Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Flash Voyager da Corsair: O Inquebrável Quebrou

       
 94.174 Visualizações    Artigos  
 15 comentários

Você não vai acreditar nisso: nossa \"inquebrável\" memória Flash Voyager da Corsair quebrou. Dê uma olhada nas figuras e veja o que aconteceu e o que fizemos para recuperar os dados que estavam armazenados nela.

Flash Voyager da Corsair: O Inquebrável Quebrou
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Introdução

Nossa “inquebrável” memória flash USB Flash Voyager da Corsair simplesmente quebrou, como você pode ver nas fotos abaixo. Como? Batemos sem querer com a cadeira nela enquanto ela estava conectada ao micro. Isso aconteceu conosco e, portanto, pode acontecer com você. Neste tutorial mostraremos a você como conseguimos recuperar os dados armazenados em nossa memória flash USB quebrada.

Esta memória flash USB não é tão robusta quanto parece nem quanto a Corsair anuncia. Apesar dela ser à prova d’água e resistente a impactos, descobrimos que esta “resistência a impactos” é apenas para queda livre. Se você empurrar esta memória flash forte o suficiente enquanto ela estiver conectada ao micro, ela quebrará, como aconteceu conosco.

Flash Voyager da Corsair: O Inquebrável Quebrou
Figura 1: Nossa memória Flash Voyager da Corsair quebrada!

Flash Voyager da Corsair: O Inquebrável Quebrou
Figura 2: Nossa memória flash USB quebrada.

Então, o que fazer? Claro que tínhamos dados importantes armazenados nesta memória e que, para variar, não tínhamos feito backup (Lei de Murphy, claro). Estávamos muito mais preocupados em recuperar os dados do que ver se a garantia da Corsair cobria este estrago (a propósito, a garantia da Corsair não cobre este problema, já que trata-se de um dano físico).

Como foi o plugue USB da memória flash que quebrou, decidimos abrir a unidade e soldar um cabo USB convencional. Usamos uma tesoura para cortar sua proteção de borracha.

Flash Voyager da Corsair: O Inquebrável Quebrou
Figura 3: Nossa memória Flash USB quebrada sem sua capa de borracha.

Ao abrirmos a memória tivemos a oportunidade de entender o porque ela quebrou. Colocamos o conector de volta em sua posição original e achamos que havia um espaço grande entre a placa de circuito impresso e o conector (veja a seta vermelha na Figura 4), que permitiu que o conector virasse e quebrasse. Talvez se a Corsair colocasse o conector colado à placa de circuito impresso ou prendesse o conector nos dois lados da placa de circuito impresso o problema poderia ser resolvido.

Flash Voyager da Corsair: O Inquebrável Quebrou
Figura 4: Porque nossa memória flash quebrou.

Vamos ver agora como recuperamos nossos dados.

Editado por

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários


Poooo Jogou no lixo???

Aonde que fica esse lixo?

a partir de hoje vou trabalhar como lixeiro!!!! :P

Po se tiver ainda disponivel essa memoria me manda aí, please.

Abraços

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Que azar ! Eu tenho uma dessa, de 512 Mb...

Um dia estava no curso e conectei ela na USB frontal, como sempre faço. Estava meio distraído e... mandei o juelho nela sem querer! Foi um pouco forte, o suficiente para entortar! Desentortei com a mão e dali pra frente passei a conectar atrás do micro. Aqui em casa eu uso o cabo extensor que veio nela ( Se não me engano, 65 Cm ). Do mais nunca tive problemas com ela, já caiu N vezes. O que não gosto dela é que fica grudando poeira e "fiozinhos" brancos, sempre quando uso ponho ela debaixo da torneira para ficar limpinha!

Que azar em... =/

Formata ela e manda pra mim, eu pago o frete! ahuHAua, brincadeira ( porém estou aberto a doações )

Até mais...

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

ou não joga mais coisa quebrada fora ... po tem muita gente que nem tem memória flash ou pendrive, porque vocês não vendem como "remendado" para alguem que tenha interesse ou ainda doa para algum pobre coitado. Peço para vocês nunca mais fizerem esse tipo de maldade, é como jogar fora um boneco faltando um braço enquanto tem uma criança que nem tem dinheiro para comprar um boneco.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

É realmente é muito triste :cry: quebrar algo que se diz "inquebravel", mas na verdade se você analisar bem verá que essa distancia miníma é justamente pra que ocorra esse tipo de coisa, o fato é que se o conector estiver muito próximo da placa a perda poderia ser maior!, ou seja, a placa poderia ter quebrado e se for analisado de uma maneira diferente os dados do precioso pendrive já teriam ido pro saco, mas como todos dizem " Todo cuidado é pouco".

