Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Arutha

Membros Plenos
  • Total de itens

    608
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    0%

Reputação

153

3 Seguidores

Informações gerais

  • Cidade e Estado
    São Paulo _ SP
  • Sexo
    Prefiro não dizer

Meu PC

  • Processador
    Phenon II x4 965be
  • Placa de vídeo
    r7 260x
  • Placa-mãe
    GA-970A-D3
  • Memória
    16gb 1600
  • HDs
    2 wd 500, 1 wd 1t
  • Gabinete
    NZXT Tempest
  • Fonte
    corsair
  • Mouse
    logitech
  • Teclado
    logitech
  • Monitor
    AOC I2369VW, LG IPS236
  • Sistema Operacional
    Ubuntu
  • Browser
    firefox

Meu Smartphone

  • Marca e modelo
    Xiaomi note4
  1. Não posso garantir, porque nunca tentei, mas acho que você não terá problema. O linux é bem flexível com temas... Na dúvida, faça um backup de tudo antes, ok? Só para garantir rsss
  2. @irineu939 veja o tamanho da iso. Em um Cd cabem até 700mb, em um dvd cabem 4,7gb. Se a imagem do linux mint tiver menos de 700 mb, use o cd, se tiver mais use o dvd. Em termos de "funcionamento", as duas mídias vão cumprir bem o papel. Agora, como se trata de uma imagem que você vai usar para instalar e depois não vai usar mais, você também pode gravá-la num pendrive, se sua máquina fizer boot pelo pendrive. Aí depois de instalar o mint e ter certeza de que está tudo ok, você limpa o pendrive e pronto... abs
  3. @Edvaldo J. Frederico se me permite, não instale o 16.10, mas o 16.04. O Ubuntu funciona com versões (releases) de dois tipos: uma tem suporte longo e a outra não. No caso, o 16.04 é lts (long term support) e tem atualizações e suporte até 2021, como mencionei. O suporte para a versão 16.10 acabou em 2017. Sempre que você for instalar um sistema para ambientes de trabalho, que precisam de mais estabilidade e onde não existe a intenção de ficar mudando de sistema todo ano, as versões LTS são as indicadas. isso aqui dá uma orientação: https://www.ubuntu.com/about/release-cycle abs e boa sorte! adicionado 1 minuto depois é assim mesmo rssss! Pelo menos a gente aprende bastante!
  4. @Edvaldo J. Frederico entendi o problema rsss. Mas de qualquer maneira, ainda acho que se você passasse pelo menos para o ubuntu 16.04 (que tem suporte até 2021) seria mais fácil. encontrei duas respostas via google que talvez ajudem, desculpe se foram "notícia velha" para você! https://help.ubuntu.com/community/NetworkPrintingWithUbuntu https://askubuntu.com/questions/73367/what-is-cups-server-and-how-to-share-a-printer-locally-or-over-a-network Também via a sugestão de reinstalar o cups, e de desinstalar e reinstalar a impressora via página do cups. e alertas para lembrar de liberar as portas que o cups usa no firewall. não sei se ajuda, ou se meu nível é muito básico pro que você precisa... de qualquer maneira, sugiro perguntar também nos fóruns de linux mesmo, talvez tenha gente mais sabida!
  5. A mensagem da tua tela azul parece ter a ver com driver de rede ("netio.sys"). Ele pode estar corrompido, já que você diz que o problema começou do nada, ou seja, não teve atualização de drivers ou de sistema no meio. Entra no modo de segurança, sem rede, do windows, desinstala o driver de rede e reinicia. Aí ele vai reinstalar a rede e se for esse o problema deve voltar a funcionar
  6. @Raphael Wesley tenta explicar mais detalhadamente o que você fez e diz se quando cai na tela da bios tem alguma mensagem. Do que eu entendi da sua mensagem, você teve toda a trabalheira de atualizar o windows,mas aí você apagou tudo, mas criou uma partição pra windows que você não instalou, mas instalou o kali numa partição que não é nem a 100gb nem a do windows e aí você recusou o uefi e agora nada mais funciona? No mínimo você tem que entrar na bios e ver se aparece a opção de dar boot em sistemas legacy, já que você recusou o uefi.
