Ir ao conteúdo

Teste da placa de vídeo GeForce GTX 1080

       
 26.237 Visualizações    Testes  
 25 comentários

Nós testamos a placa de vídeo GeForce GTX 1080, um dos modelos mais topo de linha da nova série da NVIDIA. Confira!

Teste da placa de vídeo GeForce GTX 1080
Rafael Coelho Editor-chefe do Clube do Hardware

Desempenho em jogos - parte 2

Hitman

É um jogo estilo ação/aventura furtiva, lançado em março de 2016, e que utiliza uma versão do motor Glacier 2, compatível com DirectX 12. Para medir o desempenho usando este jogo, nós rodamos o teste de desempenho do jogo, medindo o número de quadros por segundo usando o FRAPS. Nós rodamos o jogo com DirectX 12 habilitado, com a qualidade de imagem configurada como “alto” e SMAA ligado.

Os resultados abaixo estão expressos em quadros por segundo.

gtx1080-g12.gif

No Hitman, em Full HD, a GeForce GTX 1080 FE foi 70% mais rápida do que a GeForce GTX 1060 FE e 63% mais rápida do que a PCYES HammerX Radeon R9 390.

gtx1080-g13.gif

Já na resolução 4K, a GeForce GTX 1080 FE foi 80% mais rápida do que a GeForce GTX 1060 FE e 69% mais rápida do que a PCYES HammerX Radeon R9 390.

Mad Max

O Mad Max é um jogo de ação em mundo aberto lançado em setembro de 2015, utilizando o motor Avalanche. Para medir o desempenho utilizando este jogo, nós rodamos a introdução do mesmo, medindo o número de quadros por segundo usando o FRAPS três vezes na sequência. Nós rodamos o jogo com a qualidade gráfica em “muito alta”.

Os resultados abaixo estão em quadros por segundo e são uma média artimética dos três resultados coletados.

gtx1080-g14.gif

No Mad Max, em Full HD, a GeForce GTX 1080 FE foi 74% mais rápida do que a GeForce GTX 1060 FE e 89% mais rápida do que a PCYES HammerX Radeon R9 390.

gtx1080-g15.gif

Já na resolução 4K, a GeForce GTX 1080 FE foi 78% mais rápida do que a GeForce GTX 1060 FE e 83% mais rápida do que a PCYES HammerX Radeon R9 390.

Rise of the Tomb Raider

O Rise of the Tomb Raider é um jogo de aventura e ação lançado em janeiro de 2016, baseado no motor Foundation. Para medir o desempenho utilizando este jogo, nós rodamos o teste de desempenho embutido no mesmo, com DirectX 12 habilitado, com  qualidade gráfica “alta”.

Os resultados abaixo estão em quadros por segundo.

gtx1080-g16.gif

No Rise of the Tomb Raider, em Full HD, a GeForce GTX 1080 FE foi 68% mais rápida do que a GeForce GTX 1060 FE e 88% mais rápida do que a PCYES HammerX Radeon R9 390.

gtx1080-g17.gif

Já na resolução 4K, a GeForce GTX 1080 FE foi 72% mais rápida do que a GeForce GTX 1060 FE e 77% mais rápida do que a PCYES HammerX Radeon R9 390.

The Witcher 3: Wild Hunt

O The Witcher 3: Wild Hunt é um RPG em mundo aberto, lançado em maio de 2015 e baseado no motor REDengine 3. Para medir o desempenho usando este jogo, nós ficamos andando pelo primeiro cenário do jogo, medindo três vezes o número de quadros por segundo usando o FRAPS. Nós rodamos o jogo com a qualidade de imagem configurada em “ultra”.

Os resultados abaixo estão expressos em quadros por segundo e são a média aritmética dos três resultados coletados.

gtx1080-g18.gif

Neste jogo, em Full HD, a GeForce GTX 1080 FE foi 79% mais rápida do que a GeForce GTX 1060 FE e 116% mais rápida do que a PCYES HammerX Radeon R9 390.

gtx1080-g19.gif

Já na resolução 4K, a GeForce GTX 1080 FE foi 70% mais rápida do que a GeForce GTX 1060 FE e 77% mais rápida do que a PCYES HammerX Radeon R9 390.

Compartilhar

  • Curtir 1


  Denunciar Artigo

Comentários de usuários


@Rafael Coelho excelente o teste, parabéns rafael.