Abraços a todos e se porventura quebrar algo + manda aqui pro lixo de casa, to precisando :D

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Aconteceu dois fatos interessantes comigo.

O primeiro foi um pendrive de um colega, do mais genérico possível (nada de a prova dagua, quedas, etc, e sim do mais "peba" possível). O conector se soltou das soldas da placa, e consegui recurerar soldando o proprio conector na placa q caiu. Até hoje funciona (tirando a parte que diz sobre sua resistência).

O segundo foi a Webcam da Clone que quebou mesmo na base da câmera, aí nada que uma cola quente, uns pingos de solda e muuuita paciência em ter que recuperar uma coisa tão fuleira. Mas apenas fiz, me baseando no que um colega ai em cima disse, "é como jogar fora um boneco faltando um braço enquanto tem uma criança que nem tem dinheiro para comprar um boneco".

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

O Gabriel, proxima vez que você sair quebrando as coisas ai...coloca numa caixa e despacha pra ca viu...eu pago o transporte...

Sobre o pendrive...eu já faço ideia o que aconteceu ne...você virou com a cadeira e decepou a coitada.... ai tambémém num tem como você querer que seja resistente, por isso é que vem um cabo extensor junto...para evitar esse tipo de coisa.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

AHHH, mas que que é isso, proxima vez que vocês "estagarem" algo assim, me comuniquem, pois me interessa muito..... ate processadores top de linha queimados eu gosto, nem que seja pra coleção.....

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

tenho um desses também...assim q comprei pluguei no USB frontal...não precisou nem haver alguma pancada...como meu PC fica na mesa em baixo quando fui puxar o PEN já veio torto pra cima...tomei um susto e me perguntando o que podeia te ocorrido pra ele ficar assim..sera eu o super men com super poderes..??

Depois com a mao mesmo desentortei e vi q o PEn mesmo é fragio...você pode jogar ele do predio de 3 andares q ele resiste...agora se tiver conectado e você esbarrar já era..o conector solta...terivel isso...já deve ter ocorrido com varias pessoas! e o pior a garantia não cobre!:(

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

poderiam ter muito bem soldado o proprio conector usb de volta na placa, já que a mesma não quebrou,ai sorteava ele de bobeira aqui. se fosse outro com certeza o dano seria pior!a placa poderia ter quebrado e você nunca + veria os dados ali guardados!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Que coisa, as pessoas tem se mostrado mais indignadas pelo fato dela ter sido jogada fora do que ter quebrado. :goff:

Embora tenha acontecido isso(quebrado) a corsair não perde prestigio. só não é legal intitular um produto como sendo algo que não é .

Uso uma kingston data traveler e tem funcionado muito bem, estou com ela a pouco mais de 1 ano e nunca deu problemas.

Um colega meu da faculdade usa essa corsair do artigo e não conseguiu quebra la.

teh! :-BEER

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Da próxima vez que quebrarem algo ai. Vocês fazem um sorteio para ver ser alguém leva.

Pra mim esse pendrive ainda teria utilidade. :D

Ate mais

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

O artigo foi publicado em 27 de Dezembro de 2005:

http://www.clubedohardware.com.br/artigos/1148/1

Contexto: supostamente uma cadeira teria quebrado um pendrive Flash Voyager da Corsair que estaria conectada a uma porta USB (frontal?) de um computador da equipe do CdH, e o artigo girou em torno da reparação do pendrive usando artifícios improvisados.

Notei um evidente e desagradavelmente tendencioso tom pejorativo em relação à Corsair neste artigo, sendo que o desfecho do mesmo (artigo) é o insucesso da operação, demonstrando só por esse fato que o intuito do artigo não foi muito bem mostrar um artifício de "remenda" que poderia ajudar quem passa por situação parecida, mas sim um suposto ponto fraco do referido pendrive. Quem lê o artigo e é desavisado, acha que o Flash Voyager é uma porcaria, mas é justamente o oposto.

Alguns trechos críticos do artigo:

"[...]Esta memória flash USB não é tão robusta quanto parece nem quanto a Corsair anuncia. Apesar dela ser à prova d’água e resistente a impactos, descobrimos que esta “resistência a impactos” é apenas para queda livre. [...]"

Isso é um argumento falacioso, já que a Corsair não anuncia "robustez" (de uma forma exagerada e genérica) em seu comercial, existem tópicos com as seguintes palavras-chave nas embalagens e no site da empresa:

- Water Resistant (resistente à água, e não 'à prova d'água' como diz o artigo)

- Anti-shock (anti-choque)

- Durable Rubber Construction (construção de borracha durável)

A Corsair deixa CLARO que o pendrive é resistente à água e choques em sua embalagem com a tampinha de borracha. Inclusive, em outros fóruns, representantes da Corsair se manifestaram e disseram q não colocaram "water proof" (à prova d'água) no anúncio comercial do pendrive justamente porque o produto não funciona debaixo d'água, como um relógio à prova d'água, e por razões óbvias os critérios de segurança são aplicados quando o pendrive não está em funcionamento. "Anti-choque" é seguido de uma figura simulando um pendrive caindo no chão, deixando claro o motivo da alegação.

