Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Teste do Processador Core 2 Duo E6750

       
 177.282 Visualizações    Testes  
 43 comentários

Nosso teste do Core 2 Duo E6750, um dos primeiros processadores da Intel com barramento de 1.333 MHz, que chegará ao mercado no final de julho. Será que o novo barramento externo de 1.333 MHz aumenta o desempenho do micro? Confira.

Teste do Processador Core 2 Duo E6750
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Introdução

Nós tivemos acesso a uma amostra de engenharia do Core 2 Duo E6750, que é basicamente um Core 2 Duo E6700 com um barramento externo (FSB) de 1.333 MHz em vez de 1.066 MHz. Este processador será lançado no final de julho junto com vários outros modelos do Core 2 Duo com o novo barramento externo de 1.333 MHz, e pelo nome usado no E6750 nós podemos assumir que a Intel usará o número “50” em seus números de modelo para indicar o novo clock externo. Como também tínhamos disponível um processador Core 2 Duo E6700 e um Core 2 Extreme QX6700 em nosso laboratório, nós podemos fazer uma excelente comparação entre esses três processadores – já que todos eles trabalham internamente a 2,66 GHz – para responder duas perguntas que não querem calar: o novo barramento externo de 1.333 MHz realmente aumenta o desempenho do micro? O que é melhor, um processador de quatro núcleos com um barramento externo de 1.066 MHz ou um processador de dois núcleos com um barramento externo de 1.333 MHz? Confira.


Figura 1: Amostra de engenharia do Core 2 Duo E6750.

A única diferença entre o Core 2 Duo E6750 e o Core 2 Duo 6700 é realmente o clock externo: 1.333 MHz vs. 1.066 MHz. Todas as outras especificações são as mesmas, como o cache de memória L2 de 4 MB.

Este novo barramento externo trabalha na verdade a 333 MHz transferindo quatro dados por pulso de clock, o que resulta em um clock de 1.333 MHz (333 MHz x 4).


Figura 2: Especificações do Core 2 Duo E6750.

Por se tratar de um processador com o novo barramento externo de 1.333 MHz, ele necessita de uma placa-mãe que suporte este novo barramento. Dessa forma, você não poderá instalar este ou qualquer outro processador com barramento externo de 1.333 MHz em uma placa-mãe soquete LGA775 antiga. Isto significa que você provavelmente não conseguirá trocar seu processador por um novo sem trocar também a placa-mãe.

Os chipsets Intel P35 e nForce 680i e 650i são alguns dos chipsets que suportam o novo barramento de 1.333 MHz. Em nossos testes usamos uma placa-mãe MSI P35 Platinum, que usa o novo chipset Intel P35, mas durante os nossos testes nós encontramos um problema com esta placa-mãe que precisamos explicar.

Nós estávamos usando memórias DDR2-1066/PC2-8500 e tentamos mantê-las sempre trabalhando a 1.066 MHz, porém isto só foi possível quanto o clock externo do processador estava configurado a 1.066 MHz. Com outros clocks a placa-mãe não ofereceu um multiplicador de clock da memória que resultasse em 1.066 MHz. Com o barramento externo configurado a 800 MHz – que foi necessário para nosso Pentium 4 de 3,4 GHz – o clock máximo que poderíamos usar para nossas memórias foi 800 MHz. Para o Core 2 Duo E6750 tínhamos a opção de configurar nossas memórias a 800 MHz, 1.000 MHz, 1.110 MHz ou 1.333 MHz. Nós tentamos mantê-las em 1.110 MHz, mas o micro ficou instável, e por isso configuramos as memórias a 1.000 MHz, 66 MHz abaixo do clock que elas deveriam rodar. Esta pequena diferença não deve influenciar no resultado final.

Na tabela abaixo listamos todos os processadores (e suas respectivas especificações técnicas) incluídos em nosso teste. Nós adicionamos também uma coluna chamada “clock da memória” para você saber o clock em que as memórias estavam trabalhando quando nós coletamos dados para cada processador – o clock abaixo de 1.066 MHz foi uma limitação da placa-mãe que usamos.

