Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Moccelin

A6VMX + Phenom II X4 965

Recommended Posts

Olá

Tenho um computador que originalmente possuía uma Asus M2N-MX e um Athlon X2 5200+.

Comprei 4GB de memória DDR-2 "premium" e posteriormente uma placa de vídeo mid-range e uma placa de som também mid-range (os modelos certinho eu não lembro e estou em outra cidade, mas não imprtam pra minha pergunta).

Porém ao chegar as peças fui surpreendido com o fato de eu não conseguir instalar as duas na M2N-MX... chateado da vida fui estudar minhas opções e ela veio no estilo BBB: solução boa, bonita e barata com uma VS Company VS-A6VMX.

A máquina ficou boa e joguei tudo que eu queria de forma mediana até agora, porém nos jogos mais recentes percebi que meu gargalo está no processador, algo que não é comum, mas como estou com um PC modernizado em tudo menos no processador não é nada inesperado.

Fui ler e descobri que consigo colocar um Phenom II X4 da série 900 na revisão C2 (lista de suporte oficial da VS Company), com exceção do 945 e 925, que podem ser na revisão C3. Tal lista inclui o 965 C2, com TDP de 140W.

Em duas lojas de BH achei o Phenom II X4 965 a preços similares, na Hardplus e Oficina dos Bits, sendo a primeira o C3 e na segunda, mais longe pra mim, tem o C2.

Ok, explicado detalhadamente a situação vai a pergunta, por analogia o mais moderno C3 vai funcionar? Ou tenho que ir no C2 mesmo?

Já lí que é bom trabalhar com esse processador em stock e tentar ao máximo downvoltage (usar sua capacidade pra over pra diminuir a exigencia na MoBo), e talvez até downclock, o que não faz muito sentido.

Mas estou tirando leite de pedra, fazendo a última atualização possível para deixar um PC que nasceu a um bom tempo apto a rodar coisas atuais de forma boa, inclusive programas de música e possivelmente edições leves de vídeo (filho a caminho) e ainda ganhando um outro PC (as peças que foram saindo junto com peças de uma outra máquina finalmente juntariam o suficiente pra montar um PCzinho melhor pra minha mãe e sua baixa exigencia).

E aí, alguém se habilita a tirar essa dúvida? A VM-A6VMX vai rodar um Phenom X4 965 C3, ou tenho que me ater ao C2? Tenho mesmo que fazer downclock e downvoltage ou ainda é bom nem mexer com isso?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Essa placa mãe não tem um VRM muito robusto, aparentemente são 2+1 ou 3+1 fases, não sei se ela seria capaz de suportar um processador de 140W com estabilidade, muitas placas de bons fabricantes, como por exemplo a minha Asus M4A78-SE, mesmo tendo um VRM de 4+2 fases não suporta esse processador... o fato da sua placa suportar o Phenom II 965 C2 e não suportar oficialmente o C3 ja indica que o suporte do fabricante foi abandonado há anos, ja que o C3 965 foi descontinuado em 2010, assim como os chipsets da linha AMD 6xx

A diferença básica do Phenom II 965 c2 para o C3 é a tensão, o C2 trabalhava com tensões um pouco mais altas, 1.425 contra 1.40V para o C3.

http://products.amd.com/en-us/DesktopCPUSideBySide.aspx?id=617&id=591

Talvez o C3 funcione, mas poderá ter problemas com sobreaquecimento. um undervolt para 1.40, ou menos pode resolver isso. se sua placa não tiver boas opções de undervolt, nem tente.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Essa placa mãe não tem um VRM muito robusto, aparentemente são 2+1 ou 3+1 fases, não sei se ela seria capaz de suportar um processador de 140W com estabilidade, muitas placas de bons fabricantes, como por exemplo a minha Asus M4A78-SE, mesmo tendo um VRM de 4+2 fases não suporta esse processador... o fato da sua placa suportar o Phenom II 965 C2 e não suportar oficialmente o C3 ja indica que o suporte do fabricante foi abandonado há anos, ja que o C3 965 foi descontinuado em 2010, assim como os chipsets da linha AMD 6xx

