Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Recommended Posts

Olá,

 

Estou num projeto e preciso que por uma entrada analógica utilizando um termopar tipo K como modo de entrada, amplificando o sinal com um AD620.

A saída precisa ser modulada para que quanto mais quente esteja o termopar, maior vai ser a velocidade de giro de um cooler. Queria saber como fazer essa programação, estou utilizando o PIC16F876A com clock de 12MHz. Programação em CCS se for possível. Obrigado!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Isadora Ferraz 

Citação

#include <16F876A.h>
#device ADC=16

#FUSES NOWDT                    //No Watch Dog Timer
#FUSES PUT                      //Power Up Timer
#FUSES NOLVP                    //No low voltage prgming, B3(PIC16) or B5(PIC18) used for I/O
#FUSES HS

#use delay(crystal=12000000)

//Variáveis//
float sensor;//Variável do termopar

void main() {
   setup_timer_2(T2_DIV_BY_16,186,1);      //997 us overflow, 997 us interrupt
   
   setup_adc_ports(AN0_AN1_AN3);           //Setar as portas analógicas
   setup_adc(adc_clock_internal);         //Usar a oscilação interna das analógicas
   
   setup_ccp1(CCP_PWM);
   
   while(TRUE){
      set_adc_channel(1);                //Setar o canal analógico de entrada do sinal
      sensor = read_adc();               //Variável sensor vai ser igual a leitura encontrada na porta analógica
      sensor= (sensor*5)/1023;           //Conversão para valor analógico 
      set_pwm1_duty((float)sensor);      //Porcentagem de modulação do PWM vai ser igual a variação do sensor
      
   }

}

 Esse é meu programa, queria saber se como estou usando um termopar e um Ampop eu teria que fazer algum ajuste nele.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

realmente o circuito é o principal. Principalmente para termopares que não é tão simples como SÓ amplificar. Ele tem que ter outro sensor para a tal compensação de junta fria, tem que linearizar no sw puts!! Mó xatisse.. é sério!! Se eu fosse você faria com LM35 que dá bom resultado em temperaturas baixas, bem estável e linear. O tipo K é pra altíssimas temperaturas

 

Reflita, Reveja, Refaça, Retorne

 

abç

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

bacaninha. Detalhe: U3 LM335 teria que ficar bem perto-colado no conector TERM. É o famigerado compensador de junta fria que você ou o projetista vai compensar no sw. Se puder, refaça o layout.

 

Bem, já que tem o lm35, estás com a faca e o queijo na mão. Esqueça o que leu acima. Dessolde-o e use um cabo como rabixo nele que será seu sensor. Pra temperatura que queres medir, apenas ele te basta. No entanto pelo teu "tom de voz", percebo que não és o projetista do circuito, é? Se sim, publique o esquemático, se achar que deve.

 

No sw, basta-te ler o valor ad dele, converter para ºC e tomar as decisões "if". tri simples. Mas se insistires no termopar tipo k .. aff aí o bixo pega...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Então você tem um belo problema. Se fosse você, apresentaria a alternativa por mim proposta de sacar fora o lm35 e usá-lo como sensor. Creia-me: vai facilitar muuuuiiiitttooo sua vida. Apresente esta proposta pro seu diretor, orientador, chefe, professor, ou seja lá quem for (a si mesmo? fala sério...) Ou peça um bom prazo para pesquisa & desenvolvimento. Não sei se ajuda mas esta carcaça que vos escreve levou muitos meses (com tendência a anos) pra supor que domina a arte-tecnica-magia de manipular os dados dos termopares. Até hoje continua supondo kk

 

Tentando resumir:

-leia o valor do ad do termopar

-linearize-o

-leia o valor do ad do lm35

-some os dois

-converta pra ºC

 

Acho que é isso...

 

Sucessos

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fiz um trabalho com o termopar do tipo K. Veja as configurações teóricas iniciais no arquivo em anexo (power point).

Nele você vai entender muita coisa.

Em tempo:

Usei apenas uma fonte de 5V. As tensões que alimentam o amplificador operacional foram geradas por um MAX232A.

Para a medição da tensão ambiente usei um LM35.

O operacional foi o OP07, que além do ganho, tinha um circuito que cancela o offset e a tensão da junta fria.

Como fonte de referência usei o LM431.

O PIC foi o PIC16F873A.

Boa sorte! :)

MOR_AL

Termopar2.pps

Editado por MOR
  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×