Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Jefers0n

Vale a pena mandar consertar uma fonte

Recommended Posts

Boa noite,

 

     Fim do ano passado montei um computador para meu afilhado e já faz quase um mês que ele disse que o PC não ligava mais, fui ver e era a fonte que apresentou problema, pois troquei e testei uma velha que tenho em casa e tudo funcionou.

     Se fosse uma bomba qualquer genérica eu nem ia perguntar isso, mas comprei uma CX 430 da Corsair pra ele (que é sabidamente uma boa fonte), minha pergunta é: Vale a pena mandar arrumar? Ou normalmente sai caro e não compensa o gasto?

      Não sei o que houve com a fonte, aparentemente(não a abri pra ver por dentro ;-) ) esta novinha. Ele disse que um dia usou o Pc, desligou e alguns dias depois foi ligar e não ligou mais, ele acha que pode ter tido um temporal nesse meio tempo, mas fiquei intrigado, pois se tivesse ocorrido algum raio que queimou  a fonte desligada não teria que ter queimado mais coisas que também estavam ligadas à rede elétrica? Coisa que, segundo vi num comentário do grande Faller tem bem menos proteção que uma fonte com PFC ativo? Como TV, DVD, Rádio, Geladeira, Microondas... E mais nada na casa apresentou problema, só a fonte.

 

     Ahhh ele não possui uma boa proteção pro PC dele, eu recomendei a ele largar o Estabilizador e comprar um filtro de linha, só que o pai dele comprou um "filtro" que é uma extensão com um fusível :(. Vou indicar pra ele comprar um Clamper Multi Energia (que eu ja estava procurando faz tempo e só ano passado encontrei aqui em Porto Alegre), cheguei a ficar uns 2 anos com o PC direto na tomada e nunca deu nada ;-).

 

 

     Obrigado.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Toda assistência técnica é obrigada a abrir a fonte, ver o problema, e fazer um orçamento. Mande para uma eltrônica e peça para que somente orcem, e se ficar em conta (menos de 100 reais) eu pagaria o conserto.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A linha CX tem 3 anos de garantia. Se não tiver passado disso pode pedir RMA.

http://www.corsair.com/pt-br/power-supply-units

  • Curtir 4

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A linha CX tem 3 anos de garantia. Se não tiver passado disso pode pedir RMA.

http://www.corsair.com/pt-br/power-supply-units

 

Ainda bem que me falou isto, pois entrei em contato com a loja e me disseram qeu a garantia era de  90 dias. Que acho que é o mínimo que a loja pode dar, porém não lembrei que o fabricante também dá garantia...

 

Muito obrigado, já irei verificar no site e solicitar, pois a fonte não tem 6 meses de uso.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Além do que é fria sair abrindo fonte por ai, que só ajuda mesmo para perder a garantia do fabricante..

Fontes, diferentemente de outros equipamentos, não tem seus esquemáticos disponibilizados e muitas delas tem semicondutores difíceis de ser encontrados. Conserto de fonte é um voo cego. Eu evitaria..

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Se a fonte estiver fora da garantia, e você tiver um ferro e sugador de solda, acredito que vale a pena abrir e tentar trocar um fusível queimado ou um capacitor vazando. 

 

 

Ah, e se fosse meu afilhado, eu confiscaria esse estabilizador. 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Se a fonte estiver fora da garantia, e você tiver um ferro e sugador de solda, acredito que vale a pena abrir e tentar trocar um fusível queimado ou um capacitor vazando. 

 

 

Ah, e se fosse meu afilhado, eu confiscaria esse estabilizador. 

Fusível de fonte de alimentação, propositalmente escolhidos como retardados, de ação lenta, para que não queimem ao ligar a fonte na hora de carregar os capacitores de entrada, geralmente são difíceis de queimar, e impossível, praticamente, de somente eles se queimarem..

Eles agem como protetores para sua casa não pegar fogo...  Para que um fusível desses das fontes se queime e necessário que os semicondutores da etapa de entrada e também os chaveadores entrem em colapso..