A diferença básica do Phenom II 965 c2 para o C3 é a tensão, o C2 trabalhava com tensões um pouco mais altas, 1.425 contra 1.40V para o C3.

http://products.amd.com/en-us/DesktopCPUSideBySide.aspx?id=617&id=591

Talvez o C3 funcione, mas poderá ter problemas com sobreaquecimento. um undervolt para 1.40, ou menos pode resolver isso. se sua placa não tiver boas opções de undervolt, nem tente.

Cara, por isso venho aqui, sempre tem alguém que responde sabendo o que diz.

Sou do tempo em que os soquetes definiam o suporte De forma absoluta.

Mas um leve undervolt já resolveria ou é bom um underclock Também? E se sim, como? Multiplicador ou o outro, que influência em toda a MoBo?

Nesse caso um C3 parece ser mais lógico, apesar De não ser oficial o suporte, certo?

Mais uma vez obrigado!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Que eu saiba esta placa suporta processadores até 95w de tdp, e os phenoms 965 são de 125w de Tdp. Acredito que ficaria bom nela é um athlon x4 que eu tenho.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não vejo nenhum motivo para o C3 não funcionar na placa, porém pode ocorrer erros de identificação do processador (CPU-z indicando um modelo diferente ou estranho, por exemplo) pelo fato da bios não "conhecer" o processador, ainda assim eu não garanto nada, fica por sua conta e risco :D

Note que ao dar suporte ao 965 C2 a placa consequentemente se diz capaz de funcionar com processadores de 140W de TDP e o 965 C3 tem um TDP de 125W, ou seja, undervolt e underclock seria o caso do C2, não do C3. Embora esses processadores sejam diferentes "somente" na revisão não significa que a placa será experta o suficiente para trata-lo como C2.

Antes de comprar um Phenom II analise outras opções de upgrade completo. Embora seja um excelente processador há opções equivalentes que com pouco custo adicional podem te deixar com um kit mais novo e com mais recursos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Que opções, por exemplo, lembrando que eu estou trocando só o processador, e que com o 5200+ velho eu já junto peças o suficiente pra montar outro que será identico ao meu originalmente.

Bom, acho que vou apostar no C3 mesmo, e no máximo coloco ele pra trabalhar nos clocks e voltagens de 955, que dissipa 95w. Agora, se a mobo não reconhecer como 965 eu acredito que no mínimo ela reconheça como 945 (que na lista de suporte inclúi a rev C3), como os wafers dos Denebs são todos identicos (assim como qq família de processador moderno), mudando apenas a qualidade do wafer, eu posso trabalhar como se tivesse fazendo um overclock num 945.

Se nem assim funcionar aí tento trocar o processador com alguém, mas não acredito que seja uma aposta de alto risco.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Se você puder testar o processador antes seria o ideal, mas em todo caso se não funcionar um upgrade razoável seria um Athlon ii x2 250.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não precisa fazer underclock. Mesmo se nenhuma BIOS lhe garantir que o 955C3 funcione bem nele, pode colocá-lo numa boa na sua placa-mãe(basta que ela suporte os originais C1 e C2 de 125w). Sua placa-mãe não vai ter problemas em reconhecer seu novo processador.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

pesquisei sobre essa placa no passado, ela não suporta nenhum processador acima de 95w.

não arrisque usar processador de 125w, procure o phenom II X4 945 de 95w que vai ser ótimo (top dela).

se precisa de mais núcleos pegue o Athlon II X4 que são 95w e são mais seguros caso não encontre o phenom (não tem cache l3).

eu tive essa placa e te garanto que se quer desempenho mesmo recomendo trocar ela e pegar alguma mais "moderna" com ddr3 e chipset do 760g pra cima. Assim vai ter suporte ao HTT 3.0, ddr3, pci-ex 2.0 e as atuais tem suporte aos fx.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
pesquisei sobre essa placa no passado, ela não suporta nenhum processador acima de 95w.

