×
Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Diferença entre entrada, saída e porta


     4.358 visualizações    Placas-mãe    9 comentários
Diferença entre entrada, saída e porta

Há uma tendência entre usuários comuns em chamar qualquer conector que exista em um computador de “entrada”. Esta denominação, no entanto, pode estar equivocada. Neste artigo, explicaremos a diferença entre entrada, saída e porta, de modo que você não cometa erros técnicos no dia a dia.

Só por que um equipamento tem um conector onde se encaixa um plugue, não significa necessariamente que este conector é uma “entrada”. Para que isto fique mais claro, basta fazermos uma analogia com uma máquina de lavar roupas. Neste equipamento, há uma entrada de água (limpa) e uma saída de água (suja). Logo, os conectores existentes em sua parte traseira podem ser uma entrada ou uma saída, e você deverá fazer a conexão com a tubulação correta.

Em computadores é a mesma coisa. A diferença é que em vez de água, temos dados, informações eletrônicas invisíveis e, por isso, de compreensão mais difícil por parte dos usuários.

Quando iniciamos o estudo da informática, aprendemos que computadores possuem dispositivos de entrada e dispositivos de saída. Dispositivos de entrada incluem teclados, mouses, scanners e microfones. Já dispositivos de saída abrangem monitores de vídeo, impressoras e fones de ouvido.

Dessa forma, um conector VGA em uma placa-mãe ou placa de vídeo será uma saída, pois dela saem dados para o monitor de vídeo. Com isto, é incorreto dizer “entrada VGA” neste caso. Da mesma forma, o conector para fones de ouvido presente no gabinete de computadores de mesa ou na lateral de notebooks é uma saída, pois dela sai um sinal de áudio. Similarmente, é incorreto dizer “entrada para fones de ouvido”. O sinal está saindo, não entrando.

Importante notar que “entrada” e “saída” dependem do ponto de vista do equipamento que estiver sendo analisado. Um conector VGA é uma saída do ponto de vista do computador, pois o sinal de vídeo dele sai. Porém, o conector VGA presente em um monitor de vídeo será uma entrada, pois o sinal de vídeo estará nele entrando.

Há, ainda, conectores no computador que são bidirecionais, isto é, dados podem tanto entrar quanto sair deles. É o caso das portas USB e do conector de rede cabeada. Dessa forma, tanto “entrada USB” quanto “saída USB” são termos incorretos, pois tal porta é bidirecional (opera nas duas direções). O mesmo ocorre com “entrada de rede” e “saída de rede”. Neste caso, termos neutros como “porta” ou “conector” devem ser utilizados.

Se você não souber se um conector é uma entrada ou uma saída, utilize tais termos, assim você não estará cometendo qualquer equivoco técnico.

  • Curtir 18
  • Amei 1

Artigos similares


Comentários de usuários

Respostas recomendadas

Bom dia.

 

@Gabriel Torres, este é um assunto que gera muitos equívocos mesmo. Parabéns pela abordagem.

 

Com relação ao texto, acredito que faltou uma revisada nesta parte, pois está um confuso:

 

Citação

Dessa forma, tanto “porta USB” quanto “porta USB” são termos incorretos...

 

  • Curtir 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Administrador

@Kleber Peters Obrigado! É algo que escrevi por ver muito acontecendo no fórum. Em relação ao erro no texto, você não vai acreditar. É que temos no corretor automático da plataforma para trocar "entrada USB" e "saída USB" por "porta USB", aí ele "corrigiu" o artigo... rs. Resolvido! 🙂 Obrigado por me avisar.

  • Curtir 2
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membro VIP

E quanto aos onipresentes dispositivos wifi? O pc vê como entrada ou saída? 🤪

 

Similarmente já vi artigos - técnicos e profissionais - que vagam em minha vaga lembrança que mencionavam "antena forte" e "fraca" para receptores de satélite. O correto seria "sensível". Portanto se for transmissor, aí sim considere como forte ou fraco e receptor como sensível e seletivo. P.ex. ndv chamar um microfone de potente.

🙂

  • Confuso 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Excelente artigo, ajuda muito na hora de evitar uma troca nas nomenclaturas.

 

Já vi muito também "entrada DVI" e "porta DisplayPort" ao se tratar de placa de vídeo ou placa-mãe, assim como "porta HDMI", nos respectivos dispositivos.

 

Parece que é um termo que precisamos explicar para ficar melhor entendido, para que seja colocado de forma adequada na escrita e fala.

  • Curtir 1
  • Obrigado 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membro VIP

Gostei do artigo. Simples e direto. Por hábito, costumo usar a palavra conector, até para não confundir os clientes. Eles, na maioria das vezes, não sabem a diferença de entrada e saída. E porta, já vi uns confundindo com as de sala e quarto, por mais absurdo que pareça ser. Por isso aderi ao termo conector, achei mais simples e que não gera confusões. 

  • Obrigado 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites



Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisa ser um usuário para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas comunidades sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

Como ganhar dinheiro montando computadores!

MINICURSO GRÁTIS!

Como ganhar dinheiro montando computadores!

CLIQUE AQUI E INSCREVA-SE AGORA MESMO!