Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
KaGe

RESOLVIDO Ajuda / Dicas para compra de Nobreak

Recommended Posts

Galera, queria uma ajuda para escolher e comprar um nobreak.

 

Infelizmente não me resta outra opção, pois estou morando no interior do RS e a cidade aqui é uma das

mais problemáticas do estado na questão de fornecimento de energia.

Há quedas de luz praticamente todos os dias e, atualmente, no verão, com a demanda excessiva por

Splits e Aparelhos de ar-condicionado, as quedas de luz têm ocorrido no mínimo 3x por dia, situação

bastante irritante.

 

Já me conformei em não pegar um senoidal pois o uso sempre será por curto espaço de tempo.

 

Estou de olho nestes dois e gostaria de opiniões a respeito, inclusive se há outras opões com melhor custo/benefício.

 

http://www.submarino.com.br/produto/7524389/nobreak-ups-office-security-plus-1500va-2-baterias-bivolt-force-line-preto

 

http://www.kabum.com.br/produto/18716/ragtech-no-break-infinium-digital-1600va-grafite-trivolt-2858

 

Qual destes seria a melhor opção? Quanto ao segundo, alguém saberia me dizer se possui 2 baterias também e a sua

autonomia média?

 

Valeu!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Difícil avaliar se um no-break vai te dar algum benefício sem sequer saber qual é a sua fonte, marca e modelo. Respostas acerca da autonomia também sempre requerem conhecimento da fonte, marca e modelo bem como de toda sua config e demais equipamentos dispositivos a ele ligados..  Qualquer no-break pode ter autonomia de 3 minutos ou 1 hora a 2 horas, vai depender basicamente da carga nele ligada...
 

Os anti benefícios de ambos esses já os sei:

1) Por ser um no-break interativo ele vai se comportar, na presença de energia, igual a um estabilizador com todos os problemas inerentes aos mesmos..

 

2) Por ter geração de forma de onda retangular ele absolutamente não é adequado ao uso com fontes com PFC ativo. Aliás, essa onda retangular não é boa para nada..

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Caro faller, o meu pc é o da assinatura e o monitor é um de LCD de 19".

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Caro faller, o meu pc é o da assinatura e o monitor é um de LCD de 19".

É uma baita maldade colocar uma fonte tão boa num shortbreak... Como o Faller já avisou, sua fonte vai sofrer ligada nele... Se a energia aí faltar, espere a energia voltar e continue sua jogatina...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Demanda de pico de sua config é de 346 Watts... Confira: http://i137.photobucket.com/albums/q227/lafaller/Lafaller2/KaGe_zps16554846.jpg~original

Sobre o dimensionamento do no-break: Fonte de 520 Watts com eficiência de 82%, vai exigir, no pico, algo como 520/0,82 = 634 Watts que somados a 40 Watts do monitor totaliza 674 Watts.

 

A documentação do no-break da Force-Line, baixada no site do fabricante, sugere que seu fator de potência seja de 0,5, ou seja, ele tem a capacidade de alimentar até 1500 VA x 0,5 = 750 Watts, portanto estaria bem dimensionado para sua config...

 

O no-break da Ragtech, segundo sua documentação, tem um fp de 0,7 e com isso garante uma potência final de até 1600 VA x 0,7 = 1.120 Watts, cerca de 50% a mais do que aquele da Force Line..

 

A Ragtech possui uma linha Senium, que nem chega a ser 40% mais caro que essa outra linha, por você sugerida, na qual poderias pegar um no-break Ragtech Senium Bivolt V 1300/910 VA/W

Ai vai  descrição do mesmo: http://www.ragtech.com.br/nobreak_senium.htm

 

Com ela você se livraria de pelo menos um dos maiores problemas, qual seja a geração senoidal ao faltar energia. Mais, se apendares uma bateria automotiva, de 80 Amperes hora de capacidade, poderia aumentar sua autonomia para até algo como de 4 a cinco horas..

 

Sim, sei que outros no-break também aceitam bateria externa, mas o grande problema é manter seus equipamentos alimentados por forma de onda não senoidal por tanto tempo assim...  Com forma de onda senoidal poderias, se tivesses capacidade nas bateria para tal, alimentar indefinidamente seus equipamentos, sem nenhum problema..

 

Pense nisso..

Economizar é comprar bem!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Faller, já vi que você é "O cara" no assunto nobreaks hehehe

Já li muito nos últimos dias sobre o assunto e havia chegado à conclusão de que um nobreak senoidal para mim

não haveria necessidade pois, no meu caso, são quedas de luz curtas, mas constantes, enquanto que o risco

de usar um não senoidal seria a longo prazo e por uso prolongado, não?

Também vi que os riscos de danos à fonte não seriam a curto prazo... poderiam ocorrer após 2 ou 3 anos de uso, 

contudo muito dificilmente permanecerei com o mesmo hardware por tanto tempo.

Mesmo diante de tal situação, me aconselha a ir num senoidal?

 

Muito obrigado pelas informações!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu iria, mas cada um cada qual..

