Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Thesoull

Procuro dicas para Comprar Teclado

Recommended Posts

Logo de início já digo que EU estou procurando a dica, e talvez futuras pessoas que venham a ler o tópico.

Andei dando uma pesquisada no fórum e vários motivos me fizeram não seguir várias dicas. Aqui está a minha situação:

1. Tenho condições de pagar até 600 no teclado (NÃO É A VISTA ) e também não tem problema se ele custar menos e for muito bom, 600 é o limite, não uma obrigatoriedade;

2. Não, sério, NÂO quero REDRAGON, eu comprei a droga de um teclado deles (K552) e 2 meses de uso já começou a apresentar falha em teclas;

3. Eu jogo muito MMORPG, não precisa de macros (até porque costumo não usar, tenho um G502 com “meio milhão” de botões);

4. Eu tenho o PC no quarto, onde está a TV e minha esposa, ou seja, SWITCH MAIS SILENCIOSO possível, Blue nem pensar. Posso até fazer um O-Ring, mas realmente eles precisam ser os mais silenciosos possíveis;

5. Não quero importar;

6. Não precisa de firulas, RGB e entrada de áudio e etc, seria bom uma iluminação simples só para ver as teclas no escuro, mas não precisa me dar ataques epiléticos ao apertar de 1 botão;

7. Não tenho preferência de Marcas para comprar, apenas as que eu NÃO COMPRO (REDRAGON, RAZER, e marcas secundárias, REDRAGON me traumatizou);

8. Como eu disse, jogo muito MMORPG (principal gênero), mas também jogo mais coisas, curto um FPS e uns Action. (Não jogo MOBA);

9. O preço mais justo possível, se for 600 R$, que tenha motivo para custar isso. São 600 R$ suados, tem que valer;

10. Com fio de preferência, wireless aumenta muito o preço só para deixar um fio para trás.

E eu agradeço muito a ajuda de vocês, é bastante exigente meu pedido, mas é porque dinheiro não brota, quero algo 100% bom pois já perdi dinheiro com um Logitech G100s uma época atrás, perdi dinheiro com um REDRAGON KUMARA k552. Tenho um da Microsoft que dura já a 5 anos, e agora está começando a travar teclas, demorar para responder alguns comandos, é um Confort Wireless 5000, ou seja, um teclado que comprei a 5 anos atrás e paguei 250 RS na época, durou 5 anos, um teclado mecânico "bom" durou mal e mal 2 meses, e sim, ele era novo, comprei na Pichau, lacrado, bonitinho e bem merdinha. Mandei pra garantia e vendi na sequência... se não aguentou 2 meses, quem dirá 1 ano.

Ah! Se quiser mais detalhes do problema ---- O teclado começou a não computar o "4 - 5 - C - D - CTRL - ESC". Ou seja, teclas que um jogador de MMO pressiona bastante. (Não jogo MOBA).

Mais uma vez, muito obrigado pelo seu tempo.

Editado por Thesoull

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olha cara, já que você não quer barulho acho melhor pegar um teclado de membrana de ótima qualidade, de marcas como a Logitech. Ao ler o título do tópico iria recomendar um CK104 da Motospeed (importado pela GearBeast), porém ele é mecânico, e como você disse, você quer o mínimo de barulho possível. Acredito que até um switch red ou brown fariam bastante barulho para sua esposa, causando um desentendimento que não seria legal. Mas mesmo assim se quiser ir num teclado mecânico, recomendaria o CK104 switch red ou o CK108 switch brown caso queira o feeling tátil do teclado. Não tenha medo de importar, eu mesmo importei meu CK104 de switch blue ano passado e demorou um mês para chegar, sem taxa e com código de rasteio. Na época paguei R$150 com o frete um pouco mais rápido e com rastreamento, porém pelo que vi o preço desse teclado ta correndo na casa dos R$200. Ele é um excelente teclado, que me atendeu extremamente bem (jogo CS e sai de um Razer Cyclosa), me dando uma experiência de jogo bem melhor. Os leds dele não são dos melhores, mas me atende super bem quando estou num ambiente escuro, principalmente na cor branca. Acho que é isso, espero ter ajudado e dado um outro ponto de vista!

  • Obrigado 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Então, esse problema no seu Redragon provavelmente foi por causa dos switchs Outemu, que decaíram muito de qualidade, não recomendo pegar nada com eles sem garantia, principalmente ck104/ck108 comprado na china.

Vou te dar umas opções com faixa de preços diferentes.

James Donkey 619 no ML: Um teclado com switchs Gateron, que é um switch muito bom, dizem ter o feeling melhor que os switchs da Cherry, keycaps doubleshot que não vão descascar. O problema é que o software dele é porco e a iluminação e fraca e feia. 

