superiores, exceto o Core 2 Duo séries E4000 e E6000; Turion 64.

C4E/C5

Sono Mais Profundo Aprimorado (Enhanced Deeper Sleep)

Reduz a tensão de alimentação do processador ainda mais e desliga o cache de memória.

Core Solo, Core Duo e  processadores Core 2 Duo de 45 nm para notebooks, somente.

C6

Desligamento Profundo (Deep Power Down)

Reduz a tensão de alimentação interna do processador para qualquer valor, incluindo 0 V.

Apenas Core 2 Duo de 45 nm para notebooks.

Agora explicaremos cada Estado C em detalhes.

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários


Muito interessante... saber que esta função já vinha desde os 486DX*...

Mais me bateu uma dúvida, O restante do PC tambem conta com algum recururso similar???

Abraço!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Bom, como falamos de hardware a propria placa mãe já tem esse recurso integrado a BIOS. Quando uma placa é desenvolvida para "processadores intel" lá está a definição desse tipo de funcionamento e também por essas e outras que existem placas diferentes para processador amd e intel.

PS: Vou colocar no meu review do notebook... muita gente vai se interessar...

Abraços,

Edson

Editado por Evandro
erro de digitação

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Entendi que os estados de economia de energia vão economizando cada vez mais energia, mas tem algumas perguntas simples que não tem respostas claras.

Quando eu estou apenas baixando alguma coisa em compartilhador de arquivos, o meu processador fica praticamente ocioso (uso em torno de 0% a 3%). Existe algum estado de economia de energia que vai permitir ao computador cotinuar baixando os arquivos, desligar 95% do núcleo do processador, desligar a vga, os discos rígidos e armazenar o que foi baixado apenas na memória ram?

Já ouvi gente falando que, em determinado estado, eu perco tudo se a energia acabar. Em outro estado, eu posso arrancar o computador da tomada e, quando eu religar, ele vai estar como se nem tivesse sido desligado. Quais são esses estados?

Já ouvi falar que os HDs podem queimar ao ser desligados e religados sem que isso seja acompanhado do desligamento total do computador. Existe um meio de ordenar ao computador que ele mantenha os hds ligados?

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Entendi que os estados de economia de energia vão economizando cada vez mais energia, mas tem algumas perguntas simples que não tem respostas claras.

Quando eu estou apenas baixando alguma coisa em compartilhador de arquivos, o meu processador fica praticamente ocioso (uso em torno de 0% a 3%). Existe algum estado de economia de energia que vai permitir ao computador cotinuar baixando os arquivos, desligar 95% do núcleo do processador, desligar a vga, os discos rígidos e armazenar o que foi baixado apenas na memória ram?

Já ouvi gente falando que, em determinado estado, eu perco tudo se a energia acabar. Em outro estado, eu posso arrancar o computador da tomada e, quando eu religar, ele vai estar como se nem tivesse sido desligado. Quais são esses estados?

Já ouvi falar que os HDs podem queimar ao ser desligados e religados sem que isso seja acompanhado do desligamento total do computador. Existe um meio de ordenar ao computador que ele mantenha os hds ligados?

manda o sujeito desligar o micro dele:rolleyes:, num downloads a 98 %, tipo dvd do mandriva linux, e juntamente com os trabalhos que ele levou horas digitando , amigo a memoria ram e volatil ou seja desligou apagou tudo(_( , hd so queima se der uma sobrecarga por problemas na fonte,o que existe a tal da hibernaçao mas não deligue da tomada :eek: não vou colocar mais porque tudo iso e milhoes de dica mais tem na pagina do cdr abraços

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
manda o sujeito desligar o micro dele:rolleyes:, num downloads a 98 %, tipo dvd do mandriva linux, e juntamente com os trabalhos que ele levou horas digitando , amigo a memoria ram e volatil ou seja desligou apagou tudo(_( , hd so queima se der uma sobrecarga por problemas na fonte,o que existe a tal da hibernaçao mas não deligue da tomada :eek: não vou colocar mais porque tudo iso e milhoes de dica mais tem na pagina do cdr abraços

Sabe o que é pior? Eu vi isso funcionar. Na época que vi, pensei que faz sentido que dê certo, porque basta o computador gravar o conteúdo da ram no hd e desligar totalmente. Quando ligar de novo, ele copia do hd de volta pra ram e pronto. Mas não faço nem ideia se é realmente assim que o mecanismo funcionava.

Continuo desejando que exista um estado de ultra-economia para downloads... vou escrever isso lá no wepc.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×