Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
faller

Entenda os diferentes tipos de no-break

Recommended Posts

Outra coisa que eu estava pensando aqui.

Como o Gabriel Torres mesmo disse, um dos problemas dos estabilizadores está no tempo de comutação dos relés.

Ou seja, a frequência da nossa rede é 60hz, sendo 1/60=~16,6ms

Se o estabilizador funciona com um relé de tempo 8ms, existe a possibilidade de ele interromper o fornecimento de energia para os aparelhos, causando um "apagão" momentáneo, o que pode danificar os aparelhos.

 

Minha pergunta é:

No caso do nobreak senoidal puro, esta interrupção poderia não ocorrer, já que ele acionaria a bateria para operar durante aquele intervalo de 8ms, evitando-se assim o problema crônico do estabilizador interromper o fornecimento da energia?

Caso afirmativo, isto com certeza elimina o único problema dele então.

 

No-break, mundialmente conhecido como UPS (Uninterruptible Power Supply) é um dispositivo que permite ao computador, ou outro equipamento elétrico qualquer, continuar funcionando pelo menos um curto período de tempo quando a fonte de energia pra mimária é perdida.Existem 2 divisões principais para esse tipo de dispositivo e com 3 tipos pra mimários de no-break em nosso mercado e que causam muita confusão entre os usuários. É objetivo aqui, observar de um modo simples cada um desses tipos..

Os no-breaks off-line, ou interativos, ou de simples conversão, se dividem em dois tipos principais:

1) Interativo com geração de forma de onda pseudo senoidal ou senoidal por aproximação ou de fato forma de onda retangular. Suas principais características:

- É um no-break off-line (só opera como gerador a partir da bateria quando faltar rede comercial);

- Na presença da energia comercial se comporta como um estabilizador com todos os problemas inerentes aos mesmos;

- O formato de onda gerado não é nem um pouco atraente ou adequado para as fontes e estressa as mesmas;

- É aquele com preço mais acessível;

- Em fontes com PFC ativo faz com que as mesmas percam as características conferidas por esse PFC ativo.;

- Alguns fabricantes explicitamente não os recomendam para uso com fontes com PFC ativo..

Exemplo de um desse tipo: http://www.atera.com.br/produto/BZ1500BI-BR/Nobreak+APC+1500VA+%28825W%29,+BZ1500BI-BR+bivolt+115V

2) Interativo com geração de forma de onda senoidal pura. Suas principais características:

- É um no-break off-line (só opera como gerador a partir da bateria quando faltar rede comercial);

- Na presença da energia comercial se comporta como um estabilizador com todos os problemas inerentes aos mesmos;

- O formato de onda gerado é senoidal, exatamente como o é a energia comercial e desse modo ideal para qualquer tipo de carga;

- Não tem nenhuma contra indicação ao uso do mesmo com fontes com PFC ativo;

- Seu único mal é se comportar como um estabilizador na presença da energia comercial, isto é, em 99% do tempo mais ou menos...

Exemplo de um desse tipo: http://www.atera.com.br/produto/MA3-14KVABP/Nobreak+SMS+Manager+III+senoidal+1.4KVA+%28980W%29+biv+115V

No-breaks on-line:

3) No-break de dupla conversão. Suas principais características:

- É um no-break on-line, ou seja, gera a energia o tempo todo, esteja presente a energia elétrica comercial ou não...

- Opera em dupla conversão, que significa que retifica o AC da rede, rebaixa o mesmo para tensão adequada para armazenamento em baterias geralmente de 24 ou 36 Volts. Logo, a partir dessa energia em 36 Volts vinda da rede elétrica e acumulada nas baterias, gera uma forma de onda senoidal pura na tensão adequada, 110 ou 220 Volts AC, para uso de seus equipamentos;

- A dupla conversão faz com que a tensão de saída, que vai alimentar seus equipamentos, esteja livre de tudo que é tipo de ruído, transiente, surto, sujeira de qualquer espécie normalmente existente na rede elétrica comercial. O resultado desse tipo de no-break é como se o gerador de energia, lá da usina elétrica fosse trazido para debaixo da mesa de seu PC. É energia feita na hora para usso de seu PC. É o melhor tipo de no-break;

- Pode ser usado para todo e qualquer tipo de carga pois a energia gerada é senoidal pura, com estabilidade de tensão e frequência asseguradas pela geração em PWM de alta frequência, da energia em 60 Hz 110 ou 220 Volts AC.

Exemplo de um desse tipo: http://www.atera.com.br/produto/EDX1500LB/Nobreak+Eaton+EDX1500LB+1500VA+1050W,+127+127V+senoidal

Outra discussão que merece ser travada é a real necessidade de adoção de no-break para seus equipamentos..

Oscilação da tensão e surtos de tensão, não são motivos para adoção de no-break e, quando muito severos só são solucionados se adotarmos um no-break do tipo 3 acima descrito.. Qualquer outro, para solução desses problemas, é dinheiro posto fora..

Um bom filtro de linha, com efetivas proteções contra surtos de tensão é ainda uma eficaz maneira de proteger eletricamente seus equipamentos..

Espero que essa leitura ajude a entender o mal compreendido, mal usado, mal dimensionado na maioria das vezes, no-break..

 

 

 

Editado em 20/07/2014,  para acrescentar dados mais simplificados, tabelados, para facilitar a compreensão:

 

Uma tabelinha de resumo das principais características dos tipos de no-break..

 

Resumotiposdeno-break_zpsefab3898.jpg

 

Uma olhada na tabela e dá para deduzir que o fato do no-break ter geração senoidal ou não não define se ele terá ou não estabilizador interno

Também ele ter geração senoidal não define se ele é do tipo On-Line ou Off-Line..

 

Conclusões importantes:

- Um no-break será interativo se ele ativar seu inversor para gerar energia somente ao faltar a energia comercial..  Isso poderá ser notado pela existência de algum tempo de atuação...   Nesses casos, nos interativos, sua operação sempre será do tipo Off Line..

