Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Interferência motor DC em RF 433 mhz


Posts recomendados

Prezados, vi algo parecido por aqui, mas o pessoal não apresentou se funcionou ou não as intervenções sugeridas. Estou aprendendo eletrônica e me esbarrei feio na tal da interferência eletromagnética de pequenos motores DC. Já montei vários circuitos, inclusive em placas PCB, mas não resolveu. É uma placa para carrinho de controle remonto usando o kit TX RX 433 mhz com os CIs HT12E (emissor) e HT12D (receptor), com alimentação de baterias recarregáveis em no máximo 6V. Nas saídas dos pinos 10, 11, 12 e 13 coloquei transistores BC558 para acionar uma ponte H (CI L293D). Este distribui a corrente para dois motores. Como filtro de entrada, coloquei um capcitor eletrolítico na entrada da fonte de 100uF.Tudo certo até ai. Os testes com leds, tudo certo, seja em protoboar, seja em placas PCB. Quando ligo os motores, eles travam a saída acionada do HT12D em ON permanentemente e bloqueia seu comando. Já adicionei capacitores cerâmicos de 100nF em paralelo com os motores com aterramento na carcaça, combinados ou não com bobinas de ferrite em série com o motor nas duas entradas e outros teste semelhantes com outros capacitores maiores e menores e sem resultados. Percebo também que a interferência é maior em alguns motores e que os transistores ajudam a atenuá-la, inclusive, fiz testes retirando a ponte H e ligando um motor direto na saída do transistor, que não alterou em nada. Fiz alguns testes também adicionando capacitores cerâmicos de 100nF em paralelo com o positivo nas saídas do HT12D, sem resultados. 

Sei que isso tem solução, mas preciso saber qual. Alguém tem ideia?

Schematic_Placa trenzinho_2021-06-10.pdf

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membro VIP

Publique fotos e esquema em .png diretamente na página com o caminho escolha os arquivos... e clique no (+) ... "inserir no post"

Talvez será bom você alimentar controle e potência cada um com suas conexões vcc e gnd até a bateria sem nunca se cruzarem, entende?

 

31 minutos atrás, eu100 disse:

Obrigado .

de nada. Mais uma vez, interessante também são as fotos da montagem física: bem definidas, com bom foco e foco na problemática pra te orientar a contento... você decide.

 

 

Link para o post
Compartilhar em outros sites
4 horas atrás, eu100 disse:

Prezados, vi algo parecido por aqui, mas o pessoal não apresentou se funcionou ou não as intervenções sugeridas. Estou aprendendo eletrônica e me esbarrei feio na tal da interferência eletromagnética de pequenos motores DC. Já montei vários circuitos, inclusive em placas PCB, mas não resolveu. É uma placa para carrinho de controle remonto usando o kit TX RX 433 mhz com os CIs HT12E (emissor) e HT12D (receptor), com alimentação de baterias recarregáveis em no máximo 6V. Nas saídas dos pinos 10, 11, 12 e 13 coloquei transistores BC558 para acionar uma ponte H (CI L293D). Este distribui a corrente para dois motores. Como filtro de entrada, coloquei um capcitor eletrolítico na entrada da fonte de 100uF.Tudo certo até ai. Os testes com leds, tudo certo, seja em protoboar, seja em placas PCB. Quando ligo os motores, eles travam a saída acionada do HT12D em ON permanentemente e bloqueia seu comando. Já adicionei capacitores cerâmicos de 100nF em paralelo com os motores com aterramento na carcaça, combinados ou não com bobinas de ferrite em série com o motor nas duas entradas e outros teste semelhantes com outros capacitores maiores e menores e sem resultados. Percebo também que a interferência é maior em alguns motores e que os transistores ajudam a atenuá-la, inclusive, fiz testes retirando a ponte H e ligando um motor direto na saída do transistor, que não alterou em nada. Fiz alguns testes também adicionando capacitores cerâmicos de 100nF em paralelo com o positivo nas saídas do HT12D, sem resultados. 

Sei que isso tem solução, mas preciso saber qual. Alguém tem ideia?