Processador

Núcleos

Clock Interno

Clock Externo

Cache de Memória L2

Plataforma

Consumo

Clock da Memória

Core 2 Extreme QX6700

4

2,66 GHz

1.066 MHz (266 MHz x 4)

4 MB x 2

Soquete LGA775

130 W

1.066 MHz

Core 2 Extreme X6800

2

2,93 GHz

1.066 MHz (266 MHz x 4)

4 MB

Soquete LGA775

75 W

1.066 MHz

Core 2 Duo E6750

2

2,66 GHz

1.333 MHz (333 MHz x 4)

4 MB

Soquete LGA775

65 W *

1.000 MHz

Core 2 Duo E6700

2

2,66 GHz

1.066 MHz (266 MHz x 4)

4 MB

Soquete LGA775

65 W

1.066 MHz

Pentium 4 550

1

3,4 GHz

800 MHz (200 MHz x 4)

1 MB

Soquete 775

115 W

800 MHz

* A ser confirmado.

Infelizmente a Intel não nos enviou amostras dos processadores Pentium D e Pentium Extreme Edition para teste, e parece que a AMD está sem amostras de processadores topo de linha, já que faz um tempão que não recebemos processadores deles para teste. Uma pena. Se você quiser ver uma comparação entre os processadores testados e o Athlon 64 X2 5000+, leia nosso teste do Core 2 Extreme QX6700.

Editado por

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários




Será que essa pequena diferença não fará falta mesmo??? Afinal, quando fizeram o teste do Athlon 64 FX-62, criticaram o processador justamente por não rodar a memória ram em sua configuração exata...

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Realmente, um FSB de 1066 ja é suficiente para um Dual core, e 1333 só fará diferença com os Quad, mas com isso muitas placas mães não serão cortadas da lista dos Core 2 Duo, por não suportarem FSB 1333?

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Nem sequer acha as memo de 800 imagina 1066 ou 1333 a Intel sempre se gabou que esta 1 ano na frente da AMD. Mas o que o tempo mostra contradiz com os demais fabricantes de hardware...

No meu ver a AMD tem acompanhado melhor essa evolução com os K8. Ja com o barcelona que é um quad core nativo e o HT 3.0 passa a ser um avanço melhor ao invés dessa gambiarra da Intel. Acho que a AMD esta apostando alto pois acabaram até com os PR pra bater de frente com a Intel. E isso pra nos consumidores é essencial pois gera melhores preços.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Olá,

gostaria que alguém me esclarecesse uma dúvida.

no seguinte trecho do artigo:

"A segunda razão que nós podemos ver diz respeito às memórias DDR3-1333, que serão suportadas pelo chipset Intel X38 a ser lançado em julho. Usando memórias DDR3-1333 com um Core 2 trabalhando externamente a 1.333 MHz você poderá “casar” o clock do barramento externo com o da memória, permitindo que você obtenha o máximo desempenho possível com a tecnologia atual."

sempre pensei que o fsb real do processador era clock externo/4 e o da memória clock/2... mas esse trecho afirma outra coisa... poderiam me explicar o motivo?

Obrigado.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Fiquei com uma dúvida ao ver esse artigo.

Será que com o aumento do FSB a capacidade de overclock dos Core2Duo (que era bem grande) não cairá drasticamente?

Não dou um grande conhecedor em matéria de overclock, mas imagino que para overclockar o CPU, aumenta-se a frequência do processador, logo, o FSB; estando com um FSB mais alto será mais difícil aumentá-lo para fazer overclock.

Corrijam-me se eu esdtiver errado.

Abraço.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Usando memórias DDR3-1333 com um Core 2 trabalhando externamente a 1.333 MHz você poderá “casar” o clock do barramento externo com o da memória, permitindo que você obtenha o máximo desempenho possível com a tecnologia atual.

Também não entendi.

