Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Todos os Modelos do Processador AMD FX

       
 282.973 Visualizações    Tutoriais  
 15 comentários

Tabela de referência rápida contendo as principais especificações técnicas de todos os modelos do processador AMD FX lançados até hoje. Atualizado.

Todos os Modelos do Processador AMD FX
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Introdução

AMD FX é a família de processadores intermediários e topo de linha da AMD, baseada nas microarquiteturas “Bulldozer” ou “Piledriver”. Vamos dar uma olhada nas principais especificações técnicas de todos os modelos lançados até hoje.

Para mais informações sobre a microarquitetura “Bulldozer”, leia o nosso tutorial “Por Dentro da Arquitetura AMD Bulldozer”. A microarquitetura “Piledriver” consiste em “ajustes finos” feitos na microarquitetura “Bulldozer”.

Nessas microarquiteturas, o processador é constituído de “módulos”, cada módulo tendo o equivalente a dois “núcleos” de processamento. No entanto, esses “núcleos” só processam instruções “normais” (“de inteiros”) e há apenas um núcleo para o processamento de instruções matemáticas (“de ponto flutuante”). Ainda, esses “núcleos” compartilham a mesma unidade de entrada (cache L1 de instruções, unidade de busca e decodificador de instruções). O sistema operacional reconhece cada módulo como sendo dois processadores, embora esses processadores não sejam processadores completos como seriam em um processador realmente de dois núcleos, onde cada núcleo tem unidades de entrada e de ponto flutuante individuais. Desta forma, em um processador FX “de quatro núcleos”, o processador tem na realidade dois módulos.

Todos os modelos do processador AMD FX têm uma tecnologia de overclock automático chamada “Turbo CORE”. Essa tecnologia foi introduzida com os processadores Phenom II X6, mas os processadores AMD FX têm dois clocks “Turbo”. O primeiro, chamado “Turbo Core”, é usado quando o processador “sente” que programas necessitam de mais poder de processamento e ainda há margem suficiente em sua dissipação térmica para aumentar o seu clock. Por exemplo, se o TDP do processador é de 125 W e ele está atualmente dissipando 95 W, o processador “sabe” que ainda há 30 W para “gastar” e, portanto, pode aumentar o seu clock. Nesse modo, todos os núcleos do processador podem estar ativos.

O segundo clock “Turbo” é chamado “Max Turbo” e entra em ação quando há núcleos de processamento ociosos. Neste caso, o processador coloca os núcleos ociosos para “dormir”, permitindo que ele aumente o seu clock e a dissipação térmica ainda mais.

As principais especificações do processador AMD FX incluem:

  • Soquete AM3+
  • Microarquiteturas Bulldozer (modelos onde o segundo dígito é “1”) ou Piledriver (modelos onde o segundo dígito é “3”)
  • Quatro (modelos começando com “4”), seis (modelos começando com “6”) ou oito (modelos começando com “8”) “núcleos” de processamento
  • Cache L1 de instruções de 64 kiB por módulo (isto é, compartilhado por cada par de “núcleos”)
  • Cache L1 de dados de 16 kiB por núcleo
  • Cache de memória L2 de 2 MiB por módulo (por exemplo, um processador de oito núcleos tem quatro caches de memória L2 de 2 MiB)
  • Cache L3 de 4 MiB ou 8 MiB compartilhado por todos os núcleos
  • Controlador de memória rodando a 2 GHz ou 2,2 GHz, dependendo do modelo
  • Suporte para memórias DDR3 até 1.866 MHz na configuração de dois canais
  • Barramento HyperTransport 3.0 suportando as velocidades de 2.400 MHz (9,6 GB/s) e 2.600 MHz (10,4 GB/s), não disponíveis em processadores soquete AM3
  • Dois clocks “Turbo” na maioria dos modelos
  • Multiplicador de clock destravado, permitindo fazer overclock do processador aumentando este parâmetro
  • Suporte para instruções SSE4 e AVX, não disponíveis em outros processadores da AMD
  • Tecnologia de fabricação de 32 nm

Vamos ver agora quais modelos do processador AMD FX foram lançados até o momento.

Editado por

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários


Por exemplo, se o TDP do processador é de 125 W e ele está atualmente dissipando 95 W, o processador “sabe” que ainda há 20 W para “gastar” e, portanto, pode aumentar o seu clock. Neste modo, todos os núcleos do processador podem estar ativos.

Aqui não seriam 30 W?

PS. Já foi corrigido no original.

Editado por EribertoTorres

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Pelo comparativo realmente vale a pena o 8120, já que é desbloqueado, basta um pequeno over para acompanhar o 8150, e sinceramente, não creio que o 8150 seja tão melhor de overclock que o irmão menor.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

tenho em minhas anotações que a AMD lançou os modelos FX-6350 e FX-4350 os quais não constam na tabela dos Piledriver. Não tenho certeza se realmente foram lançados, mas se foram está aí a sugestão para atualizar a tabela.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
tenho em minhas anotações que a AMD lançou os modelos FX-6350 e FX-4350 os quais não constam na tabela dos Piledriver. Não tenho certeza se realmente foram lançados, mas se foram está aí a sugestão para atualizar a tabela.

Foram sim, pelo menos o FX-6350, o user Dalai_Brahma possui um se não estou enganado.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Pessoal,

Atualizado hoje para incluir os modelos FX-9590, FX-9370, FX-6350 e FX-4350.

Obrigado e agradeço pela paciência.

Abraços,

Gabriel Torres

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Fico olhando essa tabela e pensando:

Será que já não passou da hora da AMD mudar sua arquitetura ao invés de somente subir, subir e subir seus clocks?

Olhas esses TDP's, já estão na casa dos 220w! meu pai do céu rsrs

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Fico olhando essa tabela e pensando:

Será que já não passou da hora da AMD mudar sua arquitetura ao invés de somente subir, subir e subir seus clocks?

Olhas esses TDP's, já estão na casa dos 220w! meu pai do céu rsrs

 

Faz uns aninhos que passou, a questão é ela conseguir.

 

Esse ano eles devem mudar o processo de fabricação, o que já é um começo, se não atrasar.

Mas não vai resolver a diferença que eles  tem pra Intel. :/

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

GT, posso estar enganado mas, nas páginas 2 e 3, onde diz: "Todos os modelos suportam as maiores velocidades do barramento HyperTransport 3.0, que são de 2.400 MHz (9,6 GHz) e 2.600 MHz (10,4 GB/s)", não seriam 9,6 GB/s ao invés de 9,6 GHz?

 

Outro detalhe que percebi, na primeira página, acho que você quis se referir a "núcleo" ao invés de "número", não?

 

Muito obrigado por usar seu tempo para atualizar essas tabelas. Estão ótimas!

 

Abraço.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@edurc obrigado pela mensagem! Acabei de corrigir os erros. Estavam aí há anos e ninguém percebeu hehehe. Caso encontre erros de grafia como esses, peço que me avise dessa forma, no tópico de comentários, que eu vejo e corrijo o mais rápido possível. Obrigado.

 

Em tempo: mais tabelas como essa vêm por aí, aguarde!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×