  7. @Jefferson_Barbosa não sei se entendi direito o que você escreveu, me desculpe. A parte de escolher qual instalação, o tipo um grub, dá quais opções, tipo windows e outras, ou HD, pendrive, etc? Quando você dá enter (ou clica?) ele carrega a iso, mas não consegue continuar e aí vai para o windows? Ou ele não consegue terminar de carregar? Pode parecer bobagem, mas são coisas diferentes. Seja qual for o tipo grub, a primeira coisa a checar é a mais boba: ter certeza de que é a instalação do elementary que está selecionada ao dar enter (provavelmente não é isso, mas como eu já comi esse tipo de bola algumas vezes, sempre acho bom mencionar) Depois, se você chega num tipo grub para escolher a iso do elementary, mas ele não consegue carregar nem dá mensagem, só inicia direto no windows, você pode ver se a sua iso não está corrompida. Se não for isso, você pode ver (já que sua máquina é nova), se nas opções de boot da bios está permitido o boot em legacy. Algumas isos do ubuntu não funcionam com uefi, não sei se é o caso do elementary. Mas Se a tela tipo grub que você chega já é a da instalação do elementary, você pode tentar mudar as opções, se não me engano é apertando a tecla f6, mas no pé da tela aparecem as opções. Os dois problemas mais comuns são gerenciamento de energia, suspensão etc (acpi) ou dificuldades com a placa de vídeo. Na tela de instalação do elementary você aperta f6 e escolhe a opção acpi=off (ou: when booting up , press F6 , select acpi=off , noapic and nolapic options by pressing Enter or Space Press Esc and select Install Elementary OS) Se não funcionar, tente a mesma coisa, mas com nomodeset, que é para a placa de vídeo.
  8. @Edvaldo J. Frederico eu não sei resolver esse tipo de problema, então talvez não deveria nem postar, me desculpe antecipadamente. Mas é que você diz estar usando o ubuntu 15.04, que já é uma versão muito antiga, o ciclo de vida dessa versão terminou em 2016. Não pode estar aí o problema?
  9. Ele reinicia em que momento? E quando reinicia não volta à instalação? você já testou a imagem do instalador (cd, dvd ou pendrive?)
  10. @Sanctus 7 fazendo um google, observei que esse tipo de erro ocorre quando o apt já está em uso pelo sistema (tipo atualizando alguma coisa anterior ou automaticamente). Eu pessoalmente já tive esse problema ao tentar usar a linha de comando e o ubuntu software ou o synaptic ao mesmo tempo (o que bate com a primeira descrição), mas sempre resolvia sozinho depois fechar todos os programas e começar com um só (rsss) ou depois de reiniciar. Por partes, o que eu sugiro, é, antes de mais nada, ir nas configurações e ver se os canais de software estão marcados, só pra garantir. Depois, reiniciar (ou desligar e ligar o pc) para ver se some o problema, pois ao reiniciar ele finaliza a instalação que esteja "escondida". Se não resolveu, abra o "atualizador de programas". Se ele estiver com algo pendente, vai aparecer aviso aí. Se nada disso resolveu, você pode tentar apagar a fila de uso do apt, mas só é aconselhável se nada mais resolveu. a orientação está aqui: https://www.linuxuprising.com/2018/07/how-to-fix-could-not-get-lock.html é em inglês, mas não tem segredo, só copiar as linhas pra linha de comando. boa sorte
  11. @Kvothe eu não entendo muito de mint, mas nos fóruns vi que ele reconhece automaticamente o scanner, desde que você tenha instalado o xsane. Não sei se você já tentou isso: just got Linux installed yesterday and also have a ScanSnap S1500. I just installed xsane through software manager and was able to "plug and play" the scanner. Here's the superficial part -- I remember the scanner instructions always said to make sure you power up the scanner before plugging in the USB cord. So in my case, I had Mint booted and running; powered up the scanner; then plugged it in and ran xsane. Just in case it happens to really matter. . . . . em resumo em português rss: instale o xsane do softare manager. O rapaz diz que aí seguiu as instruções do scanner: ligar o scanner primeiro, depois conectar o usb (no windows não costuma funcionar se fizer o contrário) e aí executar o xsane. Também achei um driver para linux na fujitsu, mas só para ubuntu, então eu tentaria primeiro a opção "interna" http://www.fujitsu.com/global/support/products/computing/peripheral/scanners/sp/software/ubuntu.html espero que ajude!
