Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Teste da Fonte de Alimentação Seventeam ST-500BAZ

       
 136.216 Visualizações    Testes  
 30 comentários

Estamos testando hoje a fonte de alimentação ST-500BAZ, um modelo bastante popular no Brasil. Vamos ver se ela é uma boa opção.

Teste da Fonte de Alimentação Seventeam ST-500BAZ
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Introdução

Apesar de a ST-500BAZ estar saindo de linha, vários leitores nos pediram para fazermos um teste completo desta fonte, já que este modelo foi bastante vendido por aqui. Então vamos lá.

Seventeam ST-550BAZ
Figura 1: Fonte de alimentação Seventeam ST-500BAZ.

Seventeam ST-550BAZ
Figura 2: Fonte de alimentação Seventeam ST-500BAZ.

A Seventeam ST-500BAZ é uma fonte de alimentação pequena, com 14 cm de profundidade e uma ventoinha de 120 mm em sua parte inferior. Ela não tem circuito PFC ativo, mas usa um projeto mais moderno do que o normalmente usado por fontes sem este recurso (daremos mais explicações quando retratarmos o primário desta fonte).

Apenas o cabo de alimentação principal da placa-mãe possui proteção de nylon, que parte de dentro da fonte. Todos os cabos usam fios da bitola correta (18 AWG). A fonte testada vem com os seguintes cabos e conectores:

  • Cabo principal da placa-mãe com conector de 20/24 pinos.
  • Um cabo com dois conectores ATX12V que, juntos, formam um conector EPS12V.
  • Um cabo com um conector de seis/oito pinos para placas de vídeo.
  • Dois cabos com dois conectores de alimentação SATA cada.
  • Um cabo com três conectores padrão para periféricos e um conector de alimentação para unidades de disquete.

Todos os cabos têm 50 cm de comprimento, com os cabos com mais de um conector tendo 15 cm entre os conectores.

A configuração dos cabos condiz com um produto de baixo custo.

Seventeam ST-550BAZ
Figura 3: Cabos.

Observando atentamente o conector principal da placa-mãe, notamos a presença do fio de -5 V (branco), que foi abolido da especificação ATX em janeiro de 2002, indicando que esta fonte utiliza um projeto antigo.

Vamos agora dar uma olhada no interior desta fonte de alimentação.

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários




É realmente impressionante uma fonte dessa marca ganhar o selo de "produto bomba". Mas pela tensão baixa, realmente foi merecido.

Os níveis de oscilação e ruído estavam bons, não parece que a fonte esteja sendo "forçada" demais. Além disso, a Seventeam tem fama de fabricar produtos bons.

Será que não foi um defeito específico da unidade testada?

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Estou com medo agora, será que o projeto dela é muito parecido a com a Seventeam ST-500P-CG?

Alguém tem conhecimento para responder?

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Realmente, uma surpresa ver uma Seventeam com um produto de baixa qualidade! Mas como está praticamente fora de linha, não temos muito do que ficar reclamando

por essa eu não esperava, depois desse teste eu não compraria mais uma seventeam

Acredito que este comentário tenha sido em tom ironico!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Pois bem, quando li as primeiras paginas nao entendi o porque do selo de produto bomba, mas foi merecido.

ah, tem um erro no teste 6, a soma total é 500,3W não 476,9 W.

Falou

somei do teste 5 e 4 também esta errado, ou tem algum W que entra a mais ali, que nao aparece na tabela =O?

Editado por Mateus Arruda

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

O modelo BAZ, na verdade, não é modelo fora de linha, foi lançado em agosto de 2009, e nunca esteve citado no site da Seventeam. O projeto da fonte, sim, é antigo, não porém o modelo. Nosso colega Faller chegou a se pronunciar bem sobre isso, num outro fórum, na época em que a fonte foi introduzida no Brasil:

O interessante é que nem no site da Seventeam encontrei essa linha de fonte dai. É o famoso vestidinho de festa em uma fonte velha, decrépita, e um precinho alto até, pois a fonte será considerada "lançamento"..

Não a colocaria nem para alimentar radinho de escutar o jogo... Mas com certeza terá muita gente caindo nesse engodo dai... O mercado tem fontes muito melhores por um preço proporcionalmente melhor, muito melhor..

(Tópico de 5 meses atrás no fórum da Game Vício).

Eu a vejo como um produto com destino certo para o mercado brasileiro, daí a ausência no catálogo do fabricante. É com o modelo PAF que a Seventeam tenta penetrar o mercado americano, embora rejeitada por eles, como se nota facilmente nas reviews dos consumidores:

http://www.newegg.com/Product/Product.aspx?Item=N82E16817176005

Editado por Kayke

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Passou raspando.. pena custar tão caro pra um projeto não tão bom.