Clock real do FSB do Core 2 Duo E6750 é 333 MHz.

Clock real da DDR3-1333 é 667 Mhz.

Só aí já vimos que não é síncrono.

OK, em clock efetivo, o resultado pode ser síncrono. Ou seja, FSB1333 contra DDR3-1333. Mas qual a vantagem?

Pergunto isso porque, em termos de BANDA, o FSB1333 tem clock real 333 MHz, clock efetivo 1333 MHz (QDR) e banda 10666 MB/s (64-bit). A DDR3 tem clock real de 667 MHz, clock efetivo de 1333 MHz (DDR) e banda de 10666 MB/s (64-bit). Sim, é o mesmo clock efetivo do FSB. Mas em dual channel, a banda da SDRAM passa a ser 21333 MB/s.

Cnclusão, a suposição do redator só faz sentido se usar apenas um módulo DDR3-1333 em single channel.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Só uma perguntinha, fugindo to escopo da discução de vocês mas, porquê diabos incluíram um Pentium 4 no teste?! Não faz o menor sentido, achei isso totalmente descabido. Primeiro, que o Pentium 4 usa arquitetura NetBurst, enquanto todos os outros usam a arquitetura Core. Segundo, é q o modelo usado usava o processo de fabricação de 90nm, enquanto todos os outros usavam o de 65nm. Outro detalhe é o FSB de 800Mhz, enquanto todos os outros, com exceção do E6750, eram de 1066Mhz. E o último ponto é o tamanho da Cache L2. O Pentium 4 550 tem fixo 1Mb, enquanto todos os outros tem na média, 2Mb de Cache L2, já que o tamanho não é fixo, visto que eles usam um processo de alocação dinâmica para dimencionar o tamanho de Cache necessário para cada processador. Resumindo, é uma incógnita, pelo menos pra mim, a inclusão desse Pentium 4.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Também não entendi.

Clock real do FSB do Core 2 Duo E6750 é 333 MHz.

Clock real da DDR3-1333 é 667 Mhz.

Só aí já vimos que não é síncrono.

OK, em clock efetivo, o resultado pode ser síncrono. Ou seja, FSB1333 contra DDR3-1333. Mas qual a vantagem?

Pergunto isso porque, em termos de BANDA, o FSB1333 tem clock real 333 MHz, clock efetivo 1333 MHz (QDR) e banda 10666 MB/s (64-bit). A DDR3 tem clock real de 667 MHz, clock efetivo de 1333 MHz (DDR) e banda de 10666 MB/s (64-bit). Sim, é o mesmo clock efetivo do FSB. Mas em dual channel, a banda da SDRAM passa a ser 21333 MB/s.

Cnclusão, a suposição do redator só faz sentido se usar apenas um módulo DDR3-1333 em single channel.

Na verdade, as memórias rotuladas em 667 são 333 reais, ou seja, memórias 1333 são realmente 667, o que faz que duas memos 1333(667) em dual chanel trabalhem casadas com um processador de barramento externo 1333.

Ficando 2 memos 1333 (667 reais) em dual channel = processador 1333 (E6750)

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Galera, alguem poderia me explicar melhor o lance das memórias? Não entendi direito. :huh:

Por exemplo, estou montando uma máquina com a seguinte conf:

-Proc. Intel C2D E6750

- Mem. DDR2 Corsair DDR2 1066MHz PC8500 2 x 1GB (TWIN2X1024-8500)

- Placa-mãe Gigabyte GA-P35C-DS3R (chipset Intel P35)

O que aconteceria neste caso? AS memórias não trabalhariam em seu clock nativo? :unsure:

Valeu

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

a unica vantagem ao q me parece desse 6750 é q ele veio com preço menor q os 6600 tavam , por exemplo eu vou comprar ele essa semana agora pra minha maquina nova por R$ 600 , enquanto o 6600 tava R$ 640 , e ele é 2.66 ne

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Boa terde pessoal, uma duvida.

