Ir ao conteúdo

Teste do SSD Kingston A400 de 120 GiB

       
 54.106 Visualizações    Testes  
 22 comentários

Testamos o SSD Kingston A400 de 120 GiB, modelo com foco na relação custo/benefício. Vamos compará-lo com outros quatro SSDs de mesma capacidade. Confira!

Teste do SSD Kingston A400 de 120 GiB
Rafael Coelho Editor-chefe do Clube do Hardware

Introdução

Testamos mais um SSD de baixo custo, o Kingston A400 de 120 GiB. Vamos ver como ele se sai contra quatro outros modelos de mesma capacidade. Confira!

Recentemente, testamos quatro SSDs “populares” de nova geração de 120 GiB: o WD Green, o Corsair Force LE, o Kingston SSDNow UV400, e o SanDisk SSD PLUS, que são alguns dos modelos mais baratos de SSD encontrados no mercado brasileiro no momento. Agora estamos incluindo mais um SSD ao nosso comparativo: o A400, que é o novo modelo de baixo custo da Kingston.

Antes de prosseguirmos com este teste, nós sugerimos a leitura do tutorial “Anatomia das unidades SSD”, onde você encontrará informações sobre estas unidades.

Assim como a maioria dos SSDs atuais de baixo custo, o A400 utiliza memórias TLC (triple level cell), que armazenam não dois bits por célula como a maioria das memórias MLC, mas três bits. Isso permite uma maior densidade de dados e, com isso, um menor custo de fabricação para um modelo de mesma capacidade.

As desvantagens das memórias TLC frente às memórias MLC de dois bits (e mais ainda em relação às memórias SLC) são a possível menor velocidade (devido ao mecanismo de correção de erro) e a menor durabilidade, pois há mais desgaste das células a cada processo de apagamento (utilizado antes da escrita de dados).

Isso se reflete no total de bytes gravados (TBW, que significa a quantidade de dados gravados na unidade até que a mesma possa ter problemas por desgaste), que é de 40 TiB. Logicamente, este valor é bem alto e não deve preocupar o usuário comum, mas torna este modelo desaconselhável para aplicações que exijam uma grande quantidade de gravação diária de dados, como servidores, por exemplo.

Todas as unidades testadas têm 128 GiB de memória total, mas são vendidos como 120 GiB pois 8 GiB são reservados para uso interno (“overprovisioning”), usados pelos mecanismos de coleta de lixo e balanceamento de desgaste.

Na tabela abaixo comparamos as unidades testadas. Todas as unidades usam interface SATA-600 e são baseadas no formato de 2,5”, com altura de 7 mm (podendo, desta forma, ser instaladas em notebooks ultrafinos que necessitam de unidades de armazenamento com esta altura).

Fabricante Modelo Código do Modelo Capacidade Nominal Preço nos EUA Preço no Brasil
Kingston A400 SA400S37/120G 120 GiB US$ 48 R$ 290
Western Digital WD Green WDS120G1G0A 120 GiB US$ 55 R$ 298
Corsair Force LE CSSD-F120GBLEB 120 GiB US$ 50 R$ 280
Kingston SSDNow UV400 SUV400S37/120G 120 GiB US$ 53 R$ 293
SanDisk SSD PLUS SDSSDA-120G-G 120 GiB US$ 60 R$ 290

Os preços foram pesquisados no dia da publicação deste teste.

Na tabela abaixo, nós fornecemos um comparativo de detalhes técnicos das duas unidades. TBW (Total bytes written) significa a quantidade de dados que podem ser gravados na unidade até que a mesma possa ter problemas por desgaste.