O único ponto negativo PARA MIM

É que foram testadas as Founders editions, eu acho elas lindas más eu acho horrível a temperatura que elas trabalham que ficam em 80-90°C más parabéns :)

 

Editado por Gabriel POTUS

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
14 horas atrás, Gabriel POTUS disse:

@Rafael Coelho excelente o teste, parabéns rafael.

O único ponto negativo PARA MIM

É que foram testadas as Founders editions, eu acho elas lindas mád eu acho horrível a temperatura que elas trabalham que ficam em 80-90°C más parabéns :)

 

 

Penso a mesma coisa, esse negócio em termos de refrigeração não deve ser muito bom, mas em termos de estética, até que não é ruim...

 

Se bem que em outros tempos tínhamos umas placas da ATI com uns desenhos bem estilosos... Como por exemplo:

 

cdh_his_r800gt_01.jpg

 

 

card_big.jpg

 

Sapphire_Radeon_HD_4850_1GB_01.jpg

 

Em tempo: seria interessante se pudessem publicar os dados sobre performance térmica das GPUs, e o ruído das ventoinhas, de uma forma similar aos testes de coolers para CPUs...

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@Internet caramba que fod.. Essa primeira VGA, qual é esta?

E o que eu levo mais em consideração(eu digo EU) É TEMPERATURA pois não acho legal ter uma placa trabalhando à 90°C embora seja normal como as R9 290x que ficava à 94-95°C

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@Gabriel POTUS Também penso assim, a temperatura é o primeiro ponto, não vejo o porque das placa chegarem a temperatura de 90º e o cooler a 30%, minha finada HD5750 (durou 5 anos) e a temperatura dela em jogo chegava no máximo a 65º

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@Gabriel Torres eu pesquisei sobre elas e sao lindad

Penas que não temos mais placas com esse tipo de design

@FFmarini eu penso o mesmo pois alem de trabalhar muito quente ela pode muito bem joar um "ar" quente no pc fazendo com que esquente outros componentes e você não tiver um gabinete com boa refrigeração

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

A HD 6970 da HIS com esse IceQ, mesmo quando testada no Fumark era difícil passar dos 70ºC

 

E sobre a GTX1080 quem imaginaria uma placa top de linha possuir TDP de apenas 180w ....

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Em ‎02‎/‎01‎/‎2017 às 08:37, Gabriel POTUS disse:

@Rafael Coelho excelente o teste, parabéns rafael.

O único ponto negativo PARA MIM

É que foram testadas as Founders editions, eu acho elas lindas mád eu acho horrível a temperatura que elas trabalham que ficam em 80-90°C más parabéns :)

 

Sem falar que esse tipo de fan da founders edition faz um barulho danado

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
13 horas atrás, Cícero Rodrigues disse:

Sem falar que esse tipo de fan da founders edition faz um barulho danado

No caso dessa GTX 1080, ela trabalhou silenciosa o tempo todo.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@Cícero Rodrigues nesse aspecto eu nem ligo pois eu uso um Headset e deixo volumes bem altos kkk dai isso nem me incomodo

Eu se usasse uma FE eu deixaria o fãn entre 80-100% toda hora para deixar a gpu maia fria

adicionado 0 minutos depois

@Rafael Coelho nesse caso você que ela trabalhou bem "quieta" foi com fans em automatico?

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Impressão minha ou o espelho desta placa está apresentando sinais de oxidação (figura 2)?

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
6 horas atrás, Excelsior disse:

Impressão minha ou o espelho desta placa está apresentando sinais de oxidação (figura 2)?

São apenas marcas de digitais.

 

adicionado 2 minutos depois
7 horas atrás, Flávio Santana Lima disse:

@Rafael Coelho as análises do Clube do Hardware são feitas em bancadas abertas ou em um gabinete fechado?

Boa pergunta, realmente tínhamos esquecido de incluir o modelo do gabinete na página 5. Utilizamos o Core P3 da Thermaltake, que na verdade é como se fosse uma bancada aberta.

adicionado 3 minutos depois
7 horas atrás, Gabriel POTUS disse:

@Rafael Coelho seria bacana se vocês em testes de GPU testarem suas temperaturas com a velocidade pdrão do cooler aumentando até seu limite para vermos em que temperatura ela chega

Sugestão anotada, obrigado!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@Rafael Coelho entendi, então minha sugestão seria um pouco incomoda. kk

A maior parte dos sites que fazem análises de VGAs, testam as mesmas e observam temperaturas em um gabinete como o citados por você, nesse caso as temperaturas seriam bem diferentes do consumidor final, por exemplo, o meu Aerocool 500 black, tem um fluxo de AR ruím, e o modo que minha Nitro+ "joga" o AR quente dentro do gabinete não ajuda, assim, em jogo as vezes chega a 80 graus com curva customizada no MSI, e na curva normal, chega a 85, porém, com a tampa aberta, fica em 70°, no máximo 75°.