Eu poderia colocar esse e6750 numa p5w dh deluxe.

Estou pensando em trocar meu p4 550 3,4 por um core ou quad, qual seria o melhor processador para minha config.

grato

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Boa terde pessoal, uma duvida.

Eu poderia colocar esse e6750 numa p5w dh deluxe.

Estou pensando em trocar meu p4 550 3,4 por um core ou quad, qual seria o melhor processador para minha config.

grato

Pode sim.... mas terá q atualizar a bios para a versão 2205beta ou mais nova, pois o processador e6750 a fsb é 1333mhz...

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Pessoal, eu comprei um E6750... porém o clock dele fica variando toda hora... eu olho no everest, cpu z, o clock dele em idle fica 2000 (333 x 6) dai quando eu entro em algum jogo, ou aplicação mais pesada, o processador automático aumenta o multiplicador e vai pra 8 x 333 = 2.66....

Isso é normal? ou é o processador que ta com defeito?

Como eu faço overclock? nao consegui pelo programinha da Asus que veio junto da MB. (Minha MB é a P5k se)

Gostaria de saber também todas aquelas tecnologias que a placa da suporte já estão ativas... por exemplo o aproveitamento maior das memorias (Asus Super Memspeed), Precision Tweaker = o que ser isso? X.x'' dentre outras tecnologias que a placa da suporte. (sei que o topico é de CPU, mas aproveitei a carona e postei aqui também a duvida sobre a MB XD)

abraços

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Pessoal, eu comprei um E6750... porém o clock dele fica variando toda hora... eu olho no everest, cpu z, o clock dele em idle fica 2000 (333 x 6) dai quando eu entro em algum jogo, ou aplicação mais pesada, o processador automático aumenta o multiplicador e vai pra 8 x 333 = 2.66....

Isso é normal? ou é o processador que ta com defeito?

Como eu faço overclock? nao consegui pelo programinha da Asus que veio junto da MB. (Minha MB é a P5k se)

Gostaria de saber também todas aquelas tecnologias que a placa da suporte já estão ativas... por exemplo o aproveitamento maior das memorias (Asus Super Memspeed), Precision Tweaker = o que ser isso? X.x'' dentre outras tecnologias que a placa da suporte. (sei que o topico é de CPU, mas aproveitei a carona e postei aqui também a duvida sobre a MB XD)

abraços

Isso é perfeitamente normal ... o processador quando está "sem atividade" reduz o clock para economizar energia ...

Overclock você tem que fucar na Bios do pc , mas aconselho você ler e se informar melhor sobre o assunto...

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Qual seria a vantagem de usar 2 pentes de memoria 1333 mhz em dual channel ?? O que aconteceria com a banda que "sobrou" ?

Daniel, não vou entrar em detalher como o dual channel funciona....

FAzendo o dual channel ele acessa as duas memórias ao mesmo tempo.

Um exemplo banal, digamos que você tem um arquivo de 5MB e ele se encontra na memória,

Digamos que o processador consiga pegar 512bytes por vez desse arquivo com o dual channel ele ira conseguir pegar 1mb.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Eu não entendi direito, eu estou pensado em pegar um e6750 e memorias ddr2 800mhz, eu vou ter q abaixar o clock do processador para o sistema funcionar direito?

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

eu estou pensano a mesmo coisa q o Rafoel, eu vou ter q abaixa o Clock de Memoria pra funciona?...

e tbem, o processador E6750 ta no max 50 reais de diferença do E6700 (pra menos ou+ no ML) ,dai o que se vai gastar , é uns 100 real a mais , pela diferença dos FSB....mas você vai ter 1 placa-mãe q vai poder ser pouco mais aproveitada quando trocar de processador.....

tem q levar isto em conta..

senao eu compro 1 de 1066mhz, e dake 1 ano, quero mexer no processador, e compra 1 novo, vou ter q troka a placa

acho q o E6750 + placa-mãe, vai gerar 1 melhor valor de Comprar/Vender/ e depois Compra ...

isto pra aqueles q vão compra o PC agora...

esta é minha opiniao

mesmo q a "potencia" deles sejam Elas por Elas..