 

- Um no-break somente será On Line se ele tiver um tempo de atuação igual a ZERO, ou seja, estiver sempre operando e gerando energia que forçosamente será senoidal pura.. Esses no-breaks são chamados de dupla conversão pois convertem a rede 110 ou 220 Volts AC para a tensão CC semelhante a da bateria e a partir dessa energia convertida parte serve para manter a bateria em flutuação e outra parte serve para a segunda conversão, que a transforma em 110 ou 220 AC novamente para alimentar os equipamentos.. Esse é o verdadeiro no-break...  O resto é derivado simplificado..

 

- Os únicos no-breaks que tem estabilizadores internos são aqueles Off-Line, os interativos, quer geram forma de onda senoidal ou retangular..

 

- Quem define a baixa compatibilidade de um no-break com as fontes com PFC ativo é a forma de onda gerada, mais nada.. Fontes com PFC ativo requerem alimentação senoidal pura para apresentarem toda a sua boa performance..

 

 

Principais pegadinhas dos fabricantes/vendedores de no-break:

- Declarar como característica REGULAÇÃO ON-LINE:  Ora veja só.. Regulação trata da comutação dos diferentes taps de seu estabilizador interno, os famosos Tlecs que eles propagam... Imagine que não seria on line.. Certo que tem de ser on0-line essa comutação, Ninguém vai desligar o PC para poder trocar a tensão de saida dele, seis volts a mais ou seis volta s menos.. Usam desse subterfúgio somente para inserir, nas características, a expressão On-Line, para pegar incautos, como se vê as pampas por ai..  E pegam...

 

- Declarar que seus estabilizadores geram forma de onda pseudo-senoidal ou senoidal por aproximação, ou quasi senoidal. Mais uma vez isso é feito só para inserir nas características a palavra senoidal, para pegar os menos atentos... Trata-se na verdade de forma de onda retangular mesmo...

 

- Na hora de declarar a potência que ele é capaz de entregar preferem fazê-lo em VA's e não em Watts.. O que define essa relação de VA's para Watts é o FP (fator de potência) desse no-break.. Esse dado é,na maioria das vezes, omitido das características visíveis do no-break, na caixa, no material de divulgação, aparecendo somente no manual do mesmo, que geralmente acompanha o produto e que dificilmente o usuário lê nem antes e muito menos após a compra..  Em sua maior parte os no-breaks baratos tem FP = 0,5.. Desse modo sua real potência será a metade daquela declarada em VA's.. Ex: No-break de 700 VA's, com FP=0,5, terá capacidade de entregar somente 350 Watts...

 

Recado e resposta para os colegas:

 

 

 

Minha pergunta é:

No caso do nobreak senoidal puro, esta interrupção poderia não ocorrer, já que ele acionaria a bateria para operar durante aquele intervalo de 8ms, evitando-se assim o problema crônico do estabilizador interromper o fornecimento da energia?

Caso afirmativo, isto com certeza elimina o único problema dele então.

Único problema do estabilizador????  Ai no tópico sobre estabilizadores cito 3 boas razões para um estabilizador atrapalhar e/ou danificar a fonte do PC e você vem com único problema???? E note que tentei objetivar pois os problemas são em maior número que esses três..

 

 

 

Agora você me deixou com mais uma dúvida

Espero que esse aditivo de postagem tenha esclarecido suas dúvidas remanescentes. E note, ser senoidal ou não não define se ele é on-line ou off-line. Você está fazendo uma grande confusão na interpretação..

 

 

Dúvidas ainda???

  • Curtir 10

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Os no-breaks off-line, ou interativos, ou de simples conversão, se dividem em dois tipos principais:

1) Interativo com geração de forma de onda pseudo senoidal ou senoidal por aproximação ou de fato forma de onda retangular. Suas principais características:

- É um no-break off-line (só opera como gerador a partir da bateria quando faltar rede comercial);

- Na presença da energia comercial se comporta como um estabilizador com todos os problemas inerentes aos mesmos;

É bom advertir que nos anúncios e nas especificações técnicas de fabricantes nacionais existe a pegadinha de chamá-los "interativo online". Onde ainda dizem: "Regulação online". E de fato tal pegadinha pega muita gente, que pensa: "Ôba, esse não é offline, é online como recomenda o Faller". Mas em tal caso o "online" significa simplesmente a existência do estabilizador.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Put a kil pair you !!! Outra aula!

 

Nunca entendi a diferença - e importância - de no-breaks senoidal e 'falso senoidal'... Até hoje!

Obrigado mais uma vez, Mestre @faller. Acho que vou mergulhar na sua bibliografia... deve ter mais coisas boas.

 

.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante

Valeu @faller esclareceu minha dúvida, mas tenho outra agora (repetindo a feita no tópico de estabilizadores do Gabriel Torres).

 

Como o Gabriel Torres mesmo disse, um dos problemas dos estabilizadores está no tempo de comutação dos relés.

Ou seja, a frequência da nossa rede é 60hz, sendo 1/60=~16,6ms

Se o estabilizador funciona com um relé de tempo 8ms, existe a possibilidade de ele interromper o fornecimento de energia para os aparelhos, causando um "apagão" momentáneo, o que pode danificar os aparelhos.

No caso do nobreak senoidal puro, esta interrupção poderia não ocorrer, já que ele acionaria a bateria para operar durante aquele intervalo de 8ms, evitando-se assim o problema crônico do estabilizador dentro do Nobreak interromper o fornecimento da energia?

 

Grato pela atenção.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Como o Gabriel Torres mesmo disse, um dos problemas dos estabilizadores está no tempo de comutação dos relés.

