Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Por Dentro da Microarquitetura Intel Core

       
 289.859 Visualizações    Tutoriais  
 2 comentários

Conheça o funcionamento da nova microarquitetura que será usada pelos novos processadores da Intel que serão lançados este ano, como o Merom, o Conroe e o Woodcrest.

Por Dentro da Microarquitetura Intel Core
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Introdução

A nova microarquitetura Intel Core, que foi divulgada durante o IDF Spring 2006, será usada em todos os novos processadores da Intel, como o Merom, o Conroe e o Woodcrest. Esta nova arquitetura é baseada na arquitetura do Pentium M, trazendo algumas novas características. Neste tutorial mostraremos a fundo como funciona esta nova arquitetura da Intel funciona.

A primeira coisa que se deve ter em mente é que, apesar do nome, a arquitetura Core não tem nada a ver com os processadores Core Solo e Core Duo da Intel. O Core Solo nada mais é do que um Pentium M com tecnologia de 65 nm, enquanto que o Core Duo – também conhecido pelo seu nome-código Yonah – é uma versão de dois núcleos do processador Pentium M com tecnologia de 65 nm.

O Pentium M é um processador voltado para o mercado de notebooks e é baseado na arquitetura Intel de 6ª geração, também conhecida como P6, que é a mesma arquitetura usada pelos processadores Pentium Pro, Pentium II, Pentium III e os primeiros modelos de Celeron. Você pode pensar no Pentium M como uma versão aprimorada do Pentium III. Portanto, você pode pensar na arquitetura Core como um Pentium M melhorado.

Para uma maior compreensão deste tutorial sugerimos que você leia antes os tutorias Como os Processadores Funcionam e Por Dentro da Arquitetura do Pentium M. O primeiro explica como um processador funciona, e o segundo explica como o Pentium M trabalha internamente. Na verdade, podemos considerar o presente tutorial como sequência desses tutoriais. Sugerimos também que você leia nosso tutorial Por Dentro da Arquitetura do Pentium 4 para poder comparar as diferenças entre a arquitetura do Pentium 4 e a arquitetura Core.

A arquitetura Core tem um pipeline de 14 estágios. Pipeline é uma lista de todos os estágios que uma dada instrução precisa percorrer para ser executada. A Intel não divulgou o pipeline do Pentium M e até agora eles não publicaram nada a respeito da descrição de cada estágio do pipeline da arquitetura Core, o que nos impossibilita de fornecer informações mais detalhas sobre o assunto. O pipeline do Pentium III tinha 11 estágios, o Pentium 4 original tinha um pipeline de 20 estágios e os novos modelos de Pentium 4 baseados no núcleo Prescott tem um pipeline de 31 estágios!

Claro que se a Intel publicar mais detalhes a respeito da arquitetura Core atualizaremos este tutorial.

Falaremos agora sobre as diferenças entre a arquitetura Core e a arquitetura do Pentium M.

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários


Ótimo artigo, no trecho:

Uma outra capacidade de economizar energia da arquitetura Core é ligar apenas os bits necessários nos barramentos internos do processador. Muitos dos barramentos internos do processador são dimensionados para o pior caso – ou seja, a maior instrução x86 que existe, que é de 15 bytes (480 bits)*. Em vez de ligar todas as linhas de dados de 480 bits deste barramento em particular, o processador pode ligar apenas 32 linhas, somente o que é necessário para transmitir uma instrução de 32 bits, por exemplo.

15 bytes é 120 bits não 480,

E uma sugestão, por que na parte que fala sobre as vantagens do L2 compartilhado não falar tambem da coerência?

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Sempre gostei dos artigos do Gabriel, e já utilizei vários em minhas aulas de hardware! Mas bem que poderia disponibilizar esse e outros artigos em PDF, não é verdade! Dá muito trabalho ter que montá-los!!! (folgado....!)

Qualidade indiscutível e linguagem simples, muito bom o artigo, serviu para tirar minhas dúvidas entre as duas arquiteturas....!

Pense na minha sugestão!

Abraços...!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×