  12. @Henrique - RJ não vejo necessidade nenhuma de avisar o que quer que seja. Se o colega tem preocupações políticas ele pode, como você, investigar o autor da distribuição. Vivemos num país livre, pelo menos até agora, onde a Constituição estabelece a liberdade de religião e opinião (inclusive política) e há uma série de leis contra discriminação. Nenhum partido é proibido, nem os comunistas, dos quais temos mais de um se você não reparou. Não vejo necessidade nenhuma de avisar se o autor de uma distribuição, ou de um post, ou do que seja é comunista, ou socialista, ou capitalista fanático, ou negro, ou mulher, ou branco, ou evangélico ou homossexual ou feio ou bonito. Repito o que falei em outro post: a comunidade linux é bem atenta e se o autor usasse sua distribuição para espionagem ou hacking ou o que fosse já teria sido denunciado e banido. Que ele tenha sua opiniões e milite ou não é da conta dele. Se você não gosta do que ele faz, mude de distro. Mas está cheio de ativista político aqui no fórum mesmo, de esquerda, de direita, a favor de Israel, contra Israel e até onde eu saiba nenhum deles teve que fazer declaração de integridade ou de desistência política para participar. Esse tipo de comentário seu, pra mim, parece discriminação e patrulha.
  13. @Henrique - RJ eu não acho que ser comunista (ou capitalista, ou feminista, ou vegetariano, ou gay, ou gamer) seja em si um problema. As pessoas têm ou deveriam ter direito a não só se expressar livremente como se afirmar no que são ou acreditam e até espalhar sua propaganda, desde que não atrapalhem a vida dos outros. As porcarias que a gente vê nos anúncios todo dia, seja na TV, nos apps, nos programas, no google pra mim são tão ruins ou até piores do que militante de qualquer coisa ou lado. Pelo menos os militantes são "honestos", no sentido de que dizem a que vem, e não ficam tentando te influenciar a estourar teu cartão de crédito usando argumentos como status, beleza, limpeza, etc, etc rssss Eu admito que em geral os militantes são mais chatos que os anúncios, mas também eles não gastam milhões em relações púbicas e pesquisas de marca kkkk O que eu sei do anticapitalist é que é alguém bem conhecido na comunidade. Nunca vi nenhuma militância explícita ativa dele (considerando a distro como passiva, pra dizer de algum modo), mas também não procurei. Já vi reclamação de americano doido em fóruns, tipo "nunca vou usar isso porque é de um comunista", mas nunca ouvi nenhum tipo de denúncia de que pudesse estar a serviço de algum governo ou de instalação de aplicativo oculto para te espionar (coisa aliás, que a microsoft faz, o google faz e quase todos os sites fazem hoje em dia, diga-se de passagem). abs e continue contando sua experiência e descobertas!
  14. Eu entendi mal, desculpe! Achei que você queria saber desde quando o AntiX existia, não de quando era a 17.2...
  15. @Henrique - RJ não sei te dizer se é rolling release a primeira versão da distro é de julho de 2007! Eu diria que sim, dá para chamar de bastante tempo rsss https://en.wikipedia.org/wiki/AntiX

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

GRÁTIS: minicurso “Como ganhar dinheiro montando computadores”

Gabriel TorresGabriel Torres, fundador e editor executivo do Clube do Hardware, acaba de lançar um minicurso totalmente gratuito: "Como ganhar dinheiro montando computadores".

Você aprenderá sobre o quanto pode ganhar, como cobrar, como lidar com a concorrência, como se tornar um profissional altamente qualificado e muito mais!

Inscreva-se agora!