Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

A latência da memória interfere no desempenho do vídeo integrado?


     42.653 visualizações    Memória    5 comentários
A latência da memória interfere no desempenho do vídeo integrado?

Como testamos

Durante nossas sessões de teste, nós usamos a configuração listada abaixo. Entre as sessões de teste, a única diferença foi a configuração de temporização da memória.

Configuração de hardware

  • Processador: A10-7870K
  • Placa-mãe: ASRock FM2A88X Extreme 6+
  • Memória: 16 GiB DDR3-2133 G.Skill Ripjaws Z, quatro módulos F3-17000CL9Q-16GBZH de 4 GiB configurados a 1600 MHz
  • Cooler do processador: cooler padrão da AMD
  • Unidade de boot: Kingston HyperX Savage 480 GB
  • Placa de vídeo: Radeon R7 integrada
  • Monitor de vídeo: Philips 236VL
  • Fonte de alimentação: Corsair CX500M

Configuração do sistema operacional

  • Windows 10 Home 64-bit
  • NTFS
  • Resoluçao de vídeo: 1920 x 1080

Versões dos drivers

  • Versão do drivers AMD utilizados: 15.12

Software utilizado

Margem de erro

Nós adotamos uma margem de erro de 3%. Assim, diferenças abaixo de 3% não são consideradas relevantes. Em outras palavras, produtos com diferença de desempenho abaixo de 3% são considerados tendo desempenhos equivalentes.

  • Obrigado 1

Comentários de usuários

Respostas recomendadas

Excelente artigo!

 

Isso me lembra da vez que perguntei sobre as latências das memórias e vídeo integrado e o resultado do artigo foi a mesma resposta que me deram.

 

Mas é uma pena que as latências não façam tanta diferença assim, se comparar é claro, pelo preço que as vezes aparecem por aí.

 

 

  • Curtir 2
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Perfeito! Ótimo artigo!

 

Venho aqui agradecer ao CdH por fazer esse teste que eu e outros membros do fórum havíamos pedido, caso houvesse disponibilidade.

 

Para vídeo integrado, nota-se uma importância maior na frequência dos módulos do que na latência dos mesmos. Saber disso é muito útil na hora de comprar.

  • Curtir 3
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membro VIP

Ótimo artigo.

Sem mencionar que memórias comuns DDR3 1333MHz sobem perfeitamente para 1600MHz sem aumento de vdimm. Quer dizer, a não ser que você tenha grana sobrando, pode muito bem pegar memórias "Value RAM" e investir em outra peça, como melhor VGA ou CPU, ou um SSD.

  • Curtir 3
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Para quem vai montar um PC da crise, ajudará muito na decisão de quem não sabe como montar um micro decente sem gastar horrores. Não sabemos até quando o dólar estará na estratosfera e muito menos se um dia veremos os "componentes desejados" com seus preços atraentes. 

Valeu pelo post equipe CDH, até breve...

 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

achei o artigo incompleto, este site é o site brasileiro mais tradicional se tratando do assunto teste em hardware, porém antigamente os artigos abrangiam mais as situações, alguem que compra uma apu e tem conhecimento de temporizações de memoria certamente vai fazer overclock da igpu, qualquer um que ja tentou fazer isso sabe q a igpu sobe muito mais ela fica sofrendo do gargalo da memoria, no caso das igpus amd quando eu diminuo a latencia delas em over ajuda bem mais q 5%.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites



Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisa ser um usuário para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas comunidades sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

Ebook grátis: Aprenda a ler resistores e capacitores!

EBOOK GRÁTIS!

CLIQUE AQUI E BAIXE AGORA MESMO!