Ou seja, a frequência da nossa rede é 60hz, sendo 1/60=~16,6ms

Se o estabilizador funciona com um relé de tempo 8ms, existe a possibilidade de ele interromper o fornecimento de energia para os aparelhos, causando um "apagão" momentáneo, o que pode danificar os aparelhos.

No caso do nobreak senoidal puro, esta interrupção poderia não ocorrer, já que ele acionaria a bateria para operar durante aquele intervalo de 8ms, evitando-se assim o problema crônico do estabilizador dentro do Nobreak interromper o fornecimento da energia?

 

Grato pela atenção.

Se esse No-Break for um comum, não. A bateria só entra em funcionamento em caso de falta de energia elétrica comercial..

 

Se for um de Dupla conversão, isso simplesmente não existe, pois as saídas do No-break são SEMPRE alimentadas pela bateria.. Esse tópico explica melhor as diferenças:

 

http://forum.clubedohardware.com.br/topic/827485-no-break-realmente-%C3%A9-a-salva%C3%A7%C3%A3o/

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

 

Como o Gabriel Torres mesmo disse, um dos problemas dos estabilizadores está no tempo de comutação dos relés.

Ou seja, a frequência da nossa rede é 60hz, sendo 1/60=~16,6ms

Se o estabilizador funciona com um relé de tempo 8ms, existe a possibilidade de ele interromper o fornecimento de energia para os aparelhos, causando um "apagão" momentáneo, o que pode danificar os aparelhos.

No caso do nobreak senoidal puro, esta interrupção poderia não ocorrer, já que ele acionaria a bateria para operar durante aquele intervalo de 8ms, evitando-se assim o problema crônico do estabilizador dentro do Nobreak interromper o fornecimento da energia?

 

Grato pela atenção.

No-breaks senoidais ou não, desde que sejam interativos, Off line portanto, vão ter de partir seus inversores assim que a energia elétrica comercial se for. Isso leva um tempo  e sim se reativadas em menor tempo pode garantir que o problema de desligar seu PC nem chegue a aflorar.. Mas isso e um dos muitos problemas do estabilizador. Nesse tópico cito três agressões que ele, o estabilizador, faz às fontes em geral..

Até deixei algumas mais de fora para encurtar.. 

No-breaks On-Line, de dupla conversão esses sim operam On-line, não tem necessidade de atracar nenhum relé, não tem estabilizadores, embora garantam a estabilidade da tensão gerada, por controle da geração e não por comutação de tomadas de um auto transformador... Esse sim tem tempo de assumir a carga de ZERO segundos, pois estão sempre assumindo a mesma..

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante

No-breaks senoidais ou não, desde que sejam interativos, Off line portanto, vão ter de partir seus inversores assim que a energia elétrica comercial se for. Isso leva um tempo  e sim se reativadas em menor tempo pode garantir que o problema de desligar seu PC nem chegue a aflorar.. Mas isso e um dos muitos problemas do estabilizador. Nesse tópico cito três agressões que ele, o estabilizador, faz às fontes em geral..

Até deixei algumas mais de fora para encurtar.. 

No-breaks On-Line, de dupla conversão esses sim operam On-line, não tem necessidade de atracar nenhum relé, não tem estabilizadores, embora garantam a estabilidade da tensão gerada, por controle da geração e não por comutação de tomadas de um auto transformador... Esse sim tem tempo de assumir a carga de ZERO segundos, pois estão sempre assumindo a mesma..

 

@faller e quanto à tecnologia TRUE RMS, empregada no estabilizador SMS Manager III senoidal (e em vários outros)?

Como a função desta tecnologia é melhorar a qualidade na regulação de saída (por meio de análise correta da variação da rede), ela corrige algum ou alguns dos 3 problemas dos estabilizadores elencados por você no outro tópico?

Me parece que esta tecnologia TRUE RMS foi incorporada em NoBreaks justamente para corrigir problemas inerentes de estabilizadores, analisando a rede de uma forma melhor.

 

Grato.

  • Função TRUE RMS com melhor qualidade na regulação de saída

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

 

@faller e quanto à tecnologia TRUE RMS, empregada no estabilizador SMS Manager III senoidal (e em vários outros)?

Como a função desta tecnologia é melhorar a qualidade na regulação de saída (por meio de análise correta da variação da rede), ela corrige algum ou alguns dos 3 problemas dos estabilizadores elencados por você no outro tópico?

Me parece que esta tecnologia TRUE RMS foi incorporada em NoBreaks justamente para corrigir problemas inerentes de estabilizadores, analisando a rede de uma forma melhor.

 

Grato.

  • Função TRUE RMS com melhor qualidade na regulação de saída

 

 

A limitação do estabilizador são os relés, pode colocar o que tiver de mais avançado em microprocessamento/software que existe, mas enquanto usarem essas porcarias de relés mais lerdos que minha vó, vai continuar tudo igual.

E você deve estar se perguntando: "então pra que serve?"

Bem... fica bonito na caixa e ajuda o departamento de marketing a criar frases como essa que você citou.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@faller

 

Cá estou eu.... kkkk...

 

Obrigado pela complementação. Me surgiram mais algumas perguntas que espero que não sejam só minhas. E espero que já não tenham sido respondidas, senão assino meu atestado de burrice logo....kkkkkk

 

Estava usando como forma de diferenciação o "tempo de ativação", como você havia explicado, nobreaks duplos senoidais on-line possuem este tempo ZERO. Mas como eu saberia se um nobreak vendido é um on-line ou um "fake"??

 

CItando exemplo do SMS mesmo, tenho o "Manager III New Generation", onde na descrição técnica a própria SMS cita como nobreak interativo senoidal, mas no catálogo http://www.sms.com.br/aplicacoes/documentos/01sql07/inc/arquivo_hd_familia.asp?familiaID=N055 escondem a informação do tempo de ativação, dificultando para leigos como eu reconhecer melhor um "on-line" de um "on-line fake". Neste caso ainda descrevem nas características como um "nobreak interativo senoidal", o que diminui a culpa.

