Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
SkyVoux

Adaptar carregador automático AC para DC

Recommended Posts

Estou tentando criar um sistema regenerativo, ou seja, um sistema que use o movimento obrigatório de alguma máquina para gerar energia e armazená-la.
Então procurando pela web achei o circuito abaixocarregabat1.jpg?w=510&h=255

, que de acordo como site onde onde o encontrei (https://confrariadoferrodesoldar.wordpress.com/2011/03/09/carregador-automatico-de-bateria/#comment-360) ele faz o seguinte : quando a tensão da bateria chega a 14V ele desliga, quando ela cai abaixo de 12 ele religa, mantendo a bateria em regime seguro de recarga.
Achei que esse tipo de carregamento iria servir para o projeto q estou criando, então gostaria de saber 2 coisas:
1ª Como pretendo utilizar um movimento para gerar e energia, queria saber se seria possível utilizar um gerador DC ao invés do transformador, retirando assim todos os componentes antes do diodo D3 e colocando no lugar o gerador é uma ponte retificadora de diodos, pois assim o gerador poderia funcionar nos dois sentidos? Se essas transformações forem possíveis, que tipo de gerador seria necessário?
2ª Este sistema parece funcionar para uma bateria de 15v, que alterações seriam necessárias para q ele carregasse uma bateria de 12v? e qual a carga máxima dessa bateria?

Bom, espero que eu tenha sido claro, peço deculpa por qualquer erro teórico.
E desde já muito obrigado pela ajuda

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Regenerativo, nao é totalmente...Bom, se você tem um motor por exemplo, um carro por exemplo, o motor deve girar para mover o carro, o movimento do motor é obrigatorio então, aproveitar esse movimento para gerar energia nao será estão de graça! O motor ja precisa gastaria x energia para gerar a força e a velocidade para mover o carro, incluindo um alternador par gerar energia eletrica, pesa no eixo do motor, esse peso se soma ao peso que as rodas exercem no motor... Resumindo, o motor vai gastar mais combustivel para isso!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Obrigado albert_mule pela sugestão.

E obrigado mroberto98 pela explicação, concordo que o motor teria que trabalhar mais para poder gerar energia.

Como um dos quesitos do projeto é a sustentabilidade supor que eu não tivesse comentado sobre o uso q eu faria,e sim que gostaria de adaptar o circuito daquele site para funcionar com um gerador DC de vento, que carregasse uma bateria 12V , para carregar LEDs ,que usam 1,2A/h durante 12h

Seria possível? Se sim, alguma ideia das adaptações que seriam necessárias?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu li um pouco sobre essa opção que você mandou, e realmente ela é bem melhor. obrigado pela ajuda.

Só fiquei na duvida se posso utilizar a bateria enquanto ela carrega?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sim, mas você não pode exceder a corrente de carga da bateria, senão a bateria vai descarregar. A bateria também nunca vai terminar de carregar quando ligada desse jeito. Funciona, mas não é a melhor solução.

Isso é um freio regenerativo?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Imaginei que isso poderia ocorrer, vou dar uma pesquisada sobre como melhor resolver.

Não, não é um freio regenerativo.

Um exemplo,bom e parecido com a aplicação que quero para esse projeto seria:

Colocar esse sistema em cima de um elevador, assim conforme ele subisse e descesse, o gerador, que estaria "apoiado" na guia, giraria gerando energia, essa energia seria usada para carregar uma bateria, que alimentaria por exemplo a luz do elevador(leds)

Acho que esse exemplo é bem próximo do que quero fazer.

Não sei se o que estava perguntando é a melhor manerioa de fazer isso, ou se há algo melhor

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Aí é que está o problema. Quando o elevador sobe, ele está sendo puxado pelo motor, então o seu gerador vai consumir mais energia do que se as lâmpadas estivessem simplesmente ligadas na eletricidade, porque ele não é ideal!

Quando ele descer, aí sim isso faz sentido.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Como o elevador é só um "exemplo", isso só seria util se fosse para gerar energia para alimentar algo que nao possa ser ligado na mesma fonte de energia do motor primario (combustao por exemplo)..

Para alimentar os leds com a bateria carregando é simples, o gerador deve gerar a energia para carregar a bateria e para alimentar a carga, quando o gerador nao estiver gerando, a bateria passa a alimentar a carga... Isso nao é feito por chaveamento de rele por exemplo, um circuito eletrônico bem feito, você nem ve piscar, um celular por exemplo quando esta carregando ele usa a energia do carregador para se alimentar... Quando se desconecta, a bateria alimenta, mas nao há nenhuma pausa no fornecimento!

Só estou dizendo isso porque vejo por ai muitas solucoes muito simples e genericas..

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Aí é que está o problema. Quando o elevador sobe, ele está sendo puxado pelo motor, então o seu gerador vai consumir mais energia do que se as lâmpadas estivessem simplesmente ligadas na eletricidade, porque ele não é ideal!

Quando ele descer, aí sim isso faz sentido.

Não entendi por que quando ele estivesse subindo o gerador iria consumir energia, pois pelo que sei de elevador ele funciona na mesma velocidade tanto na descida quanto na subida, concordo que em algum sentido o gerador iria gerar energia com os polos trocados, mas não seria possivel ,colocando uma ponte retificadora de diodo, acabar com esse problema, e assim fazer com que ele carregasse a bateria tanto na subida quanto na descida?

Para alimentar os leds com a bateria carregando é simples, o gerador deve gerar a energia para carregar a bateria e para alimentar a carga, quando o gerador nao estiver gerando, a bateria passa a alimentar a carga... Isso nao é feito por chaveamento de rele por exemplo, um circuito eletrônico bem feito, você nem ve piscar, um celular por exemplo quando esta carregando ele usa a energia do carregador para se alimentar... Quando se desconecta, a bateria alimenta, mas nao há nenhuma pausa no fornecimento!