Ck108 com Gateron na Blackfalcon ou Rocketz: Não opte pela versão com Outemu, pode ser que você tenha problemas igual o seu k552. Switchs Gateron, RGB, apoio de pulso, keycaps doubleshot. 

Masterkeys Pro M: Switchs Cherry que tem uma durabilidade absurda, o porém dele são as keycaps à laser, que podem descascar e como ele é abnt2 não tem kit de reposição na internet, se for nele recomendo pegar a versão ANSI.

G610 seria bom também, qualidade absurda da logitech + switchs Cherry, o problema são as keycaps à laser, porém da pra comprar na internet pra repor.  


Eu particularmente recomendo esse Teclado da Ducky.  

Uma pena não puder importar, com 600 reais daria pra pegar um IKBC f108 ou f87 com redirecionador, que é um dos, se não o melhor teclado do mundo. Keycaps PBT com impressão doubleshot, Switchs Cherry, construção muito boa, enfim, ele e o Ducky são teclados pra durar 10 anos tranquilo. 

Mas todos os teclados citados durariam pelo menos uns 5 anos, exceto se você for muito azarado ou maltratar eles. Em ordem de silêncio creio que é melhor switch black > brown > red > blue. 




 

  • Obrigado 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@iPotato Como dito pelo @juniorzzonda , a qualidade dele não é algo robusto, absurda e etc. Justamente por querer algo topo de linha, bom, excelente é que estiquei o orçamento até a casa do R$ 600,00. Os teclados do Motospeed são conhecidos pelo custo x benefício, e não é isso que estou procurando, estou atrás de Beneficio que vale o custo.

Tem teclado mecânico bonzinho e etc, mas só porque é da marca X e tem RGB o preço aumenta em 200-300 reais, isso eu quero evitar. Outra coisa que eu quero evitar é o custo x benefício, ou seja, algo que faz o que faz por um preço abaixo da média só que também utilizando itens, peças e etc variantes do topo de linha para baratear o produto (Redragon faz isso e como eu disse, ela me traumatizou com esse papo de baixo custo e bons benefícios).

Mas agradeço enormemente o seu tempo e sua preocupação com o som das teclas. Realmente é incomodo para ela e até eu acho um pouco chato o som do Blue, mas o meu teclado atual de membrana faz um barulhinho razoável também, imagino algo como o Red/Brow/Black ou até aquele Red Silent da Corsair e etc, sei lá... Só que como não sou um especialista em teclados mecânicos, só pesquisei um bocadinho, mas ainda estou temeroso, estou pedindo dicas de vocês que com certeza conhecem mais do que eu. Mais uma vez obrigado!


 @juniorzzonda estou tentando fugir de cópias e etc, estou realmente procurando o certo, não estou à procura do duvidoso, quando você aconselha o James Donkey, que usa keycaps Gateron, ouvi falar bem, mas já ouvi falar bem do Outemu também e ai está o stress que tive. A não ser que você me diga que tem absoluta certeza que eles são tão bons ou melhores que os Cherry’s. Porque não quero “alternativos”, quero os bons. Quero um teclado para anos (3-5 anos já tá massa, também não quero que vire herança hahahaha) e saber que a qualidade dele é de excelência. Estou analisando o CK108 com Gateron.
Você me lembrou outra coisa, keycaps a laser... Deveriam ser banidas em 2018. Me deixa triste inclusive saber que grandes marcas e teclados caros até, utilizam Laser nas keycaps.

Eu curti essa marca Ducky que você mencionou, só achei impressionante o valor deles para uma marca desconhecida, na faixa de 560 – 800  R$, pouca distribuição e poucos comentários pela internet, poucas reviews e pouca disponibilidade no mercado. Até achei bacana o Ducky Shine 6 também. Ah, eu preciso que o teclado tenha o teclado Numérico lateral. Maioria dos atalhos que uso em jogos (comida, buffs e etc) ficam ali e por isso parte dos Ducky’s não se encaixam, e os que possuem fogem da margem de custo e/ou usam Blue, esse é o problema da baixa distribuição do produto. Por isso não preciso de macro, sempre aprendi a aproveitar o Numérico para boa parte do uso em jogos.
E sobre o IKBC F108 ou F87 eu realmente não sei importar, não quero esperar 4-5 meses por ele (na verdade queria para antes de maio) e realmente parece ser impressionante.

Como podem ver, eu realmente estou pesquisando os teclados e etc, realmente estou interessado e levando a opinião de vocês muito a sério correndo atrás. Por isso agradeço muito por compartilhar o tempo e conhecimento de vocês para me dar uma luz! 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Martelo Batido!

Depois de pesquisar mais de um milhão de teclados e graças aos companheiros que me ajudaram nesse tópico me levando a marcas que eu nem conhecia, abrir os olhos para os Motospeed mais avançados e etc, cheguei a derradeira conclusão, vou de Ducky One Brow 80% Blue led!