 

Mas no caso de um outro modelo, o "Power Sinus II", onde citam ser um "nobreak senoidal on-line conversão simples", também na ficha técnica não aparece o "tempo de ativação" http://www.sms.com.br/aplicacoes/documentos/01sql07/inc/arquivo_hd_familia.asp?familiaID=P066, poderíamos descobrir que se trata de um "interativo" apenas pelo termo "conversão simples"? Já que eles simplesmente eliminam o termo "interativo" e criam um novo, o "conversão simples"???? 

 

Poderia colocar mais dicas de como posso diferenciar melhor os verdadeiros on-line senoidais puros?? Esse pessoal do marketing trabalha pesado! :muro:  :muro:  :muro: kkkkkkkkk

 

Grato!!!

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante

Pois é pessoal, fica muito difícil saber.

Sou advogado de formaçao e trabalho com mercado financeiro, ou seja meu conhecimento téxnico na área de hardware é 0, puramente de entusiasta pois mexo com computadores apenas como hobby mesmo. Mas tento sempre buscar informações técnicas sobre produtos antes de adquirir um.

Pelo jeito fui enganado mais uma vez pelos fabricantes de nobreak/estabilizadores, enfim, vivendo e aprendendo com os erros.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

 

Estava usando como forma de diferenciação o "tempo de ativação", como você havia explicado, nobreaks duplos senoidais on-line possuem este tempo ZERO. Mas como eu saberia se um nobreak vendido é um on-line ou um "fake"??

A analise de suas características pode levar a essa conclusão...

No-breaks on-line sempre terão geração senoidal pura.  Já no-breaks, por ser senoidal, nem sempre será on-line, pode ser interativo..

No-breaks on-line sempre terão dupla conversão, pois necessitam de uma primeira conversão para conseguir energia de baixa tensão DC, para alimentar o inversor e para manter as baterias em flutuação. Esse inversor, com a energia conseguida na primeira conversão, gera novamente o AC em 110 ou 220 Volts para alimentar os equipamentos. Desse modo ele não tem de chavear nada, está operando sempre, por isso é on-line. Suas vantagens são evidentes pois a energia não terá de vir desde lá, da usina, passando por inúmeros transformadores, por imensas linhas, coletando ruído, raios, tudo o que tem de ruim, para alimentar seu PC. A energia é gerada alí mesmo, debaixo de sua mesa, na hora em que vais consumir.. É a diferença equivalente entre um pão feito na indústria e outro feito na sua casa, no seu forno, que chega ao seu prato quentinho ainda..

 

 

CItando exemplo do SMS mesmo, tenho o "Manager III New Generation", onde na descrição técnica a própria SMS cita como nobreak interativo senoidal, mas no catálogo http://www.sms.com.br/aplicacoes/documentos/01sql07/inc/arquivo_hd_familia.asp?familiaID=N055 escondem a informação do tempo de ativação, dificultando para leigos como eu reconhecer melhor um "on-line" de um "on-line fake". Neste caso ainda descrevem nas características como um "nobreak interativo senoidal", o que diminui a culpa.

Você que está fazendo confusão.. Ele é um no-break interativo senoidal.. Olhe a tabela que pus lá em cima.. É o caso de número 2..

Ele não opera o tempo todo, é off-line portanto, por isso interativo. Quando termina a energia comercial ele faz partir seu inversor que gera forma de onda senoidal.. Por isso tem um tempo de comutação entre a rede comercial e seu inversor senoidal.. A SMS está corretíssima na sua classificação... Ele tem estabilizador interno que opera sempre que a rede comercial estiver presente.. Ao faltar essa rede elétrica ele passa a gerar energia senoidal pura, já estabilizada na própria geração da mesma.. Sem estabilizador esses de trocar tap...

 

 

 

Mas no caso de um outro modelo, o "Power Sinus II", onde citam ser um "nobreak senoidal on-line conversão simples", também na ficha técnica não aparece o "tempo de ativação" http://www.sms.com.br/aplicacoes/documentos/01sql07/inc/arquivo_hd_familia.asp?familiaID=P066, poderíamos descobrir que se trata de um "interativo" apenas pelo termo "conversão simples"? Já que eles simplesmente eliminam o termo "interativo" e criam um novo, o "conversão simples"???? 

 

Poderia colocar mais dicas de como posso diferenciar melhor os verdadeiros on-line senoidais puros?? Esse pessoal do marketing trabalha pesado! :muro:  :muro:  :muro: kkkkkkkkk

 

Grato!!!

 

Veja o que mais ele cita: Estabilizador interno com 4 estágios de regulação.

Estabilizadores são características de no-breaks off-line, interativos..

No tocante a eficiência ele diz isso: 95% (para operação rede) e 85% (para operação bateria)  Note que as eficiência são diferentes para operação rede ou bateria.. Isso já demonstra que é um no-break off-line, que tem dois modos de operação, ou seja, que é um no-break interativo...

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante

Pessoal, pesquisando maos sobre o nobreak manager III descobri que o tempo de resposta dele é de 2 semiciclos.

Perguntas

2 semiciclos equivalem a 1 ciclo?

Tempo de resposta de 2 semiciclos significa que o estabilizador deste nobreak responde na mesma velocidade da frequência da rede, qual seja, 16ms?

Caso as perguntas anteriores sejam sim, então o este nobreak estabiliza a rede de forma a agredir menos as fontes dos aparelhos ligados à ele?

A analise de suas características pode levar a essa conclusão...

No-breaks on-line sempre terão geração senoidal pura.  Já no-breaks, por ser senoidal, nem sempre será on-line, pode ser interativo..