não arrisque usar processador de 125w, procure o phenom II X4 945 de 95w que vai ser ótimo (top dela).

se precisa de mais núcleos pegue o Athlon II X4 que são 95w e são mais seguros caso não encontre o phenom (não tem cache l3).

eu tive essa placa e te garanto que se quer desempenho mesmo recomendo trocar ela e pegar alguma mais "moderna" com ddr3 e chipset do 760g pra cima. Assim vai ter suporte ao HTT 3.0, ddr3, pci-ex 2.0 e as atuais tem suporte aos fx.

achei você aqui mesmo... http://forum.clubedohardware.com.br/phenom-ii-x4/878774

Segundo o link, ele não tem opção de diminuir a tensão, só aumentar também, confirma na sua bios se é assim mesmo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bom, apostei... Comprei o C3, já instalei e está rodando mais ou menos ok até agora, mas deixa eu aprofundar um pouco nesse mais ou menos ok.

Só espetando o processador a MoBo reconheceu o modelo, a revisão C3, e tudo mais, porém travou o multipilcador em 4x, logo dentro do Windows 7 o HwiNFO64 leu como 800Mhz, e fica lá, paradão... Esperimentei colocar carga pra ver se subia e nada, coloquei o multiplicador em 14x e agora está mostrando 2800Mhz (duhhhh) e, como seria de se esperar, mudou da água pro vinho em relação ao X2 5200+ velho de guerra (mesmo a 800Mhz eu percebi uma melhora em algumas coisas, não sei se foi efeito placebo ou os 2 núcleos a mais).

A ideia é ir subindo de 200 em 200 até 3,2Ghz e deixar esses 200Mhz como "downgrade" pra não forçar a MoBozinha.

Só que o 5200+ eu via subindo e descendo o clock na medida do uso, em idle ele ficava baixo, jogava algo que demandasse processador ia lá pra cima. Esse não vai acontecer isso??? Eternamente vai ficar travado no que eu colocar lá na Bios?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Bom, apostei... Comprei o C3, já instalei e está rodando mais ou menos ok até agora, mas deixa eu aprofundar um pouco nesse mais ou menos ok.

Só espetando o processador a MoBo reconheceu o modelo, a revisão C3, e tudo mais, porém travou o multipilcador em 4x, logo dentro do Windows 7 o HwiNFO64 leu como 800Mhz, e fica lá, paradão... Esperimentei colocar carga pra ver se subia e nada, coloquei o multiplicador em 14x e agora está mostrando 2800Mhz (duhhhh) e, como seria de se esperar, mudou da água pro vinho em relação ao X2 5200+ velho de guerra (mesmo a 800Mhz eu percebi uma melhora em algumas coisas, não sei se foi efeito placebo ou os 2 núcleos a mais).

A ideia é ir subindo de 200 em 200 até 3,2Ghz e deixar esses 200Mhz como "downgrade" pra não forçar a MoBozinha.

Só que o 5200+ eu via subindo e descendo o clock na medida do uso, em idle ele ficava baixo, jogava algo que demandasse processador ia lá pra cima. Esse não vai acontecer isso??? Eternamente vai ficar travado no que eu colocar lá na Bios?

Dá uma olhada em um tópico sobre undervolt na seção de overclock, tem um programinha, k10stat, que faz a mesma coisa que o cool'n'quiet (no meu caso funcionou ainda melhor) e serve para undervolt, além de monitorar a temperatura. Pode cair como uma luva no seu caso.

Outra coisa que não está neste tópico citado, também é possível dar undervolt no cpu-nb e reduzir em 2 ou 3 graus a temperatura do processador como um todo. Considerando que o cpu-nb é feito na mesma litografia que os cores, faz sentido pensar que admitem as mesmas tensões para as mesmas frequências. Na prática, as tensões estáveis ficam dois ou três degraus acima, mas estou divagando...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×