Modelo Controlador Buffer Memória TBW
Kingston A400 Kingston CP33238B (Phison S11) - 4x 32 GiB Kingston FH32B08UCT1-OC 40 TiB
WD Green Silicon Motion SM2258XT - 4x 32 GiB SanDisk 05497 032G 40 TiB
Corsair Force LE Phison PS3110-S10C-12 256 MiB Nanya NT5CC128M16IP-DI 4x 32 GiB Toshiba TT58G51ARA 30 TiB
Kingston SSDNow UV400 Marvell 88SS1074 256 MiB Nanya NT5CC128M16FP-DI 8x 16 GiB Kingston FT16B08UCT1-0F 50 TiB
SanDisk SSD PLUS Silicon Motion SM2246XT - 2x 64 GiB SanDisk 05446 064G ND

Compartilhar

  • Curtir 3


  Denunciar Artigo

Artigos similares


Comentários de usuários


Parabéns pelos testes Rafael Coelho, o teste chegou bem na hora que eu estou querendo comprar um SSD. Imagino que fara um último compilado de testes como o dos processadores, ficaria muito esclarecedor para comparar os dados dos teste. Parabéns mais uma vez.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
22 minutos atrás, Josimar Occhi disse:

Parabéns pelos testes Rafael Coelho, o teste chegou bem na hora que eu estou querendo comprar um SSD. Imagino que fara um último compilado de testes como o dos processadores, ficaria muito esclarecedor para comparar os dados dos teste. Parabéns mais uma vez.

Obrigado!

Não faz muito sentido um novo artigo para comparar os SSDs, já que neste já temos a comparação de desempenho de cinco modelos, todos da mesma faixa de preço.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Realmente, equivoco meu. Li tão rapidamente que não reparei nesse detalhe hehehehe, eu me atentei só no a400 que é o que eu pretendo adquirir, na verdade já era isso o esperado. Desculpem a minha gafe.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
3 horas atrás, Rafael Coelho disse:

Eu pessoalmente prefiro usar um SSD para o sistema operacional e outro para os jogos mais comumente jogados, ou simplesmente um SSD maior que caiba tudo, ainda deixando um disco rígido para o resto das coisas menos utilizadas.

 

Utilizo meu SSD de 250 GB para todos os programas e documentos, deixando em um HD de 3 TB as fotos, vídeos, arquivos muito antigos, etc. Por enquanto onde eu gostaria de ter mais espaço é no HD de 3 TB...

 

Um detalhe que passei por desapercebido quando comprei o meu primeiro SSD é que os modelos de maior capacidade tinham também um melhor desempenho, especialmente para gravação. Inclusive é o caso do A400.

 

A  propósito, o A400 está com um preço muito competitivo, especialmente no modelo de 480 GB citado pelo @William Ricardo Maia!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
15 horas atrás, Josimar Occhi disse:

Parabéns pelos testes Rafael Coelho, o teste chegou bem na hora que eu estou querendo comprar um SSD. Imagino que fara um último compilado de testes como o dos processadores, ficaria muito esclarecedor para comparar os dados dos teste. Parabéns mais uma vez.

 

Me desculpem, posso estar errado, mas acho que este teste ficou estranho, pois nas especificações do site da kingston, o modelo UV400 tem escrita e leitura mais rápidas do que o modelo A400, vejam o link abaixo.

 

http://www.kingston.com/br/ssd/consumer/sa400s37

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
11 horas atrás, Claudio Santiago Scherrer disse:

 

Me desculpem, posso estar errado, mas acho que este teste ficou estranho, pois nas especificações do site da kingston, o modelo UV400 tem escrita e leitura mais rápidas do que o modelo A400, vejam o link abaixo.

 

http://www.kingston.com/br/ssd/consumer/sa400s37

Eles falam em velocidades "até" certos valores, mas não falam em que condições, sob qual metodologia.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
32 minutos atrás, Rafael Coelho disse:

Eles falam em velocidades "até" certos valores, mas não falam em que condições, sob qual metodologia.

Outra coisa que me chamou atenção:

 

O modelo A400 de 120 gigas suporta 40TB, total de bytes gravados.

O modelo UV400 de 120 gigas suporta 50TB, total de bytes gravados.