No-breaks on-line sempre terão dupla conversão, pois necessitam de uma primeira conversão para conseguir energia de baixa tensão DC, para alimentar o inversor e para manter as baterias em flutuação. Esse inversor, com a energia conseguida na primeira conversão, gera novamente o AC em 110 ou 220 Volts para alimentar os equipamentos. Desse modo ele não tem de chavear nada, está operando sempre, por isso é on-line. Suas vantagens são evidentes pois a energia não terá de vir desde lá, da usina, passando por inúmeros transformadores, por imensas linhas, coletando ruído, raios, tudo o que tem de ruim, para alimentar seu PC. A energia é gerada alí mesmo, debaixo de sua mesa, na hora em que vais consumir.. É a diferença equivalente entre um pão feito na indústria e outro feito na sua casa, no seu forno, que chega ao seu prato quentinho ainda..

 

 

Você que está fazendo confusão.. Ele é um no-break interativo senoidal.. Olhe a tabela que pus lá em cima.. É o caso de número 2..

Ele não opera o tempo todo, é off-line portanto, por isso interativo. Quando termina a energia comercial ele faz partir seu inversor que gera forma de onda senoidal.. Por isso tem um tempo de comutação entre a rede comercial e seu inversor senoidal.. A SMS está corretíssima na sua classificação... Ele tem estabilizador interno que opera sempre que a rede comercial estiver presente.. Ao faltar essa rede elétrica ele passa a gerar energia senoidal pura, já estabilizada na própria geração da mesma.. Sem estabilizador esses de trocar tap...

 

 

 

Veja o que mais ele cita: Estabilizador interno com 4 estágios de regulação.

Estabilizadores são características de no-breaks off-line, interativos..

No tocante a eficiência ele diz isso: 95% (para operação rede) e 85% (para operação bateria)  Note que as eficiência são diferentes para operação rede ou bateria.. Isso já demonstra que é um no-break off-line, que tem dois modos de operação, ou seja, que é um no-break interativo...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pessoal, pesquisando maos sobre o nobreak manager III descobri que o tempo de resposta dele é de 2 semiciclos.

Perguntas

2 semiciclos equivalem a 1 ciclo?

Tempo de resposta de 2 semiciclos significa que o estabilizador deste nobreak responde na mesma velocidade da frequência da rede, qual seja, 16ms?

Caso as perguntas anteriores sejam sim, então o este nobreak estabiliza a rede de forma a agredir menos as fontes dos aparelhos ligados à ele?

 

Esse tempo de resposta se refere ao seu tempo de reação a uma anomalia da rede, uma queda de tensão por exemplo, a um ligar de chuveiro eletrifico, que faz nitidamente o brilho da lâmpada diminuir..

Notada pelo seu circuito essa variação de tensão, 2 semi ciclos após ele estará providenciando a correção do mesmo, dessa queda de tensão..

 

Isso da basicamente 16 mili segundos. Esse e o tempo em que ele corrige a tensão, um tempo de 0,016 segundos... Uma fonte, por exemplo, faz exatamente a mesma correção em 1/40.000 = 0,000025 segundos, ou seja, 680 vezes mais rápido que esse maldito dai..

 

Pior é que a fonte, notada a variação, corrige, espera um monte ainda e o estabilizador corrige também.. Ai a fonte tem de corrigir de novo.. Conclusão, usando estabilizador quer dentro ou fora de um no-break, sua fonte trabalhará no mínimo o dobro..

 

Ademais não é a velocidade da resposta do estabilizador ou do no-break que maltrata as fontes, e sim o mecanismo de comutação, por relé, usado no mesmo, que bagunça tudo...

Note, essa velocidade nada tem a ver com a velocidade de abertura e o fechamento do relé. O relé teria de ser extremamente ruim para demorar 1 ciclo para comutar (16 mili segundos)... Geralmente demoram de 2 a 4 mili segundos para desligar e para religar os relés típicos de estabilizadores e no-breaks

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Caro faller, você é um membro excepcional deste forum. Sempre colaborando neste excelente tópico.

Se puder me esclarecer uma dúvida, ficarei grato.

 

Recentemente descobri a existência dos "condicionadores de tensão". Extremamente úteis para limpar a energia de ruídos.

 

Minha rede elétrica é suja, não possui aterramento correto etc. Estou aprimorando meu sistema de gravação de áudio e preciso melhorar minha rede elétrica.

 

Tive a oportunidade de testar rapidamente este condicionador, fabricado artesanalmente por um cara na periferia do DF. Funcionou. Limpou bem o ruído da rede, mas não tive tempo suficiente para testar em todas as situações. Custa R$ 544,50.

 

O Powerline Audiófilo lf-115 custa R$ 4.700,00 e foi idealizado por um dos maiores engenheiros do Brasil. Seu desempenho pode ser visto neste vídeo. É voltado para o público dos audiófilos, pois promete limpar 100% a energia que chega nos aparelhos.
 
Sei que há outros fabricantes de condicionadores de tensão, como a UPSAI - cuja régua de proteção você já falou muito bem.
 
Te pergunto:
1. Para limpar minha rede o suficiente para ter uma energia pura nos meus equipamentos (nada sobrenatural, apenas um computador, dois monitores de áudio e uma placa de áudio externa), eu preciso investir em um condicionador caro como o Audiófilo?
2. Você já testou ou conhece testes de outros fabricantes?
3. Me indicaria algum condicionador de tensão?
 
Agradeço pela atenção.
Saudações

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Do ponto de vista do uso do PC nem é necessário a energia ser assim tão limpa.. Os filtros de linha de boa qualidade já deixam essa energia,para o PC, adequadamente filtrada..

 

Quando se fala em áudio é qua a coisa complica mais um pouco, as exigência tendem a ficar pouco maiores e a qualidade da filtragem exigida pode ser um pouco maior..

 

Quando se fala em proteção contra surtos basta que a proteção esteja equipada com um varistor a cada par de fios (três pares no total, F-N, N-T e F-T) que a coisa já fica boa..  Varistores acompanhados de fusíveis térmicos para garantir um feliz final de vida para eles, quando isso vier a acontecer...