"[...]Se você empurrar esta memória flash forte o suficiente enquanto ela estiver conectada ao micro, ela quebrará, como aconteceu conosco.[...]"

Seria estranho é se com esse movimento unusual a memória permanecesse inteira, já que o movimento lateral faz uma alavanca que amplifica a força (o momentum é grande demais). Se você empurrar QUALQUER dispositivo com força contra a placa-mãe, ou ele ou a placa quebram. Isso independe da qualidade dos componentes.

"[...]Ao abrirmos a memória tivemos a oportunidade de entender o porque ela quebrou. Colocamos o conector de volta em sua posição original e achamos que havia um espaço grande entre a placa de circuito impresso e o conector [...]"

Será que essa inversão causal explica o ocorrido? A razão da quebra foi o impacto, não a anatomia dos componentes... muita gente já se queixa que o pendrive é "gordo" demais e reforçando a estrutura só iria aumentar esse volume só pra evitar que alguém dê uma pancada no pendrive... que tal evitar a pancada?

"[...]Talvez se a Corsair colocasse o conector colado à placa de circuito impresso ou prendesse o conector nos dois lados da placa de circuito impresso o problema poderia ser resolvido.[...]"

Mais uma inversão causal falaciosa...

"[...]Poderíamos continuar usando nossa memória flash USB “remendada” por anos, mas achamos arriscado. Queríamos um produto de melhor qualidade para transportar nossos dados. Por isso, após este procedimento jogamos nossa memória Flash Voyager “remendada” da Corsair na lata do lixo.[...]"

Quando você diz "queríamos um produto de melhor qualidade", se refere à qualidade de fábrica dos componentes da Corsair, ou ao fato de a memória ter sido destruída e ser arriscado usar um componente assim? Aqui ficou uma ambigüidade de interpretação.

=====\\========\\=================

Achei o tom do artigo demasiadamente agressivo para um produto sempre listado no top 3 de melhores pendrives do mundo (agora em primeiro lugar com a série Voyager GT), por isso a minha crítica. Sou um apreciador dos artigos do Clube do Hardware, mas esse entrou na minha rol das exceções, com força. Espero não ter ofendido ninguém com esse tópico, e aceito contra-argumentações contanto que minha pessoa seja respeitada.

Desejo sucesso ao Clube do Hardware e que os problemas pendentes sejam resolvidos, esse é um dos melhores fóruns do Brasil, sem dúvidas.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Oi Neobius.

Agradeço suas críticas construtivas. O intuito era realmente só mostrar como "remendar" um pendrive quebrado.

Realmente dei uma exagerada, você tem razão. Na realidade no anúncio da Corsair não fala nada da sua robustez, esta informação foi obtida através do "papo de vendedor" dos funcionários da Corsair que me apresentaram o produto.

Respeito sua crítica, que procede, e serei mais cauteloso no futuro.

Abraços,

Gabriel Torres

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
AHHH, mas que que é isso, proxima vez que vocês "estagarem" algo assim, me comuniquem, pois me interessa muito..... ate processadores top de linha queimados eu gosto, nem que seja pra coleção.....

É topico antigo mais vamos lá, é depois que a gente fica visiado em computador qualquer peça usada, ou estraga tem ultilidade, eu mesmo vira e mexe e dou uma olhada no ML em alguma coisa com defeito pra comprar des que seja bem baratinho, a unica coisa com defeito que comprei que realmente valeu a pena foi uma HD de 80Gb da seagate que estava com defeito na placa logica e o disco o cara falou que esta perfeito, por 11 reais ^_^, cheguei em casa primeira coisa que fez foi ligar em uma fonte velha que tinha aqui só para ver se estava rodando, liguei com a placa logica pra cima e um dos diodo que tinha em baixo estou bem na minha cara, bom não acertou em mim esta valendo; mais ele rodou sem preoblema assim mesmo, liguei o danada em um pc velho que tinha aqui só para teste e nao reconheceu.

peguei um multimetro e medi todos os outros diodos e vi que esta tudo em curto, procurei o esquema da placa para ver a posição dos diodos perguntei para um amigo para saber se teria que ser do mesmo valou e ele falou que não, passei para ele o esquema da placa ele trocou os diodo, assim que ele arrumou ja conecetei no pc velho liguei reconheceu de 1ª, e tenho essa HD ja faz quase um ano:D.

E é isso ai, eu tbem queria esse pen drive.

Abs Frederico

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×