Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
sampaiobrito

Configuração capacitor variável com trimmers

Recommended Posts

Comprei um capacitor variável para montar uma antena Loop magnetica, o capacitor é exatamente este: http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-719708881-capacitor-variavel-alps-original-de-cinco-secoes-trimmers-_JM , não tenho bons conhecimentos de eletrônica, mas para o que pretendo fazer só preciso saber como configurar os trimmers deste capacitor e em que lugar ligar os polos positivo e negativo da corrente (eu sei que este capacitor não tem polaridade, mas só quero saber onde ligar os fios da corrente para que passe pela capacitância configurada)... O vendedor (por exemplo) fala: 

SEÇÃO 01 (CONTANDO DO EIXO PARA A PARTE TRASEIRA DA PEÇA):

TRIMMER ABERTO: 20pF - 38pF

TRIMMER FECHADO: 58pF;

SEÇÃO 02:

TRIMMER ABERTO: 23 - 350pF

TRIMMER FECHADO: 365pF;

 

Como fecho ou abro estes trimmers? Por exemplo se na seção 01 eu quiser que seja de 20 a 58 ou se eu quiser de 20 a 350... 

 

Se alguém puder ajudar, ficarei muito agradecido desde já!

 

 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
43 minutos atrás, sampaiobrito disse:

só quero saber onde ligar os fios da corrente para que passe pela capacitância configurada)

Um dos pinos é a carcaça, está ligada em todos os capacitores (é o comum).

Se olhar embaixo tem 5 pinos de cobre, cada um corresponde a um capacitor.

 

45 minutos atrás, sampaiobrito disse:

O vendedor (por exemplo) fala: 

SEÇÃO 01 (CONTANDO DO EIXO PARA A PARTE TRASEIRA DA PEÇA):

TRIMMER ABERTO: 20pF - 38pF

TRIMMER FECHADO: 58pF;

SEÇÃO 02:

TRIMMER ABERTO: 23 - 350pF

TRIMMER FECHADO: 365pF;

 

Como fecho ou abro estes trimmers? Por exemplo se na seção 01 eu quiser que seja de 20 a 58 ou se eu quiser de 20 a 350... 

 

Todos os 5 capacitores trabalham ao mesmo tempo, quando você gira o botão os maiores (seção 2 e 4) regulam entre 23 e 350pF. E os menores regulam entre 20 e 38pF.

Tem esses parafusos em cima (é uma espécie de regulagem fina), mas é melhor não mexer.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu pretendo implementar este projeto http://www.sarmento.eng.br/LoopCoaxialBlindada.htm

 

Não entendi muito bem o esquema... Mas pelo que vi estes trimmers são ligados de alguma forma para aumentar os pF me parece que ligam em paralelo... Enfim, preciso de uma explicação como conectar os fios do Loop da antena ao capacitor e como combinar os trimmers de forma a obter as configurações de capacitância que este capacitor pode oferecer... 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Deve ligar da maneira que o autor do artigo sugeriu:

loop-capacitor.jpgloop-capacitor-martim-w.jpg

Tudo é questão de ler e entender os esquemas propostos e suas utilidades, no seu variável não tem o que mexer a capacitância inicial e final é fixa. A regulagem que tem é pouca (alguns picofarads), se mexer não vai fazer diferença.

 

Editado por Mestre88

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Então, mas digamos que eu queira fechar as chaves 1 e 2, eu colocaria um fio no parafuso 1 ligado ao parafuso 2? Minha dúvida é mais no "como fazer"...  Qual a capacitância máxima e mínima total deste capacitor sem configurar nada?  

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tanto os parafusos quanto os terminais que estão embaixo estão interligados (recomendo que solde os fios para as chaves nos terminais embaixo) igual o cara do site fez:

loop-coaxial-sintonia-web.jpg.

Os pinos estão alinhados com o capacitor em questão.

No entanto esses esquemas estão bem confusos, não consigo entender se os "fios" azuis estão interligados ou se estão somente se cruzando. E onde se deve ligar os plugs para a antena? No primeiro desenho nem indica onde é.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Mestre88 ,

 

Que saudades do tempo em que um acoplador de antena era manual ...... devo ter montado uns 6 desse tipo aí, mas usando DOIS variáveis.

 

O melhor que eu tive foi um que usava um baita indutor variável, além dos dois capacitores variáveis; vendi e me arrependo até hoje pois nunca mais achei nada parecido...

 

Hoje uso um automático nacional que funciona muito bem.

 

Paulo

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Então, realmente está bem confuso... Mas se eu soubesse o esquema certinha do como e porquê fechar estes trimmers do capacitor variável eu mesmo conseguiria fazer os cálculos e montar algo do meu jeito, meu problema maior é neste capacitor que não entendo as configurações... Se alguém aqui que já tenha feito uma antena loop magnetica usando um  capacitor variável puder mapear onde se liga os fios através das fotos http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-719708881-capacitor-variavel-alps-original-de-cinco-secoes-trimmers-_JM ... 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Esta parecendo um conjunto com 5 capacitores variáveis e mais 4 ou 5 trimmers.

Pela faixa de capacitâncias os 2 capacitores variáveis, que vão até 395pF, parece que servem para sintonizar ondas médias de radiodifusão AM. De uns 560kHz a uns 1600kHz.. Os outros dois ao lado dos primeiros mencionados, parece que servem para variar a frequência do oscilador, já que o receptor costuma ser super-heterodino (pesquise). 

O quinto capacitor de placas paralelas eu realmente não sei para que serve. Observe que um capacitor destes é dedicado a um circuito de um rádio e dependendo do projetista e da finalidade, pode variar muito.

Os trimmers possuem a função de ajustar a curva de sintonia. Explico melhor.

Como o capacitor maior pretende ser usado para sintonizar uma determinada faixa e ele funciona em conjunto com o oscilador, O casamento das sintonias não casa perfeitamente, ou seja, você descobre fazendo as contas teóricas (1). Então a função dos trimmers é a de fazer a curva de sintonia casar para três pontos da curva de sintonia. Com isso o erro de sintonia fica reduzido e aceitável. Na verdade estes receptores também usavam os chamados Padders, que são os irmãos um pouco mais robustos (maior valor) dos trimmers.

(1) - Há muitos anos eu cheguei a fazer estes estudos, mas hoje só entenderia caso eu achasse meu cálculo... Infelizmente não encontrei, ou já não tenho mais. Basicamente você descobre que ao girar o eixo dos capacitores, a curva de sintonia não fica linear. Ou seja, observe os rádios antigos, o mostrador (dial) não mostra as frequências espaçadas uniformemente. Os antigos receivers já mostravam as frequências espaçadas com bem mais linearidade. Observe as placas do seu capacitor. Certamente que elas não devem ser pedaços de círculos. Para uma pequena variação angular no eixo, a capacitância não aumenta (ou diminui) igualmente (linearmente). Isso porque a função matemática da sintonia não é linear. Daí, os projetistas destes capacitores cortaram as placas com um formato geométrico tal, que a sintonia fique menos curva possível. Mesmo assim, ainda não fica perfeito. Então os trimmers servem para fazer pequenos ajustes na faixa de recepção e os padders permitem um ajuste um pouco maior. Os trimmers implementam um ajuste fino e os padders um ajuste menos finos. Geralmente estes capacitores funcionam na etapa osciladora e de amplificador de HF, antes do misturador (entre o sinal proveniente do amplificador e filtro de HF e o oscilador).

Boas sintonias.

MOR_AL

Editado por MOR
  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×