 

Se você os procura como audiófilo recomendo um bom fórum específico para tal como por exemplo o http://www.htforum.com/vb/forum.php

 

Desconheço testes desse tipo de equipamento, mais voltado aos audiófilos, mas em um fórum adequado vais ter indicações com certeza..

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Obrigado, faller. Vou consultar o forum indicado. Se não for incômodo, voltarei aqui para eventualmente suscitar dúvidas inseridas no escopo deste tópico ou compartilhar alguma informação relevante.

Abraço

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@faller

Em 2013-10-19 às 21:49, faller disse:

 

No-break, mundialmente conhecido como UPS (Uninterruptible Power Supply) é um dispositivo que permite ao computador, ou outro equipamento elétrico qualquer, continuar funcionando pelo menos um curto período de tempo quando a fonte de energia pra mimária é perdida.Existem 2 divisões principais para esse tipo de dispositivo e com 3 tipos pra mimários de no-break em nosso mercado e que causam muita confusão entre os usuários. É objetivo aqui, observar de um modo simples cada um desses tipos..

Os no-breaks off-line, ou interativos, ou de simples conversão, se dividem em dois tipos principais:

1) Interativo com geração de forma de onda pseudo senoidal ou senoidal por aproximação ou de fato forma de onda retangular. Suas principais características:

- É um no-break off-line (só opera como gerador a partir da bateria quando faltar rede comercial);

- Na presença da energia comercial se comporta como um estabilizador com todos os problemas inerentes aos mesmos;

- O formato de onda gerado não é nem um pouco atraente ou adequado para as fontes e estressa as mesmas;

- É aquele com preço mais acessível;

- Em fontes com PFC ativo faz com que as mesmas percam as características conferidas por esse PFC ativo.;

- Alguns fabricantes explicitamente não os recomendam para uso com fontes com PFC ativo..

Exemplo de um desse tipo: http://www.atera.com.br/produto/BZ1500BI-BR/Nobreak+APC+1500VA+%28825W%29,+BZ1500BI-BR+bivolt+115V

2) Interativo com geração de forma de onda senoidal pura. Suas principais características:

- É um no-break off-line (só opera como gerador a partir da bateria quando faltar rede comercial);

- Na presença da energia comercial se comporta como um estabilizador com todos os problemas inerentes aos mesmos;

- O formato de onda gerado é senoidal, exatamente como o é a energia comercial e desse modo ideal para qualquer tipo de carga;

- Não tem nenhuma contra indicação ao uso do mesmo com fontes com PFC ativo;

- Seu único mal é se comportar como um estabilizador na presença da energia comercial, isto é, em 99% do tempo mais ou menos...

Exemplo de um desse tipo: http://www.atera.com.br/produto/MA3-14KVABP/Nobreak+SMS+Manager+III+senoidal+1.4KVA+%28980W%29+biv+115V

No-breaks on-line:

3) No-break de dupla conversão. Suas principais características:

- É um no-break on-line, ou seja, gera a energia o tempo todo, esteja presente a energia elétrica comercial ou não...

- Opera em dupla conversão, que significa que retifica o AC da rede, rebaixa o mesmo para tensão adequada para armazenamento em baterias geralmente de 24 ou 36 Volts. Logo, a partir dessa energia em 36 Volts vinda da rede elétrica e acumulada nas baterias, gera uma forma de onda senoidal pura na tensão adequada, 110 ou 220 Volts AC, para uso de seus equipamentos;

- A dupla conversão faz com que a tensão de saída, que vai alimentar seus equipamentos, esteja livre de tudo que é tipo de ruído, transiente, surto, sujeira de qualquer espécie normalmente existente na rede elétrica comercial. O resultado desse tipo de no-break é como se o gerador de energia, lá da usina elétrica fosse trazido para debaixo da mesa de seu PC. É energia feita na hora para usso de seu PC. É o melhor tipo de no-break;

- Pode ser usado para todo e qualquer tipo de carga pois a energia gerada é senoidal pura, com estabilidade de tensão e frequência asseguradas pela geração em PWM de alta frequência, da energia em 60 Hz 110 ou 220 Volts AC.

Exemplo de um desse tipo: http://www.atera.com.br/produto/EDX1500LB/Nobreak+Eaton+EDX1500LB+1500VA+1050W,+127+127V+senoidal

Outra discussão que merece ser travada é a real necessidade de adoção de no-break para seus equipamentos..

Oscilação da tensão e surtos de tensão, não são motivos para adoção de no-break e, quando muito severos só são solucionados se adotarmos um no-break do tipo 3 acima descrito.. Qualquer outro, para solução desses problemas, é dinheiro posto fora..

Um bom filtro de linha, com efetivas proteções contra surtos de tensão é ainda uma eficaz maneira de proteger eletricamente seus equipamentos..

Espero que essa leitura ajude a entender o mal compreendido, mal usado, mal dimensionado na maioria das vezes, no-break..

 

 

 

Editado em 20/07/2014,  para acrescentar dados mais simplificados, tabelados, para facilitar a compreensão:

 

Uma tabelinha de resumo das principais características dos tipos de no-break..

 

Resumotiposdeno-break_zpsefab3898.jpg

 

Uma olhada na tabela e dá para deduzir que o fato do no-break ter geração senoidal ou não não define se ele terá ou não estabilizador interno

Também ele ter geração senoidal não define se ele é do tipo On-Line ou Off-Line..

 

Conclusões importantes:

- Um no-break será interativo se ele ativar seu inversor para gerar energia somente ao faltar a energia comercial..  Isso poderá ser notado pela existência de algum tempo de atuação...   Nesses casos, nos interativos, sua operação sempre será do tipo Off Line..

