Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Entre para seguir isso  

Quais Recursos Um Notebook Dos Sonhos Deve Ter?

       
 1.795 Visualizações   10 comentários

Como eu já comentei aqui, eu fui convidado para escrever alguns artigos sobre computadores portáteis para o site WePC, que é patrocinado pela Intel e pela ASUS. Como muitos que acessam o Clube do Hardware não lêem inglês, eu pedi autorização para poder traduzir e republicar aqui os artigos. O primeiro artigo está abaixo. A versão original pode ser encontrada no site WePC.

Quais Recursos Um Notebook Dos Sonhos Deve Ter?
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Como eu já comentei aqui, eu fui convidado para escrever alguns artigos sobre computadores portáteis para o site WePC, que é patrocinado pela Intel e pela ASUS. Como muitos que acessam o Clube do Hardware não lêem inglês, eu pedi autorização para poder traduzir e republicar aqui os artigos. O primeiro artigo está abaixo. A versão original pode ser encontrada no site WePC.

---

Esta é uma pergunta interessante e cada especialista em hardware terá uma opinião diferente. Mas grosso modo poderíamos dizer que dependerá da utilização do equipamento. Enquanto alguns recursos são comuns para todos os tipos de usuários – rede sem fio 54 Mbps é o mínimo exigido hoje – outros dependem do perfil do usuário.

Se você está pensando em comprar um notebook para substituir o seu computador de mesa provavelmente você não se importará muito com a autonomia da bateria, já que o notebook ficará conectado na tomada o tempo todo. O peso também não será uma preocupação, já que você não terá de transportar muito o notebook. Muito provavelmente sua maior preocupação será em ter um notebook com a maior tela e com as menores taxas de resposta possíveis.

Por outro lado, se você transporta muito o seu notebook precisará de um equipamento com uma maior autonomia de bateria possível, precisará de um produto leve e provavelmente não se importará em ter telas menores caso isto signifique economia da bateria e no peso.

Nós pessoalmente nos encaixamos no segundo grupo – nós usamos notebooks durante viagens e em eventos – e por isso os cinco recursos que incluiríamos em um notebook dos sonhos (e levando em consideração que dinheiro não é um problema) seriam as seguintes:

  • Bateria com alta autonomia: pelo menos seis horas.
  • Disco de Estado Sólido (SSD, Solid State Drive): oferecerá um maior desempenho do que discos rígidos convencionais; economizará mais energia (ajudando na autonomia da bateria); fará com que o notebook seja praticamente imune a danos físicos (como os discos SSD não têm partes mecânicas seria impossível quebrar o disco rígido, já que na verdade ele não teria um) e fará com que o notebook fique mais leve (discos SSDs são mais leves do que discos rígidos convencionais).
  • Bluetooth: Nós não sabemos você, leitor, mas uma das coisas mais irritantes em notebooks é o dispositivo apontador que vem com eles. Nós sempre carregamos um mouse e temos que instalar e remover um receptor para o mouse sem fio. Seria interessante se o notebook já tivesse suporte nativo para Bluetooth para a utilização de mouse compatível com a tecnologia Bluetooth (ou seja, sem fio). O notebook poderia até mesmo vir com um mouse Bluetooth de presente.
  • Tela sensível ao toque. Não há nada mais conveniente para nós do que notebooks onde você pode girar a tela e transformá-la em uma “prancheta digital” para que você possa efetuar anotações durante uma conferência. Um programa para converter o que você escreveu para um documento do Word seria o máximo. Nós preferimos notebooks com telas menores de 12” ou 13” se isto significar um produto mais leve. A tela sensível ao toque poderia ainda resolver nossa fobia de dispositivos apontadores que tradicionalmente vêm com os notebooks.
  • Peso: Nós sabemos que pelos menos hoje seria impossível fabricar um notebook pesando apenas 500 g, portanto o notebooks dos nossos sonhos teria 1,5 Kg ou menos. Aqueles usuários que precisam carregar um notebook durante o dia todo sabem como é cansativo transportar um computador pesado durante o dia todo.

Uma opção interessante adicional seria uma unidade de Blu-Ray. Após um dia cansativo de trabalho nada melhor do que relaxar e assistir um filme, e claro ter a tecnologia mais atual não seria nada mal.

Dentro de poucos anos quando a tecnologia Wi-Max se tornar mais disponível será imperativo para quem trabalha fora do escritório ter um notebook com Wi-Max habilitado. O Wi-Max é uma tecnologia de redes sem fio que permitirá a você se conectar à internet em um raio de 6,5-8 km de uma antena Wi-Max (compare esta distância com os 38 metros da rede Wi-Fi). Alguns entusiastas podem querer esta tecnologia hoje e felizmente já existem alguns notebooks no mercado com uma placa Wi-Max integrada.

Compartilhar



  Denunciar Post no Blog
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários


Tela sensível ao toque. Não há nada mais conveniente para nós do que notebooks onde você pode girar a tela e transformá-la em uma “prancheta digital” para que você possa efetuar anotações durante uma conferência. Um programa para converter o que você escreveu para um documento do Word seria o máximo. Nós preferimos notebooks com telas menores de 12” ou 13” se isto significar um produto mais leve. A tela sensível ao toque poderia ainda resolver nossa fobia de dispositivos apontadores que tradicionalmente vêm com os notebooks.

