Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
iagomes_

Recomendação de Servidor - Pequena Empresa

Recommended Posts

Olá.

 

 Minha empresa (transportadora) está em expansão, onde optaram pela compra de um software gerencial, visando integração de setores e clientes. Hoje sou o novo responsável pela implantação desse sistema, visto que o antigo técnico (terceirizado) quase faliu a empresa com um pc-servidor de entrada sem manutenção em que o hd morreu.

 

O sistema pede as configurações mínimas: 

Servidor Dual Core ou superior

RAM 4GB

Windows Server 2003 ou 2008

Database em SQL Server

 

 A infraestrutura atual possui 16 computadores com possível expansão para 20 usuários, variando entre desktops e notebooks. Como dito anteriormente, o "servidor" era um i3 6100, Gigabyte H110-M e fonte Bluecase 350K. Tendo em vista que será necessário um servidor de verdade, gostaria de algumas recomendações sobre a escolha de uma torre para gerenciamento da rede local e sistema. Atualmente meu gestor disse que o orçamento é "gastar o necessário pra não termos mais problemas do tipo, algo entre uma configuração ideal e recomendada para não gastar tão cedo novamente".

 

 Estive sondando uns Dell T330, T430, caso uma expansão futura ocorra (a empresa tem planos de iniciar operações pelo mercosul) e a torre possa ser adaptada com hardware se for necessário.

 

-Edit

 Se possível, gostaria de algumas indicações sobre conteúdos de licenciamento do Windows e SQL Server, terei outra pessoa focada nisso mas gostaria de entender mais a fundo este processo.

 

Desde já agradeço a atenção e conselhos de todos!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@iagomes_ pelo requisito de hardware até um notebook te atenderia e com folga (bom que ele já vem com nobreak embutido), mas a parte de redundâncias e estabilidade extra de um servidor ficarão de lado.

 

Talvez um computador "não servidor" te atenda perfeitamente, mas a máquina sendo bem cuidada e se tendo backup periódico, funcione por anos sem dar dor de cabeça, além do sistema ser montado no RAID que duplica os HDs.

 

Backups para estes casos eu acho que devem ser diários.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Evandro Entendi. Justamente pelo plano de expansão da empresa que eu penso em criar um servidor dedicado com configurações adequadas, ou até mesmo um pc-servidor bem mais parrudo para realizar essa tarefa.

 

Pensei em colocar uma configuração ao menos com i7 para que não haja muitos gargalos no gerenciamento interno quando todas as máquinas estiverem conectadas, antes rodar com folga do que com falta.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bom dia, eu era Analista de Suporte na empresa atual, antes de ser efetivado para o RH.

 

Aqui temos dois servidores em espelho, ou seja: se um cair, o outro dá conta, porém apenas um deles conta com no-break caso haja falha de energia.

 

20 computadores é pouco, porém é importante ver o quanto esse software gerencial vai gerar de informações e se vai ter tantas trocas entre o usuário - software - servidor. Gostei muito do seu pensamento de rodar com folga, acredito que um Xeon Básico (até uns 3k) deva satisfazer você por um tempo.

 

https://www.kabum.com.br/produto/92853/servidor-hp-iss-ml30-gen9-quad-core-xeon-e3-1220v6-3-0-ghz-8mb-8gb-ddr4-1000gb-350w-873227-s05/?tag=servidor

 

https://www.kabum.com.br/produto/77901/servidor-lenovo-ts150-e3-1225v5-3-3-ghz-8gb-1000gb-70lva002bn/?tag=servidor

 

Aí tu mete um no-break e regras no windows (caso for usar Win Server) para desligamento/backup e coloca numa sala com ar condicionado e faz manutenção periódica dos discos, além da manutenção física como limpeza e tu vai aguentar por um tempo tranquilo.