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Não vai precisar baixar o clock do processador....

Ele não vai conseguir trabalhar em 1333 prq as memorias trabalham em 800

isso será só o envio das informações doprocessador para as memorias e vice versa.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Eu fiquei na dúvida em relação a uma coisa. Citando

"Desta forma nós não tivemos outra opção a não ser aumentarmos o clock externo do processador. Durante os nossos teste de overclock conseguimos colocar nosso Core 2 Duo E6750 rodando externamente a até 379 MHz, o que o fez trabalhar internamente a 3,03 GHz, um aumento de 14% o clock interno do processador."

"Nós não brincamos com nenhuma configuração mais sofisticada, como aumentar a tensão de alimentação do processador. Desta forma com mais tempo e paciência você provavelmente obterá um melhor overclock com o Core 2 Duo E6750 do que nós."

Isso quer dizer, teoricamente, que seria possivel colocar o E6750 a trabalhar a 3ghz sem mexer na tensão de alimentação? Nem nada demais. Apenas aumentando o clock externo. Sendo que é possivel fazer isso deixando as memos quetas.

Sem acresimo de tensão para o northbridge para suportar esse maior FSB. Nem no v-core. Somente aumentando o FSB para 375???

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Exato, Deultra.

Foi feito um overclock através do aumento do FSB para 379MHz (QDR 1516MHz), mantendo o multiplicador no valor padrão (8X) e gerando um clock final de pouco mais de 3GHz.

De acordo com o descrito, não ouve qualquer alteração no valor da tensão no núcleo do CPU, porém não sei se foi mencionado algum possível incremento de tensão no northbridge.

A questão geral de ajustes de tensão é bem particular, mesmo para duas pessoas com a mesma configuração de equipamento pode haver diferenças de resultados.

Quanto a deixar as memórias "quietas", isso é possível para inúmeros valores que se gera de clock final. O que deve ser feito é procurar uma relação FSB:Memórias que mantenha o clock das memórias num determinado valor ou num valor o mais próximo possível dele para o valor do FSB que se pretende. É exatamente isso que a famosa opção de overclock "unlinked" faz.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Exato, Deultra.

Foi feito um overclock através do aumento do FSB para 379MHz (QDR 1516MHz), mantendo o multiplicador no valor padrão (8X) e gerando um clock final de pouco mais de 3GHz.

De acordo com o descrito, não ouve qualquer alteração no valor da tensão no núcleo do CPU, porém não sei se foi mencionado algum possível incremento de tensão no northbridge.

A questão geral de ajustes de tensão é bem particular, mesmo para duas pessoas com a mesma configuração de equipamento pode haver diferenças de resultados.

Quanto a deixar as memórias "quietas", isso é possível para inúmeros valores que se gera de clock final. O que deve ser feito é procurar uma relação FSB:Memórias que mantenha o clock das memórias num determinado valor ou num valor o mais próximo possível dele para o valor do FSB que se pretende. É exatamente isso que a famosa opção de overclock "unlinked" faz.

Valeu. Interressante. Futuramente se eu quiser fazer um over para testar, posso tentar apenas aumentar o clock externo até 375. Pois para mim 3ghz já seria o suficiente. Se precisar uma pequena mudança de tensão no Northbride ou da CPU isso é tranquilo? Ou é arriscado e pode diminuir a vida útil?

Penso que não mudar isso seria melhor.

O que quis dizer com relação FSBx memorias o mais próximo para o valor do FSB? Seria melhor aumentar a velocidade das memorias? porque eu prefiria deixar elas em 800 e com baixas latencias. Mesmo quando se um dia eu for fazer over. O que dependendo dos testes em Stock talvez se prove desnecessario.

Se eu sentir que a performance da PV está abaixo do esperado por causa do processador, essa seria uma razão para um pequeno over e testes.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites



Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×