Dai, para que a fonte não abra fogo, da tempo de se queimar o fusível retardado da fonte para abrir a alimentação..

 

E uma verdadeira raridade trocares um fusível de uma fonte, somente, e ela voltar a operar sem trocar mais nada.. Se um capacitor de uma fonte vazar, via de regra, é porque ele a a própria fonte são ruins, muito ruins e não deveriam nem ter sido comprados. Aproveite a oportunidade ímpar e se livre da fonte, não conserte a mesma. O Universo agradece.. 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Mas a natureza não agradece.

 

Então esse fato "raríssimo" aconteceu comigo. Troquei um fusível de tubo de vidro de uma fonte que eu tinha, e depois ela funcionou por muito tempo.

 

Já que este não serve pra ser substituído, imagino o porquê dos fabricantes colocarem em alguns modelos fusíveis destacáveis, como aqueles que vemos em filtros de linha.

 

Caso um fusível queimasse, e fossemos por esse raciocínio de descartar TUDO posterior a este, seria melhor que o mesmo não existisse nos projetos, até mesmo nos automóveis. Não faz o menor sentido.

 

Aqui tem um ótimo vídeo de como trocá-lo:

 

https://www.youtube.com/watch?v=MQdKt4AXHKE

 

vazamento de capacitor não é algo restrito apenas a marcas vagabundas. Até porque os capacitores eletrolíticos de hoje em dia estão durando menos.  Quando um capacitor estufa, é porque já ocorreu

 

o vazamento dos gases internos do eletrólito em forma de vapor devido o aquecimento, e pode-se notar um cheiro forte saindo da fonte, não é um vazamento líquido como ocorre em pilhas.

 

Antes das placas-mãe serem fabricadas com capacitores sólidos japoneses, cheguei a trocar capacitores eletrolíticos estufados de ótimas placas da MSI e Gigabyte, e estas voltarem a funcionar perfeitamente por longo tempo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Mas a natureza não agradece.

 

Então esse fato "raríssimo" aconteceu comigo. Troquei um fusível de tubo de vidro de uma fonte que eu tinha, e depois ela funcionou por muito tempo.

 

Já que este não serve pra ser substituído, imagino o porquê dos fabricantes o colocarem lá.

 

Caso um fusível queimasse, e fossemos por esse raciocínio de descartar TUDO posterior a este, seria melhor que o mesmo não existisse nos projetos, principalmente nos automóveis. Não faz o menor sentido.

 

 

Justo por isso usei a expressão raridade e não sempre...

 

O fusível, propositalmente escolhido como de efeito retardado, esta la justo para que não abra fogo e prenda na sua casa... Faz todo o sentido sim..

Fosse fusível comum, normal ou de resposta rápida, ao ligar a fonte, mesmo com o termistor limitador de corrente, na entrada da fonte, o pico de corrente pode chegar a 80 Amperes, que poderia queimar qualquer fusível de 6, 8 ou 10 Amperes. Seria um fusível em cada ligada... Ademais, fosse feito para ser trocado a toda hora, ou num simples queimar de fusível, ele estaria em um porta fusível como todo equipamento o tem e não soldado na placa da fonte. Isso é elementar...

Fontes ao ligar, encontrando seus capacitores de entrada vazios, o que representa quase um curto, chegam a provar picos de corrente da ordem de 60 a 100 Amperes.

Dê uma olhada na especificação dessa dai, olhe a característica de inrush current dessa fonte de 450 Watts:

Inrushcurrent_zpsfdf999b9.jpg

 

Por isso ela tem fusível retardado, que necessita um tempo longo, 2 a 3 segundos de corrente de exceção,  o que só vai acontecer se algo mais na fonte pifar.

Por isso

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Antes de você responder, faller, eu havia editado o texto do porquê dos fusíveis serem colocados lá no caso daqueles destacáveis, que eram bem comuns há anos atrás, e que agora são raros.

 

Eu acredito que os fabricantes soldam não porque não são para serem trocados, e sim para dificultar e forçar o consumidor a comprar uma fonte nova. Até porque são raros os países que exigem por lei a logística reversa de resíduos eletrônicos aos fabricantes.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Boa tarde Pessoal.