Portanto se eu fosse comprar um SSD Kingston hoje, eu ficaria com o modelo UV400.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Pelo que entendi é necessário gravar 40 terabytes para o SSD abrir o bico.
Em um computador para uso domestico, levaria muito tempo para atingir essa marca.
No meu equipamento tenho duas pastas, filmes  e fotos, e  pasta musicas.As duas pastas utilizam 140 Gbs do HD.
Tenho uma duvida.
A Motherboard do meu desktop é a GA-N650SLI-DS4 da Gigabyte fabricada em 2006.

Ela possui 4 conectores SATA 3Gb / s, é possível instalar um SSD nessa placa?
Mesmo sendo SATA 3Gb / s, o SSD seria mais rápido que o HD?
O HD é foi instalado em 2006, quando comprei o computador.
No manual do HD é informado.
produto: Seagate ST3320620AS
Internal data transfer rate 1,030 Mbits/sec max
Sustained data transfer rate OD (read) 72 Mbytes/sec max
I/O data-transfer rate 300 Mbytes/sec max

 

Taxa interna de transferência de dados 1.030 Mbits / seg máximo
Taxa de transferência de dados sustentada OD (leitura) 72 Mbytes / seg max
Taxa de transferência de dados I / O 300 Mbytes / seg máx.
Eu acho esses números bastante otimistas, para um HD fabricado em 2006

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Ótimo teste! Interessantíssimo ver o desempenho do A400 frente aos concorrentes.

Interessante notar que ele foi bem mais rápido do que os concorrentes em quase todos os testes. Esse fato não mereceria uma menção nas conclusões?

 

Parabéns pelo teste, @Rafael Coelho!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Em 2017-5-30 às 13:31, Claudio Santiago Scherrer disse:

Outra coisa que me chamou atenção:

 

O modelo A400 de 120 gigas suporta 40TB, total de bytes gravados.

O modelo UV400 de 120 gigas suporta 50TB, total de bytes gravados.

Portanto se eu fosse comprar um SSD Kingston hoje, eu ficaria com o modelo UV400.

mas isso não vai fazer diferença, a velocidade sim!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Boa tarde, Refael coelho, excelente post comparativo que vem ajudando o pessoal com os recentes modelos de SSD

Rafael, em uso normal (Word, Excel e internet) do dia-a-dia com pequenas gravações e instalado o SSD em sata 2 o modelo kingston A400 e o Sandisk SSD Plus.

Haveria uma diferença significativa em ambos ou seriam bem parecidos em desempenho relacionado a esse uso.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
35 minutos atrás, firefox2017 disse:

Boa tarde, Refael coelho, excelente post comparativo que vem ajudando o pessoal com os recentes modelos de SSD

Rafael, em uso normal (Word, Excel e internet) do dia-a-dia com pequenas gravações e instalado o SSD em sata 2 o modelo kingston A400 e o Sandisk SSD Plus.

Haveria uma diferença significativa em ambos ou seriam bem parecidos em desempenho relacionado a esse uso.

Como deixamos claro nos testes, na prática não há diferenças perceptíveis entre os diferentes SSDs atuais nesse tipo de uso.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Rafael, gostaria de cumprimentá-lo pela qualidade da matéria. Procurei dados e comparações em muitos sites sobre o A400, incluindo aí sites americanos e indianos, e sua matéria é, de longe, a que melhor aborda o assunto e compara modelos, levando àquele que lê um panorama real de como se comporta e se posiciona o A400.

Detalhe muito legal que você cuidou é o de incluir, dentre os modelos analisados, o "velho" UV400. E também um modelo considerado "no-budget", digamos assim, que é o caso do Corsair LS. O resultado é que aquele que consulta consegue comparar performances, custo-benefício e modelo antigo x novo, tudo ao mesmo tempo e com profundidade.

E devo dizer que, para mim, isso caiu como uma luva, porque ia comprar (mais) um SSD e estava em dúvida sobre como optar - e agora não estou mais.