Ainda bem que existem boas alternativas nesta faixa de preço.

Eu a vejo como um produto com destino certo para o mercado brasileiro, daí a ausência no catálogo do fabricante. É com o modelo PAF que a Seventeam tenta penetrar o mercado americano, embora rejeitada por eles, como se nota facilmente nas reviews dos consumidores:

http://www.newegg.com/Product/Product.aspx?Item=N82E16817176005

2 reviews, grande avaliação..

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Número de reviews é proporcional ao número de vendas. Tanto pior que a marca não ter aceitação nem nome nem saída lá são os dois únicos reviews serem negativos ainda por cima.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

São essas mancadas que algumas empresas fazem sem necessidade que deixam o seu nome queimado, mas se a fonte já não é mais vendida vou esquecer que vi esse teste, porque como a minha fonte é bem antiga e não será mais testada fiquei com dúvidas quanto a sua eficiência.

Editado por Sambaquy

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Será que não foi um defeito específico da unidade testada?

Esqueci de mencionar que testamos duas unidades. A segunda unidade inclusive foi um pouco pior do que os resultados apresentados.

Pois bem, quando li as primeiras paginas nao entendi o porque do selo de produto bomba, mas foi merecido.

ah, tem um erro no teste 6, a soma total é 500,3W não 476,9 W.

Falou

somei do teste 5 e 4 também esta errado, ou tem algum W que entra a mais ali, que nao aparece na tabela =O?

Você não deve ter lido o teste com atenção...

Se você somar todas as potências listadas para cada teste você pode encontrar um valor diferente do que publicamos na linha “Total” abaixo. Como cada saída pode ter uma pequena variação (por exemplo, a saída de +5V trabalhando a 5,10 V) a quantidade total de potência sendo fornecida é um pouco diferente do valor calculado. Na linha “Total” estamos usando a quantidade real de potência sendo fornecida, medida pelo nosso testador de carga.
O modelo BAZ, na verdade, não é modelo fora de linha, foi lançado em agosto de 2009, e nunca esteve citado no site da Seventeam. O projeto da fonte, sim, é antigo, não porém o modelo.

Bem, eu assumi isso por dois motivos: (1) eu pedi essa fonte diretamente à Seventeam e eles disseram que esta fonte já estava fora de linha e por isso eles não iriam me enviar; (2) não foi tão fácil encontrar esta fonte à venda.

Pode ser que este modelo seja fabricado especificamente para o mercado brasileiro, aí eu já não sei.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Pode ser que este modelo seja fabricado especificamente para o mercado brasileiro, aí eu já não sei.

Deve ser isso mesmo, depois da Braview, já sei que o brasil virou lixeira de fontes.(_(

Agora é curioso como uma marca que tem o nome da Seventeam aqui no brasil, com vários " fanboys",(eu tenho amigos que matam e morrem pra defebder a seventeam) tem a cara de pau de lançar um produto desses, exclusivamente no mercado nacional, isso mostra nada mais que o seu desrespeito pelos seu consumidores, dessa vez a Seveteam se superou... não é a toa que ela não consegue entrar no mercado americano (nem mereçe).

Abrass

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Enfim, selo totalmente merecido pra essa ST 500BAZ(que ngm NUNCA recomendou mesmo,só pelas specs já dava pra saber que era fonte ruim)..

Só acho que aqui exagerou um pouco :

Ela poderia ser uma fonte razoável para a realidade do mercado de dez anos atrás, mas para a realidade atual ela é uma fonte defasada, especialmente por conta da sua baixíssima eficiência (entre 71% e 76%).
10 anos atrás era 2000,pelo que me lembre,não tinha nem fonte de "watts reais" no mercado brasileiro,quanto mais se discutia eficiência..:P

Foi lá pra 2002 ou 2003 que o mercado passou a necessitar de fontes não-genéricas(lembro que começou com as VGAs tops da época,como 9700pro,etc)

Edit:Será que não é um exemplar com defeito?

por essa eu não esperava, depois desse teste eu não compraria mais uma seventeam

Corsair e Zalman tb colocaram fontes com lote zuados no mercado.

Não compre mais Corsair e Zalman ;)

Editado por DVBreakout

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Nossa, muito estranho uma Seventeam levar o selo de Produto Bomba. Já pensaram a Corsair levar um !? Seria muito estranho...

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Nossa estranho, se ela tem todos os componentes necessários para ser uma boa fonte porque ela teve esse nível tão baixo assim na linhas de 12V.

E agora estou preocupado pois indiquei uma fonte Seventeam, e ela era uma de 500W mas nao tenho certeza se é essa. Espero que não....