Acho que vale o investimento..  Esse senoidal reproduz a energia da rede, e muito melhor ainda.. Se eu tivesse um no-break de onda retangular ficaria preocupado, muito preocupada a cada vez que ele entrasse em operação..

Muito provavelmente ai em Cachoeira do sul a tensão de alimentação é de 220 Volts. A literatura internacional cita problemas com geração de onda retangular em no-breaks com saída em 220 Volts. Eu não tenho mais os links mas, há 4 anos atrás foi motivo de alta discussão por ai nos fóruns..

Não dá para dizer que sua fonte será afetada hoje, amanhã ou somente daqui a 5 anos. Prejudicada de imediato, forma de onda retangular não é nada boa para equipamento algum.. Mais, fontes com PFC ativo não operam a contento com esse tipo de geração..

 

Definitivamente eu colocaria pelo menos um no-break com geração senoidal...  Até aguentaria toleraria um interativo (a preferência é de que ele fosse de dupla conversão mas dai pode dobrar o preço)..

E outra, alternativamente ele pode alimentar até mesmo um ventilador (motor), o que é terminantemente proibido nos no-breaks de forma de onda retangular.  Aquele sub-woofer, simples que eu tenho, não poderia pois sua fonte é com transformador..

Mas quem tem de decidir é você

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Meu problema é pior, pois não estou morando em Cachoeira no momento, e sim em Júlio de Castilhos hehehe.

Mas muito obrigado pelos esclarecimentos.

Vou continuar à procura, dando preferência para um senoidal.

Teria algum para indicar, com uma autonomia razoável (20 a 30 min pelo menos)?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Meu problema é pior, pois não estou morando em Cachoeira no momento, e sim em Júlio de Castilhos hehehe.

Mas muito obrigado pelos esclarecimentos.

Vou continuar à procura, dando preferência para um senoidal.

Teria algum para indicar, com uma autonomia razoável (20 a 30 min pelo menos)?

Ai faltou dizer qual a tensão dai, pois sei que em Julio de Castilhos se for em zona de distribuição da Coprel será 110 Volts e se for em zona de distribuição da RGE será de 220 Volts..

 

Mais, para autonomias da ordem de 20 a 30 minutos jamais eu aconselharia um no-break com forma de onda retangular.. Isso serve para no máximo dos máximos de um a dois minutos..  Judia muito a fonte..

 

Quando estás falando em no-break, dimensionando o mesmo, separe as coisas..

A potência do no-break tem de ser suficientemente elevada para cobrir o somatório da capacidade final da fonte de seu PC somado a demanda de outros dispositivos eventualmente ligados ao no-break, por exemplo uns 40 Watts no caso de um monitor..

 

Do ponto de vista autonomia, o que vale é a capacidade de energia armazenada em baterias.. Se seu no-break só tem as baterias internas veja qual a autonomia que ele poderia ter com a carga apresentada pelos equipamentos a ele ligados. Se desejar aumentar a autonomia agregue módulos de bateria externas..

Não tente comprar um no-break de mais potência para ter mais autonomia pois essa é a pior solução, ou mais cara pelo menos.

Use um no-break adequadamente dimensionado e agregue capacidade de armazenamento de energia de acordo com o que necessitares..

 

Confira duas coisas ao comprar um no-break, nesse caso.

- Veja se ele tem conexão para agregar baterias externas. Confira ai o que procurar:

http://i137.photobucket.com/albums/q227/lafaller/Lafaller2/Conectorparabateriaexterna_zpsac8f52a0.jpg~original

 

- Veja qual a máxima capacidade de bateria externa ele permite agregar (tem um limite pois ele terá de ser capaz de carregar as mesmas)

 

Ai veja, faça um cálculo da quantidade de energia armazenada.. Se for duas baterias internas, 24 Volts, ele terá internamente 24V x 9A = 216 VA hora. Desses dai somente 85% disponível em função da eficiência do no-break, ou seja, 216 x 0,85 = 183 VA hora Tome somente 80% disso dai, ou seja, 183 x 0,8 = 147 VA hora

 

Se sua config pede algo como 350 VA, faça o cálculo da autonomia: Autonomia = 147 VA hora/ 350 VA = 0,42 hora. 42% de uma hora ou seja 0,42 x 50 = coisa de 25 minutos..

 

Agora agregue duas baterias de 12V x 40 Amperes..

Capacidade armazenada externamente = 2 x 12 x 40 = 960 VA hora que somado aos 216 VA hora das baterias internas dá um total de 1176 VA hora dos quais disponíveis somente 1.176 x 85% por causa da eficiência = 1000 VA hora dos quais 800 VA hora utulizáveis para não deixar a bateria chegar ao fim de sua carga, por garantia..

 

Autonomia agora será de 800 VA hora / 350 VA = 2,28 horas ou seja 0,28 x 60 = 16 minutos ou seja 2 horas e 16 minutos de autonomia com o exato mesmo no-break se agregado de baterias externas de 40 Amperes..

 

Mas lembre-se, para poder bem alimentar em longos tempos (maiores que dois minutinhos) use geração senoidal..

