Mitos do hardware #01: Clock é sinônimo de velocidade?

       
 11.514 Visualizações    Vídeos  
 20 comentários

Nesta nova série em vídeo, abordamos mitos sobre tecnologia que são passados adiante por usuários mal informados. Neste episódio: "Clock é sinônimo de velocidade?"

Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

 

Editado por Gabriel Torres

Compartilhar

9 pessoas curtiram isso



Comentários de usuários


Excêlente vídeos e explicação.

Eu posso anexar este link ao meu post sobre processadores?

1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Olá, Gabriel. 

 

Ótimo post. Um dos assuntos mais confusos da manutenção de PC na minha opinião é o clock, pois cada dispositivo tem o seu e como você disse não quer dizer que seja mais rápido. Isso causa uma confusão muito grande.

1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Gostaria de ter visto este vídeo lá por 2013! Iria me poupar uma boa grana e ter me ajudado a fazer a escolha certa! :lol:
A questão da quantidade de núcleos no processador poderia ser uma extensão deste mito, pois eu tenho a seguinte dúvida: Se 2 processadores fossem idênticos em relação ao pulso de clock, mas um tem 2 núcleos trabalhando a 4,0 GHz e outro 4 núcleos trabalhando em 2,0 GHz, o rendimento em multi tarefa seria o mesmo?

2 pessoas curtiram isso

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Poderia desmistificar o mito que "amd esquenta"? Não aguento mais ler "entendidos" em hardware falando isso, sendo que a intel recomendava a instalação de um duto na tampa lateral do gabinete com os prescott.

4 pessoas curtiram isso

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Eu uso o clock só como ponto de referência e com isso eu considero que o melhor processador é aquele que tiver o melhor desempenho só que com clock menor ou igual .... Simples....   Não estou falando de custo beneficio e nem nada disso...

1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
15 horas atrás, GabrielLP14 disse:

Eu posso anexar este link ao meu post sobre processadores?

 

É claro! E este ainda é o primeiro episódio. Os demais serão no mesmo nível ou melhores! :)

 

12 horas atrás, Walpurgis Knight disse:

A questão da quantidade de núcleos no processador poderia ser uma extensão deste mito

 

Excelente sugestão, anotei aqui para fazer um episódio sobre este tema.

 

8 horas atrás, RobertoGB disse:

Poderia desmistificar o mito que "amd esquenta"?

 

Já está na lista, pois este mito é muito "clássico" e vemos o tempo todo gente falando esta besteira! :)

 

 

2 pessoas curtiram isso

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Na verdade cara, isso é uma meia verdade. Acredito eu que essa história começou com a linha FX, onde os FXs tinham sim um TDP alto se comparado as processadores da Intel, porém, na minha opinião, o que intensificou esse fato foram os coolers box terríveis que a amd enviava junto dos processadores, onde um FX tinha 95W e vinha com cpu cooler de uns 65W. 

1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
8 horas atrás, zex disse:

Eu uso o clock só como ponto de referência e com isso eu considero que o melhor processador é aquele que tiver o melhor desempenho só que com clock menor ou igual .... Simples....   Não estou falando de custo beneficio e nem nada disso...

O problema é saber o real desempenho, principalmente nos anúncios de loja. Eles praticamente só põe o clock e cache como referência, por isto quem entende sobre ganho de performance, sabe o que evitar, mas quem não entende, os números acabam iludindo.
 

9 horas atrás, viniciusaz disse:

Qual seria a diferença do Hyperthreading da Intel para o novo Simultaneous Multithreading da AMD nos novos Ryzen ? 

Creio que é a mesma função, apenas botaram um nome diferente para não dizer que é um plagio, assim como a upscale DSR da Nvidia e o VSR da AMD.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

SInto falta de um video demonstrativo que tinha no CF mostrando a diferença do overclock na cpu e na gpu em games, isso veria muito a calhar aqui dismistificar a necessidade de uma cpu parruda para games.

Aqui com o g3258 rodando bf1 tranquilamente kkkkkkk.

 

Existe também o inverso onde em algumas aplicações onde efetuar o over apenas na fpu ser mais eficiente que no core.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
12 horas atrás, Cícero Rodrigues disse:

Na verdade cara, isso é uma meia verdade. Acredito eu que essa história começou com a linha FX, onde os FXs tinham sim um TDP alto se comparado as processadores da Intel, porém, na minha opinião, o que intensificou esse fato foram os coolers box terríveis que a amd enviava junto dos processadores, onde um FX tinha 95W e vinha com cpu cooler de uns 65W. 

