Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Gabriel Rocha

RESOLVIDO Pasta térmica no processador.

Recommended Posts

Amigos, queria saber se alguém poderia me ensinar como coloca cuidadosamente a pasta térmica no processador, por que o meu está em falta e eu ja comprei a pasta pra colocar e quero saber como é que faz direitinho.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fala Gabriel, boa tarde!

 

 

 

Amigos, queria saber se alguém poderia me ensinar como coloca cuidadosamente a pasta térmica no processador, por que o meu está em falta e eu ja comprei a pasta pra colocar e quero saber como é que faz direitinho.

 

Tranquilo, meu camarada! Até aproveitei um PC encostado por aqui para ilustrar um rápido tutorial. Se liga!

 

1º) Antes de mais nada, é necessário ter os insumos para o procedimento. Além da pasta térmica propriamente dita, precisará de:

 

- Pano limpo e seco. Pode ser guardanapo ou papel higiênico (sem freada, lógico!);

- Álcool Isopropílico ou Isopropanol. Diferente do álcool "de farmácia", são praticamente isentos de água. Costumam custar de R$ 5 a R$ 7 nas lojas de eletrônica. Na falta, prefira usar o pano, ou guardanapo seco mesmo.

 

5HjcIWA.jpg

 

OBS: Alguns preferem espalhar a pasta com Cotonetes ou através de lâmina de plástico (cartão de crédito). Neste post, vou no trivial para facilitar.

 

2º) Desligue o micro e retire o plug de força da tomada. Após acessar ao interior do micro e retirar o cooler da placamãe (lembre-se em desconectar o cabo da fan), limpe a pasta anterior com o pano (ou papel) embebido de álcool "Iso" de maneira simples, sem fazer força na CPU e de forma que a pasta antiga não espalhe pelas bordas do processador.

 

Como é volátil em temperatura ambiente, não se preocupe se o álcool "Iso" pingar por ali. Não é necessário retirar a CPU do "berço" para a limpeza, exceto se tiver pasta antiga transbordada pelas as laterais. Muito cuidado se for precisar tirar o processador para uma limpeza nessa área.

 

Conjunto imediatamente fotografado após o desmonte:

J4vdOYy.jpg

 

Dissipador limpo (as marcas brancas são manchas no alumínio mesmo):

BuIZbur.jpg

 

Processador limpo:

XXmzJAf.jpg

 

3º) Beleza! Agora é hora de aplicar a pasta térmica. Há várias maneiras para um correto procedimento, entretanto vou pelo simples:

 

Pingue uma certa quantidade de pasta térmica no centro da CPU, o espalhamento da pasta será feito naturalmente pela pressão do dissipador na CPU na montagem do conjunto. A quantidade, bem, vai depender das superfícies a serem preenchidas. De modo geral, nos processadores AMD atuais, costumo usar um pingo do volume aproximado de um grão de feijão. Para os Intel, essa quantidade é menor, equivalente a um pouco mais que um grão de arroz.

 

8wJc7fo.jpg

 

Aí já fica a pergunta: Será que essa quantidade ficou legal? Para ficar tranquilo totalmente, fixe o dissipador na placamãe normalmente e o desmonte novamente para ver as "impressões" da pasta em ambas as superfícies. Se a pasta alcançou toda a extensão de contato dissipador-CPU sem que a mesma transborde pelos lados, sucesso total! O único inconveniente em desmontar para "o confere" será o repeteco nos procedimentos, mas tendo a certeza da quantidade certa de pasta na próxima aplicação:

 

"Impressão" de aplicação correta no dissipador:

Asg3mEK.jpg

 

Agora, na CPU:

uXqcmlw.jpg

 

PS: Lembre-se que para superfícies irregulares, vistos em alguns aircoolers de heatpipes de contato direto na CPU, a quantidade de pasta tende a ser um pouco maior para preencher algumas lacunas da base-heatpipes do cooler.

 

E veja bem, se tiver assim, acho que não tá legal:

excesso-pasta-t%C3%A9rmica.jpg

 

Finalizando, monte o dissipador na placamãe, reconecte a fan do cooler e ligue o micro para checar as temps pela BIOS ou por programas de monitoramento. Entre tantos que se tem por aí, aqui vão dois gratuitos e muito bons:

 

-HW Monitor: http://www.cpuid.com/programas/hwmonitor.html

-HW Info: http://www.hwinfo.com/download.php

 

Caso queira se aprofundar no assunto para ficar craque, aqui vão alguns links:

 

CdH: https://www.clubedohardware.com.br/artigos/Qual-a-Melhor-Maneira-de-Aplicar-Pasta-Termica-Parte-1/2291

         https://www.clubedohardware.com.br/artigos/Qual-a-Melhor-Maneira-de-Aplicar-Pasta-Termica-Parte-2/2376

 

Tom's: http://www.tomshardware.com/reviews/thermal-paste-heat-sink-heat-spreader,3600.html

 

Então Gabriel, é isso aí! Para quem quiser acrescentar o tópico ou fazer até críticas e ressalvas, sintam-se a vontade de fazê-las. Nem preciso dizer que as dúvidas e opiniões sempre são bem-vindas.

 

Abraço Gabriel e rapaziada do fórum!

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

pra limpar o quadradinho que é o processador, só preciso desse tal alcool que você disse e um pano ou guardanapo ? e depois da limpeza colocar um pingo de pasta no tamanho de um feijao  e beleza ? Ai depois so verificar se ficou certinho, se nao terei que limpar dos lados ou deixa ? 

 

@Cabelo75

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

De volta!

 

E aí, Gabriel! Manda as dúvidas:

 

 

 

pra limpar o quadradinho que é o processador, só preciso desse tal alcool que você disse e um pano ou guardanapo ?