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

É um no-break interativo, (tem estabilizador ) e gera forma de onda senoidal pura. Tem FP de 0,7 e portanto pode entregar 1.400 Watts ou 1400x0,7 = 980 Watts

Atende sim sua config..

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cara... desculpe a pergunta, mas sou bem leigo no assunto eletrônica, mas como faço o cálculo para saber quanto o(s) aparelho(s) que pretendo ligar

no nobreak consome(m) para ver se ele aguenta?

 

Esse aqui, pelo fator de potência ser 0,5 já demonstra não ser grande coisa, correto?

 

https://www.balaodainformatica.com.br/Produto/55932/?parceiro=google

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cara... desculpe a pergunta, mas sou bem leigo no assunto eletrônica, mas como faço o cálculo para saber quanto o(s) aparelho(s) que pretendo ligar

no nobreak consome(m) para ver se ele aguenta?

 

Esse aqui, pelo fator de potência ser 0,5 já demonstra não ser grande coisa, correto?

 

https://www.balaodainformatica.com.br/Produto/55932/?parceiro=google

A potencia que cada equipamento demanda não se calcula, se lê, se consulta ou se mede se tiver equipamento para tal (muito difícil que tenhas)..

Na etiqueta traseira dos equipamentos geralmente tem a indicação dessa potencia demandada. Caso não tenha, o manual, ao final, deve ter, dentro das características técnicas.

Se mesmo assim não constar, pode na etiqueta dele constar a tensão de trabalho e a corrente, como por exemplo assim: 110 Volts 1,5 Amperes. O produto disso dai ou seja, 110 x 1,5 = 165 VA dá uma excelente ideia de sua demanda de pico..

 

Não julgue um no-break pelo seu fp.. Entenda e transforme em Watts, trabalhe no dimensionamento com Watts.. Esse dai é um no-break de 1200 VA x 0,5 = 600 Watts e deu.. Cheque se o somatório da demanda (soma das demandas dos equipamento a ele ligados) é menor que esses 600 Watts..

 

Avalie outros fatores tais como, no-break bem pequeno e barato, suspeita de uma só bateria, o que significa que sua autonomia será baixa, bem baixa. Se tiver conexão para bateria externa, a autonomia pode ser ampliada agregando baterias externas..

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tche... e uma coisa... a necessidade de ser ou não senoidal diz respeito somente para PCs ou para qualquer eletrônico? (TV, Bluray, Consoles, etc..)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Note que a energia da tomada é senoidal. Todos os equipamentos seja eles TV, blu-ray, consoles, equipamentos de áudio estão prontos para operar com alimentação senoidal .  Por ai você tira um tempo..

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Muito obrigado pela ajuda... comprei o SMS Senoidal III de 1400VA... só queria aproveitar que o Faller sabe ***** sobre o assunto e esclarecer outra dúvida... por que não se deve ligar aparelhos com corrente AC (ex: furadeira) no nobreak?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Em primeiro lugar caberia uma pergunta: Não se pode ligar em qual tipo de no-break?????????

Tem pelo menos três diferentes tipos de no-break. Se for dos mais simples, aqueles geradores de onda retangular, não se deve pelo simples fato de que nenhum elemento que trabalhe em modo reativo, indutivo no caso, como motores e transformadores, não tolera forma de onda retangular. Pode aquecer, até abrir fogo, queimar..

 

Em segundo lugar, quando ligas uma furadeira podes até mesmo notar que o brilho da lâmpada, principalmente se incandescente, dá uma caída. Esse comportamento se deve a corrente de partida desse tipo de equipamento. Ela chega a ser de 10 a 20 vezes maior que a corrente de regime deles. Um no-break geralmente não consegue entregar tamanha corrente, mesmo que instantânea, para suprir a corrente de partida de motores em geral...  Agora, dificilmente vejo um ou outro louco, por pior, ou mais ridícula que seja a razão, colocar furadeira em um no-break..

 

No-breaks que geram forma de onda senoidal, se adequadamente dimensionados, com folga, podem sim tocar furadeiras e motores em geral.. A energia que eles geram é da mesma natureza e da mesma forma de onda que aquela da rede elétrica comercial...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

 

 

Agora, dificilmente vejo um ou outro louco, por pior, ou mais ridícula que seja a razão, colocar furadeira em um no-break..

 

Muito prazer... ¬_¬

 

Era o único dispositivo q eu tinha em casa com saída 110V e minha furadeira é 110v (resquício da antiga casa).

 

Mas como parece estar tudo funcionando, acho que dei sorte de não zoar a bagaça :/

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Para sua furadeira adote um autotransformador 110/220 220/110, ele é simétrico, de 110 passa para 220 e de 220 passa para 110...  Dependendo da furadeira um de 500 Watts dá e sobra...

Não tente parafusar com martelo e/ou pregar prego com a chave de fendas. Sempre encontrarás a ferramenta correta para cada desafio encontrado..

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Grande Faller... muito obrigado pelas dicas e pelos esclarecimentos. Grande abraço!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante
Este tópico está impedido de receber novos posts.





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×