 

- Um no-break somente será On Line se ele tiver um tempo de atuação igual a ZERO, ou seja, estiver sempre operando e gerando energia que forçosamente será senoidal pura.. Esses no-breaks são chamados de dupla conversão pois convertem a rede 110 ou 220 Volts AC para a tensão CC semelhante a da bateria e a partir dessa energia convertida parte serve para manter a bateria em flutuação e outra parte serve para a segunda conversão, que a transforma em 110 ou 220 AC novamente para alimentar os equipamentos.. Esse é o verdadeiro no-break...  O resto é derivado simplificado..

 

- Os únicos no-breaks que tem estabilizadores internos são aqueles Off-Line, os interativos, quer geram forma de onda senoidal ou retangular..

 

- Quem define a baixa compatibilidade de um no-break com as fontes com PFC ativo é a forma de onda gerada, mais nada.. Fontes com PFC ativo requerem alimentação senoidal pura para apresentarem toda a sua boa performance..

 

 

Principais pegadinhas dos fabricantes/vendedores de no-break:

- Declarar como característica REGULAÇÃO ON-LINE:  Ora veja só.. Regulação trata da comutação dos diferentes taps de seu estabilizador interno, os famosos Tlecs que eles propagam... Imagine que não seria on line.. Certo que tem de ser on0-line essa comutação, Ninguém vai desligar o PC para poder trocar a tensão de saida dele, seis volts a mais ou seis volta s menos.. Usam desse subterfúgio somente para inserir, nas características, a expressão On-Line, para pegar incautos, como se vê as pampas por ai..  E pegam...

 

- Declarar que seus estabilizadores geram forma de onda pseudo-senoidal ou senoidal por aproximação, ou quasi senoidal. Mais uma vez isso é feito só para inserir nas características a palavra senoidal, para pegar os menos atentos... Trata-se na verdade de forma de onda retangular mesmo...

 

- Na hora de declarar a potência que ele é capaz de entregar preferem fazê-lo em VA's e não em Watts.. O que define essa relação de VA's para Watts é o FP (fator de potência) desse no-break.. Esse dado é,na maioria das vezes, omitido das características visíveis do no-break, na caixa, no material de divulgação, aparecendo somente no manual do mesmo, que geralmente acompanha o produto e que dificilmente o usuário lê nem antes e muito menos após a compra..  Em sua maior parte os no-breaks baratos tem FP = 0,5.. Desse modo sua real potência será a metade daquela declarada em VA's.. Ex: No-break de 700 VA's, com FP=0,5, terá capacidade de entregar somente 350 Watts...

 

Recado e resposta para os colegas:

 

 

Único problema do estabilizador????  Ai no tópico sobre estabilizadores cito 3 boas razões para um estabilizador atrapalhar e/ou danificar a fonte do PC e você vem com único problema???? E note que tentei objetivar pois os problemas são em maior número que esses três..

 

 

Espero que esse aditivo de postagem tenha esclarecido suas dúvidas remanescentes. E note, ser senoidal ou não não define se ele é on-line ou off-line. Você está fazendo uma grande confusão na interpretação..

 

 

Dúvidas ainda???

 

Então quer dizer que, se eu quiser pendurar todos os meus equipamentos (Dois monitores e um MICRO com uma fonte de 600w reais de potencia) e não depender de extensões ou filtro de linha e ter um pouco de autonomia caso a energia caia eu vou precisar de um no-break online ?? Esses no-breaks que vendem por ai nessas lojas da kabum, kalunga e etc. não são de fato ideal para o que eu preciso ??

 

Peguei esse "no-break" como exemplo da SMS http://www.sms.com.br/produtos/Nobreak-SMS/Net-4-Expert-700-VA e especificações.

 

Desde cedo agradeço!! 

 

Screenshot_1.png

Screenshot_129.png

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Simples de classificar:

 

- Potência 700 VA com fp (fator de potência) de 0,7 significa que sua real potência, em  Watts, é de 700 VA x 0,7 = 490 Watts..

- Se sua forma de onda é senoidal por aproximação quer dizer que essa forma de onda é retangular nada adequada para as modernas fontes com PFC ativo..

- Se ele necessita de um tempo, por menor que seja para acionamento do inversor isso significa que ele não é on-line e sim interativo, e ainda com um maldito estabilizador internamente..

 

 

 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bom eu ainda tenho muito medo de ligar todos meus equipamentos de informática (dois monitores, caixas de som e o micro) em um filtro de linha pendurado em uma tomada só, e por isso estava querendo adquirir um no-break. Conforme você dissestes no post, posso entender que, esses "no-breaks" são nada mais que um maldito estabilizador? O que seria indicado para meu caso com o meus equipamentos de informática?  Esses "no-breaks" são indicados para ligarem o que exatamente então? E no caso se eu quisesse ligar uma tv, cinco consoles e mais um Home Theater? Esses "no-breaks" danificariam os meus aparelhos? 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
6 horas atrás, Rafael Sales Duarte disse:

Bom eu ainda tenho muito medo de ligar todos meus equipamentos de informática (dois monitores, caixas de som e o micro) em um filtro de linha pendurado em uma tomada só, e por isso estava querendo adquirir um no-break. Conforme você dissestes no post, posso entender que, esses "no-breaks" são nada mais que um maldito estabilizador? O que seria indicado para meu caso com o meus equipamentos de informática?  Esses "no-breaks" são indicados para ligarem o que exatamente então? E no caso se eu quisesse ligar uma tv, cinco consoles e mais um Home Theater? Esses "no-breaks" danificariam os meus aparelhos? 

Pense agora com a cabeça.. Você se sentiria seguro em ligar todos os equipamentos de informática em um no-break, certo.. E o no-break aonde o ligarias????  Por acaso não seria na mesmíssima tomada aonde antes ligarias o filtro de linha com todos os equipamentos de informática????? Note, com o no-break ainda somarias mais uma demanda de cerca de 100 Watts quem sabe..