 

Sim, Gabriel, apenas isso. Mas lembre-se em fazer o mesmo na parte do dissipador também e tenha cuidado em não "espalhar" a pasta antiga a ponto de ter resíduos dela pelas bordas da chapa metálica do processador (no quadradinho). Pra limpar o excesso que fica por ali depois...maior mão de obra!

 

 

 

depois da limpeza colocar um pingo de pasta no tamanho de um feijao  e beleza ?

 

Pelos seus últimos posts que eu li de sua autoria, notei que usa um AMD. Como a área dos processadores AMD costuma ser maior que a CPU típica da Intel, uma quantidade ligeiramente maior de pasta é necessária. Um "feijão", dos pequenos, no centro do processador costuma ser o suficiente para preencher toda a área.

 

 

 

Ai depois so verificar se ficou certinho, se nao terei que limpar dos lados ou deixa ?

 

Gabriel, o "confere" só será necessário se não "sentir firmeza" na quantidade aplicada. Se retirar o cooler, é recomendado refazer o procedimento: retirar a pasta recém-aplicada das superfícies, reaplicar a pasta e fechar. Simplesmente verificando e fechar em seguida, aí não seria um trabalho "PRÓ".

 

No caso de "transbordamentos", depende da quantidade, claro! Se ficar uma "massaroca" pelos lados do processador, é saudável retirar toda a aplicação e repetir o processo, já mais esperto e com a noção que será necessário uma quantidade menor de pasta no procedimento de correção.

 

Abraço!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Acho que é nada demais, só tenho que comprar o tal alcool, limpar as duas peças do processador e colocar a pasta na medida que você disse.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Acho que é nada demais, só tenho que comprar o tal alcool, limpar as duas peças do processador e colocar a pasta na medida que você disse.

 

Uma dica. Para limpar o processador, use filtro de café dobrado (aqueles de papel). Eles não soltam fibras e são resistentes. E o álcool Isopropílico é sempre bom ter em casa. Ainda mais hoje em dia, quando o álcool de supermercado é 46º. Acho que antigamente era 78º, ou até mais. Alguém se lembra?  :D

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Novamente!

 

 

 

Acho que é nada demais, só tenho que comprar o tal alcool, limpar as duas peças do processador e colocar a pasta na medida que você disse.

 

O procedimento é tranquilo de fazer, Gabriel, mas requer atenção e uma certa precaução para que o serviço fique bem-feito e limpo. Até eu mesmo, quando terminei de renovar a pasta para o tutorial, acabei cag4ndo a mão de pasta limpando-a por engano no pano que usei na manutenção, pura distração. A tela do celular ficou "bacana" com a minha impressão digital, UAHUAHAUHAU!!

 

 

 

 

Ainda mais hoje em dia, quando o álcool de supermercado é 46º. Acho que antigamente era 78º, ou até mais. Alguém se lembra? 

 

Obrigado por enriquecer a ajuda, Contiusa!

 

Sobre o álcool de "farmácia" acho que era 93ºGL até quando foi proibido a venda de álcool em forma líquida em supermercados ou farmácias, apenas em gel. Recentemente, me causou estranheza ver nas prateleiras o retorno do álcool líquido, mas não observei sua qualidade. Esses 48º devem ser alguma exigência para a comercialização desse produto...Tá quase uma cachaça isso aí!

 

Abraço a todos!

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Boa noite pessoal!

 

Epa!

 

 

 

To com medo de fazer ***** no meu processador '-'.

 

Isso é bom, Gabriel. Pelo menos sei que vai ficar ligado no processo quando resolver fazer. A convicção, às vezes, mais atrapalha que ajuda. Entretanto, se já tem tudo a mão para o procedimento, não se preocupe, vai dar tudo certo. Pelo menos do chão, não vai passar, aeuhaeuhaeuehau!! Eu, nos tempos de ogro, já passei Implastec pelo processador com o dedo e o PC "vítima" continuou a funcionar normalmente.

 

No pior das hipóteses, o que pode acontecer é verificar que a temperatura piorou após o procedimento e ter que desmontar tudo outra vez para ver onde errou...

 

Gabriel, talvez isso aqui o encoraje:

 

 

Não tenho dúvidas que fará um bom trabalho!

 

 

 

Não é? LOL! Não sabia que tinha sido proibido. Coisa louca!

 

Não sei se era geral ou só no município do RJ que tinha essa proibição, isso foi na década passada. E pelo pouco que li a respeito desta redução de pureza do álcool, é uma resolução da Anvisa o limite do álcool doméstico a ter no máximo 53ºGL.

 

Abraço!!

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Velharia é boa (pelo menos as músicas)!

 

Uma ajuda motivacional sempre é bem-vinda, AHAUHAUHAUH!! E aí, caro Gabriel, a música te inspirou? Vai topar o desafio?

 

Valeeeuu!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

huauhahueahueau a musica até é maneira, eu vou tentar colocar a pasta como ele disse la.. com alcool nas duas peças do processador.. só preciso tomar cuidado quandoo colocar a quantidade porque de resto é fácil.

Cabelo vê se consegue responde a minha conta que fiz em: 


Duvida sobre fonte para placa de video.

 em Fontes e Energia 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Claro que a música é maneira! (Ganhou até joinha!) 

 

Ó, Gabriel, é basicamente isso que tu disse, mas presta atenção não só nos procedimentos que te passei, veja também os links do CdH e do Tom's (em inglês) pra ficar o mais "safo" possível. Tire suas dúvidas, se houverem, e, quando se sentir seguro, mete bronca na manutenção!

 

Quanto ao tópico "Duvida sobre fonte para placa de video.", tô indo lá olhar.

 

Abraço!!

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante
Este tópico está impedido de receber novos posts.





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×