Schematic_Placa trenzinho_2021-06-10.pdf 44 kB · 2 downloads

image.png.318e9aae7ae74145c9a38cbd8fb52209.png

agora, eu100 disse:

image.png.318e9aae7ae74145c9a38cbd8fb52209.png

Obrigado .IF. vou fazer o teste como você orientou. Postado o arquivo aqui também.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

pode ser que um capacitor 100nf (ou menor) logo na saida da placa pro motor ajude...

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membro VIP

@eu100, dê uma lida nisto e conheça um pouco do vocabulário do modelismo.

 

Eu penso que tem tudo a ver, pelo seguinte:

 

Apesar do texto não ter referido interferências, fica claro que se seu projeto inserir o equivalente a um BEC, ele funcionará.

 

Já está validado! Basta copiar...

 

(estou ciente de que ESC e ponte-H são coisas diferentes)

 

Sua tarefa fica sendo, por enquanto, aprender a fazer um BEC.

 

Outra saída, o "caminho fácil", seria simplesmente deixar de compartilhar a alimentação — faça o teste!

 

14 horas atrás, .if disse:

Talvez será bom você alimentar controle e potência cada um com suas conexões vcc e gnd até a bateria sem nunca se cruzarem, entende?

 

Pode não ser suficiente.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membro VIP

Numa lida superficial no link (também eletronicamente superficial) do amigo acima, o tal bec também pode ser ineficaz (faça o teste algum dia) se não for isolado. Pra este propósito (talvez desnecessário) teria que ser algo como um conversor dc dc isolado (clique) pro circuito de controle. Algo como...

s205r_conversor_dc_dc_isolado_encapsuladGeralmente usado em placas de rede.

Bem atípico pro propósito do autor, deve se acompanhado por opto isoladores e tal mas é uma radicalização no quesito ruídos, isolação e afins.

8 horas atrás, alexandre.mbm disse:

Pode não ser suficiente.

É claro que talvez não. Se o autor desejar, pode testar, nos dar o retorno e algo me diz que você deve lhe dar sugestões melhores bem além do link

Link para o post
Compartilhar em outros sites

@alexandre.mbm Isso eu já fiz.@alexandre.mbm

9 horas atrás, alexandre.mbm disse:

@eu100, dê uma lida nisto e conheça um pouco do vocabulário do modelismo.

 

Eu penso que tem tudo a ver, pelo seguinte:

 

Apesar do texto não ter referido interferências, fica claro que se seu projeto inserir o equivalente a um BEC, ele funcionará.

 

Já está validado! Basta copiar...

 

(estou ciente de que ESC e ponte-H são coisas diferentes)

 

Sua tarefa fica sendo, por enquanto, aprender a fazer um BEC.

 

Outra saída, o "caminho fácil", seria simplesmente deixar de compartilhar a alimentação — faça o teste!

 

 

Pode não ser suficiente.

@Eder Neumann Já fiz isso. E nada. Obrigado.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membro VIP
4 minutos atrás, alexandre.mbm disse:

a "boa prática" de filtrar entrada e saída.

Pronto. Sintonizamos. É isso que desejamos que o garoto faça. Parece que o tal esc bec não o atendeu. Caso algum dia ele decida publicar fotos ou até video com suas inquietações técnicas e caso ainda estejamos por aqui... já sabe.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bom colegas, já tenho muito conteúdo para testar. Ontem dei uma olhada no BEC mencionado pelo colega @alexandre.mbm. Peguei um carregador de bateria de celular usado em carro para tal. Ele conseguiu isolar bem o ruído a 5V na fonte (pretendo que este projeto aceite até uns 9V), mas foi só aumentar, não entendi o que acontecia, o transistor BC558 passou a acionar sozinho e interferir novamente no controle do RF. Aí coloquei um resistor maior na base e um de 10K no positivo, para garantir que a base esteja sempre positiva quando desacionado. Deu uma pequena melhora.

Algumas conclusões: a solução do BEC me pareceu legal, mas preciso de um melhor do que o que usei. O conversor DC DC me pareceu bem  interessantes também. Neste final de semana vou ver se consigo um e farei a testagem. 

Quanto ao isolamento da alimentação, é bem complicado, pois teria que ter alimentações separadas, aí, para um projeto simples como este ficaria inviável.