 

Assim, deixando de lero lero, minha sugestão pode ser realizada de 2 formas:

1) realizar os testes usando um gabinete comum, o que não é prático, pois o uso dessa "bancada" é a praticidade da troca de peça.

2) fazer vários testes com diferentes VGAs dentro de um gabinete com fluxo de ar considerável, e na "bancada", e com esses dados, calcular as diferenças de temps e traçar uma curva para usar como base, de forma a em testes futuros, colocar usar a curva para estrapolar a temperatura e dar uma ideia de qual seria a temperatura em um gabinete fechado.

Editado por Flávio Santana Lima

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
37 minutos atrás, Flávio Santana Lima disse:

@Rafael Coelho entendi, então minha sugestão seria um pouco incomoda. kk

A maior parte dos sites que fazem análises de VGAs, testam as mesmas e observam temperaturas em um gabinete como o citados por você, nesse caso as temperaturas seriam bem diferentes do consumidor final, por exemplo, o meu Aerocool 500 black, tem um fluxo de AR ruím, e o modo que minha Nitro+ "joga" o AR quente dentro do gabinete não ajuda, assim, em jogo as vezes chega a 80 graus com curva customizada no MSI, e na curva normal, chega a 85, porém, com a tampa aberta, fica em 70°, no máximo 75°.

 

Assim, deixando de lero lero, minha sugestão pode ser realizada de 2 formas:

1) realizar os testes usando um gabinete comum, o que não é prático, pois o uso dessa "bancada" é a praticidade da troca de peça.

2) fazer vários testes com diferentes VGAs dentro de um gabinete com fluxo de ar considerável, e na "bancada", e com esses dados, calcular as diferenças de temps e traçar uma curva para usar como base, de forma a em testes futuros, colocar usar a curva para estrapolar a temperatura e dar uma ideia de qual seria a temperatura em um gabinete fechado.

É uma sugestão interessante, mas há algum tempo já notamos que tentar encontrar uma configuração "típica" é bem complicado, pois cada gabinete tem as suas características. Assim, testar no gabinete X daria um resultado, mas no Y, que tem uma refrigeração pior, seria outro resultado...

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@Gabriel Torres Se não me engano, as tecnologias da HIS é compartilhada com a PcYes(?), inclusive o sistema de resfriamento e o desenho da placa em si.

Nunca tive esse modelos "aliens e maneiros", a minha HD 5750 era padrão

3077_07.jpg

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

outro ponto que a NVIDIA podia ter feito na minha opinião seria ter colocado mais power phases, pois tem apenas 5 nesta ai sendo que ela é boa para Overclock(más o fan faz barulho com altas RPM)

já a que eu utilizo tem 12+2 Power Phases que permitem um OC mais suave na minha opinião

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Sr. Rafael

 

Sempre achei confuso essa nomenclatura adotada pela NVIDIA, muitas vezes referências menores indicam produtos mais novos ou mais completos, no caso em questão, fiz uma busca para saber preço, local de compra, etc, e digitando a referência dela retornou com algo bem diferente, como podemos identificar os produtos NVIDIA?

Clique nesse link onde usei o termo de busca GTX 1080 e veja que retornou com algo diferente mas com a mesma nomenclatura.

 

http://www.pichau.com.br/placa-de-video-evga-geforce-gtx-1080-8gb-gddr5x-256bit-08g-p4-6181-kr

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, misterjohn disse:

Sr. Rafael

 

Sempre achei confuso essa nomenclatura adotada pela NVIDIA, muitas vezes referências menores indicam produtos mais novos ou mais completos, no caso em questão, fiz uma busca para saber preço, local de compra, etc, e digitando a referência dela retornou com algo bem diferente, como podemos identificar os produtos NVIDIA?

Clique nesse link onde usei o termo de busca GTX 1080 e veja que retornou com algo diferente mas com a mesma nomenclatura.

 

http://www.pichau.com.br/placa-de-video-evga-geforce-gtx-1080-8gb-gddr5x-256bit-08g-p4-6181-kr

É a mesma placa de vídeo, apenas não é a versão "founders edition".

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×