Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Clésio Ferreira

Fontes chaveadas - como descobrir a topologia

Recommended Posts

Ao adquirir uma fonte chaveada qualquer, qual o procedimento para identificar a topologia desta? Quais as principais características que diferem uma da outra? Pois os livros trazem as descrições apenas em termos de conversores, porém quando se tem um circuito completo de uma fonte com diversas configurações, a análise torna-se mais complexa, a fonte é flyback,forward, push-pull,...........................

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Se está comprando não dá para saber, o máximo de informação que conseguirá além das tensões e correntes será o rendimento dela e o FP. Mesmo assim dependendo da finalidade e potência dá para deduzir. Essas pequenas fontes de até poucas dezenas de watts provavelmente será flyback. Se for de poucas centenas de watts provavelmente um forward, mas nessa potência tb aparece push pull, no primeiro estágio um boost de 380V onde se aproveita para fazer o PFC. Acima de 200W o mesmo boost combinado com LLC, acima de 300W o LLC domina. Na parte do boost, até 300W costuma ser DCM, acima de 200W começam a aparecer os CCM, acima de 300W o CCM domina.

Tem um vídeo da Texas muito interessante, vale a pena assistir.

https://training.ti.com/selecting-optimal-topology?*****=1134585

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×