Vou estudar mais sobre filtros. Este é o caminho mesmo. Agradeço muito pela força aí. Vou postando os testes aqui.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membro VIP
28 minutos atrás, .if disse:

Parece que o tal esc bec não o atendeu

 

Isso era apenas vocabulário... Ele não usará ESC; já usa ponte-H.

 

BEC significa "circuito eliminador de bateria". Só um nome bonito para nossas fontes de alimentação lineares, quando trata-se de AC.

 

Elenco-battery-eliminator_1.jpg.894c55527dc7d03513984ede9d3bc968.jpg

 

No modelismo o nome passou a ser empregado como "conversor DC-DC linear eliminador da segunda bateria".

 

Este terceiro link defende a ideia que eu trouxe. Deixa a opinião muito bem explicada: o "melhor" mesmo é separar a alimentação (ou seja, continuar com a segunda bateria).

 

22 minutos atrás, eu100 disse:

Aí coloquei um resistor maior na base e um de 10K no positivo, para garantir que a base esteja sempre positiva quando desacionado. Deu uma pequena melhora.

 

Investigue o indutor que é mencionado ligeiramente na minha última referência.

  • Curtir 2
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membro VIP
2 horas atrás, alexandre.mbm disse:

Investigue o indutor

Boa. Um indutor simples em série na alimentação do circuito de controle pode ajudar e somar pro kit solução. Ele meio que "separa" as alimentações evitando a (ndv) adição de bateria. Além á claro da técnica de se pegar a alimentação dos motores direto na bateria. Algo como se faz com chuveiro com fios separados só pra ele.

Meio que cansei de sugerir pra publicar fotos.. de novo o tal do 1.jpg>1k.txt .. enfim... boa sorte

  • Curtir 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites

uma questão que me ocorreu neste sábado...

 

a descarga nas escovas do motor gera um impulso magnético que pode causar perturbação em conjuntos que operam em frequência similar...

 

fui testar um radio PX (faixa de 27MHz) dentro de uma central de atendimento do corpo de bombeiros aqui da minha cidade, coloquei a antena direto na conexão de saída do radio (dentro da central) e ao pressionar para transmitir todos os equipamentos eletrônicos davam "tilt" e reiniciavam (monitores, televisores e telefones). se não conseguir filtrar o ruido na fiação elétrica tente colocar a antena o mais longe possível do motor problematico e se possível tente "blindar" a carcaça dele para que o campo gerado das descargas nas escovas não interfica no campo a ser recebido na antena.

  • Curtir 2
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membro VIP
2 horas atrás, Eder Neumann disse:

ao pressionar para transmitir todos os equipamentos eletrônicos davam "tilt" e reiniciavam (monitores, televisores e telefones)

Isto é, um P.E.M. Se fosse tv à válvula não teria este problema... O que me fez lembrar...

2 horas atrás, Eder Neumann disse:

escovas do motor gera um impulso magnético que pode causar perturbação em conjuntos

.. quando ligava o liquidificador o som dele aparecia na nossa tv colorado rq

tv-colocado-rq.jpg

além de "riscar" a tela toda. Também me lembro que quando passava carro dava pra ouvir o estalos da centelha do motor na tv com riscos

  • Curtir 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membro VIP

Como distinguir (ter a certeza), no projeto do qual trata o tópico, se a interferência vem por malha ou vem pelo ar?

 

Pelo que entendi das últimas respostas, estão a defender que a interferência em questão vem pelo ar, tornando inválidas as atenções a circuitos eliminadores de bateria.

 

No caso, a nossa pesquisa se voltaria para "blindagens" contra pulso eletromagnéticos?

Link para o post
Compartilhar em outros sites
52 minutos atrás, alexandre.mbm disse:

Como distinguir (ter a certeza), no projeto do qual trata o tópico, se a interferência vem por malha ou vem pelo ar?

medição e eliminação...

a malha conseguimos medir facilmente (osciloscópio), pelo ar é um pouco mais difícil mas não impossível, existem medidores especificos para isso, mas a faixa de frequencia precisa ser observada....

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisa ser um usuário para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas comunidades sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

Aprenda a ler resistores e capacitores

EBOOK GRÁTIS!

CLIQUE AQUI E BAIXE AGORA MESMO!