Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Arduino ou PIC?


chacalgbi

Posts recomendados

Vejo muita gente por ai falando do Arduino.

Queria saber a opinião de vocês.

Eu programo em C, todos os projetos de PICs que faço eu começo do zero. Arduino tem diversas opções para incorporar em suas placas.

É vantagem migrar para essa plataforma?

Será que ela não limita nos projetos?

Eu nunca mexi em nenhuma, por isso queria dicas de quem já trabalhou com eles.

Até!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

não sei se é vantagem mudar para ele, afinal todos os shild's dele servem para para qualquer microcontrolador, ele deve ser mais fácil, porque tem biblioteca pra tudo que é tipo de periferico, sem contar que vejo os projetos dele(não sei se equvicadamente mas vejo assim) me parecem brinquedos, não pela complexidade dos projetos, e sim pelo fato de depois de fazer o projeto, montar e brincar com ele você deve desmonta-lo para fazer outro projeto. Vou comprar um no ebay, mas a titulo de conhecimento pois não pretendo migrar do pic

abrçs

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

O PIC é muito mais barato e fácil de encontrar no Brasil, então pra uso profissonal em projetos é mais vantajoso

Isto sem falar também na enorme quantidade de livros pra PIC.

Então temos pro PIC:


  • Cursos
    Livros
    Várias empresas de Distribuição
    Muito fácil de encontrar no varejo
    Preço bem menor
    ...

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Depende de como você for usar. O Arduino já tem muita coisa pronta, daí é só usar os comandos fornecidos pela biblioteca que funciona, por exemplo, uma comunicação I2C já existe uma biblioteca pronta com a pinagem é só incluir no projeto e usar. Diferente do PIC e outros microcontroladores que apresar de ter muita coisa o programador tende a ter mais trabalho. Se você for um hobbista o arduino é bom d+ para projetos caseiros, mas se quiser ingressar no mundo da eletrônica daí você vai ter que aprender arduino, pic, msp430, freescale, avr...

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Olha, tem algumas coisas verdadeiras ditas aqui, mas tem outras bem equivocadas !

Primeiro, quanto ao preço : aonde que é possível encontrar um Pic montado em uma pequena placa de desenvolvimento com o mesmo poder e capacidade de um Arduino 2560 , com um preço que não seja pelo menos 3 vezes maior ?

Segundo, quanto ao uso : o Arduino é claramente uma plataforma de aprendizado, basta observar todas as liçensas de uso da plataforma . Mas nada impede de se fazer projetos bem sofisticados com essa plataforma.

Um exemplo que ilustra o imenso poder dessa plataforma é o projeto Multiwii, que é um sistema de controle para aeromodelos de diversos tipos, que usa GPS, Acelerômetros de 3 eixos, Magnetômetros, Barômetros, displays Oled, telemetria, e tudo isso com um simples Arduino como núcleo de controle !

E o preço de um sistema desses completo, com um Atmega2560, fica em torno de Us$ 65 !

Outra prova disso é que a revista Elektor criou uma plataforma dela , baseada E compatível com o Arduíno, para vários projetos que estão sendo publicados.

Isso sem falar no projeto ATM18, que é uma febre na comunidade de eletrônica na Alemanha, tendo até um canal de vídeo exclusivo para os projetos.

Terceiro, existem bibliotecas desenvolvidas para tudo que é padrão de comunicação de periféricos, o que reduz enormemente o trabalho de experimentação e desenvolvimento de um projeto.

Como o MR. Nintendo disse, relmente um periférico consegue ser utilizado por qualquer família de microcontroladores.

Eu mesmo utilizo um Arduíno Uno para os meus projetos utilizando a linguagem Basic do Bascom, que é amplamente adotada na comunidade européia, inclusive pela própria Elektor. Facilita muito o desenvolvimento do projeto final.

Na verdade, estamos tratando aqui de um assunto semelhante ao futebol.... existem muitos "torcedores" de vários times , e cada um fala que o seu time é o melhor.... Eu creio que o melhor mesmo é experimentar a plataforma ANTES de tomarem partido , certo ?

Paulo

:huh:

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Pois é Paulo, minha intenção é realmente saber mais sobre isso... E acho que vou começar a programar em outras plataformas e testar!!

Me dê uma dica ai. Compensa comprar qual Arduino? O Uno? Qualquer periférico que eu compre para Arduino serve para o UNO?

E a programação? Eu programo em C. Uso o PCWHD 4.076 da CCS.

Qual o compilador em C para Arduino?

Como faço para gravar o Chip?

Eu tenho dois gravadores: um serial e um USB. Mas acho que ambos são só pra PICs e DSPICs.

Aguardo sugestões

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Pois é Paulo, minha intenção é realmente saber mais sobre isso... E acho que vou começar a programar em outras plataformas e testar!!

Me dê uma dica ai. Compensa comprar qual Arduino? O Uno? Qualquer periférico que eu compre para Arduino serve para o UNO?

E a programação? Eu programo em C. Uso o PCWHD 4.076 da CCS.

Qual o compilador em C para Arduino?

Como faço para gravar o Chip?

Eu tenho dois gravadores: um serial e um USB. Mas acho que ambos são só pra PICs e DSPICs.

Aguardo sugestões

O arduino tem bootloader e se programa usando um linguagem baseada em C. Acessa o site oficial do arduino que você vai ler. Qual quer periférico ou shield de arduino serve para qualquer microcontrolador basta só saber configurar...

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Chacal,

Pode comprar o Arduíno Uno sem medo de errar. Tudo é compatível com ele.

Deixa eu aproveitar e esclarecer uma coisa : arduíno não é um microprocessador, e sim uma plataforma de desenvolvimento baseada em processadores Atmega.

O Uno utiliza um Atmega328, portanto pode usar qualquer compilador para a famîlia Atmega.

Experimente antes o ambiente do Arduíno, é muito interessante, baseado em C , e fica fácil para voce entender e usar.

Não vai precisar de programador, meu amigo !

Ele possui uma interface Usb, basta ligar na porta Usb de seu computador ! O próprio ambiente de programação faz o upload de seu programa, e pronto .

O arduio utiliza um bootloader, mas nada impede que voce programe diretamente o Atmega328.

Paulo

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Arquivado

Este tópico foi arquivado e está fechado para novas respostas.

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas comunidades sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...