Entre para seguir isso  
Seguidores 0

Por Dentro da Microarquitetura Intel Core

        285.463 Visualizações     2 comentários     Tutoriais   

Conheça o funcionamento da nova microarquitetura que será usada pelos novos processadores da Intel que serão lançados este ano, como o Merom, o Conroe e o Woodcrest.

Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Introdução

A nova microarquitetura Intel Core, que foi divulgada durante o IDF Spring 2006, será usada em todos os novos processadores da Intel, como o Merom, o Conroe e o Woodcrest. Esta nova arquitetura é baseada na arquitetura do Pentium M, trazendo algumas novas características. Neste tutorial mostraremos a fundo como funciona esta nova arquitetura da Intel funciona.

A primeira coisa que se deve ter em mente é que, apesar do nome, a arquitetura Core não tem nada a ver com os processadores Core Solo e Core Duo da Intel. O Core Solo nada mais é do que um Pentium M com tecnologia de 65 nm, enquanto que o Core Duo – também conhecido pelo seu nome-código Yonah – é uma versão de dois núcleos do processador Pentium M com tecnologia de 65 nm.

O Pentium M é um processador voltado para o mercado de notebooks e é baseado na arquitetura Intel de 6ª geração, também conhecida como P6, que é a mesma arquitetura usada pelos processadores Pentium Pro, Pentium II, Pentium III e os primeiros modelos de Celeron. Você pode pensar no Pentium M como uma versão aprimorada do Pentium III. Portanto, você pode pensar na arquitetura Core como um Pentium M melhorado.

Para uma maior compreensão deste tutorial sugerimos que você leia antes os tutorias Como os Processadores Funcionam e Por Dentro da Arquitetura do Pentium M. O primeiro explica como um processador funciona, e o segundo explica como o Pentium M trabalha internamente. Na verdade, podemos considerar o presente tutorial como sequência desses tutoriais. Sugerimos também que você leia nosso tutorial Por Dentro da Arquitetura do Pentium 4 para poder comparar as diferenças entre a arquitetura do Pentium 4 e a arquitetura Core.

A arquitetura Core tem um pipeline de 14 estágios. Pipeline é uma lista de todos os estágios que uma dada instrução precisa percorrer para ser executada. A Intel não divulgou o pipeline do Pentium M e até agora eles não publicaram nada a respeito da descrição de cada estágio do pipeline da arquitetura Core, o que nos impossibilita de fornecer informações mais detalhas sobre o assunto. O pipeline do Pentium III tinha 11 estágios, o Pentium 4 original tinha um pipeline de 20 estágios e os novos modelos de Pentium 4 baseados no núcleo Prescott tem um pipeline de 31 estágios!

Claro que se a Intel publicar mais detalhes a respeito da arquitetura Core atualizaremos este tutorial.

Falaremos agora sobre as diferenças entre a arquitetura Core e a arquitetura do Pentium M.

Compartilhar



Entre para seguir isso  
Seguidores 0

Comentários de usuários


Ótimo artigo, no trecho:

Uma outra capacidade de economizar energia da arquitetura Core é ligar apenas os bits necessários nos barramentos internos do processador. Muitos dos barramentos internos do processador são dimensionados para o pior caso – ou seja, a maior instrução x86 que existe, que é de 15 bytes (480 bits)*. Em vez de ligar todas as linhas de dados de 480 bits deste barramento em particular, o processador pode ligar apenas 32 linhas, somente o que é necessário para transmitir uma instrução de 32 bits, por exemplo.

15 bytes é 120 bits não 480,

E uma sugestão, por que na parte que fala sobre as vantagens do L2 compartilhado não falar tambem da coerência?

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Sempre gostei dos artigos do Gabriel, e já utilizei vários em minhas aulas de hardware! Mas bem que poderia disponibilizar esse e outros artigos em PDF, não é verdade! Dá muito trabalho ter que montá-los!!! (folgado....!)

Qualidade indiscutível e linguagem simples, muito bom o artigo, serviu para tirar minhas dúvidas entre as duas arquiteturas....!

Pense na minha sugestão!

Abraços...!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar agora