Ir ao conteúdo

Placa-mãe ASRock Fatal1ty Z370 Gaming K6

       
 7.498 Visualizações    Primeiras Impressões  
 4 comentários

Analisamos a ASRock Fatal1ty Z370 Gaming K6, placa-mãe para processadores Intel Core i de oitava geração, com três slots PCI Express x16, áudio topo de linha e dois slots M.2. Confira!

Placa-mãe ASRock Fatal1ty Z370 Gaming K6
Rafael Coelho Editor-chefe do Clube do Hardware

Periféricos on-board

O chipset Intel Z370 é uma solução de apenas um chip, também conhecido como PCH (Platform Controller Hub ou hub controlador de plataforma). Esse chip oferece seis portas SATA-600, suportando RAID (0, 1, 5 e 10).

A placa-mãe traz estas seis portas, mais duas portas SATA-600 controladas por um chip ASMedia ASM1061.

As portas SATA são instaladas na extremidade da placa-mãe e rotacionadas em 90 graus, de forma que a instalação de placas de vídeo não as bloqueie.

Quatro das portas SATA-600 são compartilhadas com os slots M.2, de forma que se algum desses slots estiver sendo usado por um SDD SATA, a respectiva porta SATA-600 será desabilitada.

ASRock-Z370-GamingK6-05.jpg

Figura 5: as portas SATA-600

O chipset Intel Z370 suporta 14 portas USB 2.0 e dez portas USB 3.0. A ASRock Fatal1ty Z370 Gaming K6 oferece seis portas USB 2.0, disponíveis em três conectores localizados na placa-mãe. Há sete portas USB 3.0, todas controladas pelo chipset, sendo quatro delas no painel traseiro e cinco disponíveis em três conectores (multiplicadas por meio de um chip ASMedia ASM1074), sendo dois conectores para portas tipo A e um conector para portas tipo C. Há ainda duas portas USB 3.1 no painel traseiro (uma tipo A e uma tipo C), controladas por um chip ASMedia ASM3142.

Uma das portas USB 3.0 traseira é chamada "Fatal1ty Mouse Port", que permite ajustar a taxa de varredura entre 125 e 1.000 Hz, que pode ser interessante se você possui um mouse realmente voltado para jogos que permita este ajuste.

A ASRock Fatal1ty Z370 Gaming K6 não traz portas FireWire nem Thunderbolt.

Esta placa-mãe suporta áudio no formato 7.1, gerado pelo chipset usando um codec Realtek ALC1220, que oferece uma relação sinal/ruído de 120 dB para as saídas analógicas e 108 dB para as entradas analógicas (infelizmente outras características não foram divulgadas). De qualquer forma, fica claro que é um codec topo de linha e que essas especificações são excepcionais até mesmo para o usuário que pretende trabalhar profissionalmente capturando e editando áudio analógico. Toda a seção de áudio é fisicamente separada dos outros circuitos, o que reduz a interferência e ajuda o circuito de áudio a atingir suas relações sinal/ruído nominais. Além disso, o circuito de áudio utiliza capacitores da japonesa Nichicon e amplificador para fones de ouvido TI NE5532.

As saídas de áudio analógico são independentes, e a placa-mãe também vem com uma saída SPDIF óptica on-board.

A placa-mãe analisada vem com duas portas Gigabit Ethernet, uma controlada por um chip Intel I219V e outra controlada por um chip Intel i211AT.

Na Figura 7, podemos ver o painel traseiro da placa-mãe, com espaço para instalação de duas antenas Wi-Fi, um conector PS/2 compartilhado para teclado ou mouse, duas portas USB 3.0, uma saída VGA, uma saída DVI-D, uma saída HDMI, duas portas Gigabit Ethernet, duas portas USB 3.1 geração 2 (uma tipo A, e uma tipo C), duas portas USB 3.0 tipo A, saída SPDIF óptica e os conectores de áudio analógico.

ASRock-Z370-GamingK6-06.jpg

Figura 6: painel traseiro

Editado por Rafael Coelho

Compartilhar

  • Curtir 3
  • Amei 1


  Denunciar Artigo

Artigos similares


Comentários de usuários


DDR4-DIMM (até DDR3-4333, máximo de 64 GiB) 

4333Mhz!!! Isso é muita velocidade... Tem algum limite teórico para a velocidade do DDR4? Já achava 3200 alto.

Antes do DDR, eram até 133.

DDR -> 400 normalmente e alguns poucos casos 500.

DDR2 -> 800 normalmente

DDR3 -> 1333 normalmente e o máximo que vi é 2133 ?

DDR4 -> 2133, 2400, 2667, 3000, 3200 e agora 4333, isso tem algum limite?

 

Ah sim, voltando a placa-mãe, muito legal. Achei legal o uso de wifi de notebooks, isso poupa um espaço considerável de um conector PCiExpress.

 

 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×