 

Para aumentar a segurança, tu pode fazer um backup em nuvem e ao mesmo tempo em outra unidade de disco, caso você espere que seu computador queime o HD ou etc, você tem um backup em nuvem.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@lucsilva Acredito que esse software terá muitas informações, pois ele integrará todos os setores da empresa(transportadora): Operacional, monitoramento, faturamento, financeiro, sendo hoje a média de 50 carros por dia na rua, 1000 CT-e emitido diariamente, média de 5 ocorrências por veículo, tudo isso será armazenado por ele junto do SQL Server.

 

 Gostei bastante dessa configuração do Lenovo, ele aguenta rodar o WinServer 2016 bem tranquilo pelo visto. Eu preciso de folga porque o antigo perdemos todas as informações porque não havia RAID, nem nenhum backup, então é melhor pecar pelo excesso que pela falha desta vez. A intenção é fazer uma gestão de Ti que hoje não existe na empresa e profissionalizar mais a organização da rede.

 

-Edit

Temos um HD externo da Samsung de 2TB, pretendo também fazer backup pra ele e armazenar na nuvem pelo Drive ou Azure, dependendo da densidade dos dados pra não deixar o backup apenas local e prevenir outra pane geral desta.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Aqui temos quase 100 pc's rodando no domínio, software gerenciador em delphi, um sistema de telefonia que faz backup no servidor de ligações e quase 50 câmeras ip rodando num Xeon X3430 com 3gb de RAM no Win Server 2008.

 

No caso, essa configuração da Lenovo é barata e tem um ótimo custo benefício, compensaria você comprar dois e em um dos computadores rodar o domínio interno e no outro rodar o software, aí sim você teria muito mais folga porque não iria forçar tanto uma única máquina, porém, nesse caso você teria um trabalho maior com backup's.

 

edit1:

 

Vi agora sobre o SQL Server, o problema dele é que se você não montar o BD bem estruturado, com o tempo as informações começam a deixar ele muito pesado então acho melhor você deixar o domínio num servidor e o SQL/Software em outro, porque uma hora vai começar a pesar.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@lucsilva Entendi. Realmente não tinha pensado nessa forma com 2 servidores. Inclusive em alguns meses teremos a mudança da matriz da empresa, e pelo que me foi informado, será dividida em 2 blocos de sala com uma distância de aproximadamente 50 metros. Neste caso seria mais viável 2 servidores para melhor gerenciamento da rede entre os blocos ou arriscar cabear de um lado a outro e fazer apenas a distribuição local via switch no outro lado? 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@iagomes_ Na verdade não, como é 50 metros, acho que um cabeamento bem feito pode resolver, o problema é você pensar aonde será feito esse cabeamento e como será as manutenções futuras dele, por exemplo, aqui na empresa os cabeamentos passam por uma parede oca por dentro e certa vez choveu e a gente teve que desligar 50% da empresa para trocar 3 metros de cabo, porque o antigo cara fez os cabos juntos a rede elétrica sem separar eles.

 

O Switch é uma boa pedida, mas precisa ser um Switch bom para você não perder em transferências de dado. De qualquer modo, com o Switch ou não, você vai ser obrigado a utilizar cabos, ao menos se quiser uma transferência rápida de um servidor para outro em comparação em transferência via rede (internet), mas no seu caso, por ter um software gerencial, velocidade é necessário.

 

Sobre as licenças, você vai ter que ter obrigatoriamente as licenças do Windows, para otimizar sua rede, é importante que todos os computadores ou pelo menos uns 70-80% tenham a mesma versão do Windows, no caso o atual e único em comércio e com suporte de segurança mais atualizado é o Windows 10 PRO, o problema é que a licença do Windows 10 PRO é muito cara quando você compra a parte, aqui na empresa compramos computadores que já vem com a licença.

 

Windows Server é a mesma coisa, você pode optar por três tipos de licenças diferentes:

 

Datacenter**: Ambientes de datacenter altamente virtualizados e definidos por software.

Standard**: Densidade baixa ou ambientes não virtualizadosBaseado em núcleo.