Ou seja, um Tablet PC, praticamente.

Realmente é impressionante como notebooks desse tipo são raros em relação aos demais, especialmente aqui no Brasil. Os únicos que eu vi sendo vendidos no mercado nacional foram os notebooks da série TX da HP, que vêem com sistema apontador / touchscreen se qualidade (todos são "by Wacom") e possuem o menor preço da categoria deles (por volta de 3,5 mil reais por aqui), mas ainda assim são relativamente caros e seus demais recursos são relativamente modestos (um Acer de 2mil reais tem basicamente as mesmas configurações, exceto é claro a tela).

Eu ficaria satisfeitíssimo se aparecessem mais modelos com tela touchscreen ou auxiliada por uma stylus, especialmente numa faixa de preço acessível (como os 3mil do TX ou se possível menos). Tablet PCs são úteis não só pra quem quer se livrar do problema dos dispositivos apontadores, mas também pra quem quer um bom tablet pra viagem (já que não é muito prático nem seguro carregar um tablet junto com o notebook pra todo lado). Pra quem usa PC+tablet pra desenhar, é uma mão na roda; não é nenhum CintiQ, mas ainda assim é algo muito bom, especialmente pro preço dele (se levarmos em conta a série TX; outros tablet PCs são raros e chegam a custar quase o dobro). E é obviamente um gadget interessante, se levar em conta o que dá pra fazer com aquela tela e os programas certos.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

ideia interessante esse site, para criar sonhos de consumo (já tinha dado uma olhado nele)... o meu projeto seria um Multimedia PowerHorse com:

- sintonizador de TV analógica e digital

- leitor e gravador bluray

- todas as conexões possiveis (WiMax, Bluetooth, 3G)

- bateria que suportasse 12hs de uso contínuo

- tela de 13" e com peso de até 1,5kg

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
ideia interessante esse site, para criar sonhos de consumo (já tinha dado uma olhado nele)... o meu projeto seria um Multimedia PowerHorse com:

- sintonizador de TV analógica e digital

- leitor e gravador bluray

- todas as conexões possiveis (WiMax, Bluetooth, 3G)

- bateria que suportasse 12hs de uso contínuo

- tela de 13" e com peso de até 1,5kg

Se usar um gerador a gasolina ou uma bateria beta-voltaica quem sabe :D

O que mata em ter muitos acessórios é que o preço sooobe.. e por aqui o Blu-Ray ainda é para poucos.. se bem que, para eles o preço não importa tanto..

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Só acrescentaria uma coisa ao que o Icefly disse: Um belo sistema antifurto controlado via satélite.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Assistência técnica decente,e a facilidade para trocar ou acrescentar uma placa de video por exemplo.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

além de td citado, ter processadores e placas de video que tivessem o mesmo desempenho de desktops tanto para acabar com um computador de mesa como também para mobilidade (imagina um computador cheio de recursos como esse sendo possivel de mobilidade e com bateria que demorasse 12 hrs :D)

Xita,

O que seria um "beta-voltaica" ? rs

Abraços,

Edson

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Xita,

O que seria um "beta-voltaica" ? rs

Abraços,

Edson

Um tipo de bateria que usa decaimento atômico, que gera partículas beta, para gerar energia, faz um tempo soltaram uma notícia que as baterias de notebooks poderiam durar 30 anos (!!) com essa tecologia.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Um tipo de bateria que usa decaimento atômico, que gera partículas beta, para gerar energia, faz um tempo soltaram uma notícia que as baterias de notebooks poderiam durar 30 anos (!!) com essa tecologia.

:)

Eu já ficaria satisfeito com uma bateria que desse 3 dias de autonomia rsrs

Em notebooks, bateria é um item meio que parado no tempo; um note de dez anos atrás em média dá as mesmas 2hs de autonomia de um modelo básico de hoje em dia.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
:)

Eu já ficaria satisfeito com uma bateria que desse 3 dias de autonomia rsrs

Em celulares, bateria é um item meio que parado no tempo; um note de dez anos atrás em média dá as mesmas 2hs de autonomia de um modelo básico de hoje em dia.

Mas o consumo e tamanho das baterias mudaram nesse meio tempo né meu amigo ? ^_^

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Mas o consumo e tamanho das baterias mudaram nesse meio tempo né meu amigo ? ^_^

Ah isso sim, mudaram de NiCad, para NiMH e depois para LiIon... mas me referi especificamente à duração da autonomia, apesar do aumento do poder de processamento, permaneceu a mesma.

Só acrescentaria uma coisa ao que o Icefly disse: Um belo sistema antifurto controlado via satélite.

Boa... seria ótimo um GPS on-board eheheh

E esqueci de algo: as telas OLED, mais finas que os tradicionais LCD´s.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

GRÁTIS: minicurso “Como ganhar dinheiro montando computadores”

Gabriel TorresGabriel Torres, fundador e editor executivo do Clube do Hardware, acaba de lançar um minicurso totalmente gratuito: "Como ganhar dinheiro montando computadores".

Você aprenderá sobre o quanto pode ganhar, como cobrar, como lidar com a concorrência, como se tornar um profissional altamente qualificado e muito mais!

Inscreva-se agora!