 

Não, isso começou nos Athlons XP, é beeeeeeem mais antigo.

Procure vídeos sobre isso e você vai se surpreender.

Se prepare, tem que ter coração forte. :D

 

10 horas atrás, Walpurgis Knight disse:

Creio que é a mesma função, apenas botaram um nome diferente para não dizer que é um plagio, assim como a upscale DSR da Nvidia e o VSR da AMD.

 

A execução me parece que será diferente, mas vamos saber isso mesmo só daqui uns dias.

Editado por Evandro
vírgulas, senhora, vírgulas.
1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
30 minutos atrás, Evandro disse:

A execução me parece que será diferente, mas vamos saber isso mesmo só daqui uns dias.


Sim, mas de uma maneira simples, é fazer o processador simular mais núcleos do mesmo modo que a Intel faz. Creio que o termo "plágio" foi meio forte né? Mas foi a primeira palavra que me veio. :P
Estou muito ansioso para ver o novo Ryzen trabalhando e as críticas do pessoal, pois pode ser meu mais novo upgrade.

1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
20 minutos atrás, Walpurgis Knight disse:


Sim, mas de uma maneira simples, é fazer o processador simular mais núcleos do mesmo modo que a Intel faz. Creio que o termo "plágio" foi meio forte né? Mas foi a primeira palavra que me veio. :P
Estou muito ansioso para ver o novo Ryzen trabalhando e as críticas do pessoal, pois pode ser meu mais novo upgrade.

 

Licenciamento, não vi até agora nenhum processo saindo da Intel sobre isso. :D

 

Se eles colocarem mais algumas unidades de execução ou pipelines, fica diferente (como foi nos FX).
Mas, acho melhor continuarmos este assunto lá no tópico do Zen, o chefe já anotou estas ideias pra fazer os próximos vídeos. ^_^

2 pessoas curtiram isso

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
11 horas atrás, Walpurgis Knight disse:

O problema é saber o real desempenho, principalmente nos anúncios de loja. Eles praticamente só põe o clock e cache como referência, por isto quem entende sobre ganho de performance, sabe o que evitar, mas quem não entende, os números acabam iludindo.
 

Creio que é a mesma função, apenas botaram um nome diferente para não dizer que é um plagio, assim como a upscale DSR da Nvidia e o VSR da AMD.

Então man, o define a velocidade e o bom desempenho? to vendo mt isso em loja na questao do cache, tem mais alguma coisa?

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
9 minutos atrás, Iago Anjos disse:

Então man, o define a velocidade e o bom desempenho? to vendo mt isso em loja na questao do cache, tem mais alguma coisa?


Seria bom saber qual o poder de cada núcleo, mas não se acha isto nem nas especificações no site do fabricante.
O melhor modo de saber o desempenho do processador é analisar vários reviews dos modelos interessados, ver gameplays dos jogos que você pretende jogar... É assim que eu pego as referências e até hoje não consegui chegar num método sem ser vendo na prática.

1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Na verdade começaram desde os 486 por exemplo o 586 da AMD a verdade era um 486 de 133Mhz o 586PR75 na verdade era um 486 operando à 120Mhz e por aí vai. Antes disso lembro que existiam os 486DLC da Cyrix que na verdade eram 386 com um pequeno cache de memória interno e compatível com os soquetes do 386 senão me engano,

1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Em 2/8/2017 às 10:12, Cícero Rodrigues disse:

o que intensificou esse fato foram os coolers box terríveis que a amd enviava junto dos processadores

 

É exatamente isso que aconteceu, na realidade este mito começou antes com o Athlon XP pelo mesmo motivo (usavam coolers inadequados). Ficará claro no vídeo!

 

Em 2/8/2017 às 10:54, GabrielLP14 disse:

Posso dar uma sugestão?

 

É só abrir um tópico lá em comentários e sugestões: http://www.clubedohardware.com.br/forums/forum/26-comentários-elogios-críticas-e-sugestões-sobre-o-clube-do-hardware/

 

12 horas atrás, Iago Anjos disse:

Então man, o define a velocidade e o bom desempenho? to vendo mt isso em loja na questao do cache, tem mais alguma coisa?

 

Como expliquei no vídeo, vai depender da arquitetura interna do processador. Mas se você quiser recomendações específicas de produtos, por favor, abra um tópico no setor correto: http://www.clubedohardware.com.br/forums/forum/43-processadores/

1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar agora