Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
TabajaraLabs

Hardware caseiro pra apple ii

Recommended Posts

@TabajaraLabs Grande Alexandre, obrigado por sua participação. Espero que mais gente da antiga apareça e participe dessa nossa nova seção, pois aqui temos muito mais recursos que normalmente não temos em outras plataformas. Aliás, me esqueci de te dar os parabéns por esta placa, ficou muito bacana.

  • Curtir 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@TabajaraLabs ,

 

Nossa, muito legal, meus parabéns, me deu saudades .... eu fiz alguns hardwares doidos para o Apple II, e alguns programas também ..... alguns foram disponibilizados pelo  Applemaniacos ( eita fartura de software kkkkk ) !

 

Fiz um modem para Videotexto, e escrevi um programa para ele, para tentar vender o pacote todo, mas barrei no famoso Custo Brasil : sempre que apresentava o meu programa na Telesp para homologar, me pediam para implementar algo que não havia em nenhum outro programa homologado .... foram três tentativas, implementando coisas como caracteres reversos piscantes, com acentos corretos na língua Portuguesa ( coisa que só exigiram de mim .... ), ou seja, me fizeram de bobo por mais de dois meses.... desistí de tentar quando soube por um funcionário de lá que um dos dois programas homologados na época desde o início era de um parente de um diretor daquela área na Telesp ...  então disponibilizei o programa gratuitamente para qualquer um que tivesse um modem padrão 1200/75,  pelo Applemaniacos e logo ví milhares de pessoas agradecendo ..... não ganhei dinheiro, apenas satisfação .....

 

E o CPM ??? Lembra que o armazenamento em disco permitia apenas o uso de 48K em cada disquete de 5 1/4 ?

Eu alterei o CPM, e consegui utilizar se não me engano duas trilhas extras, e assim permitia usar 56K.

Esse programa também foi disponibilizado no Applemaniacos, sob o nome de CPM ABUTRE 56k. Também de forma gratuíta...

 

Eu já era radio-amador naquela época, e em VHF começou uma grande utilização de phone-patch, que era a implementação de uma linha telefônica que podia ser utilizada via rádio, onde tudo era controlado pelos famosos tons DTMF, igual aos telefones normais. Mas tinha de saber os códigos corretos para usar esses sistemas ....

Todo mundo usava  frequências dentro da faixa homologada, mas sem homologação nenhuma para isso, e a gente tinha muita dificuldade de convencer os espertinhos que faziam isso a tirar esses equipamentos dessas frequências, e muitos ainda brigavam com a gente dizendo que tinham pago para ter esse sistema e que não iam tirar ......

 

Então fiz uma pequena plaquinha que encaixava dentro do slot do Apple, que permitia receber os tons DTMF, decodificar  e mostrar na tela, e armazenar em disquete ao longo do dia .....

Então, chegava em casa, abria o arquivo, e via TODOS os tons digitados, e logo aprendemos a separar os tons que ligavam e desligavam o phone-patch dos tons que representavam números de telefone..... e começei a passar para todo o nosso grupo de amigos esses códigos.....

Não demorou muito para deixarmos esses "espertos" malucos, fazendo ligações o dia todo, inclusive alguns realizavam ligações internacionais o tempo todo, inclusive para ASPEN, aquela famosa estação de esquí..... eles tinham um número onde você podia ligar e eles ficavam mais de 10 minutos falando das maravilhas que você iria encontrar lá kkkkk ! Já imaginou as contas que vieram, né ?

Em menos de dois meses, sumiram dezenas desses aparelhos kkkkkkkkk

 

O meu hardware de sucesso comercial foi este aqui :

 

Baseado na controladora de drives de 5 1/4 , fiz uma placa onde podia colocar várias Eproms, a qual fazia o boot e transferia o controle para um programa na Eprom. E o programa gravado podia tanto ser em 6502 como em Z-80 !!!!!! Assim, era uma maneira automática de fazer rodar apenas a aplicação que desejamos em um Apple, sem ter nenhum inconveniente com disquetes , tipo um funcionário trocar o disquete por um outro de joguinho ou coisa parecida. Armazenava até 256K nessa placa, que era programa prá caramba....

 

Isso foi usado na automação da primeira praça de pedágio aqui em São Paulo. E nesse mesmo projeto, um outro engenheiro fez uma coisa muito legal, e que eu nunca soube que alguém fez algo semelhante no mundo inteiro :

 

- Lembra da placa de CPM, a Videx de 80 colunas, que vinha com um Z-80 ? Essa placa permitia rodar CPM/80 no Apple.

O programa todo dessa placa executava sob o 6502 e de vez em quando chamava várias funções específicas do CPM/80, que rodavam em Z-80. Esse programa ficava dentro de uma Eprom na Videx.

Pois esse engenheiro REESCREVEU todo o programa da Videx para rodar diretamente em Z-80, evitando a passagem de controle de um processador para o outro, ganhando velocidade, e isso melhorou bastante as rotinas de escrita dessa placa !

Resultado : a escrita na tela usando as 80 colunas era feita 8 vezes mais rápida que a original !

 

Enfim, são lembranças boas, onde eu ( e outros, como o autor da modificação da Videx... )  imaginava que poderia ganhar dinheiro por mim mesmo, sem precisar de emprego nenhum, sem padrinhos, e sem rolos comerciais, sem Custo Brasil .... como eu estava enganado, meu  amigo !!!!

 

Paulo

  • Curtir 5
  • Amei 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

aphawk,

 

Viajei aqui nas suas histórias. Fodásticas... 
Acho meio difícil, porém, se um dia achar esse projeto da placa EEPROM teria como disponibilizar?

Queria deixar um Apple II funcional em uma empresa... rodando programas comerciais como uma agenda ou controla de estoque e seria bom rodando na memória.

 

Abraço!

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Willian Barbacena De Oliveira ,

 

Pois é, meu amigo, bons tempos mesmo !!!!!

 

Não tenho mais nada daquela época.... apenas me lembro que a placa tinha de ser colocada no lugar do slot do controlador de drives, tinha uma Eprom nela programada que tinha o endereçamento correto para a BIOS do Apple II passar o controle para ela, e ela passava o controle para o programa armazenado nas Eproms de programa.

 

Mas os programas não eram do Apple Basic, eram compilados na mão com o M80 / L80 e o compilador do 6502 que nem me lembro mais qual a gente usava kkkkkk.

 

O que você esta querendo fazer é bem diferente, você quer EEPROM, para poder apagar os dados e gravar novamente quando quiser, no lugar do drive de disquetes..... isso já envolve uma coisa bem mais complexa, como a emulação do sistema da controladora de disquetes para endereçamento dos arquivos. 

 

Sinto lhe informar que não tenho mais o conhecimento para fazer isso hoje, meu amigo..... 

 

Paulo

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Willian Barbacena De Oliveira Talvez o @TabajaraLabs possa te dar algumas ideias. Ou você pode também trocar uma ideia no nosso grupo de Apple II no Facebook: https://www.facebook.com/groups/appleiibrasil/

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×