Parabéns.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Em 13/06/2017 às 14:52, Rafael Coelho disse:

Como deixamos claro nos testes, na prática não há diferenças perceptíveis entre os diferentes SSDs atuais nesse tipo de uso.

Como já mencionado em vários artigos, os SSDs com chips MLC são mais rápidos e duram mais que os TLC. Qual os modelos atuais que comportam esse tipo de chip e com custo/benefício semelhante aos modelos do artigo atual? Eu estou preocupado pois estou pensando em adquirir o modelo da Kingston porém ele tem chip TLC. Qual a sua opinião?

 

Grato.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
58 minutos atrás, Falcon7 disse:

Como já mencionado em vários artigos, os SSDs com chips MLC são mais rápidos e duram mais que os TLC. Qual os modelos atuais que comportam esse tipo de chip e com custo/benefício semelhante aos modelos do artigo atual? Eu estou preocupado pois estou pensando em adquirir o modelo da Kingston porém ele tem chip TLC. Qual a sua opinião?

 

Grato.

Todos os modelos atuais de baixo e médio custo usam chips TLC. Atualmente apenas modelos topo de linha usam chips MLC, como o Samsung 960 Pro e o Kingston KC1000.

http://www.clubedohardware.com.br/artigos/armazenamento/teste-do-ssd-kingston-kc1000-de-480-gib-r36747/

http://www.clubedohardware.com.br/artigos/armazenamento/teste-do-ssd-samsung-960-pro-de-512-gib-r36745/

 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
3 horas atrás, Rafael Coelho disse:

Todos os modelos atuais de baixo e médio custo usam chips TLC. Atualmente apenas modelos topo de linha usam chips MLC, como o Samsung 960 Pro e o Kingston KC1000.

http://www.clubedohardware.com.br/artigos/armazenamento/teste-do-ssd-kingston-kc1000-de-480-gib-r36747/

http://www.clubedohardware.com.br/artigos/armazenamento/teste-do-ssd-samsung-960-pro-de-512-gib-r36745/

 

Uma última dúvida: Então entre comprar o modelo mais "antigo" (kingston uv400 240gb) e o mais novo A400 240gb , em questões de velocidade, durabilidade, desempenho e preço não faz diferença? Qual é mais conveniente comprar?

OBS: Eu utilizo a máquina para funções comuns (word, excel, internet) mas também mexo com programas gráficos de construção civil (autocad, revit) que usam bastante de processador e placa de vídeo.

Config. notebook: Core i5 5° geração, NVIDIA gforce 920M, 8GB ram. Quero fazer um upgrade e aproveito para fazer outra pergunta: Você acha que vale a pena ampliar a memória ram? Daria pra notar um desempenho na máquina com esse uso? 

 

Grato.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
5 horas atrás, Falcon7 disse:

Uma última dúvida: Então entre comprar o modelo mais "antigo" (kingston uv400 240gb) e o mais novo A400 240gb , em questões de velocidade, durabilidade, desempenho e preço não faz diferença? Qual é mais conveniente comprar?

OBS: Eu utilizo a máquina para funções comuns (word, excel, internet) mas também mexo com programas gráficos de construção civil (autocad, revit) que usam bastante de processador e placa de vídeo.

Config. notebook: Core i5 5° geração, NVIDIA gforce 920M, 8GB ram. Quero fazer um upgrade e aproveito para fazer outra pergunta: Você acha que vale a pena ampliar a memória ram? Daria pra notar um desempenho na máquina com esse uso? 

 

Grato.

Em termos de desempenho, a análise está no artigo sobre o qual este tópico fala. Quanto a preço, depende do que você encontrar!

Quanto à memória, você tem que verificar qual a utilização, se estiver estourando, tem que aumentar.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

a controladora usada nesse SSD deve ser melhor , isso justifica o melhor desempenho obtido por ele.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×