Existem três tipos de nobreak, para informática o melhor deles e altamente recomendável desde que necessites de no-break é o de dupla conversão on-line.. Esse dai por você escolhido eu o usaria para acender lâmpadas em barraca de pescaria...

Sim os no-breaks poderiam bagunçar com as fontes dos equipamentos bem como introduzir ruído tanto no vídeo quanto no áudio das TV's

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Esse tópico me ajudou muito no passado. O próprio faller me prestou muitos esclarecimentos, com muito boa vontade. E como ele mesmo acabou de registrar, o uso de no-break deve ser evitado, exceto se realmente necessário, mesmo para equipamentos de informática.

 

Citação

(...) Existem três tipos de nobreak, para informática o melhor deles e altamente recomendável desde que necessites de no-break é o de dupla conversão on-line (...)

 

O no-break injeta mais ruídos e interferências eletromagnéticas na rede elétrica (que no Brasil já é normalmente muito poluída com diversas anomalias, especialmente em locais próximos a equipamentos industriais), o que diminui a vida útil dos equipamentos finos, com perceptível deterioração da imagem e do som. Procure saber mais sobre esses rúidos, interferências, EMI, etc. A internet está repleta de informações.

 

Quer proteger sua placa-mãe, seu PC, componentes internos, equipamentos de áudio e imagem? Invista em outra coisa, como um bom condicionador de energia (não nos genéricos aí no mercado; os Powerline do engenheiro Jorge Knirsch são excelentes, caros e, além de fornecerem a proteção aos equipamentos, realmente limpam a rede elétrica e melhoram a imagem e o som - eu adquiri um Powerline Audiófilo e estou certo de que fiz um investimento pra vida toda).

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Inferos

 

Vou investir nesse condicionador de energia. Posso utilizar para eletrodomesticos também? No caso Tv's, consoles ?

 

Muito obrugado!!!

 

Em 23/06/2017 às 18:16, faller disse:

Pense agora com a cabeça.. Você se sentiria seguro em ligar todos os equipamentos de informática em um no-break, certo.. E o no-break aonde o ligarias????  Por acaso não seria na mesmíssima tomada aonde antes ligarias o filtro de linha com todos os equipamentos de informática????? Note, com o no-break ainda somarias mais uma demanda de cerca de 100 Watts quem sabe..

Existem três tipos de nobreak, para informática o melhor deles e altamente recomendável desde que necessites de no-break é o de dupla conversão on-line.. Esse dai por você escolhido eu o usaria para acender lâmpadas em barraca de pescaria...

Sim os no-breaks poderiam bagunçar com as fontes dos equipamentos bem como introduzir ruído tanto no vídeo quanto no áudio das TV's

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pode sim, Rafael. E deve. Lembrando que a sua rede elétrica tem que ser boa, razoável, dentro das especificações técnicas. Caso contrário, seu condicionador irá sofrer e o resultado não será o melhor possível.

 

Como não sou técnico e entendo pouco, a confirmação do faller sobre o que falei seria bem-vinda. É isso mesmo, @faller?

 

Abraço

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 19/10/2013 às 21:49, faller disse:

3) No-break de dupla conversão. Suas principais características:

- É um no-break on-line, ou seja, gera a energia o tempo todo, esteja presente a energia elétrica comercial ou não...

- Opera em dupla conversão, que significa que retifica o AC da rede, rebaixa o mesmo para tensão adequada para armazenamento em baterias geralmente de 24 ou 36 Volts. Logo, a partir dessa energia em 36 Volts vinda da rede elétrica e acumulada nas baterias, gera uma forma de onda senoidal pura na tensão adequada, 110 ou 220 Volts AC, para uso de seus equipamentos;

- A dupla conversão faz com que a tensão de saída, que vai alimentar seus equipamentos, esteja livre de tudo que é tipo de ruído, transiente, surto, sujeira de qualquer espécie normalmente existente na rede elétrica comercial. O resultado desse tipo de no-break é como se o gerador de energia, lá da usina elétrica fosse trazido para debaixo da mesa de seu PC. É energia feita na hora para usso de seu PC. É o melhor tipo de no-break;

- Pode ser usado para todo e qualquer tipo de carga pois a energia gerada é senoidal pura, com estabilidade de tensão e frequência asseguradas pela geração em PWM de alta frequência, da energia em 60 Hz 110 ou 220 Volts AC.

Exemplo de um desse tipo: http://www.atera.com.br/produto/EDX1500LB/Nobreak+Eaton+EDX1500LB+1500VA+1050W,+127+127V+senoidal

Outra discussão que merece ser travada é a real necessidade de adoção de no-break para seus equipamentos..

Oscilação da tensão e surtos de tensão, não são motivos para adoção de no-break e, quando muito severos só são solucionados se adotarmos um no-break do tipo 3 acima descrito.. Qualquer outro, para solução desses problemas, é dinheiro posto fora..

Um bom filtro de linha, com efetivas proteções contra surtos de tensão é ainda uma eficaz maneira de proteger eletricamente seus equipamentos..

Espero que essa leitura ajude a entender o mal compreendido, mal usado, mal dimensionado na maioria das vezes, no-break..

 

Esse NB aqui:
http://www.atera.com.br/Produto/EDX1000LB/Nobreak+Eaton+1KVA700W+EDX1000LB+120120V+dupla+conve
é bem parecido com esse que você postou:
http://www.atera.com.br/produto/EDX1500LB/Nobreak+Eaton+EDX1500LB+1500VA+1050W,+127+127V+senoidal
(que foi descontinuado).
O que me intriga é que nas especificações de ambos

no campo Principais características aparece
"Bateria, estabilizador e filtro de linha internos" eu estou querendo compra esse NB aí (ou algum um pouco melhor caso possa me indicar) pra usar sem medo no meu PC (que tem fonte PFC) e na minha NAS, pode me ajudar?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×