Essentials: Pequenas empresas com até 25 usuários e 50 dispositivos.

 

Link: https://www.microsoft.com/pt-br/cloud-platform/windows-server-pricing

 

No caso, se você for utilizar dois computadores físicos como servidor, é obrigado a ter 2 licenças. Porém se for virtualizar 2 servidores no servidor físico, não precisa de 3 licenças, apenas a licença para o servidor físico.

 

SQL eu não sei te dizer muito bem, aqui o sistema utiliza outro banco de dados e eu nunca entrei no banco para ver, mas vou te deixar um link:

 

https://www.microsoft.com/pt-br/sql-server/sql-server-2017-pricing

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@lucsilva Entendi, eu ainda não tive a chance de ver a infraestrutura do local para ver essa questão do cabeamento, mas é uma coisa que está me preocupando tanto quanto um novo servidor. No switch hoje temos um intelbras sf 1600 q, mas pretendo muda-lo para um TP-Link gigabit tl-sg1016d, acredito que ele tenha uma melhor taxa de transferência da rede.

 

 Em quesito licenças, aqui eu estou quase surtando! Além do WinServer e SQLServer que necessito cotar, o antigo técnico teve a capacidade de pega os PC que tinham Windows 10 Home de fábrica e formata-los com crack só pra cobrar R$ 100 por formatação quando eles ficavam lerdos. Chuto dizer que 50% ou mais das máquinas aqui estejam nesse esquema, ainda estou tentando ver como contornar isso de uma forma que não seja tão custosa pra empresa, porém da forma correta e licenciada.

 

 Aqui ainda temos menos de 25 máquinas, mas com o possível aumento e algumas serem notebooks que vão precisar de acesso remoto ao servidor, acredito que o Standard é uma melhor pedida, vendo que as limitações serão menores e possivelmente colocar uma VM seria bem útil.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Na verdade vocês deviam meter um belo processo nesse técnico.

Pirataria por meter o crack e cobrando por serviço externo em ambiente corporativo (se ele é técnico da empresa, porque cobra a parte se já ganha por isso?) e outra, e se a Microsoft batesse aí para auditoria?

 

Bom, o ideal é você mesmo contatar a Microsoft e explicar para eles a situação, eu tive um problema com licenciamento do Skype e quando eu comuniquei a eles, eles me deram todo o suporte e caso eles tentem meter multa, você consegue anular por ter corrido atrás.

 

O ideal para você é licenciar todos esses computadores em Windows 10 PRO e ter ao menos umas 5 licenças em reserva, além de você também ter que licenciar o Office e ter também 5 licenças em off.

 

Do Switch eu não sei te dizer muito, desculpe.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@lucsilva O cara era um técnico terceirizado, por isso fazia essas coisas e como ninguém conhecia, deu nisso. Agora tenho esse problema pra resolver. To tentando achar as notas fiscais de compra para ver se consta o Serial Key e tenta voltar na formatação, senão tentarei ver essa questão direto com a Microsoft, não imaginei que eles pudessem ajudar sem auditar e multar.

 

 Também estou tentando ver a questão do licenciamento do WinServer pra não ter outro problema futuro, com essas mudanças no 2016 ficou um pouco confuso mas já estou pesquisando isso. Hoje as prioridades de resolução são: 1 - Servidor adequado; 2 - Licenciamento correto; 3 - Reestruturação da rede.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@iagomes_

 

Não há uma forma barata, você vai ter que comprar licença por licença. Talvez se você ligar na microsoft você consiga um preço melhor, mas para evitar qualquer problema referente ao técnico e evitar um trabalhão, recomendo comprar tudo novamente. Fazendo um cálculo rápido, seus gastos serão:

Dois servidores Lenovo:  4.800 

Dois no-breaks (desempenho médio): 2.000

25 licenças w10 PRO + 5 licenças reservas: 13.500 (450 por licença)

25 licenças office + 5 licenças reservas: 17.000 (47 reais mensais * 12 meses * 30 licenças)

2 Licenças Windows Server 2016: 3.200 reais (1.600 por licença)

1 Licença SQL Server: 2.000 a 3.000 reais

 

Preço final: 43 a 44 mil reais.