Só estou dizendo isso porque vejo por ai muitas solucoes muito simples e genericas..

Obrigado pela dica, vou procurar um circuito que faça isso

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

É que na subida, o elevador só sobe através da força do motor, que por sua vez, suga energia da rede elétrica. 

 

Só quando o elevador desce é que não suga energia da rede, pois ele desce através da gravidade. 

 

 

Então se você fizer o gerador funcionar quando o elevador tiver subindo, seu gerador estará na verdade retirando energia do eixo do motor do elevador, que por sua vez, irá retirar energia maior ainda da rede. 

 

Será mais viável que seu gerador só gere na descida do elevador. 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Continuando com esse seu exemplo do elevador:

  • O motor, quando está subindo, realiza trabalho, pois seu sentido de deslocamento é oposto ao peso do elevador;
  • Quando está descendo, ele não realiza trabalho, pois seu sentido de deslocamento é o mesmo do peso do elevador;

Mas isso você já deve saber. Como o elevador tem que realizar mais trabalho ao subir por levar não só o seu próprio peso, mas também a carga ligada ao gerador e perdas associadas, não faz sentido ter as lâmpadas ligadas aqui nesse momento.

Quando o elevador está descendo, quando ele precisa consumir a energia mecânica de forma a manter uma descida em velocidade constante, aí sim faz sentido aproveitar a energia potencial, já que ela seria desperdiçada como calor mesmo.

 

Inversores de 4 quadrantes podem tanto acionar o motor durante a subida, como usá-lo como freio regenerativo (gerador) durante a descida, retornando a energia à rede elétrica.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

albert_emule e victhor396, obrigado pela explicação. Eu não imaginei que uma pequena roda, que giraria na guia do elevador, pudesse oferecer ao motor, que puxa mais de 500kg(chute), uma resistência significativa. Mas agora entendi, valeu

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

na subida, o motor deve fazer uma forca equivalente a pouco mais de 500kg (peso do elevador)

Se a energia eletrica é transformada em movimento mecanico com essa forca equivalente, então uma forca mecanica dessa mesma forca sera transformada em eletrica, no mesmo valor que o inverso, mas um pouco menos devido perdas..

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vou gerar uma polêmica aqui.

 

Quando o elevador sobe, ele liga o "motor" para "puxa-lo" para cima.

E quando o elevador desce, ele também liga o motor para "empurra-lo" para baixo.

 

E eu acho que o elevador já está ali servindo ao seu propósito,  fazer ele gerar energia de baixa potência como o exemplo de LEDs para sua própria iluminação, não deveria ser contabilizado como um consumo a mais para seu "motor".

 

Mesmo porque um motor para atingir sua máxima eficiência deve ter um peso em seu eixo equivalente a sua potência. E a potência de um elevador sempre é super dimensionada para sua capacidade, sendo assim 99,9% de seu uso está sendo desperdiçado.

 

Essa ideia é muito boa na minha opinião.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu não diria 99%, estou mais para uns 50%, E me corrijam se eu estiver errado, mas o elevador não tem um contrapeso que equivale ao peso do mesmo vazio?

Se ele tiver o sistema fica em equilíbrio. Sendo assim não haveria um excedente de energia enorme na descida, por que ao mesmo tempo tem-se que puxar o contrapeso para cima.

O trabalho do motor seria vencer a inércia de ambos, contrapeso e elevador, e puxar peso dos eventuais passageiros do mesmo, estabelecendo um movimento para cima ou para baixo, excluindo-se o atrito entre componentes...

Por isso não vejo muito excedente de energia ai... adicionar mais carga sobre o motor só compensaria se ela estivesse presente somente na descida com passageiros... onde há uma quebra no balanceamento e um excedente de energia para um dos lados..

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@FelipeZ.

 

Você tem razão quanto ao contra peso.

Eu disse que 99% das vezes o elevador trabalha desperdiçando energia.

 

Vamos dizer que o peso máximo estipulado seja 600 Kg ou 4 pessoas.

Imaginemos que para levantar esses 600Kg, mais a cabine, precise de um motor de 20Cv.

 

Você então colocaria um motor de 30Cv, porque muitas vezes entraram 6 pessoas, ou colocaram mais de 600 Kg peso.

 

Ele tem um limitador de peso que não o deixa funcionar caso exceda  o peso, mas ninguém projeta no limite.

 

E se um motor trabalha com carga em seu eixo inferior a

sua potência, estará desperdiçando energia.

 

Eu diria que o sistemas de elevadores de hoje são mais seguros que um avião

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@caserdelta1

Concordo com você. Eu pensei em algo parecido com isso enquando estava imaginando o projeto

.

Bom... Mas em relação ao circuito, eu estava pensando primeiramente em usar um gerador DC, mas um amigo me lembrou que existem geradores AC, o uso deles provavelmente me facilitaria, pois a maior parte dos circuitos carregadores,que se encontram na internet, tem entrada alternada, então menos adaptações precisariam ser feitas.

De qualquer forma, usando um ou outro, tenho duvidas de qual a corrente que os geradores conseguem oferecer, e se existe algum modelo que oforecem a tensão suficiente oara carregar a bateria de 12v com baixa rotação

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@SkyVoux Para carregar uma bateria 12v do jeito que você quer, nada melhor que um alternador de carro, ele e feito para isso!

 

Uma adaptação que o pessoal faz para ele gerar com 600 RPM e o rebobinamento do estator, enrola-se o dobro de espiras com fio de bitola 3 números abaixo na tabela AWG.

 

Desculpe a falta de pontuação no texto, as vezes meu teclado se recusa a cooperar.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×