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Apesar da defasagem do projeto, essa fonte podemos considerar que se deu mal por muito pouco ao receber o selo de Produto Bomba, por isso não julgo ela tão negativamente como alguns estão dizendo aí, chegando ao ponto de dizer que nunca mais compra nenhuma fonte da marca, fala sério!

A questão da baixa eficiência isso nós temos visto em várias outras fontes no mercado, como exemplo das BKV que ainda são vendidas e possuem baixa eficiência também. Mas nas BKV não se "mete tanto o pau" como estão fazendo com essa BAZ.

De toda forma trata-se de uma fonte que deve-se passar longe, pois existem fontes anos-luz à frente dessa no mercado, muito mais baratas até.

Quanto ao fato da Seventeam não ter sido aceita no mercado Norte Americano, pouco importa, oras bolas. É sabido que os americanos são enjoados com a questão de gosto pessoal. Por exemplo, quando o assunto é lanche todo mundo lá pensa logo em McDonalds e o resto é resto, ninguém quer, por melhor que seja. Se eles encrencam com uma marca ou fabricante qualquer, ficam com essa "richa" o resto da vida, sempre foi assim. O que me importa são os testes realizados e os resultados obtidos; se foi bem, ótimo, se não, esqueça.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Número de reviews é proporcional ao número de vendas. Tanto pior que a marca não ter aceitação nem nome nem saída lá são os dois únicos reviews serem negativos ainda por cima.

Não necessariamente, nem todo comprador avalia o produto.

Sobre a marca não ter aceitação e as avaliações negativas:

http://www.newegg.com/Product/Product.aspx?Item=N82E16817176001

http://www.newegg.com/Product/Product.aspx?Item=N82E16817176002

http://www.newegg.com/Product/Product.aspx?Item=N82E16817176004

http://www.newegg.com/Product/Product.aspx?Item=N82E16817176003

Está melhor que muitos modelos de outros fabricantes de renome.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Será que não é um exemplar com defeito?

Eu havia feito uma pergunta semelhante. Aqui está a resposta:

Esqueci de mencionar que testamos duas unidades. A segunda unidade inclusive foi um pouco pior do que os resultados apresentados.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

è cada uma que se ve no forum, Primeiramente falaram falaram e falaram que seventeam e a marca, falaram disso e daquilo, dai depois um produto recebe um selo bomba agora todo o produto nao presta.

Eu ainda acho que a c3tech ta anos luz em custo beneficio no mercado brasileiro, mesmo recebendo selo bomba.

Nao é o porque a fonte recebe selo bomba que ela sera totalmente ruim, poxa veja que se voce saber utilizar o produto, ele funcionara, o unico erro e o famoso "infamento de rotulo".

Isso logo logo ira para nas fontes, ira demora sim, mais ira ja entrar nos eixos, é so o consumidor começar ter em mente a procedencia, e a utilizaçao do produto.

Graças a AMD, a Intel nao Infla o seus processadores. Graças a Delta, a Astec nao faz fonte vagabunda.

Isso ´´e reflexo da concorencia, se a seventeam lançou isso no Brasil é porque nao tinha algo estão bom para competir.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Com certeza foi feita especialmente para o Brasil, aqui onde moro é muito fácil achar ela, qualquer lojinha tem por míseros 250 reais! ¬¬

Por míseros R$250 dá para pegar uma OCZ StealthXStream que está anos luz a frente :)

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Nao é o porque a fonte recebe selo bomba que ela sera totalmente ruim, poxa veja que se voce saber utilizar o produto, ele funcionara, o unico erro e o famoso "infamento de rotulo".

Concordo plenamente. O povo precisa olhar mais pro que tem dentro da fonte e não pro rótulo. Tá certo que muitos fabricantes e/ou distribuidores de fontes enganam o consumidor nos rótulos, mas dizer que uma fonte é ruim por causa do rótulo eu não acho correto.

Particularmente eu não estou nem aí pro que diz o rótulo de uma fonte. O importante pra mim são os parâmetros analisados num teste, isso sim me importa. Uns vão dizer: "mas você é um usuário informado, mas e os leigos"?

Bom, eu acho que qualquer pessoa antes de comprar qualquer produto deve pesquisar sobre a qualidade do mesmo e isso não vale só pra fontes de computadores, mas sim tudo, celular, geladeira, sapato, pneu de carro, lâmpada de abajur, etc. Por mais leigo que seja é preciso saber o que se está comprando e é isso que falta no consumidor brasileiro.

Eu mesmo sou leigo em muitos assuntos mas antes de comprar qualquer coisa importante eu uso uma ferramenta muito popular chamada Google.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Por míseros R$250 dá para pegar uma OCZ StealthXStream que está anos luz a frente :)

Eu sei, so falei do preço dessa fonte aqui onde moro, onde só se encontra esse tipo de produto. :)

Abraços

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites



Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×