 

Se tu for ver, uma multa da Microsoft pequena passa dos 100.000 reais.

 

Eles podem ajudar sim, eles são obrigados por lei a te ajudar na compra de um produto ou no próprio interesse, eles tem que te apresentar o produto e ajudar com o suporte pré-compra.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@lucsilva Esta conta rápida que me preocupa, o valor é alto justamente pelas licenças, mas não acredito que tenha outra forma de sanar o problema, tentar postergar isso só vai complicar ainda mais a situação. Quanto ao WinServer uma duvida, na aquisição da licença, como funciona a liberação de acessos por máquina ao servidor? Cada máquina necessita de uma licença (CAL) ou apenas o servidor que manda? Ainda é uma parte que não estou muito iterado mas quero acompanhar de perto junto com o rapaz responsável por isso.

 

@Henrique - RJ Pensei nisso, mas o rapaz do software que a empresa adquiriu já me falou que operam em WinServer / SQL e não conseguem rodar no Linux infelizmente.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
5 minutos atrás, iagomes_ disse:

@lucsilva Esta conta rápida que me preocupa, o valor é alto justamente pelas licenças, mas não acredito que tenha outra forma de sanar o problema, tentar postergar isso só vai complicar ainda mais a situação. Quanto ao WinServer uma duvida, na aquisição da licença, como funciona a liberação de acessos por máquina ao servidor? Cada máquina necessita de uma licença (CAL) ou apenas o servidor que manda? Ainda é uma parte que não estou muito iterado mas quero acompanhar de perto junto com o rapaz responsável por isso.

 

@Henrique - RJ Pensei nisso, mas o rapaz do software que a empresa adquiriu já me falou que operam em WinServer / SQL e não conseguem rodar no Linux infelizmente.

 

Bom, aí é complicado porque eu cuidava apenas do Suporte ao Usuário.

 

Eu acredito que se tu montar um domínio, por exemplo \\sua_empresa\ é uma única licença pro servidor, aí tu só cadastra os computadores que forem acessar.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@lucsilva Também acredito, mas ainda estou estudando mais a fundo sobre isso, pois se não for, o orçamento muda muito de valor. Por hora vou avaliar melhor a questão de 2 servidores no esquema que você falou, acho que até pra distribuição física seria mais adequado na nova estrutura.

 

@Henrique - RJ Eu até pensei em sondar o Linux, o que me fez desistir foi justamente a empresa do software me informar que não rodam no Linux. Como tem contrato e tudo mais, não existe a possibilidade de rescindir com o software, fora que o problema real é não ter o mínimo para Ti aqui que ta gerando tanto custo. Vou tenta me informar mais sobre a possibilidade de usar Linux e o MySQL, que o custo com licenças é zero. Teria alguma recomendação aqui na região de SP Capital?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Só um adendo.

 

Para sua empresa de logística (creio eu), esse valor está na média, em empresas de logística o custo médio (em relação a nacional/internacial x tamanho x número médio de informações geradas) está em torno de 100.000 mensais.

 

O Linux pode ser uma boa alternativa, mas tem que saber configurar bem, caso for na opção de windows, você tem uma instalação com custo benefício.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@lucsilva Pior que bateremos com certeza esse valor para implementação, estamos falando somente de servidor + licenças, fora instalação, cabeamento, software e mão de obra, mas infelizmente sem isso não tem jeito de a empresa seguir, é um investimento necessário.

 

 Linux eu não conheço muito, marquei uma reunião com a empresa para tentar entender a adaptação no Linux/MySQL e reduzir um pouco este custo com licenças/CAL's.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×