Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Cartões de Memória

       
 159.098 Visualizações    Artigos  
 3 comentários

Conheça todos os tipos de cartões de memória usados por câmeras
digitais.

Cartões de Memória
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Introdução

As máquinas fotográficas digitais estão utilizando um sistema de cartão de memória para o armazenamento das fotografias já há algum tempo. As máquinas armazenam as fotos já em arquivos do tipo Jpg (ou outro formato, dependendo da câmera), bastando transferir o conteúdo do cartão para o disco rígido do micro para você poder ver a foto, editá-la ou imprimi-la. No início, quando as máquinas digitais foram lançadas no mercado, a única maneira de conectá-la ao micro era através da porta serial, que é extremamente lenta. Atualmente as câmeras digitais podem ser conectadas na porta USB do micro, fazendo com que a transferência de arquivos seja feita bem mais rapidamente.

Existem vários formatos de cartões de memória no mercado, já que os principais fabricantes de máquinas digitais, em vez de se reunirem em torno de um padrão único, lançaram o seu próprio padrão. Entre esses formatos destacam-se o Compact Flash (CF), Memory Stick (MS), MultiMediaCard (MMC), Secure Digital (SD), SmartMedia (SM) e xD.

Neste tutorial iremos explicar em detalhes as diferenças técnicas de cada um dos principais padrões de cartões de memórias, já que eles são incompatíveis entre si. É importante notar que a diferença não está somente no tamanho físico dos cartões. Um aspecto importante dos cartões é a sua taxa de transferência ou velocidade. Com uma taxa de transferência alta você pode não apenas transferir seus arquivos rapidamente para o computador, mas é também uma vantagem quando estiver tirando fotos, já que a câmera ficará pronta mais rapidamente para você tirar suas próximas fotos. Como cada modelo de câmera usa um tipo de cartão, o tipo de cartão de memória pode ser um aspecto muito importante na hora de comprar uma boa câmera digital. Outro aspecto que deve ser levado em consideração é o consumo de energia, já que tem influência direta na duração da bateria.

A capacidade é também uma das mais importantes características de um cartão de memória. Tem em mente que com padrões antigos, tais como o MultiMediaCard e o SmartMedia, você não será capaz de usar cartões de capacidades acima de 256 MB porque eles simplesmente não existem para esses padrões. Falaremos mais sobre isso adiante.

Antes de continuarmos, você pode querer dar uma olhada na tabela abaixo. Essa é uma tabela para ajudar a você escolher o tamanho do cartão de memória para sua câmera, baseado na sua resolução, em megapixels. “Tamanho do arquivo” é a média do tamanho do arquivo quando usado o modo JPEG em “alta qualidade” da câmera. O número de fotos que caberá no cartão é variável e dependerá do modelo da câmera e da complexidade da cena que estiver sendo fotografada. O número em cada linha indica o número de fotos que um dado cartão de memória pode armazenar em uma dada resolução. Por exemplo, um cartão de memória de 128 MB pode armazenar aproximadamente 106 fotos usando resolução de 3 megapixels.

Número de imagens aproximadas por capacidades

Tipo da câmera

Tamanho do arquivo

32 MB 64 MB 128 MB 256 MB 512 MB 1 GB 2 GB

4 GB

2 Megapixels

900KB

35 71 142 284 568 1.137 2.275

4.551

3 Megapixels

1,2MB

26 53 106 213 426 853 1.706

3.413

4 Megapixels

2MB

16 32 64 128 256 512 1.024

2.048

5 Megapixels

2,5MB

12 25 51 102 204 409 819

1.638

6 Megapixels

3,2MB

10 20 40 80 160 320 640

1.280

Editado por

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Artigos similares


Comentários de usuários


Bom, foi dito no artigo que os padrões MMC (Multimedia Card) e SM (Smart Media) estão praticamente mortos. Os cartões SM não vejo ha muitos anos e poucos eu vi. Os cartões MMC foram mais populares.

Bem, não posso afirmar que isso é desconsideração com o cliente ou favorecimento de marcas mas a Nokia utiliza o MMC em seus celulares, notadamente no modelos 6230i e N-Gage que começam a se popularizar aqui no Brasil. Se esse padrão está sendo extinto porque a Nokia ainda o manteria em seu portfolio de produtos? Ainda por cima, o modelo 6230i é uma revisão 2005 do modelo 6230.

Eu quase comprei esse telefone no mês passado juntamente com um cartão MMC de 1GB (há cartões de 2GB no mercado, favor atualizar o artigo. Grato!). Quanto tempo de estrada poderá haver para esse cartão/formato? Não tenho ou terei nenhum outro produto que o utilize.

A ideia é simples: vários produtos em um só; funcionalidade com facilidade!

Pra quê carregar uma MP3 player + Celular + Camera Digital + pendrive?

Pode-se usar apenas um produto que cubra todas essas funções.

É aí que entram os cartões de memória. Imagina um celular que toque MP3, tenha rádio FM e camêra embutida (embora simples) e que use cartão de memória e que tenha uma saída USB. Adeus parafernálias!

Só que tá difícil encontrar um modelo tão completo e relativamente acessível.

O telefone que pretendo adquirir atende apenas parcialmente esses requisitos.

Estou pensando no cartão. Vale a pena? Não tem outro jeito.

Se ele só servir para o telefone, isso equivale a mais gastos. Ainda ter de achar um leitor de cartõs MMC no formato pendrive.

Um problema comum é a "diversidade de formatos de cartões x poucas opções de conexões nos aparelhos". Ou seja, é um cartão para a câmera digital, um cartão para o telefone, o pendrive, um cartão para a filmadora, e o grande (em tamanho) multi-leitor de cartões. Alguém aí falou em Adaptador universal? Esse sim seria um bom paliativo. Existe?

Vejam só o exemplo:

- Telefone Nokia - cartão MMC

- Máquina fotográfica Fuji - cartão xD

- Filmadora Sony - cartão MS Pro ou Duo

- Pendrive (com ou sem MP3) com memória nativa :( sem cartão interno.

Podíamos ter memórias Flash Ram sem protocolos ou conctores proprietários. Padrão aberto como se tornou o DDR Dimm. Vamos fabricar uma?

Nunca tivemos tantas opções de compra; ainda assim......

"Tá osso!"

PClock

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×