Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

grievous

Moderadores
  • Total de itens

    4.448
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    0%

Reputação

2.377

Sobre grievous

  • Data de Nascimento 28-04-1990 (28 anos)

Informações gerais

  • Cidade e Estado
    Barra do Garças
  1. @Pedro Topperson Nessa resolução o 2400G roda todos eles sem problemas, só o Apex Legends que você terá de colocar a qualidade gráfica baixa para rodar satisfatoriamente. Lembrando mais uma vez que a memória deve ser dual channel caso decida comprar o 2400G.
  2. Depende de o quanto você quer jogar, se sua necessidade for muita eu não vejo problemas em pegar o 2400G. Ele ainda é um bom processador e leva a RX570 com tranquilidade. Lembrando que se você optar pelo 2400G você DEVE ativar a memória dual channel, caso contrário o desempenho cairá pela metade (isso só acontece quando é o vídeo integrado do processador). Então caso tenha 1x8GB troque por 2x4GB.
  3. Você usa estabilizador, filtro de linha, nobreak ou liga direto na tomada? Sugiro retirar a GTX1060 e usar o PC com o vídeo integrado do i5, veja se os desligamentos continuam. Esse problema aconteceu após alguma alteração de hardware ou software?
  4. Entre 8400 e 9400F eu iria de i5 8400 já que a diferença de preço de um para o outro (pelo menos na Kabum) é de 10 reais, só que no 8400 você possui um vídeo integrado ao processador enquanto no 9400F vem sem, caso algum dia sua placa de vídeo dê problemas você ainda poderia utilizar o computador com o 8400 e seu vídeo integrado enquanto com o 9400F seu PC pararia de funcionar até você colocar outra GPU. Porém nessa faixa de preço eu iria de Ryzen 2600, é um pouco mais barato, possui o dobro de threads, overclock desbloqueado, sem falhas de segurança spectre, meltdown e spoiler, cooler stock decente, plataforma AM4 mantida até 2020.
  5. Eu indicaria algo semelhante à este computador aqui da Terabyteshop: Ryzen 2700X, 16GB RAM, RTX2060. Pegaria pelo menos um SSD de 240GB também para colocar o SO, principais jogos e programas.
  6. @pablo.galgani A tensão não representa a % de uso da placa, você não deve usar esse parâmetro para isso. Dois modelos de uma mesma placa de vídeo (de um mesmo fabricante) podem exigir tensões diferentes, procure por Silicon Lottery se quiser saber mais. Você tem que ver se está com o mesmo desempenho de outros setups parecidos, baixe programas de benchmark e compare os valores. Se estiverem próximos seu PC não tem nenhum problema, se tiver uma diferença grande aí sim algo estaria errado. Eu começaria pelo https://www.userbenchmark.com/ e testaria o processador e a placa de vídeo, lá ele te dá um resultado de como você está em relação à outras pessoas com o mesmo hardware.
  7. É normal um componente não ficar em 100% de uso o tempo todo, somente em testes de estresse como furmark ou renderização 3D que isso ocorre. Você também não deve se preocupar com a tensão porque além de ser imprecisa não serve para medir o uso ou determinar gargalos da GPU.
  8. @sdriver Raytracing sempre existiu e não é novidade, ninguém nunca pensou em utilizar em jogos porque é incabível. Tanto que os poucos jogos que possuem essa função ela não é utilizada em sua totalidade porque o jogo rodaria com menos de 1FPS e cheio de artefatos. Segue um trecho de um minigame na UDK usando 100% raytracing: @juanmarkus777 Quando o cenário é estático como esse do Quake dá para atingir a mesma qualidade com Baked Global Ilumination sem comprometer a performance. O único momento que o raytracing brilha é em cenários dinâmicos onde as coisas mudam, destruição de paredes, terreno, etc. Então essa demo do Quake não é tão impressionante quanto parece, e inclusive o apresentador da Nvidia condena esse método (Baked GI) no vídeo do Quake, mostrando uma versão mal implementada para comparação no tempo de 35s do vídeo, que na minha opinião é uma desonestidade sem igual, típica da Nvidia. Segue demo feita na Unity em 2015 de um Baked GI bem implementado: E o melhor é que você pode baixar e ver como seu PC lida com esses gráficos.
  9. Caro usuário, Seja bem-vindo ao Clube do Hardware! De forma que a nossa comunidade possa auxiliá-lo com as suas dúvidas e para que você obtenha respostas mais satisfatórias que atendam às suas necessidades, pedimos que informe a configuração completa da sua máquina. Atenciosamente, Equipe Clube do Hardware
  10. Qual modelo da sua placa-mãe e qual versão do windows você instalou?
  11. Ryzen 2200G, 2x4GB RAM, A320, 1TB HDD, VS400, um sistema parecido com esse aqui da Terabyteshop.
  12. Esse Raytracing da Nvidia pelo visto será só mais uma função a ser adicionada ao GameWorks que apenas placas de vídeo Nvidia são capazes de rodar bem, apesar de possuir potencial ele é jogado fora quando a Nvidia não libera totalmente o código para que a AMD otimize para suas GPUs. E nenhum desenvolvedor quer fazer um jogo que roda só em uma marca específica de placas de vídeo, no fim viram coisinhas estéticas que não fazem diferença na vida de quem joga porém o marketing é tão agressivo que parece que vai revolucionar a indústria de jogos. Mesma coisa aconteceu com Physx anos atrás, também com HairWorks e agora Raytracing. Essa mentalidade egoísta da empresa tem que mudar, só pensam neles e em mais ninguém, nem em seus próprios consumidores dependendo do caso.
  13. Você precisa de um conversor HDMI para VGA
  14. Monitore o uso dos recursos do seu PC com o Afterburner, verifique o uso de CPU, GPU, VRAM, RAM e as temperaturas de cada componente. De cara eu digo que você possui um sistema muito desbalanceado, muito processador para pouca placa de vídeo e memória, dava pra ter pegado algo melhor que rodasse bem os jogos gastando a mesma grana. Provavelmente deve ser a pouca RAM que você possui, 4GB é pouco para hoje em dia e o mínimo para ficar tranquilo seria 8GB. Sugiro comprar mais um pente de 4GB idêntico ao seu atual que deve ajudar bastante.
  15. @ByllaBonG Então de filtro de linha mesmo só o nome, porque deve ser uma simples régua extensora de tomadas com um fusível que nem é elemento filtrante. Tem que usar um filtro de qualidade de marcas com reputação como Clamper.

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

GRÁTIS: minicurso “Como ganhar dinheiro montando computadores”

Gabriel TorresGabriel Torres, fundador e editor executivo do Clube do Hardware, acaba de lançar um minicurso totalmente gratuito: "Como ganhar dinheiro montando computadores".

Você aprenderá sobre o quanto pode ganhar, como cobrar, como lidar com a concorrência, como se tornar um profissional altamente qualificado e muito mais!

Inscreva-se agora!