 

Referente ao caso que relatei, entrei em contato com a Corsair (abri RMA) e informaram que tenho de enviar a fonte que será analisada e caso constatado problemas eles irão me enviar outra nova, porém ficou uma dúvida: Já que o endereço que me passaram é dos EUA, será que vale a pena eu pagar o envio (que nem vi ainda quanto custa, mas devido ao peso da fonte e o volume, não deve ser baratinho) e correr o risco de receber uma resposta do tipo: A fonte queimou por uma sobrecarga na rede elétrica e a garantia não cobre... ou algo do tipo?

Alguém ja passou por isso? 

 

Outra coisa, será que eles não tem alguém da corsair por aqui(tipo uma autorizada)? Tenho mesmo que enviar para os EUA?

 

Obrigado

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Há muitos anos atrás eu enviei um modem US Robotics para os EUA, por ter parado de funcionar.

Eles me enviaram outro novo, sem questionar nada, porém foi taxado nos Correios do Brasil, por um valor que era uns 40% do valor real (custo no Brasil) da peça. 

Isto porque eu não registrei a saída do produto do Brasil como: "produto enviado para reparo em garantia".

Mas como registrar? Acho que nos Correios ninguém tem a menor ideia de como se faz isso.

É muita burocracia, então eu acabei pagando o transporte de ida e mais 40% do valor real da peça, na volta.

Somando tudo, eu estava pagando 75% do preço de uma peça nova, o que ainda era vantagem para mim, tendo em vista que eles haviam me enviado outra peça nova, na caixa.

Mesmo assim, reclamei para a Empresa, dizendo que a peça tinha ido para conserto, mas como eles me enviaram outra nova, eu fui taxado novamente.

Sabe o que aconteceu? Eles pediram para eu enviar o comprovante do imposto pago e me reembolsaram o valor.

Então, veja o custo do transporte antes e analise bem se vai valer a pena, ou não.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tem um tópico por ai que explora o RMA da Corsair e todas as suas , provavelmente, já devem ter sido discutidas ai. Veja: http://adrenaline.uol.com.br/forum/hardwares-em-geral/396476-rma-corsair-tutorial.html

Pelo que diz nesse tutorial, eu acho que não vale a pena.

Para enviar a fonte para a Corsair o cara pagou R$ 157,00 de frete + R$ 2,00 de seguro, em maio de 2012, quando o dólar estava valendo R$ 1,80.

Hoje, com o dolar a R$ 3,30, deve ficar em mais de R$ 250,00.

Pelo preço que está custando uma fonte dessas nova, acho que não vai valer a pena.

 

http://www.kabum.com.br/produto/34214/fonte-corsair-cx-430w-cp-9020046-ww

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pelo que diz nesse tutorial, eu acho que não vale a pena.

Para enviar a fonte para a Corsair o cara pagou R$ 157,00 de frete + R$ 2,00 de seguro, em maio de 2012, quando o dólar estava valendo R$ 1,80.

Hoje, com o dolar a R$ 3,30, deve ficar em mais de R$ 250,00.

Pelo preço que está custando uma fonte dessas nova, acho que não vai valer a pena.

 

http://www.kabum.com.br/produto/34214/fonte-corsair-cx-430w-cp-9020046-ww

 

 

Nesse caso você pode tentar o suporte nacional:

http://www.suporte-corsair.com.br/

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pelo que li, o suporte nacional é pior que o internacional. E parece que o internacional só compensa para fontes top de linha como o @Wal SJC opinou.  RMA no Brasil é um desastre ( e o que não é?)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pelo que li, o suporte nacional é pior que o internacional. E parece que o internacional só compensa para fontes top de linha como o @Wal SJC opinou.  RMA no Brasil é um desastre ( e o que não é?)

 

Mas já que é o que sobrou, não custa tentar...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Obrigado pelas respostas pessoal.

 

Já abri um ticket na corsair Brasil, agora irei aguardar a resposta.

 

Tendo novidades postarei aqui para saberem como foi.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×