 

1 – Eu sei que tinha dito que o teclado numérico é importante para mim, e é, mas posso colocar um mini numpad avulso (como aqueles de escritório e caixas);
 

2 – Após verificar muitos teclados descobri muita coisa interessante e que me fez comparar as coisas:
 2.1 – A maioria dos teclados high-end querem entupir de RGB, e vendo bem as versões é comum o preço mudar até 200 R$ só para ter um teclado colorido, mas algumas empresas são mercenárias a ponto de no teclado com RGB também possuir diferenciais, Switches melhores, funções a mais e etc. Ducky One simplesmente não fez isso, você paga em média 150 a mais pelas luzes e só.
2.2 – Em pleno “século 2018” ainda há empresas que usam sistema de gravação a Laser das keycaps (pinta tudo de preto e depois desenha a letra com laser, descolorindo o preto), isso faz com que as teclas apresentem deformidades nas letras e desenhos após algum tempo. Ducky fez o bom trabalho de usar Double – Shot (duas camadas de plástico, uma branca e outra preta).
2.3 – Construção interna do Ducky é considerada uma das, se não a melhor do mercado, porque a preocupação dos caras é qualidade apenas, não é beleza, não é firula, é funcionar 100%.

 

3 – Bem, depois de pesquisar vários teclados e como meus colegas aqui em cima abriram meus olhos para diferentes marcas, fiz muito o famoso “best keyboard, top mechanical keyboard e etc....” e depois “Corsair Strafe vs HyperX Alloy” “ABC x DEF”, cheguei em um reddit que o pessoal odeia Corsair, Razer e Logitech, e vendo e lendo fui descobrindo os motivos. E novamente lá eles recomendavam aos 4 céus, Ducky One!

 

Após tudo isso, já fazem 3 dias que estou pesquisando em todo o meu tempo vago (para ver como dou valor a grana que vou gastar), decidi ficar no Ducky One vendido pela Player ID, a qual eu fiquei surpreso de ser uma loja vizinha (cidade do lado). Posso chutar a porta deles se vier com algum problema no teclado hahahaha. No “amigável” valor de R$ 576,00.

 

Mais uma vez vou agradecer de coração aos dois que me ajudaram e deixo aqui esses comentários para futuras pesquisas de usuários com duvidas e motivos semelhantes aos meus.

OBD: Sobre questão do barulho, switch brown é silencioso o suficiente, qualquer coisa opto pelo O-ring.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A Ducky é desconhecida por ser uma empresa pra o público entusiasta, os produtos dela são realmente topo de linha, feitos pra entusiastas, não pra gamers igual Razer,Logitech,Corsair etc, por isso a qualidade é tão absurda. Infelizmente tem gente que por marketing paga mil reais em um Blackwidow que se durar 3 anos é muito,podendo pegar um Shine 6, que é absurda a diferença de qualidade. 

Só vou dar uns complementos, já que você já escolheu. (e escolheu bem). 

Sobre os switchs Gateron sim, são ótimos, inclusive o público mais entusiasta de teclados mecânicos preferem ele aos da Cherry pelo feeling melhor, embora ele tenha um QC pouca coisa pior que a Cherry. Outemu era tida como de alta qualidade em 2015-2016, mas essa fama era mais pelos switchs não serem ruins e serem extremamente baratos, mas mesmo assim era pior que os Gateron. Em 2017 a Outemu teve vários problemas de QC e inclusive trocou os componentes por outros inferiores, você provavelmente pegou um desses lotes. 

Atualmente Outemu é ruim, Gateron é ótimo e Kailh, que era tão criticada antigamente, melhorou e hoje é um switch bom. Embora eu não confie tanto nessas empresas como confio na Cherry. 


Sim, os IKBC são absurdo de bons, e se não me engano eles tem participação da galera da Ducky também.   

Ah, é o Red é um dos switchs mais barulhentos se não usar O-ring, como ele é linear e é leve, não tem nada pra amortecer o impacto dele na plate e como ele bate com muita força o barulho é bem alto. 

  • Obrigado 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Thesoull Fico feliz em saber que dei outro ponto de vista e que isto lhe ajudou. E esse negócio de pesquisar incessavelmente pelo produto que vai comprar é difícil, eu mesmo fiquei meses pesquisando um computador pra não ter quaisquer decepção ou frustração com ele. Fiz isso também quando fui comprar meu monitor e esse CK104, e até agora só tive experiências agradáveis. Acredito que esse post tenha ficado bem construído caso alguém venha ver ele depois, e as opções que o @juniorzzonda são bem interessantes, e confesso que muitas eu desconhecia. Obrigado pela troca de experiências meus caros, abraços! 

  • Curtir 1
  • Obrigado 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×