Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
RodrigoNH

Entendendo a rede elétrica brasileira, confirmações

Recommended Posts

Saudações!

 

Tenho bons conhecimentos em eletrônica digital mas estou começando agora a estudar mais a fundo a parte elétrica AC de distribuição de energia.

Estou em andamento com um projeto de monitoramento de tensão da rede. Pesquisando, estudando sobre a distribuição de energia no Brasil ainda estou com algumas dúvidas básicas.

A intenção deste post é tentar confirmar algumas conclusões que cheguei, se estão corretas ou não.

Por aqui a rede é 127V então fica inviável fazer testes práticos em 220V para tentar tirar conclusões.

 

Dentre muitas informações que encontrei na internet, cito por exemplo https://www.mundodaeletrica.com.br/110v-ou-127v e http://www.sms.com.br/respostas-sms/sobre-energia/disturbios-energia/rede-desbalanceada/rede-desbalanceada.asp por baseio as conclusões abaixo:

 

1-> No Brasil não existe rede 220V formada por fase + neutro. Pontos de fornecimento 220V serão sempre fase + fase

2-> A energia é distribuída em três fases com defasagem de 120º entre fases. Contudo, no caso do fornecimento bifásico, antes da chegada no ponto de consumo passa por transformador abaixador que além de baixar a tensão também condiciona o sinal de forma que cada fase será separada em ângulo de 180º, ou seja, sinais simétricos e opostos entre as fases.

3-> Pela catracterística apontada logo acima, a ponte retificadora de diodos normal (full bridge), pode ser ligada da mesma forma tanto em tomadas 127V quanto em tomadas 220V,

 

Estas conclusões estão corretas? Ou.... não? Caso não estejam alguém tem alguma dica de material esclarecedor sobre esses assuntos?

 

Obrigado!!

Rodrigo

 

 

Editado por RodrigoNH

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

As conclusões não estão corretas. Existem diversas tensões de distribuição. Aqui em SC na região da CELESC a distribuição é 220/380 V trifásico, sendo 220V fase-neutro e 380V fase-fase. Para atendimento rural a tensão é 220/440 V bifásico, sendo 220 V fase-neutro e 440 V fase-fase.
 

Esta página da ANEEL tem as tensões de distribuição por município: http://www.aneel.gov.br/tensoes-nominais

Para detalhes de aplicação é necessário consultar o manual de cada distribuidora.

 

Quanto a ponte retificadora, pode ser usada desde que suporte a tensão.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Muito obrigado Ricardov,

 

Estou um pouco confuso com o seguinte: Para consumidores domésticos em 220V podem existir os dois casos, fase - neutro e fase - fase. É isso mesmo?

No caso, qualquer equipamento doméstico especificado para 220V trabalha normalmente em qualquer destes casos?

 

Abs

Rodrigo

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sim. Em lugares onde são distribuídas as tensões de 110/220V ou 127/220V, a tensão de 220V é fase-fase. Já nos locais onde é 220/380V a tensão de 220V é fase-neutro.

O neutro é apenas um terminal do transformador que foi aterrado. 

Isso não causa diferença nenhuma ao aparelho que está sendo alimentado, pois de todo jeito é 220V.

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
19 minutos atrás, RodrigoNH disse:

Muito obrigado Ricardov,

 

Estou um pouco confuso com o seguinte: Para consumidores domésticos em 220V podem existir os dois casos, fase - neutro e fase - fase. É isso mesmo?

No caso, qualquer equipamento doméstico especificado para 220V trabalha normalmente em qualquer destes casos?

 

Abs

Rodrigo

 

Sim. Onde a distribuição é 127/220 V trifásico a tensão 220 V é fase-fase e a 127 V fase-neutro. Também existe a 127/254 bifásico, 127 V fase-neutro e 254 V fase-fase. E podem existir outras, infelizmente por razões históricas o Brasil não conseguiu padronizar as tensões de distribuição.

 

Os equipamentos 220 V funcionam normalmente, é 220 oras! :P É necessário atenção ao aterramento, por questão de segurança.

 

Obs. esses sites que você pesquisou não tem uma abordagem técnica muito rigorosa. Pesquise em livros ou material didático.

 

Editado por Ricardov

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Obrigado pessoal, ajudou bastante.

 

Eu fiquei com a pulga atrás da orelha porque em algumas folhas de dados de CI de ponte retificadora é especificado que são feitos para fase única. Por exemplo http://www.vishay.com/docs/88573/dfs.pdf

 

Tem muita coisa para aprender. Muita coisa interessante. Já no ramo off-topic deste post, por exemplo nos Estados Unidos já foi obrigatório no passado que a frequência da rede fosse compensada, ou seja ao final do dia a rede teria que ter produzido exatamente X ciclos. Seria demais se isto fosse verdade no Brasil, daria por exemplo para fazer contagem de tempo. O fato é que o assunto é complexo e detalhes de informações são difíceis de conseguir. A caminhada é longa :)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
3 minutos atrás, RodrigoNH disse:

Obrigado pessoal, ajudou bastante.

 

Eu fiquei com a pulga atrás da orelha porque em algumas folhas de dados de CI de ponte retificadora é especificado que são feitos para fase única. Por exemplo http://www.vishay.com/docs/88573/dfs.pdf

Não entendi o que quer dizer com 'fase única'. Tem que atentar para os parametros VRRM e VRMS .

Participe do fórum. Tem muita informação importante aqui. Bons estudos!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Na verdade não fui eu que disse isto foi o datasheet que traz no título "Miniature Glass Passivated Single-Phase Surface Mount Bridge Rectifiers". Não tenho certeza o que significa "Single-Phase" na descrição do componente, é isto.

 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
9 minutos atrás, RodrigoNH disse:

Tem muita coisa para aprender. Muita coisa interessante. Já no ramo off-topic deste post, por exemplo nos Estados Unidos já foi obrigatório no passado que a frequência da rede fosse compensada, ou seja ao final do dia a rede teria que ter produzido exatamente X ciclos. Seria demais se isto fosse verdade no Brasil, daria por exemplo para fazer contagem de tempo. O fato é que o assunto é complexo e detalhes de informações são difíceis de conseguir. A caminhada é longa :)

Mas nós fazemos contagens de tempo. 

Existem muitos aparelhos domésticos ligados a rede elétrica, que usam o clock de 60Hz para fazer relógios e despertadores funcionar. 

Os relógios de aparelhos de som, TV, video K7, e aqueles rádio-relógio despertadores funcionam dessa maneira. 

Hoje com tanta fonte chaveada, isso já está em desuso. 

4 minutos atrás, Ricardov disse:

Não entendi o que quer dizer com 'fase única'. Tem que atentar para os parametros VRRM e VRMS .

Participe do fórum. Tem muita informação importante aqui. Bons estudos!

A fase única, são as pontes de 4 diodos que podem ser ligadas as duas fases ou fase e neutro. 

Existem também as pontes trifasicas  de 6 diodos como as usadas em automóveis. 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×